Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCANDO DE BONECA, MAMANDO DE VERDADE!

Click to Download this video!

Sempre fui muito ingênua nesses lances de sexo. Brinquei de boneca até aos 19 com a minha prima Luisa. Nás morávamos longe uma da outra e nas férias passávamos juntas. Por ser muito tímida, não tinha muitas amizades, nem na escola e nem onde morava, por isso era muito apegada a minha prima. Luisa era dois anos mais velha do que eu, tinha um corpo bem desenvolvido, um peito de fazer inveja! Eu na época não tinha muito corpo, magra e com cara de menina. Lembro-me que na nossa infância Luisa falava de namoradinhos que tinha e o que deixava os meninos fazer com ela, eu horrorizada, achava tudo muito nojento. Certa vez, já mocinha, Luisa veio passar as férias comigo e assim que chegou foi logo me puxando pelo braço para brincarmos de boneca. Ouvi minha mãe falar "tão grande e ainda brincando de boneca!" Minha tia defendeu-nos: "Deixa as meninas aproveitarem a infância". Até hoje me lembro dessas palavras da minha tia, coitada, nem imaginava que tipo de "brincadeiras" aconteciam naquele quarto! Assim que Luisa me puxou, entramos no quarto e sem a menor cerimônia trancou a porta. Fui logo pegando a minha boneca preferida, Luisa disse que não precisaríamos da boneca porque eu seria a sua boneca. Claro que havia más intenções nessa proposta, mas na época nem me liguei nisso. Deitou na cama, levantou a blusa, seus seios enormes saltaram empinados diante de mim. Fiquei impressionada com o tamanho deles. Luisa puxou minha cabeça para que eu mamasse nela como fazíamos com as nossas bonecas. Meio sem jeito meti a boca em seus mamilos duros, chupei com força, ela baixinho gemia. Afastou minha cabeça e disse que eu deveria passar a língua por cima dos seus biquinhos e depois sugar com força. Fiz isso e ela se contorceu toda. Perguntei se doía, já que ela gemia tanto. Luisa riu gostosamente, disse que a brincadeira agora ia ficar melhor. Levantou-se da cama, pegou sua mochila e tirou dela um embrulho de papel amassado. Disse que agora brincaríamos de bichinhos e eu seria sua cachorrinha. Desembrulhou uma caixinha de leite condensado já aberta, tirou o short e a calcinha, deitou na cama, abriu bem as pernas e lambuzou a xoxota com leite condensado. Eu era a cachorrinha e deveria lamber tudo. Meti a boca e quase de uma vez sá chupei todo leite, mas ela zangada disse que teria que ser devagar, lamber primeiro e depois chupar. Passei a língua sobre seu grelinho já inchado de tesão e fui chupando onde havia leite condensado. Ela pressionava minha cabeça contra sua xoxota, rebolava na minha cara e dizia que eu deveria enfiar a língua dentro do seu buraquinho. Enfiei e ela se tremeu toda, com mais força segurou minha cabeça e disse que eu deveria engolir um outro leitinho que sairia da sua xoxota. Eu com a cara quase toda enfiada dentro dela, senti algo mal cheiroso e de gosto horrível descendo pela minha boca. Quis tirar a boca, mas ela segurou firmemente minha cabeça e gozou na minha boca. Cuspi tudo e tentei limpar a boca com a mão. Não queria mais brincar daquilo. Ela carinhosamente me deu o restinho do leite condensado para beber, o que tiraria o gosto amargo na boca. Me fez tirar a roupa e disse que seríamos papai e mamãe. Deitou-me na cama e por cima de mim ficou se roçando, senti algo gostoso nesse roça-roça e meti a boca nos seus seios. Foi instintivo, ela ria e se esfregava ainda mais em mim. Meteu um dos dedos dentro da minha xoxota e eu é que passei a me contorcer. Chupou meus seios miúdos, ainda em desenvolvimento, desceu sua língua pelo meu corpo magro, chupou minha xoxota com uma agilidade que ainda hoje desconheço. Nesse momento tive meu primeiro orgasmo, uma sensação gostosa explodia em mim. Descobri as delícias do sexo e passamos a "brincar de boneca" mais vezes. Dois anos depois, eu já com 19 anos e Luisa com 19 já fazíamos loucuras dentro do quarto, sá que dessa vez com vibradores.