Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASALZINHO SUBMISSO

Click to this video!

Conheci um casal submisso em um chat da internet, ficamos mais de seis meses conversando em chats e trocando e-mails, no qual dominava eles virtualmente, até que surgiu a oportunidade de nos conhecer realmente.

Marcamos um encontro em um fim de semana na minha casa como eram de outra cidade. Sempre deixei claro que queria um casal submisso e mansinho para obedecer minhas ordens de dominador, encontramos no lugar determinado e nos apresentamos, era um casal muito simpático e bonito! Sá de ver ela fiquei excitado em ter ela para usar e abusar daquela gata.

Fora as preliminares de nos conhecer vou direto ao melhor da festa, levei os dois para casa, lá ordenei que ambos tirasse toda roupa e me entregasse, coloquei numa mochila e falei que sá devolveria quando ele fossem embora que ficariam nus todo fim de semana diante de seu dono.

Depois de nus fiquei admirando seus corpos principalmente o dela, uma morena clara de cabelos longos olhos esverdeados muito lindos, seios fartos e uma bundinha, ele também não ficava para trás, tinha um corpo bem cuidado e uma bundinha avolumada. Fiquei admirando e falando de como eu os dominaria que a partir daquele momento seria eu seu dono e tudo que eu ordenar teria que ser cumprido senão os castigaria, e como dominação verbal trataria ela de vadia, piranha, puta ou qualquer outro nome que eu quiser e ele como corno, viadinho ou outro que me de vontade de chamar.

Eu já estava excitado de ver aquela linda fêmea, louco para devorar aquela gata mas continuei meu jogo de SM, mandei os dois se encostar na parede e empinar a bunda que sentiriam meu chicote, e apliquei dez chibatadas na bunda de cada um dos dois e mais umas brincadeirinhas SM.

Depois peguei uma cadeira mandei ele sentar e amarrei ele nela em frente da minha cama, e comecei a falar humilhando ele que iria devorar a mulher dele chamar ele de corno, e mandei ela ir para minha cama e comecei beijando ela, que tinha uns lábios deliciosos, comecei a mamar eu seus seios e mordiscar com força fiquei curtindo seus gemidos, mandei ela abrir minha calça e chupar meu pinto que estava já explodindo, que chupada gostosa eu ia falando como queria pedia para ela lamber como um sorvete, sugar meu saco, enfiar todo na boca, chamando ela de puta de vadia e mandando o corno ficar olhando como ela me chupava gostoso, ele estava excitado vendo sua mulherzinha me chupando, coloquei uma camisinha que queria provar a bucetinha dela e comi ela em diversas posições, disse que o rabo dela eu ia guardar para comer amanhã, mas não gozei na buceta dela, tirei a camisinha que era mais para não engravidar, e mandei ela me chupar novamente até eu encher a boca dela de porra, não demorou muito e inundei a boca dela de porra, daí mandei ela ir dar um beijo longo de boa noite em seu maridinho com a boca lambuzada da minha porra, e ela deu um beijo demorado nele, que estava bem excitado, mandei ela continuar a beijar e masturbar já que ele estava amarrado e não podia, logo ele gozou, mandei ela ir tomar um banho e logo fui também com ela, onde ordenei me dar uma banho, voltamos para o quarto deixei ele ali amarrado na cadeira e fui dormir agarradinho com a mulher dele na cama.

Na manhã seguinte acordamos desamarrei ele, vesti uma roupa deixei ambos nus e fomos tomar café na cozinha, café que ambos peladinhos preparam para mim. De manhã não estava com muito tesão para domina-los então dei alguns afazeres domésticos para os dois enquanto eu assistia tv, ela preparou também o almoço para nás adorei ter uma cozinheira peladinha na minha cozinha, já mais a tarde fiquei com animo de judiar do meu casalzinho, e começamos mais uma nova sessão de SM, primeiro mandei ambos se abraçarem, e amarrei os dois abraçados em pé na minha sala, peguei meu chicote e comecei a castigar aquelas bundinhas, dava uma açoitada sentia o gemido dela, dava a volta e aplicava uma açoitada na bunda dele e ouvia o

gemido dele, e assim alternava uma açoitada em cada bundinha, até deixar bem marcadinha aquelas bundinhas.

Libertei eles e me sentei no sofá tirei minha roupa e mandei eles beijar cada um pé, e ir subindo vagarosamente e carinhosamente sobre minhas coxas até se encontrar no meu pinto e ali permanecer me chupando, ambos chupando e lambendo meu pinto e saco, mandei eles se beijar mas com meu pau no meio de seus lábios, estava uma delícia aquele casalzinho me chupando, fiquei mais de uma hora curtindo aqueles lábios me chupando.

Mas estava na hora de provar aqueles rabinhos, então ordenei que os dois se apoiassem no sofá como de quatro e abrissem bem as pernas, uma visão linda daquelas bundinhas marcadas por meu chicote, apliquei uma mordida forte em cada uma de suas nádegas, meu pau estava bem duro, lubrifiquei ele e comecei com o rabinho dela, ordenei que ela contasse bem alto cada enfiada, foi dez atolada naquele rabinho gostoso, ele não tinha um bundinha assim tão bonito quanto a dela, mesmo assim não perdoei comi a bundinha dele também e a surpresa que era ainda mais apertadinha que a dela fiquei várias vezes alternado comendo a bundinha dela e a dele dez enfiadas em cada um por vez, e fazendo eles contar o número de cada enfiada, já não aguentando o gozo acabei gozando na bundinha dele.

