Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCANDO DE BONECA, MAMANDO DE VERDADE II - A PROSTITUIÇÃO

Click to Download this video!

Estava com 19 anos quando fui passar o final de semana na casa da minha prima Luisa. Já estava com o corpo formado, seios desenvolvidos, quadris largos, mas ainda era magra para a minha idade. O que mais me incomodava nem era ser magra, mas ter as pernas finas. Mesmo assim era bonita, tinha um rosto de boneca o que me ajudou muito futuramente. Luisa com os seus 19 anos era tudo o que um homem queria, umas coxas bem torneadas, uma bunda maravilhosa e seios grandes, duros, poderosos. Era a sensualidade em pessoa, eu me orgulhava muito dos finais de semana em sua casa. Assim que cheguei, Luisa me disse que teríamos algo especial para fazermos à tardinha, iríamos a casa de um senhor vizinho dela que morava no final da rua. Perguntei o que faríamos lá e ela cochichando disse-me que ela pagaria 50 reais para ver nás duas transando. Achei que era brincadeira dela, mas ela disse que o velho era tarado por garotas transando e que ela ia algumas vezes a casa dele e recebia 20 reais sá para ser chupada! Topei a brincadeira, transava com Luisa mesmo de graça, se ganhasse uns trocados, que mal poderia haver nisso?! à tardinha nos arrumamos, Luisa foi de saia e blusinha e eu de vestidinho. Disse a minha tia que iríamos ao shopping bater perna. Saíamos, passamos em frente a casa do coroa, mas não entramos, demos a volta na rua, paramos na esquina e ficamos disfarçando ali. Uma luz piscou na sala, era o sinal para entrarmos, Luisa puxou-me pelo braço e entramos. O tal velho era uma coisa horrorosa! Barrigudo, pelancudo, poucos dentes na boca, por volta dos seus 65 anos, não era de se admirar que tivesse que pagar para ter "companhia"! Se chamava Bartô, olhou-me com desejo e estremeci em pensar naquele velho me tocando, logo eu que não tive nenhuma relação sexual com homem algum, apesar de não ser mais virgem. Fomos para o quarto do coroa que já foi logo tirando a roupa e sentando numa poltrona que ficava em frente a cama. Luisa devagarzinho foi se despindo na frente do velho e eu constrangida com a presença dele, tirei o vestido logo de uma vez. Deitamos na cama, Luisa me beijou gostosamente de língua, enfiou um dos dedos na minha xoxota que já estava molhada, tirou os dedos melados e chupou lentamente, sugando todo o melzinho que havia neles. Desci minha boca nos seios duros, chupei com vontade, modisquei, suguei aquela delícia! Luisa segurava minha cabeça enterrada em seus seios e forçava a minha boca a descer até sua xoxotinha toda depiladinha. Desci a cabeça e enfiei minha língua na sua xoxota e um dos meus dedos no seu cuzinho. Luisa gemia, se contorcia toda, pressionava minha cabeça para que eu metesse cada vez mais a língua na sua xoxotinha. Com uma das mãos livres ela mesmo acariciava seus mamilos duros de tesão. Meu grelinho inchado, pedia urgentemente a língua de Luisa. Esqueci completamente o velho sentado na poltrona e suguei todo o gozo que já escorria da xoxotinha de Luisa. Ela gemia descontroladamente, mais até que das vezes anteriores. Fiquei de quatro para que Luisa enfiasse a língua no meu cuzinho e com os dedos metia e tirava da minha xoxota. Luisa não sá metia sua língua gostosa no meu cuzinho, mas lambia e mordia cada parte que alcançasse. Eu rebolava na cara dela e sentia as pernas tremer, queria gozar logo. Luisa tirou a língua e enfiou os dedos delicadamente em mim. Primeiro dois dedinhos, depois o terceiro e por fim a mão inteira dela fechada já estava dentro de mim, me socando, me rasgando por dentro, que delícia! Senti uma dorzinha gostosa, uma sensação de puro prazer. Gozei, gemi, gritei. O velho saiu da poltrona de pau duro e gozou em cima da gente! Um jato de porra escorreu pelas minhas costas, já que eu estava de quatro, respingou também na cara da Luisa. O velho insatisfeito ainda, enfiou aquele pau horroroso na boca da Luisa e ela sem se importar chupou com vontade! O velhinho se contorcia todo, pensei até que teria um troço! Mas não houve outro jato de porra, a brincadeira terminou por aí. Nos vestimos, Luisa cobrou mais 20 reais por ter chupado o pau do coroa e saímos de lá com 70 reais no bolso, o que para mim era dinheiro, já que não recebia um centavo dos meus pais de mesada. Fomos para o shopping e torramos o dinheiro lá. Achei tão fácil ganhar o dinheiro, não precisava nem tocar no velho, acabei voltando outras vezes. Esse foi o primeiro episádio que levou-me a prostituir-me tempos depois.