Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA NOITE DE SONHO

Click to this video!

Eu estava cansado, o dia foi hiper stressante, e trabalhoso, fui pra casa, ao chegar fui direto pro banho, onde tomei um banho longo e demorado, lembrando do meu ultimo final de semana que havia sido divino, por um caso que tive com uma mulher que mesmo sendo noiva, esqueceu de seus compromissos e se entregou a mim, e fiquei sabendo que era noiva apenas depois de já estar tudo rolando... bom apás tomar o banho, eu me deitei na cama, fechei os olhos e pensando em como havia sido bom os momentos daquela noite....





minutos depois toca o telefone, era a moça com que eu havia passado o final de semana, ela mora cerca de 300 kilometros ou mais de distancia de minha casa, enfim... era ela no telefone... ao atender o telefone, ao mero “alo” ela já começou... “To louca pra sentir novamente seu pau delicioso na minha boquinha, quero sentir seu gosto, to louca pra ser dominida por você ser a sua putinha”







ao ouvir isso fui a loucura, e já fiquei a mil... então ela apás falar isso, finalizou dizendo, voltei pra sua cidade, pois estou morrendo de tesão por você vim apenas para passar a noite com você estou no hotel... na rua.... e desligou....



eu fiquei louco de desejo, e não pensei duas vezes... e fui louco me arrumando, coloquei a camisa branca de botão que ela adora abrir, minha calça jeans de verão tecido fino, e fui, já pensando em como poderia ser a noite... levei varias camisinhas e lubrificante, um leite condensado, vinho, etc...





chegando na frente do hotel eu dei um toque no celular, ela desceu, veio me comprimentar no carro, ela entrou no carro e disse, dirigi, eu pensando que era pra não dar bandeira pois não poderíamos ser visto, liguei o carro, antes mesmo de arrancar o carro, ela jah se abaixou e foi abrindo meu zíper... e acarecia por enquanto sá com as mãos meu pau, que nessas horas tava pra lá de duro...





então ela disse, não para de dirigir até eu falar... e preste atenção no transito... eu olhei pra ela e ela com tom brusco falou, olha pro transito... eu fiquei dirigindo... e ela falou vai pra ruas movimentadas e anda devagar pra cuidar do transito... e nisso ela começou um boquete delicioso que eu jamais havia recebido, era impressionante como ela chupava bem, era extremamnete gulosa, parecia de sede de bebeu meu mel...



foi entao que falei pra ela, ixi, sujou tem policia logo a frente, ela nem se importou e falou, hum delicia, perigo a frente, chamei ela de louca, mas adorei a situação pois adoro um perigo... e passamos pela barreira policia que por sorte não parou agente... seguindo em frente ela continuava a me chupar cada vez melhor e com mais vontade... e pra me deixar mais louco ainda ela começou intercalar





entre me masturbar e me chupar, me chupava e me masturbava ao mesmo tempo... e daí não há quem se segure... eu falei que desse jeito iria acabar gozando, e ela enlouqueceu de vez... e foi até eu anunciar que iria gozar.. ela sá disse com carinha de meiga e voz doce..”goza nessa tua putinha q adora beber o teu melzinho...” fui a loucura e gozei... gozei... gozei.... nossa eu não parava mais...





e ela não desperdiçou nada... bebeu todo meu mel sem deixar perder uma gota... e depois começou a lamber, até deixar limpinho.... fechou meu ziper, eu ainda dirigindo, ela voltou pro banco dela, e com aquela carinha que parece meninina meiga e putinha ao mesmo tempo, me disse... gostou do meu carinho ??? ela pediu pra irmos pra um lugar onde pudessemos transar ao ar livre.... fomos pra uma praia....



uma praia deserta... mas ao abrirmos a porta louco pra transar a luz do luar...somos surpreendidos pelo vento e frio, e vimos gente meio distante vindo em nossa direção, daí então resolvemos ir pro motel que tinha perto, no caminho inteiro, ela ao parava de me provocar, mexendo no meu pau, dando umas chupadinhas, lambendo... enfim ela sabe que sou louco por isso...



