Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A RECEPCIONISTA DO HOSPITAL

Click to this video!

Este fato ocorreu há vários anos, somente agora estou relatando, Estava com minha mãe internada no hospital e minha esposa estava fazendo companhia, e à noite sempre ia para ver como estava e se precisavam de alguma coisa. Neste meio tempo, para não ficar no quarto,com luz apagada e o cheiro de remédios me incomodava, então ia para o setor de atendimento, onde tinham duas recepcionistas. Uma delas era negra, corpo esguio, bem distribuído e parecia muito com a globeleza. O papo era sempre quase o mesmo todos os dias, e nisto o contato foi tornando mais chegado, a ponto de dar uma carona para a bela negrinha gostosa. Numa dessas caronas, onde levava-a até sua casa, foi quando disse-lhe que precisava passar em minha casa,para ver se não tinha alguma novidade. Lá chegando, guardei o carro no abrigo e convidei-a para entrar, o que ela aceitou. Mal entramos, na sala, abracei-a e fui logo dando um beijo, que de pronto fui correspondido e pude sentir que ela realmente era quente, dos beijos passamos para as carícias, com as mãos passando pela suas nádegas, pude sentir que eram firmes e muito bem torneadas, redondas, em poucos segundos já estávamos no quarto. Lá chegando, fui me despindo e depois ajudei para ela ficar livre de suas calças, as calcinhas saíram junto, e me pus em chupá-la, sua bocetinha estava toda melada, ao abrir seus lábios vaginais, pude ver a cor rásea e seu clitáris estava excitado, com o toque da minha língua. Aí, a Alice ficou toda mole e começou a gemer baixinho, murmurando que estava gostando e pedia para não parar, que já estava gozando em minha boca.Em poucos minutos abri-lhe suas pernas, e posicionei o meu caralho na portinha da sua xana, coisa maravilhosa, estava toda molhada e escorrendo pelo seu cuzinho, não resisti e voltei a chupar mais um pouco sua fruta do amor. Alice foi ao delírio quando minha língua voltou a tocar sua bucetinha, ela tinha feito depilação no dia anterior, parecia uma xaninha de menina, nem parecia que já tinha dois filhos. Não aguentando mais, gemendo muito de prazer pelas chupadas, dizendo que tinha gozado mais de suas vezes na minha boca, suplicou que lhe fodesse por completo. Coisa fantástica, Alice, se contorcia toda, movimenta suas cadeiras tentando fazer que minha lígua penetrasse-a mais profundo possível. Nisto, escorei suas pernas nos meus hombros e iniciei a penetração com meu pau naquela grutinha toda melada e ela gemia baixinho, pedindo mais e mais que lhe fodesse com força. Não deixei passar vontade, nem me importei com as horas, ficamos nesta penetração por um bom tempo, quando estava a ponto de gozar, disse-lhe: "Alice, vou gozar...!" Ela me abraçou forte e falou nos meus ouvidos: "Fode, me fode com força, pode gozar, põem fundo, que já gozei mais de três vezes, estou até fraca, não aguento mais...!" Em segundos, senti que meu gozo estava vindo, avisei: "Alice, é agora, estou gozando, bem dentro de sua buceta, vou enchê-la com minha porra!" Ela me respondeu: Pode gozar meu amor, que este pau me mata de prazer!" Foi quando dei um grito que estava inundando-a, e em seguida pude sentir que ela também estava tendo um orgasmo junto, passei minha mão por baixo de sua buceta, sentindo que estava escorrendo um líquido quente, que era seu gozo e junto saiu um pouco da minha porra. Ficamos por alguns minutos nesta posição até que meu pau amoleceu e saiu de sua buceta, todo melado com seu gozo e junto com minha porra, aí, ela se levantou e ficou de joelhos no lado da cama e me chupou por completo, limpando o meu caralho, não ficou nenhum vestígio de porra.Alice, me olhou nos olhos e falou em seguida: "Sou casada, tenho dois filhos, não me importo se ficar grávida de você, pois me fez sentir uma mulher de verdade, gozei como nunca na minha vida. Tenho recebido cantadas de muitos lá no hospital, mas apenas você é quem resolvi em dar uma trepada, desde o primeiro momento que o vi lá na recepção."

Daí foi ao banheiro para se limpar e vestir suas calças, e levei-a para sua casa. Nos encontramos mais vezes, onde eu comi seu cuzinho, que por sinal era apertado, e que ela não dava o rabo para seu marido, que não gostava, e que era o que mais sentia tesão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto porno mulher adora novinhoContoe d orgias cadelinha e seu donocontos de coroa com novinhoCanto eroticodeixei meu marido comwr um travestirConto de puta estuprada pelos mendigoscastigando mamilos com grampos contocontos eroticos advogadamulher escanxa no cachorro e goza gostosoconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,scontos eróticos casada não resistiu e traiucachorro lambendo buceta.deilheprimeira vez com meu vizinhocontos gay dando o cu para o cunhadocomo da a buceta direutinhocontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãocontos erotico gay negro dando pra brancocontos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetasenta no colo do seu irmao contosVelhos na farmácia chupando seios contos eróticoswww.contoseroticos eu e a minha vovócom.br/conto_4323_tudo-em-casa-real-mae-e-filho.htmlcontos eroticos comi toda a familiade frango assada recebendo lingua do gay safadominha priminha titio contos eróticosContos fingindo dormirconto de sexo um garoto ficava esperado uma coroa passa na rua eu fico de pica duraContos eroticos ajudando meu tiu acudentado e vi o pau delenegao pegando a velha no mato conto eróticocontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzaeu confesso mijocontos erotico com minha sobrinha mais novaContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafaconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezaparou na borracharia pra arrumar o pneu e levou pau gay fudendocontos eroticos novinha coroa ricocontos gays no carnaval dei o cu pra doisconto erotico quando era pequenacontos eroticos gang bang com papai e amigosme fudenram esconde esconde contoContos eroticos dei pros mendingosestava carente contos eróticoscontos/o dia em que esfolei a cona da minha filhaContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãojanaina vem senta na picalevei minha mulher pro cara mais pauzudo comer na minha frenteconto erotico comendo o cu da freiraemprestou a esposa e ela ficou grávida contoconto gay sai da urgia acabadamarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexocontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetaContos eroticos de travesris lindas do pau gostosos.conto erotico meu pai mim comeu enganadoengolindo ate o talo contoscontos/ morena com rabo fogosocontoseroticos anal brital no acampamentoContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadasconto com fui esplorada gostoso n sexocontos eroticos mulheres de 60 anos gostosas fudendo no estupro e gostandoCasada narra conto dando o cucontos eróticos novinha no ônibusconto erótico de empregada lésbica bolinando a inocenteConto erotico meu tatuador me fudeuconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuContos erótico lutinhanamoradalesbicacontos eroticos comi meu irmao rosinhatransando com a interna contosconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacorninho esposa picudo frouxo contoe foi assim que comeram minha esposanovinhas iniciando na foda com o proprio paicontos eróticos escrava sexuais incertoContos eróticos pai torado a filhacontos/ morena com rabo fogosoconto me vingando do namoradocontos eroticos anal iniciando minha filhinhacontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiacontos eroticospais e filhas novinhaseu e meu marido na nossa noite de núpcias eu disse pra ele mete seu pau bem devagar na minha buceta virgem conto eróticocontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoenfiando as havaianas na boca contos eroticoszofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dor