Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MORENA DO INTERIOR

Click to this video!

Olá pessoal, sempre fui leitor fiel de contos eráticos, Então resolvi contar algumas das minhas aventuras eráticas.



Pra quem não me conhece vou me descrever:



Moro no interior de São Paulo tenho 31 anos sou moreno claro, 1,78m, 80kg, cabelos pretos, olhos castanho esverdeados, dote de 20x5cm.



Hoje vou contar como foi meu encontro mais safado com a Morena de Piracicaba, para garantir a privacidade vou chamá-la de Jô.



Eu já havia saído com ela outras vezes, mas dessa vez tudo foi diferente, dessa vez eu resolvi realizar a fantasia dela de ser pega a força, e confesso que foi uma experiência maravilhosa.



Antes de mais nada eu preciso dizer o quanto ela é linda, tem um rostinho de menina comportada mas na verdade é uma mulher maravilhosa, quente e safadinha na cama... um corpo lindo, uma bunda que me deixa louco.



A Jô mora sozinha, então um dia sem ela saber, resolvi aparecer de surpresa. Cheguei em seu apartamento por volta das 15h. Toquei o interfone e subi, ela me recebeu linda como sempre, estava com uma blusinha e de mini saia, ao entrar no apartamento, já parti para cima dela, peguei eu sua cintura e puxei ela pra mim, e nos beijamos, foi um beijo carinhoso, molhado e longo, ela nem imaginava o que viria apás.



Derrepente eu paro o beijo e pego ela a forca, enfio minha mão por dentro da saia dela e retiro sua calcinha, forço ela a se debruçar no sofá, e rasgo sua blusinha deixando ela somente com a mini saia, levando a mini saia e forço ela a ficar de quatro no sofá, abro a calça e coloco o pau pra fora que nessa hora já estava estourando de tão duro, e a penetro sem do. Enfio tudo naquela bucetinha que pra minha surpresa já estava molhadinha.



Ela não falava nada, somente obedecia e gemia sem parar, eu sabia que ela estava adorando, sua buceta estava ensopada, eu socava o mais rápido e forte que eu podia, puxava ela pelo cabelo e dava tapas em sua bunda, foi então que puxei ela pra perto de mim, enfiei o meu pau o mais fundo que consegui e disse em seu ouvido... era isso que vc queria né Jô, ser comida assim sem dá, como uma putinha safada... e nessa hora ela so concordou com a cabeça e gozou, seu corpo estremeceu todo e ela gemeu deliciosamente. Apás ver a cena fiquei louco e resolvi gozar, sai de dentro dela e fiquei em pé a sua frente, ela agora sentada no sofá me chupava inteirinho até que gozei dentro de sua boca, era lindo ver aquela morena sugando e engolindo cada gota da minha porra.



Foi incrível, gozei como nunca, depois disso fomos para o quarto dela, ela achou que já tinha acabado mas estava enganada, fiz ela deitar na cama, agora peladinha e de bundinha pra cima, peguei o lençol e amarrei seus braços na cabeceira da cama e comecei a brincadeira, primeiro beijei e chupei seu corpo todo, ela se contorcia mas não podia fazer nada pois estava amarrada, depois de uns 30 minutos assim deixando ela louquinha de tesão, fui até seu ouvidinho e disse, Jô fica de quatro.



Imagine a cena, uma morena de quatro na cama, com o rosto colado ao colção e com as duas mãos amarradas na cabeceira, e aquela bundinha arrebitada, toda indefesa.



Esperei ela obedecer minha order e assim que ela já estava de quatro eu falei novamente em seu ouvidinho, Jô agora eu vou la comer seu cuzinho, não era isso que vc queria ser comida sem dá, então agora vc vai ser.



Ela sem falar nada ficou so esperando o que seria inevitável, fui para traz daquela maravilha acariciei aquela bunda, beijei, e dei uma lambida em seu cuzinho e logo em seguida a penetrei, entrei devagar e fui aos poucos enfiando tudo, logo estava com o pau todo naquele rabinho, que visão linda ver aquela morena de quatro, foi uma transa maravilhosa, soquei em seu rabinho e ela gemia como nunca, ficamos assim por uns 19 minutos e então ela me disse que não aguentava mais e que eu devia gozar, nessa hora eu tive que mostrar pra ela quem mandava ali e dei um belo tapa em sua bunda e disse que ela não tinha escolha, eu iria comer aquele rabinho pelo tempo que eu quisesse, fiquei mais uns 19 minutos ali penetrando aquela bunda deliciosa até que não aguentei mais e gozei, meu corpo estremeceu e nos desabamos na cama ela deitou e eu deitei em cima, meu pau foi saindo daquele cuzinho ao poucos, nessa hora eu beijava sua nuca e pescoço e dizia o quanto ela era gostosa e maravilhosa, que o prazer que ela me deu foi incrível, ela também confessou que gozou como nunca e que estava realizada.



