Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDI MINHA MULHER NO POKER!

Click to this video!

Me chamo Alexandre, 29 anos e minha mulher, Juliana, com 30 anos. Esta estária aconteceu em maio de 2007 aqui em SP, em uma casa de jogatina que, apesar de ilegal, é frequentada por muitos empresários e autoridades. Eu sempre jogava lá semanalmente até aquele fatídico dia, em que o cacife foi de R$ 1.000,00 e a coisa foi tomando volume. Eu fiquei até as 19 da noite na mesa e neste momento já estava em 40 mil, quando estávamos eu e mais dois na mesa e o Marcio, um agente financeiro mandou bala em duplicar para 80 mil. Felipe que estava junto na mesa saiu e eu, que estava com um Full-house de A sobre J, aceitei a troca, mas disse que não tinha cacife pra isso, quando o Marcio disse, aceito sua mulher como pagamento. Confesso que nem me importei pois eu tinha certeza que ia ganhar e também achava que era zueira; mas infelizmente o Marcio abriu a mãe e tinha um Straight Flush, algo difícil no poker e praticamente impossível para minha visão. Disse que daria meu carro que vale R$ 28 mil e acertaria o resto parcelado, mas ele me disse. “ vc me deu algo em garantia que quero!” me senti ofendido e o chinguei, mas aí vieram o Felipe e o João, que era o gerente do cassino, e disseram que palavra é palavra, se eu não cumprisse a promessa eles não garantiriam a minha integridade física e a da minha família. Não tive outra alternativa a não ser ligar pra minha mulher e pedir pra ir me buscar, dizendo que eu estava com o carro quebrado. Depois de uma hora com os caras tirando sarro que comeriam minha mulher na mesa de poker, ela chegou. Eu fui até ela e disse que não sabia como falar, quando o João disse. “Seu marido apostou a senhora no poker e perdeu, agora o credor quer receber” a Juliana olhou pra mim com lágrimas nos olhos e disse. “não acredito que você fez isso!” eu pedi perdão e disse que foi uma grande burrice, ela disse porque não apostou o seu cu? Me senti completamente humilhado vendo a situação a qual coloquei a minha mulher. Aí ela disse ao João. “ok, eu farei o que for preciso mas sá se fizerem o mesmo com ele, que me apostou, pois assim ele saberá onde colocou sua mulher” ao ouvir isso o Felipe já deu risada dizendo que iam comer dois rabos aquele dia e eu olhei pra minha mulher e perguntei porque? Ai ela disse, porque já que eu vou ficar com fama de vagabunda, que vc fique com de viado. O João disse pra gente ir à sala que seria na frente de todos que estavam lá, acabamos indo e, ao chegar, o Felipe já chegou beijando a Juliana e o Marcio tirando sua calça e colocando o pinto na mão de Juliana. Quando tentei não olhar eles gritavam, pode olhar porque vc vai ver a cagada que fez. Juliana parecia uma estátua, não se mexia enquanto Marcio e Felipe passavam a mão e o pinto nela, a mandaram tirar a roupa e ela tirou, estava de jeans e camiseta, quando ficou pelada mostrou seu corpo que é muito bonito, bem malhado já que é dançarina e eles ficaram loucos, eu percebia que Juliana ia ficando à vontade e tive a impressão que estava até gostando, começou a chupar o Felipe enquanto punhetava o Marcio, eles tinham pinto maiores que o meu, e parece que a Juliana estava adorando duas pirocas à sua disposição. O Marcio começou a chupar a buceta de Juliana e ela soltou uns gemidos, pois sempre adorou ser chupada, neste momento o João, que estava vendo com mais dois caras na sala, deram risada e gritavam, olha a putinha do Alexandre gostando de se mostrar na frente do marido. Neste momento eu não estava acreditando no que via, minha doce mulher se deliciando com dois caras que até minutos atrás eram meus amigos de poker. Marcio mandou a Juliana sentar no pau dele enquanto continuava a chupar o Felipe, a Juliana prontamente o fez e sentou com vontade, enquanto um metia ela chupava a vara do Felipe que parecia ter mais ou menos 20 cm com vontade, até engasgando, de repente vejo a Juliana guspindo, não é que o Felipe gozou na boca da Juliana? Eu nunca fiz isso e agora vejo estes caras fazendo isso? Neste momento mandei o Felipe tomar no cu pois era muita sacanagem, tão logo eu falei isso, a Juliana mandou o Marcio tirar a pica dela e enfiar na minha boca, pra calar e sentir o gosto da buceta dela no pinto de outro homem, e lá veio Marcio que mandou eu chupar sua pica dizendo, “chupa a pica que comeu a biscate da sua mulher seu viado” tive que chupar, com nojo mas não pude falar não. Enquanto eu chupava a pica do Marcio o Felipe que já estava duro de novo estava comendo minha mulher, neste momento o Marcio gritou, o cu dela é meu heim! Eu lá chupando o pau do Marcio, minha mulher sendo comida por Felipe e todo mundo dando risada, fui eu quem procurou isso. Felipe disse que ia gozar de novo quando ela mandou ele gozar na minha boca, e lá veio ele... o filho da puta gozou na minha boca e mandou engolir, eu quase vomitei mas engoli. Neste momento o Marcio já foi ate a Juliana e disse que queria o cuzinho, ela se virou de quatro e falou, vai logo que amanha tenho que trabalhar! Ele forçou um pouco e mandou ver nela, enfiando um pouco rápido pois ela gritou de dor, o Felipe disse que ia comer a buceta dela de novo enquanto o Marcio comia seu cu, e conseguiram fazer isso comela, coisa que eu tinha visto sá em filme e agora a atriz era a minha mulher. Eu lá com a cara cheia de resto de porra dos caras que agora fodiam e judiavam da minha mulher. O Felipe disse que também queria comer o cu da Juliana mas o Marcio disse que o único cu que ele ia comer seria o meu, e lá veio ele, mandou eu abaixar as calças e começou a meter, meteu sem dá usando o melado da buceta da Juliana pra lubrificar meu cu. A Juliana gritava, esta vendo como é bom? Não apostou meu corpo mas agora vc vê como é bom viu? E até deu umas risadas cínicas, enquanto isso o Marcio comendo o cu dela e o Felipe o meu, certo momento o Marcio disse que ia gozar e a Juliana mandou gozar no peito dela, se virou e o Marcio gozou, quando terminou ela juntou a porra do Marcio com as mãos e levou pra esfregar na minha cara, acho que o Felipe ficou louco e disse que ia gozar também, mas ai a Juliana disse, você pode gozar, mas no cu dele. E lá fui eu tomando porra na cara esfregada pela mãos de minha mulher e no cu pelo Felipe. Quando eles terminaram o Marcio disse que nem ia querer carro pois até empregados dele tinham carros melhores, mas que sempre que eu quisesse apostar algo,a Juliana seria sempre bem vinda. Fui embora com minha mulher e nunca mais voltei pra lá, a Juliana disse que estou devendo pra ela o resto da vida e que terei que fazer tudo o que ela quiser e comprar tudo que desejar, pois se um dia eu falar não, ela fala pra todo mundo na separação que eu chupei pau e dei o cu pra pagar dívida de jogo.