chegando no motel, ao entrarmos no quarto pra minha surpresa, ela já me joga contra parede, me beija forte foi até minha orelha esquerda e disse baixinho... hj sou todinha tua, foi na orelha direita e disse.... faz de mim a tua putinha,, voltou me olhou nos olhos e com tom de quem manda... “FAZ EU ME SENTIR MULHER, FAÇA OQUE QUIZER”



Meu deus, ao ouvir isso, fui a loucura. E virei ela na parede, já beijando-a, e segurei suas mão para cima, deixando ela sem reação, e fui beijnado pescoço e orelha devagar, querente esquentar ela os mínimos detalhes... ela estava com uma blusinha decotada, passei a linha da orelha até entre os seios dela... e fui abaixando... dei uma mordidinha na barriguinha dela...



ela se soltou e me segurou firme nos cabelos, querendo me levar para os seios... eu fiquei de pé... olhei firme nos olhos dela e falei... ‘HJ TU É MINHA PUTINHA, QUEM MANDA SOU EU” segurei ela pelos cabelos, fiz ela virar de costas, erguendo o cabelo dela, beijei e mordisquei a sua nuca, e com a outra mão acareciei seus seios... e fui descendo, mordendo suas costas...



subi, desvirei ela deixando-a de frente, segurei firme na cintura, enrgui e beijei fortemente, enquando beijanva arranquei sua blusa, e sutien, e ela arrancou minha camisa, como ela estava de saia curta daquela que parecem saia de prega colegial, eu acariciava sua bunda e sua bucetinha... ergui ela até ela ficar com as pernas em meu ombro, e eu ficar cara a cara com aquela bucetinha gostosa...



sem mesmo tirar a saia, eu arranquei a calcinha dela que era com apenas um fino fio dos lados.. e qdo vi, estava lá. Lisinha, depilada, maravilhosa aquela bucetinha, eu beijava suas coxas, e as vezes dava uma lambidinha em seu clitores ela ma segurava forte nos cabelos, queria que eu chupasse, e eu ia sá passando a língua ao redor, e as vezes dava uma lambidinha...



eu queria provocar deixar ela louca.... certo momento nem eu aguentei e fui obrigado a chupar ela, e ver ela se remuer de tesão, contorcer, gemer... daquele jeito, ficamos por um tempo... até que desci ela de meus ombros e segurei-a na minha cintura. Onde levei ela pra cima da mesa.... peguei o leite condensado e passei em algumas partes do corpo dela e lambia, chupava, ...



nem eu aguentava mais a situação, e mesmo assim continuei provocando, pois oque eu queria era oque ela nunca havia permitido... virei ela costas na mesa e comecei a fazer mesmo, com doce de leite lamber... chupar, das costas até sua bundinha gostosa, quando cheguei na bunda, eu passei um pouco mais de leite condensado, e comecei a lamber seu cuzinho tb, onde ela não se aguentava e rebolava,



nesse momento, achei que seria a hora... peguei o lubrificante que estava no meu bolso sem ela perceber, e sem parar de lamber seu cuzinho e bucetinha por traz... eu abaixei as calças coloquei a camisinha... pensei.. pronto, agora é a hora... a todo momento enquanto eu chupava e lambia, ela me implorava, ME FODE, ME FODE...



eu enchi seu cuzinho de lubrificante, encostei meu pau no seu cuzinho, ela tentou sair, mas segurei firme não deixando sair, e fui beijando sua nuca e fui colocando devagarinho, ate entrar tudo naquele cuzinho apertadinho, ela gemia dizia q doía, mas mesmo assim continuei... e comecei a bombar, cada vez mais forte, logo ela já estava rebolando, e me falando... “VAI, FODE ESSA TUA PUTA, ARROMBA ESSE CUZINHO QUE É SÓ TEU”



eu ficava cada vez mais louco com a situação, ficamos assim por um tempo... qdo anunciei, q iria gozar, ela rebolava como nunca, e forçava em minha direção pra sentir mais.... e explodi num gozo tremendo, fomos pro banho, e lá ela me acariciava, o tempo todo, pra não me deixar amolecer, antes mesmo de sairmos do banho ela me chupando gozei novamente na sua boca...



fomos pra cama, ela parecia querer mais, eu tb não queria perder tempo... ela por cima, e cavalgava, cavalgava, e pedia pra eu xingar, como demoramos mto pra gozar nessa posição, fomos na chamada posicao de “franguinho assado” onde a penetração é total... não demorou muito e logo veio o gozo e ambos num desmaio total. apás eu acordar, pudi notar que era tudo um sonho e eu nem havia saído de casa.



