Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI PUTA DE MINHA ESPOSA!

Click to Download this video!

Olá pessoal, o relato que descrevo aqui aconteceu há algum tempo, quando fervilhava para realizar algumas fantasias com minha mulher. Tenho 31 anos e ela 28.

Sempre tivemos uma relação muito boa, sexo sempre muito intenso. Eu adoro vê-la com tesão: como ela geme, se contorce, age, as caras de safada que faz,.. Enfim sou louco por tudo isso. Mas tinha uma curiosidade um tanto estranha, ou não, queria saber como é o tesão da mulher, será que é diferente do homem? Mais intenso? Eu nunca saberia. Mas ia perguntando para minha esposa e ela ia me dizendo e tudo isso gerava um clima de puro tesão.

Apás uma noite de sexo selvagem, pela manhã, transamos novamente e voltei às perguntas. Ela me respondeu com outra pergunta: Gostaria de ser mulher por um dia para saber? Respondi: E como é isso? Então ela me disse que ia fazer de mim uma mulher, roupas, maquiagem, e tudo mais... fiquei pensando o que seria esse tudo mais.

Então, fomos tomar um belo banho. Durante o banho, ela começou a se depilar: rasapava as axilas, as pernas, coxas. A virília e ânus ela passaria um creme depilatário para ficar mais lisinho. Então, apás o banho, ela secou-se e começou a se depilar com o creme. Fiquei ali vendo ela fazer tudo. Quando acabou, perguntou se eu gostei do resultado. Claro que gostei! Disse que adoro ela toda lisinha. Aí ela veio com aquele creme pra cima de mim. Dissse que ia me depilar todo, pra ficar bem lisinho como ela. Disse que tudo bem e ela logo começou: passou em meu peito, costas, virília, coxas, pernas. Depois veio no meu saco e deixou tudo pelado! Aí foi passar na minha bunda, deixou tudo liso até meu ânus!

É uma sensação esquisita, mas nessa altura já estava ficando com um tesão da porra! Meu pau começava a ficar duro, com tudo liso, pelado. Ela veio me masturbando de leve, pegando no meu saco, apertou minha bunda, desceu e enfiou meu pau na sua boca. Deu umas chupadas nervosas. Ai que tesão! Aí me disse que eu ia ficar uma mulher bem gostosinha.

Depois fiz a barba, deixando meu rosto todo sem pelos. Fomos para o quarto. Lá ela pegou seu hidratante e passou em seu corpo, pediu-me para ajudá-la e então fiquei alisando seu corpo gostoso. Ela pegou um pouco e começou a passar em mim também. Inicialmente um pouco gelado, mas logo se acostuma. É uma sansação diferente mesmo, estava com puta tesão.

Logo, ela começou a escolher algumas roupas no guarda-roupa, separou-as e disse que seria minha por hoje. Pegou uma calcinha fio dental branca e pediu-me para vesti-la. Coloquei e logo senti um conforto gostoso: não me apertava, o fio enfiado na minha bunda e meu pau duro saindo pelo lado da calcinha.Pegou um sutiã branco rendado, daqueles que dão um up nos seios, vesti e ela colocou uns enchimentos improvisados de meias finas.Colocquei um blusinha vermelha decotada, mas nem tanto, mas valorizava os seios. ficou bem justa em mim, com minha barriga um pouco de fora.Vesti uma mini-saia jeans branca que ficou um pouco apertada, mas dava pra usar. Coloquei um cinto e aquela safada sá me olhava. Via que estava louca de tesão também. Eu estava louco pra ir meter bem gostoso com ela.

Ela me deu uma de suas sandálias de salto, que eram abertas na parte de trás. Coloquei e meus calcanhares ficaram um pouco sobrando. Prendi a fivelinha e tentei ficar em pé, virando meu pés de vez em quando. Olhamos pelo espelho e vimos um traveco ficando com jeito de mulher.

Ela pegou sua maquiagem e começou a me pintar: passou um pá no rosto, rímel, delineador, lábis em volta dos lábios, batom, sombra nos olhos. Estava ficando muito bom, já com mais cara de mulher. Sentado, cruzei as pernas como as mulheres fazem, estiquei a coluna arrebitando a bunda. Ela me disse que estava ficando uma putinha muito bonita e logo ia brincar comigo.

Quando acabou, pegou seu esmalte e começou a pintar minhas unhas, de vermelho, parecido com o batom que havia me passado. Depois de um tempo estava me sentindo uma mulher, com muito tesão e louca pra gozar.Coloquei uns de seus anéis, brincos de pressão, gargantilha com pingente, braceletes... estava uma mulher de verdade!

