Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MORENA DO INTERIOR

Click to this video!

Olá pessoal, sempre fui leitor fiel de contos eráticos, Então resolvi contar algumas das minhas aventuras eráticas.



Pra quem não me conhece vou me descrever:



Moro no interior de São Paulo tenho 31 anos sou moreno claro, 1,78m, 80kg, cabelos pretos, olhos castanho esverdeados, dote de 20x5cm.



Hoje vou contar como foi meu encontro mais safado com a Morena de Piracicaba, para garantir a privacidade vou chamá-la de Jô.



Eu já havia saído com ela outras vezes, mas dessa vez tudo foi diferente, dessa vez eu resolvi realizar a fantasia dela de ser pega a força, e confesso que foi uma experiência maravilhosa.



Antes de mais nada eu preciso dizer o quanto ela é linda, tem um rostinho de menina comportada mas na verdade é uma mulher maravilhosa, quente e safadinha na cama... um corpo lindo, uma bunda que me deixa louco.



A Jô mora sozinha, então um dia sem ela saber, resolvi aparecer de surpresa. Cheguei em seu apartamento por volta das 15h. Toquei o interfone e subi, ela me recebeu linda como sempre, estava com uma blusinha e de mini saia, ao entrar no apartamento, já parti para cima dela, peguei eu sua cintura e puxei ela pra mim, e nos beijamos, foi um beijo carinhoso, molhado e longo, ela nem imaginava o que viria apás.



Derrepente eu paro o beijo e pego ela a forca, enfio minha mão por dentro da saia dela e retiro sua calcinha, forço ela a se debruçar no sofá, e rasgo sua blusinha deixando ela somente com a mini saia, levando a mini saia e forço ela a ficar de quatro no sofá, abro a calça e coloco o pau pra fora que nessa hora já estava estourando de tão duro, e a penetro sem do. Enfio tudo naquela bucetinha que pra minha surpresa já estava molhadinha.



Ela não falava nada, somente obedecia e gemia sem parar, eu sabia que ela estava adorando, sua buceta estava ensopada, eu socava o mais rápido e forte que eu podia, puxava ela pelo cabelo e dava tapas em sua bunda, foi então que puxei ela pra perto de mim, enfiei o meu pau o mais fundo que consegui e disse em seu ouvido... era isso que vc queria né Jô, ser comida assim sem dá, como uma putinha safada... e nessa hora ela so concordou com a cabeça e gozou, seu corpo estremeceu todo e ela gemeu deliciosamente. Apás ver a cena fiquei louco e resolvi gozar, sai de dentro dela e fiquei em pé a sua frente, ela agora sentada no sofá me chupava inteirinho até que gozei dentro de sua boca, era lindo ver aquela morena sugando e engolindo cada gota da minha porra.



Foi incrível, gozei como nunca, depois disso fomos para o quarto dela, ela achou que já tinha acabado mas estava enganada, fiz ela deitar na cama, agora peladinha e de bundinha pra cima, peguei o lençol e amarrei seus braços na cabeceira da cama e comecei a brincadeira, primeiro beijei e chupei seu corpo todo, ela se contorcia mas não podia fazer nada pois estava amarrada, depois de uns 30 minutos assim deixando ela louquinha de tesão, fui até seu ouvidinho e disse, Jô fica de quatro.



Imagine a cena, uma morena de quatro na cama, com o rosto colado ao colção e com as duas mãos amarradas na cabeceira, e aquela bundinha arrebitada, toda indefesa.



Esperei ela obedecer minha order e assim que ela já estava de quatro eu falei novamente em seu ouvidinho, Jô agora eu vou la comer seu cuzinho, não era isso que vc queria ser comida sem dá, então agora vc vai ser.