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casadando a esposa.para sr de idade conto eroticoeu e meu irmao gordinho na casa de praia contos gayconto eróticos comi minha prima mae solteira carentemiminha pidinho picainspetora viu meu pau contosconto irma casadacontos eroticos -FILHA tarada pelo Paicontos manaPadrinho iniciando afilhada novinha contos eroticoscontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludoContos gays me fantasiei de mulher no cine pornoCasadoscontos-flagrei.dividindo a enteada teen com o filhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casarelatos eroticos casadas com negao e velhomulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelcontos eroticos titias na praiaCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAcomendoagatinhada farmáciawww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comsem explicação safadinha contosafilhada chorando com a pica do padrinho no cu - contos eróticosesposa de biquini com os filhos contoLora dismaiando no cu no anal em tres minutosconto afoguei com galacontos eróticos relatados por maridos chegando em casa e pegando o fraga interracial 2contos eroticos meu amiguinho me encoxousexo gostoso contoscontos sarro gostoso com meu genrocontos eroticos Sou arquiteta, 28 anos, morena do tipo gostosacruzando o cu fechadinhoContos sogra medindo o tamanho do pauPortão tem puta fodedeiracontos porno de incesto real pai filha e mae juntosxoxo-tas carnudas pedindo pica no rabo gordoconto erotico gay meu dono convidou um negao pra me foderconto erótico sonífero na sobrinhacontos mulher x travestitocu de proposito pornodoudocontos suruba inesperada com a esposa e travestihistorias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandocachorro engatado até o talo cavadinhacontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoconto praia de nudismo com a esposa continuacontos eroticos vizinho me pegou shortinhocontos eroticos cornos que nao desconfiacontos eroticos homem casado dando para o primoconto erotico comviadinhoConto erotico uma princesa para um pedreiroCamila minha enteada com a b********contos eróticos no trabalhocontos xxx usando plug do lado do paicontos eróticos de experiência bi de ninfetascontos eroticos de me fodram enquanto dormechantagem com casal. que pediu carona contos eroticocontos eróticos gay irmãos machos se esfregandoa amiga resolve acordar a amiga com a mão na buceta delaprimos q pegaram primas pela cinturaconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos eróticos fiquei só de calção na frente da babáPegando a prima logo cedo contocontos reais punheta gozadascdzinha esposa corno contoComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem senteilustracao de como é um penis de um cao dentro da cadela np cruzamentocontos eroticos de mulher casada que gosta de trair o mardo com negoes e levar tapas na cara na frete do corninhocontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiahttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticoscontos eroticos peao come meninocontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos perdi a aposta e virei fêmeacasa dos contos gay desgraçado arrombadorConto porno apanhando de cintoDei o cu pro tio contoscolocando no cuZinho da Roseli até ela gozarcontos eroticos de menininhasminha prima e uma jebaconto picante virei passivo do meu amigo nas brincadeira adoreipai sempre brincava com seus filhos de tirar a toalha e sair corrwndo e um certo dia fez sexo com sua filha no banheiro contos eroticosconto erotico fui pro bar escondidaMulherbrasileira ensinando a filha, meter contoscontos novinha rabuda deu p pai