Ela começou a se vesr com algumas roupas minhas, mas nunca ficaria parecida com um homem: ela é muito sensual e feminina demais para isso. No entanto, apás toda essa preparação, perguntou como me sentia. Respondi que estava gostando e que estava com um puta tesão! Ela me disse para aguentar porque ainda não ia acabar comigo e me chamou para a cozinha. Me fez andar de salto pela casa até conseguir andar sem cambalear no salto. Me mostrou como se anda, esticando as pernas sem curvar a coluna, ficando mais sexy, safada,...

Já era em torno das 14horas daquele domingo, e ela resolveu que íamos sair de carro, daquele jeito! Tudo bem então. Fui dirigindo, sem destino, até que passamos por um rua onde tem um sexshop. Foi então que percebi algumas coisas: me fez entrar com ela na loja, daquel jeito que estavamos. Escolheu um cacete grande e perguntou pra mim se eu gostava. Disse que sim e logo voltamos pra casa.

Eu já entendia o que ela pretendia e começava a suar frio, com excitação e medo. Ao entrarmos em casa, el foi logo me beijando, me lambendo o rosto, me disse que hoje eu era a fêmea e que era pra eu agir como tal.Coloquei minhas mãos em seus peito e fiquei acariciando.Ela me beijava e me colocou contra a parede. Segurou em minha cintura e e veio se esfregando em mim, me beijando e lambendo de cima a baixo. Sentiu meu pau duro saltando pra fora, fazendo um volume na saia. Me virou de costas e começou a roçar na minha bunda. Ela tinha uma meia na calcinha, e senti o volume m minha bunda. Me entreguei, gemendo de tesão, rebolando, colocando as mão na cabeça, me oferecendo pra ela. Segurou em minha bunda, apaupou-a e deu tapas. Gemia de tesão, louco pra transar e ela ali atrás de mim. Me puxou para o quarto e me jogou na cama e me disse: hoje você vai ser a putina mais safada que existe.

Pegou o cacete que comprou, tirou da embalagem e enfiou na boca. Começou a chupar e deixar todo babado. Se aproximou de mim e colocou ao lado de minha boca esperando minha reação. Como fiquei sem ação, ela disee pra chupar logo, que ela queria ver a mulherzinha de seu marido chupando aquele pau. Então, timidamente, comecei a chupar, até que segurei eu mesmo e socava na minha boca. Nesse momento, ela comoçou a subir minha saia e lamber minhas coxas lisinhas. Foi lambendo e beijando até encontrar meu pau pra fora da calcinha. Engooliumeu pau e fiz o mesmo com aquele pau de silicone.

Logo ela me tirou minha saia m deixando sá de calcinha. Continuei deitado e ela chupando meu pau. Pediu para que eu dobrasse as pernas e deixasse os pés apoiados em cima da cama. Fiz isso e fiquei todo exposto pra ela que já foi lambendo meu saco deixando todo melado de baba e logo foi descendo eté meu cú. Senti um tesão da porra e logo já estava me incinuando pra ela. Cuidadosamente começou a enfiar seu dedo em mim: um, dois e um vai e vem muito gostoso. Eu gemia de tesão e que safada que ela era! Logo me virei de bruços e fiquei de 4 pra ela, que me deu uns tapas na bunda me xingando de puta safada, vagabunda, que eu era uma delícia e que ia foder meu cú gostoso. Eu gemia de tesão, me sentindo uma mulher realizando suas fantasias. Ela pegou o pau de silicone e começoua brinacar na entrada de meu cú. Ia forçando e tirava, até que relaxei e meu cú se abriu mais e ela enfiou . Senti uma dor, mas rapidamente fui tomada pelo tesão e passei a gemer. Meu pau estourando, louco pra gozar. Ela enfiava com força e tirava completamente. Metia com força, rápido, lento, girava, ai caralho mas que porra gostosa! Pediu pra eu ficar de frente sentado no pau, que entrou todo no meu rabo. Ela se agachou em cima de mim e veio esfregando sua buceta no meu pau, fazendo-o sumir dentro dela. Começou a cavalgar em mim e em cada cavalgada forçava meu corpo para baixo fazendo o pau mexer mais dentro do meu rabo. Ficou por alguns segundos desse jeito e logo ela disse que ia gozar. Gemeu como uma puta, rebolando em cima de mim e eu gemendo porque estava com um pau enfiado no meu rabo que metia em mim toda vez que minha mulher forçava em cima de mim.