Ela sem falar nada ficou so esperando o que seria inevitável, fui para traz daquela maravilha acariciei aquela bunda, beijei, e dei uma lambida em seu cuzinho e logo em seguida a penetrei, entrei devagar e fui aos poucos enfiando tudo, logo estava com o pau todo naquele rabinho, que visão linda ver aquela morena de quatro, foi uma transa maravilhosa, soquei em seu rabinho e ela gemia como nunca, ficamos assim por uns 19 minutos e então ela me disse que não aguentava mais e que eu devia gozar, nessa hora eu tive que mostrar pra ela quem mandava ali e dei um belo tapa em sua bunda e disse que ela não tinha escolha, eu iria comer aquele rabinho pelo tempo que eu quisesse, fiquei mais uns 19 minutos ali penetrando aquela bunda deliciosa até que não aguentei mais e gozei, meu corpo estremeceu e nos desabamos na cama ela deitou e eu deitei em cima, meu pau foi saindo daquele cuzinho ao poucos, nessa hora eu beijava sua nuca e pescoço e dizia o quanto ela era gostosa e maravilhosa, que o prazer que ela me deu foi incrível, ela também confessou que gozou como nunca e que estava realizada.



Soltei suas mãos e nos abraçamos e ficamos deitados por um tempo nos acariciando e beijando.



Para quem quiser entrar em contato comigo, meu email e MSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiariocontos eroticos aluninhaComi minha sobrinha contos eroticosconto mulher casada rabuda dei pedreiroconto erotico da cunhada pegando no paucontos eróticos menina no circodei o cu no campig homoxesuaismeninha fata zofolia buntuda sexover contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionárioseu mae e filha contos de sexoConto de neto dopa avo e come a buceta delaComtos tia e sobrinha fodidas pelos amigos do tioconto gay "nao puta"minhas tias chupavao meu penis de 10cmcontos eroticos irmacontos eróticos faZer o que se comer titia é gostosocontos eroticos extremoa crente e a zoofilia_contosfotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarcontos de chorei com a pica de meu avô no cubucetas carnudas grandes beicos casadas cornosconto de encesto meu pai ficou empotenteconto minha mulher cheia de porracontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cucontos eróticos sendo tratado como mulherConto erotico meti tanto q sangrouduas loirinhas e rusou casado mas fui dominado gayContos eroticos gay iniciado pela maecontos de menina crenterealizei a minha maior fantasia transei com um jovem loiro do pau grande e meu marido assistindodando pro cunhado contos eroticosContos erótico pombinha inchadaContos porno dei cu p me sogro por chantagemmete mete mete gostoso. contoscontos eróticos cantada na rua não resisti e traícontos adoro ser cornocontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta Contos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalzoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulheteswww.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoconto gay fodi o namorado da minha irmatia travesti contosContos de esposa abriu o cu ao máximocavalo mangalar goza na boca da coroa resen separadaContos excitantes sou gaúchamedica seduzidapor lesbica historiasContos gay banheirominha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delamelhorescontos eróticos gosando pelocuas meninas brincaram com meu pau contosconto erotico minha namorada cuidado de mimsou casada mas sou fissurada em paucontos de cherado decalsinhasou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreiconto travesti me enganoucontos eróticosprimoscontos comi o cu da mamãeContos eroticos Japonesinhaminha esposa safada de saia deixo o vizinho a funda a xoxota delacunhada sem calçinha contoscontos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhospornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elaconto teens de pau duro no calcao de futebol para a primavou ja ja no meu bucetao gostososó um pouquinho contos comentário de. mulher que ja a buceta pro donzelopai minha vi de calcinha e contoscontos eroticos sogra mijonaNovinha desmaia de tanto gosa conto eroticocontos eróticos mostra logo filhosurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de casadas liberadacomtos de travesty petdedo o cabasso do cuzinhocunhada com previlegios pornsvideo de mulher transando no atelier delaIncesto com meu irmao casado eu confessovideos de homens que dao palmadas fortes na buceta pelada da mulher sem doconto erotico namoradinhos de infancia