Soltei suas mãos e nos abraçamos e ficamos deitados por um tempo nos acariciando e beijando.



Para quem quiser entrar em contato comigo, meu email e MSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramesposa trai o esposo com mulato de 1:90meus tios uma historia real 1https://tennis-zelenograd.ru/conto_19242_irma-bebeu-demais-de-teve-sono-pesado.htmlfui iniciado conto realcontoseroticos.esposa abudada no onibuscontos esposa olhos vendados fudendocontos eroticos incesto pai e filha fistingmeu amigo me pediu para fazer sexo anal com ele gay contocontos incesto comendo minha mae no parqueconto noivo corno na sala porta abertadeixei meu irmão exitado conto.incestoZoofilia contos menininha chega do colégio animaiscumendo cuzinho gostozinhoduas mulher do Jordão baixo chupando b*****gostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticoscontos eróticos medindo com meu gordinhocontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comigostosas de saiascurtinhas de perna pra cimacontoseroticos comendo ocu dtitichupou tio i phoneconto real espiando no buraco casal sexo chacaracontos eroticos o negao me estuprouconto faco o que quiser corno perdoadois gay fudendo violentamentw/entre siminha namorada apertando meu pau com a sua bucetacontos eroticos comendoa crente no trabalhocontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdoso grelu esticadoconfesso transando com trêsmenino gay inocência perdida pornoContos eroticos No bar sozinhaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosconto erotico na casa de swing na troca de casal descobrimo que não eram casadoscontos eroticos no beco escuro mete com forçaconto erotico emcochando um travesti e fudendo a força em onnibuscasa dos contos eroticos adoro levar ferrocontos elas gostam de chupar e punhetacontos de orgia com maecontos erotico transai com uma negona vizinhaDei meu cuzinho- conto ii relatosrelato de mae dando a buceta para o filhomarido prende a nulher com algema e negro arromba sua xanaconto eu e minha babacrossdresser conto eroticocontos das danadinhas perdendo cabaçinhocontos eroticos me fodram sem o meu namorado percebercontos minha mãe me seduziu usando mini saiaconto erotico na piscina  Minha vontade era de explodir de tesão quando ela me perguntou isso. Mas me controlei e falei só que sim, que pensava muito nela!! Aí foi meio automático, a gente já estava bem próxima mesmo. Ela se aproximou, eu me aproximei. Não sei bem quem tomou a iniciativa, mas o nosso primeiro beijo rolou ali mesmo. Foi maravilhoso. A lí  contos tia gostosa com sobrinho no beijo e amasso no carropapai enfia no meu cuzinhoRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingcontos eroticos chupadacontos eróticos bombons de chocolategozaram em minha boca durante a viagemcontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraocomi minha mae na varanda contosconto incesto minha linda maezihacontos pelado d4 pr macho no matominha esposa ela não gostava de depilar sua buceta cheia de pentelhos eu disse pra ela se você raspar sua buceta vai ficar linda eu não sabia que minha esposa que ela tinha raspado sua buceta a noite eu entrei no quarto minha esposa tava deitada na cama com o lenço em cima da suas pernas ela disse pra mim tirar o lençol de cima da suas pernas eu tirei o lençol sua buceta tava raspadinha ela me perguntou pra mim você gostou da minha buceta raspadinha eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eróticoconto eróticos dando o curso pra poder morarcontos eróticos bem depravado de bem picanteisso contos eróticoscontos esposa do clientecontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosContos porno de mulheres casada que traem com pau grande e choramtia travesti contosquero ler contos eróticos lojista gostosacontos eroticos gays atiçei meu tiocontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anoscontos cu virgem secretaria casada contosminha filha e bela contos eróticoscontos eroticos gays zoofiliameu cachorro mecomeu a forcacontos de menino bem novinho usando calcinhaconto erotico bem picanteContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhacontos eroticos gay babydollcontos com letras grandes , a rabuda e os dois travecos