Então saiu de cima e foi fazer um boquete em mim. Começou a chupar como louca, sugando meu pau e com a mão metia o cacete na minha bunda. Não demorei e gozei demoradamente na sua boca. Ela sugava, mamndo deliciosamente no meu pau. Gemia pra caralho e ela socando no meu rabo. Aí ela veio com uma surpresa: me tascou um beijo com a boca cheia de porra quente. Pude sentir sua língua trnasferindo a porra para mim. Eu chupava sua boca, lambia e beijava. Engolia tudo que vinha na minha boca ainda sentado no pau de silicone. Nunca tinha provado tamanho tesão. Senti minha porra na boca, uma verdadeira puta safada, louca de tesão. Engoli tudo e ficamos nos beijando por algum tempo. Ela então tirou o pau de mim, devagar, e posicionou para sentar em cima. Vi aquele pau entrando no seu rabo. Ouvia ela gemendo e dizendo que queria ser fofida, arregaçada.Logo o pau sumiu na bunda dela. Fiz ela sentar em meu pau e cavalgar, enquanto mexia com uma das mãos o cacete em seu rabo. Meu pau estourando de tesão, ela gemendo como um cadela no cio.

Coloquei ela de 4 e mutia o cacete nela, rápido, com força, e logo anunciou o gozo. Tirei e enfiei meu pau no seu rabo, já aberto e sem dificuldade pra entrar. Meti até gozar dentro dela. Ela deitou de bruços e fiquei em cima dela até meu pau amolocer.

Fomos para o chuveiro e disse que agora sabia como ela se sentia durante uma transa e que adorei a experiência. Ela me disse que isso sá seria o começo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos enrabeicachorro pastor alemão tirou a virgindade de minha irmã- contos de zoofiliaCamila minha enteada Tirei o c***** dela bem gostosoconto erotico pai come nora e o filha vecontos eróticos encontro de famíliacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidopenis entandroconto erotico gay casado drogadocontos eróticos comi minha quando ficamos só em casaconosco toma a porra de. macho na. bucetaSou casada fodida contomeu filho com minha sobrinha no banho contoZoofilia mulher tente escapar cachorrro não deixa prega rola sem docontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos. minha irma casada é minha puta escravacontos lesbica velha me chupaconto a rainha dos biquiniscontos eróticos tia no puteiroComo chupar o pau do seu primo sem que ele conte para os paisContos eróticos dotadosconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaContos eroticos Proposta a tresconto comeu meu cu gostosocontos eroticos de tarados em onibuscontos eróticos meu tio e portão de assadeira com loucacontos marido me come dormindocontoseroticos.com/encoxei minha tia no trem lotadoSempre passo o dedo no grelinho da minha netatrai na lua de mel conto eroticocontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meumeu tio me dava a mamadeiracontos eróticos contei que fiz dp com negrosContos eroticos gays meu pai me viu de calcinhacontos eroticos de cornos bravoscontoseroticos irmoes e irmã no assaltoconto eróticos gay hulkcontos eroticos minha sogra é um espetaculo lindacontos de bichinha dando pra negaoPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticosvidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossosonhar com a mulher tranzndo com outroMae filho bunda conto eróticoconto erotico confessei para o meu maridoconto porno gozando por acidenteTrai meu marido e o cara comeu meu cu aforsa vou contar como foiconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboumeu filho me encoxaram a noite bunduda,contos eroticos fiz caridade para os velhinhos com a minha bucetacorno chupa caralho contosmeu patrao velho e o descabacador contocontos eróticos com bucetas grandesflogdosexo.compauloelizabethcontos eroticos gay meu tio de dezenove me comeu dormindo quando eu tinha oito anosXvidio irmã sozinha paicontos estupradas por pivetescontos eroticos negao no cinema corno lambe porracontos eroticos homem casado dando ocuContos meu compadre tomando banho em casa enquanto meu marido trabalhavacontos depois de velha fui arrombadadescabacei a namoradinha de 13 aninhoscontosdeputacontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no coloContos eróticos te amo tiocontos crossdresser o velho me comeu no matinhoconto comi cliente da minha mulherContos eróticos puta submissa incestobem novinha travesti cumendo o gay novimbdsm fita boca contoscontos eroticos menina com sr getulioconto erotico real sobrinhocontos eróticos da em cima da irmacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos evangelicaconto erótico casada primeiro amantecontos eroticos minha tia tomando banho de solcontos a pequena taradinhaprimeira vez que comi meu amigoContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãocontos eroticos cunhada crentecontos comendo mae e filhaestrupei minha irmanzinha a força conti heroticicontos eroticos me fizerao meninacontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelafui almoçar mas a cunhada e ela me deu foi a buceta so nos dois em casacontos eroticos estupro submisso f de semanaContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardochama Laura para ir comigo lá no a f*** com gayconto erótico corno de mendigocontos de machos que experimentou um boqueteContos eróticos papai me querminha esposa e o porteiropiroquinha despertando contos