Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEMÓRIAS DE SADRA - A INFANCIA V

Click to Download this video!

MEMÓRIAS DE SADRA - A INFANCIA V





Oi...



Eu sou Sandra, resolvi dividir minha histária com vocês...

Os dias foram passando e eu vivia dividida entre os carinhos de Tânia, o fogo da Margarida e a maldade de André... este a cada dia ficava mais exigente... me fazia procurá-lo no quarto dele antes que amanhecesse... Já me esperava nu então eu ajoelhava na frente dele e chupava seu pau até que minha boca se enchesse de porra... antes do almoço eu tinha que ir ate o barracão e esperar por ele... André tinha arrumado o lugar... Agora tinha um velho colchonete, uma mesa e uma velha cadeira de braços. a não ser pelos propásitos o lugar ate ficou com um aspecto agradável. Contudo, André tinha prazer em me torturar... em me fazer sofrer... em vários sábados passava a tarde toda a mercê de seus caprichos...

Ainda me lembro do dia em ele me mostrou a cadeira pela primeira vez... ele tinha transformado aquela simples cadeira... num verdadeiro instrumento de tortura... como sofri nesse dia... logo que entramos ele mandou que eu tirasse a pouca roupa e esperasse ajoelhada no colchonete... então ele primeiro retirou os braços e o encosto da cadeira transformando-a num banco ou mesinha com dois furos no tampo um de cada lado. Pegou dois cabos de enxada e colocou um em cada furo... eu ainda não tinha entendido para que serviriam aqueles apoios que tinham ponta... pareciam ganchos. André então, pegou uma corda macia e amarrou minha mãos a frente dos pés, passou um terceiro cado de enchada pelos mues joelhos e me pendurou nos apoios... Hoje sei que aquilo era um pau de arara...

Pendurada como eu estava, André passou a me seviciar usando toda sua criatividade maldosa... hora socava o caralho todo de uma vez no meu cuzinho em seguida na minha boca... nem ligava para o fato de eu engasgar... ou para as minhas suplicas de que parasse... ao contrario disso metia cada vez mais fundo.

Parecia um porco... pela forma como grunhiu ao gozar... quando terminou me disse que providenciaria uma caixa de anticoncepcional para eu passar a tomar já que estaria na hora dele me fuder de verdade... eu gelei quando ele me disse isso.

Nem jantei naquele dia, de tão nervosa que fiquei... a noite tive outra surpresa... quando cheguei no quarto como sempre nossas camas já estavam juntas a minha e a da Tânia sá que a margarida tinha juntado a dela também e já estava me esperando embaixo do lençol... como a Tânia sá viria pro quarto bem mais tarde pois o puto do André tinha exigido que ela fosse pro quarto dele... eu me enfiei embaixo do lençol pra dormir... mas Margarida não estava disposta a me deixar dormir tão cedo... a danadinha tava nuazinha e mau e deitei foi pulando em cima de mim me beijando... chupando meus peitinhos... (continua)



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu pai me castigou me comendi econtoconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostagaroto.burrinha.zoofilia.contoputinhas inocente contoscdzinhas como tudo começou contoscontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeContos esposaeu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosconto erotico em lugar inusitadocomtos eroticos bebo porra de veilinhoConto erotico de mototáxi com a picona e meninascontos podolatria irmaconto erotico jogando game com o garotinhoContos eróticos engravidei na primeira trepadaContos erótico lutinhahome afuder mulher com penis mais grandecontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosViadinho o que sentiu depois que deo o cuzinho contos eroticos depois viciouMeu namorado virou corno contos teenconto erotico humilhado na festacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de comi minha. sogracontos incestos eu e meu irmão fizemos uma s***** com minha sogra em minha casanoiva putinha corninho safado tio caralhudo contosComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)Meninas mamando no swing contoseroticosContos eroticos de podolatria desejando chupar os pes lindos de primas acontos eroticos minha mae e meu irmao contoseroticossexogaycontos eróticos de upskirt em escoteiraconto conto erótico e história comendo a mulher do meu amigo analconto erotico dei o cu pro negaocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos me chamo camila transei com felipe meu irmaoconto anal senhora bravaConto erotico, depois da festa em minha casa meu amigo comeu minha esposacontos eróticos gays a primeira vez com 24 anosCont erot tic dormindosou hetero mas ja paguei um boquete e gostei muitoconto esposa na orgia do carnavalxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminovideo pono pequano aprima do midocontos de cú de madrinhaconto erotico velho me come desde garoto na frente dos amigoscontos eroticos meu patrãofilha pelada contosc.erotico dormindocontos eróticos deixei um estranho comer minha filhaquadrinhos e contos eroticos a inquilinaconto flagrei minha mãe dando para um bem dotadoconto cavala loca por sexocontos eróticos meninas de 20 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhocontos eróticos irmã calcinha dormindoContos eroticos dois macho chupando minhas tetasContos mãe irmã de shortinhosComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem sentewww.xconto.com/encestocontos er¨®ticos incesto ensinei minha filha a ser cadelafodi a noite todinha filha virgem desenho hentaiContos eroticos: calcinha com freadas de cuContos: namorada safadatravestis levei gozada no cuzinho sem tira a roupacontos eróticos branquinha casada dp vibrador contos de sexo minha irma me enganouMeu pai me comeu conto erotico gayporno relatos veridicos atuaisconto erotico viadinho com shortinho e calcinha é estupraadoconto erotico viado submisso quero ver um conto erótico do garoto bombadão da escola do pau de jumento transando no banheiro com amigo