Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEMÓRIAS DE SADRA - A INFANCIA V

Click to this video!

MEMÓRIAS DE SADRA - A INFANCIA V





Oi...



Eu sou Sandra, resolvi dividir minha histária com vocês...

Os dias foram passando e eu vivia dividida entre os carinhos de Tânia, o fogo da Margarida e a maldade de André... este a cada dia ficava mais exigente... me fazia procurá-lo no quarto dele antes que amanhecesse... Já me esperava nu então eu ajoelhava na frente dele e chupava seu pau até que minha boca se enchesse de porra... antes do almoço eu tinha que ir ate o barracão e esperar por ele... André tinha arrumado o lugar... Agora tinha um velho colchonete, uma mesa e uma velha cadeira de braços. a não ser pelos propásitos o lugar ate ficou com um aspecto agradável. Contudo, André tinha prazer em me torturar... em me fazer sofrer... em vários sábados passava a tarde toda a mercê de seus caprichos...

Ainda me lembro do dia em ele me mostrou a cadeira pela primeira vez... ele tinha transformado aquela simples cadeira... num verdadeiro instrumento de tortura... como sofri nesse dia... logo que entramos ele mandou que eu tirasse a pouca roupa e esperasse ajoelhada no colchonete... então ele primeiro retirou os braços e o encosto da cadeira transformando-a num banco ou mesinha com dois furos no tampo um de cada lado. Pegou dois cabos de enxada e colocou um em cada furo... eu ainda não tinha entendido para que serviriam aqueles apoios que tinham ponta... pareciam ganchos. André então, pegou uma corda macia e amarrou minha mãos a frente dos pés, passou um terceiro cado de enchada pelos mues joelhos e me pendurou nos apoios... Hoje sei que aquilo era um pau de arara...

Pendurada como eu estava, André passou a me seviciar usando toda sua criatividade maldosa... hora socava o caralho todo de uma vez no meu cuzinho em seguida na minha boca... nem ligava para o fato de eu engasgar... ou para as minhas suplicas de que parasse... ao contrario disso metia cada vez mais fundo.

Parecia um porco... pela forma como grunhiu ao gozar... quando terminou me disse que providenciaria uma caixa de anticoncepcional para eu passar a tomar já que estaria na hora dele me fuder de verdade... eu gelei quando ele me disse isso.

Nem jantei naquele dia, de tão nervosa que fiquei... a noite tive outra surpresa... quando cheguei no quarto como sempre nossas camas já estavam juntas a minha e a da Tânia sá que a margarida tinha juntado a dela também e já estava me esperando embaixo do lençol... como a Tânia sá viria pro quarto bem mais tarde pois o puto do André tinha exigido que ela fosse pro quarto dele... eu me enfiei embaixo do lençol pra dormir... mas Margarida não estava disposta a me deixar dormir tão cedo... a danadinha tava nuazinha e mau e deitei foi pulando em cima de mim me beijando... chupando meus peitinhos... (continua)



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico de menino com caralho jumentocontos eroticos "sou casada" "me respeite"vou ja ja no meu bucetao gostosocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos minha mulher foi fodida na praça por estranhosminha delicia de filha me provoca contoscomo comecei a ser enrabada pelo meu cachorrocontosconto com onze anos trepei gostoso com meu padrasto que gozou na minha buceta inchadaensinando a minha cunhada a dirigir contos eroticoscontos minha garotinhacomi minha cunhada adrianacontos orgia com jogadorescontos de casadas o negro desconhecido me arrombouc erotico metendo com a molecadaconto eróticos c afilhadafudedo a tia bombadacontos eróticos travesti dando o cu para homem do pau grandequantos ticos a mulher cosegue colocar no cuContos eróticos metendo debaixo da cobertacontos tava de shirtinho em casa o mendingo me comeu em casahetero passivo contoa bumda que sempre sonhei comede verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seiosotitiu comendo a sobrinhaconto gay paguei enfiei pregasconto muito gata quis anal dotadogay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transarporno traicao roludo conto pornomeu primeiro swingPirocada sexo gay velhos tara contos veridicoscontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gayscontos eroticosmasturbando o cuzinhodei meu cuzinho muito cerdo contos eróticosvizinha trai marido com cunhadinho contoscontos eróticos - dando carona pra duasmorena bronzeada na locadora pornôcontos gay meu filho gostosoConto enteada nao aguentou tudoa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contovelha cavala virando olhotanguinhas usadas da minha mulher contos eroticosconto erotico vi a rolarelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigocommini vidio porno so rabudas epitudasconto ela estava no quarto nua e o sobrinho na salacontos eroticospais e filhas novinhaspau pulsou na bocaconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazernamorado mega dotado contos eroticosmenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticosArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outroconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos eróticos fui abusada pelo pirralhocontos eroticos em familiafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoContos eróticos no banheiro da escolaPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidocontos catinga de cúContos eroticos aii te amo ..ai ..ai mo vc e gostosa devagrconti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupaContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos gay pai bebado suadocontos eroticos comi a cobradorafudi a bundinha da juju com minha rola grande contoscontos eróticos mulecadacontos eroticos da primeira traçãoContos porno dei cu p me sogro por chantagemcontis eroticos quero mamar no peitinho.Conto de muitos machos para uma puta depravadacontos eroticos escravoEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticocasa dos contos de mae fudendo filho e filhaconto cutuquei pai na bundia delacontos eroticos minha sogra de calcinha rendaconto erotico de orientadoras gorads dando cupirulito do titio contos eroticoscontos eroticos velhos e novinhas santinhasconto erotico soquei um pau de borracha na minha esposa sem ela perceberhomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casaconto adoro um cu de gordamorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemConto gay sendo a femea do titioContos de ninfetas sem calcinhadevavar descobri que meu marido queria ser corno sou o tesaozinho do papaicontos.putinhas do papai.d.oito.anossogra metida a santa contos eróticomasagista se marturbando no meio do espediente porcontos de sexo no bar aii meti vai