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto cavala loca por sexocontos porno esposas estuprados submissoscontos eróticos esposa disfarçadoconto erotico gay coroa cavalao faz viadinho chorarcontos gays casado dando o cu ma lua de melconto erótico de gay dando o cu pra catador de papelão segurei a pica estranhozoofilia casada conto xacracoroa t***** da bundona state durinho rebolando gostosoContos eróticos de incestos orgias com as irmás gostosas na cachoeiracasa dos contos estrupada por pivetescontos minha esposa ainda resisteMeu padrastro negro fodeu minha cona. Conto erótico heterossexual.www.porno chupado os peito ate fica roxo.comContos dois na minha mulhercunhada na cadeia contosConto eroico comendo as primihascontos eroticos minha esposa mi deu de presente a sua sobrinhavagabunda estuprada contos.eroticosao meus 19 anos cumi um cuziho bricando d esconde esconde contosgayConto homemchupando a buceta delaconto erótico meu vizinho viúvoContos erotico exibi meus seios enormes pro entregadorcontos coroas fudendocom novinhoPuta merda!!!para!(conto teen gay)Comi um cu fedodo contosjato forte coroa vomitaConto erotico negra com negrocontos eu minha esposa e dois comedorescontos eroticos em ferias em casa de tia gostosa na piscina e marido nao vera magrelinha de rua contos eroticosconto minha tia pelada no quintalcontos dopei minha namorada novinha e arrombei com consoloduas mulher chupando a b***** no Jordão baixo fazendo sexocontos eroticos meu entiado negao me comeuContoseroticos cavalosem querree trasar incerto xvidioconto esposa na orgia do carnavalcontos eroticos traindo o marido com piveteswww.conto fudeno mulher q fas cafezinhocontos eroticos de humilhaçãoconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadocontos eroticos esposa coloca coleira no maridofotos derabudas na academia roupa brancacasa dos contos mae e filha xupação de bucetaSEQUESTRO. E BIG PAU. COM GOZO NO CUmulher gozando a um metro de distansia e mijandoputão na vara contosFudendo a prima,contocasa do conto erotico filha da patroa em reforma do aptContos eroticos primeira vez no puteiroMeu+irmau+arrombo+meu+cu+a+fosa+conto+eroticocontos eroticos padrescontos de cú por medoso contos de gay sendo aronbado por varios machos Contos eróticos farmacêutico coroaconto chantagem afilhadaFiquei parado olhando a bunda delacontos eroticos "foi me abrindo"conto erotico com mecanico velho coroa grisalhoquando eu era. adolecente meu amigos me estruparao e eu adorei conto erotico gueyzoio filme antigo erótico animalescocontos eroticos casais falando putaria fantasiando outroporno gay interracial com macaquinho gulosoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoContos eroticos Minha filha choronacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html tesudas contocontos minha filha tem mega grelaoContos eroticos ninfetas no tremConto caminhonheiro comendo a patroacontos eu meu tio e minha tiaCont erot tic dormindocontos eroticos maduras eu e minha amiga gostamos daquela piça pretaconto erotico catador de papel comendo.buceta da novinhacontos erotico no acampamentotravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhacontos eroticos com coroa taradoconto eroticos primas gostosa veio min vizitarnegra atola a rola e ela da pidoa medica que gostava de zoofilia_contosenrabador de afeminadocontos incesto padrinhos carentesde tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...Cont erot vi a calcinha delacontos eroticos casadas 50 anosela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elecontos trai meu marido com um cara que era um pe demesapornoido colega de aulacontos eróticos de garotas f****** com negãoCONTOS ESPOSA CORNO ANDREAminha cunhada uma p*** contos eróticoscontos de noiva putinha corninho safado titío caralhudogorda gozando contos