Depois me sentei no sofá e ordenei que fizessem um 69, obriguei eles ficarem se chupando por mais de uma hora, ele gozou uma vez depois não conseguiu mais ela gozou inúmeras vezes. Passei a tarde brigando com meu casalzinho submisso aplicando várias chibatadas do meu chicote, e humilhando os dois, brincando com meus joguinhos de dominador.

Antes de me despedir do meu casalzinho quis provar uma coisa que a muito tempo tinha em mente, primeiro mandei os dois me chupar e deixar bem excitado, já nem precisava ordenar como gostava de ser chupado eles já sabiam, me deixaram bem louco com suas línguas e lábios, então amarrei ela a cama, mandei ele ficar sentado observando e amarrei ele na cadeira, fui até a geladeira peguei uns cubos de gelo, e comecei brincando com seus lábios, desci até os seios e introduzi em sua vagina ela reclamou que estava queimando bastante e não estava aguentando então eu enfiei meu pau, naquela buceta geladinha, uma sensação maravilhosa, comer uma bucetinha gelada, acabei colocando mais três cubinhos de vez em vez, foi bem dolorida para ela mas nem imagina o quanto era gostoso para mim, cada enfiada sentir aquele cubo mexendo dentro da buceta dela. Depois de um longo tempo comecei a me masturbar e gozei na cara dela, libertei ela e ordenei a beijar seu marido ainda amarrado, depois soltei eles me despedi dela com um beijo na boca e dele com um aperto de mão ficamos de nos encontrar mais vezes mas depois de um certo tempo perdi o contato com eles e nunca mais os vi.

Hoje procuro casais, mulheres e homens submissos que sejam mansinhos e gostem de ser dominados. Aguardo vocês! Meu e-mail é: [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico mulher rabudaesfregacao de rola contos amigos punheteiroswww condos erotiscos garotas mastubandocontos eroticos gay os adultos me dizia filhinho vai chupa é o pirulitaocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eroticos de minha mae da buceta cabeludaconto transei com meu pai na despedida de solteiraEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porra"relatos eroticos" piscina "cunhadas"contos porno de incesto real pai filha e mae juntossonhar q mulher está bulinando outra nulherContos eroticos incesto casos reais pag 170menina você já passou o dedo no cu e cheiroume casei com uma puta safadacontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cuver contos porno anal no onibos de escurcaorelatos eroticos casadas com negao e velhocoroa cintura fina e coxas largas e gordasfudeno a sobrinha que domiacunhado pauzudo fudendo a sogra e a cunhada,contos e relatos eroticosmamada gay contocomtos de incesto com subrinha na caxuera no carroConto de puta esporrada por muitos machos no barcontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamenrabado no campingmulhe sora no pau fudedoele arreganhava minha bucetaAtraido pela garotinha contos eroticosbobadinho condo o priminho gayporno gay interracial com macaquinho gulosocontos bebi com meu tio e acabei transando com elebeijo de lingua quente pegada forte gemidãoso alisandu abuceta cheia de tesao pra gosa contos amigo dorme em casa esposacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos erotico incesto virei a cadela do titioconto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelamenino gay inocência perdida pornoso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoscontos de encoxadas reais porto alegrecontos cadado da cu pro gerente em aposta entre homenspai cacetudo conto gayComtos eroticos com cumada novinhacontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadovamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***conto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAporn contos eroticos casada na coleiracontos porno de comeram minha namoradaconto erotico fazia tudoque meu tio mandavamulher gozando a um metro de distansia e mijandoquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no raboCONTOSPORNO.nenémContos er meu que pitao peludoxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandovideos de palmadas fortes na buceta e na bunda peladacalcinha usada contos eroticostia tranzando com sobrinho cabassaoso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoscontos eroticos fudendo a mae travesticontos de sexo com vovomeu padrasto fica excitado comigoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontossai com um casal contosconto erotico de casada com bunda grande com o vôvôconto erotico esposa hotelcontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picacontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalcontos eroticos acampamento pirenopolisContos de mulheres, fudendo com seu avôconto erótico gay em cinema. De Recifecontos.veridicos erabando uma,.pretinhacontos erotico irmao cafetao da irmaPorno conto sala de bate papo minha sogradp swing buracoContos eróticos comendo uma travestir lindaviajo da bundona aqui na Dona a mostrando o c*Minha namorada festa na chacara cornoContos eróticos garotinha com garotosSempre passo o dedo no grelinho da minha netacontos eróticos com gordascontos eróticos com animaiscontos de aluciando pela buceta peluda da maecontos eroticos gatinhascomiminha filja lauracontos eroticos gay femeaMeu primo volume grosso enorme novinho contoela chupeu monhas bolas a noite inteiracontos eroticos espadinho com o pau Contos eroticos minha esposa e um meninoConto gay comendo a porquinha zoofiliaCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScontos porno esposas estuprados submissosconto de encesto meu pai ficou empotentecomi a minha mãe na chantagemtanga contos eróticosconto eroticp de titia rabuda la em.casa so de sainhapapai me ensinado mamar contoscontos. chupou pela primeira vez um machofotos de buceta sendo lambinda e gritandofoto de mulheres que traem os maridos de Hortolândia