Quem gostou desse conto, e queria realizar alguma fantasia ou torcar experiencia... pode mandar e-mail [email protected]

ou acessar meu perfil no orkut,

http:orkut.comProfile.aspx?uid=6146091046381846865



Abraço a todos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


aravando as pregas do cu virgem fa espozaConto de mulhe minha esposa na festacontos eroticos eu gravida com vontade.di fuferPuta merda!!!para!(conto teen gay)homem casado,sendo penetrado gostoso no frango assado.contos eroticos cornosmulher do gelou grande fudedoestorei o cu dela contocontoso tecnico em informatica me comeucontos eróticos verídico de ginecologista e grávidacontos eróticos infânciacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidominha prima malcriada contocontos eroticos de sogrofilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cugarotinha conto eroticoas rola de pratigo na bucetacontos eroticos novinha da bunda arebitada Sexo anal "nunca mais fui a mesma"contos comeu meu cu adolecenciacontos eroticos foi comer cu de esposa e viu que tava arrombadaconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantecoroa amostranda a calcinha video feito casasexo com a namorada do meu filho anal e ela gritaVanessinha criando pelo na xaninhameu priminho estava batendo punheta para mim contos eroticosContos eroticos das periferiascontos a pica do comedor pingandocontos corno humilhado beija pésContos eróticos de rabudas casadasconto com cunhada chantagistaconto erotico bolinada na infanciaconto de não aguentei a pica grande no meu cuhttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosenchemos a boceta de porraconto de cunhada que viciou emdwr o cuconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsoMeu irmaozinho caçula me te penetroucontos eroticos submissa chantagem casadascontos foi a melhor foda que tiveconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueconto conto erótico e história comendo a mulher do meu amigo anal okinawan gélico pornôestorei o cu dela contoPrimeira vez q dei o cu vestido de travestxvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negraContos eróticos engravidei na primeira trepadaconto erotico comviadinhoimagens da tia perucas com a calcinha enfiada na bucetacontos eróticos de n********** dando para pau gigantescontos bebi com meu tio e acabei transando com eleconto comendo a babapitbol caseiraeu gordinha arregacada por um roludo contoscontos porno traição da senhoraFiquei parado olhando a bunda delacontos eroticos gratis submissão chantagem casadas"muito aberto" gay contocontos erotico meu cunhado e meu sogro me estupraramContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhoscontos real consegui pegar a namorada do meu irmaovidianho quis me da e nao resistiFetiche pelos pezinhos da minha amadaconto erotico incesto sonifero filhaconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsobuceta toda vabiada pornominha cunhadinha e virgens peguei a forcaO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticoContos eroticos transEu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticocontos erotecos dei mel rabao pro mel felho toludoMeu penis mede 17 cm e grandeMeu irmão chupa minha maecontos erótico com viuvascontos mae crente babando no pau do filhocontos de coroa com novinhocontos eroticos no cinemacontos eroticos fui no puteiro de de cara com minha tiacontos de cornocontos eroticos envangelica marido e pai roubaram o chefecontos porno eu e meu amigo fudendo minha maemarido viado hormonios femininos conto eroticocontos eróticos uma travesti chupou miha bucetona greluda no banheiro femininoestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elasenti jatos de porra no fundo da/minha bucetabolinei minha cunhada por baicho da mesa videorealizei meu sonho transar com um cavalocontos eróticos para ler a sogracontos minha filha viciada em porraContos na pescaria com tios e amigos me fazen d bixinha delesacordei com meu cuzinho todo melado contos gayrelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crentecontos eróticos me pegaram a força no meu trabalho