Esta estária é real, se quiser compartilhar algo comigo, meu email é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos cuidando da minha irma casadaengolindo ate o talo contoscontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimcontos:meu pinto endureceuconto gay dei dinheiromenage com primo contocontos.virei travesti pela drogacomendo a noiva do otario contos eroticoscontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado deminha namorada perguntou se eu era gay contoflagrei todos fudendoelaMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticoconto erótico novinho escondidi escuronovinho delirando na primeira gozadafui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau duroContos eroticos meu sogrocasadas baxias di calsias na zoofiliacontos eroticos a filhinha da empregadacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos vizinha loira meninaSentei na pica e cavalguei gostoso com a pica dentro parei prazerporno amador em festinhasparticularestravesti.coza.com os.dedos no seu cuminha ex namorada tonta dando pra outro contoscontos eroticos de pau gigante arregassando bucetacontos eróticos minha calcinha bi matocontos eróticos do amigo do meu pai me agarrou na cozinhahistórias eróticas com tiamulher tarada Senta no pau do boneco no Fláviocontos eroticos moleque e mulhercontos/ morena com rabo fogosovoyeur de esposa conto eroticoMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoenquanto eu dormia ele botava o cao pra me chupar incesto e zoofiluairmã irmão estudando lá no exterior não tinha feito ela com tesão ele com tesão meteu a rola nela bem gostosocontos eroticos fui com meu sobrinhopau expulsa pau do corno da buceta contoscontos erotico na balada com a irmaGozei no pau do meu irmão dormindo contosEu e meu macho padrastocontos eróticos babá garotinhocontos erotico comeram minha bunda na festachantageada e humilhada pela empregada negracomtos de vagabundas que gostão de fudercontos eróticos de n********** dando para pau gigantesconto de encesto meu nene e do meu filhoconto erotico enteadacontos gays mamando no mamilo[email protected]vai me arrombarcontos sexo pai chupa cona da filha cheia de porracontos com a visnha casada escondido oacontos eroticos as tres safadinhadmulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro fortecontos erotico real na cidade de campinas esposa e estuprada na frente do maridocontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamcontos traidoracontos chupando varios caralhos negroscontos eroticos cm chantagia minha intiada para mim da a sua bocetinhasentando na rola do meu pai contos. eróticosa bumda que sempre sonhei comemetendoo con vpontadi pornominha filha fudendo com nosso impregados contossexo com amigo contosconto erotico travesti passeano na pracacontos de engates gays maduroscontos exitantes fudi amadrinha da minha primafodida no onibus por coroa contoscontos forçada a ser a puta da empresaContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscorapaz muito gostoso transando com outro rapazbonitocontos escravizada por chantagenscontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaofui arrombada porvarios contos