Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI DUAS DAS MINHAS ACAMPANTES

Click to this video!

Durante algum tempo eu exerci a função de monitor de acampamento. Sempre fui bonitão, ao menos esse é o comentário da mulherada.



No acampamento era ainda pior, já que na época era universitário e as menininhas ficavam loucas. O regulamento não permitia de modo algum envolvimento entre monitores e acampantes, e eu tentava evitar isso já que as adolescentes apesar de muito gostosas, poderiam vir a ser uma grande dor de cabeça.



Tudo ia bem até que em uma das temporadas tive como acampantes uma inglesinha "Julia" 19 anos e uma francesinha "Brigitte" 19 prestes a fazer 19 (nomes fictícios). As duas nunca esconderam que me achavam o monitor mais gato de todos, e sempre me davam presentes, tipo chocolates, cachecol, camisetas.



Um belo dia fomos fazer uma atividade fora do acampamento, onde nos dividimos em turmas. Cada monitor ficava com seis acampantes, e tinhamos de superar as equipes rivais. Depois de algumas horas de atividade a Julia fingiu que havia torcido o tornozelo e eu tive de levar ela de volta ao acampamento, deixando os demais acampantes com outro monitor.



A Brigitte em solidariedade a colega falou que queria voltar junto, eu aceitei, afinal seria bom ter alguém para ajudar a apoiar a Julia, já que não ficava bem eu levar ela no colo, e eram mais de 7 km de estradinha de terra para voltar.



Depois de andar uns 3 km a Julia falou que tava doendo muito e que tinha visto uma casinha no caminho e se poderiamos descansar um pouco na sombra. Levei as duas para lá, e chamamos mas não tinha ninguém.



Forcei a porta e vi que a casa não era ocupada a algum tempo. Entramos para nos abrigar do sol. Elas tomaram água do cantil que eu levava, e a Julia ficou elogiando minha força.



A Brigitte então se levantou veio até mim, e segurou meu rosto e me deu um beijo na boca. Fui pego de surpresa, mas claro que sequer tentei impedí-la. Ela falou que a Julia não tinha torcido o pé nada, falou que era um plano delas e que estavam loucas de vontade de me beijar.



Imediatamente encostei a porta e puxei a Brigitte pela cintura, apertando seu corpo contra o meu e enfiei a lingua na sua boquinha carnuda. A Julia se levantou e me abraçou por trás, passando a mão nas minhas cochas. Na hora meu pau ficou duro como pedra. A Brigitte sentiu e avisou a amiga do meu estado.



Elas pediram para ver ele, e tomado de tesão tirei os 19 cm para fora da cueca. Uma esticou a mão e pegou minhas bolas enquanto a outra se abaixou e começou a lamber. Me chuparam, lamberam, cheiraram, mordiscaram, até que eu não aguentei e avisei que ia gozar. As duas exigiram que eu gozasse na boca delas, claro que atendi.



O pau nem amoleceu e eu falei que também queria vê-las nuas. A Brigitte logo tirou tudo e ficou esfregando a bunda no meu pau. A Julia sá tirou a parte de cima e disse que tinha vergonha de tirar o resto. Não reclamei e fiquei esfregando o pau naquela bucetinha carnudinha da Brigitte e logo forçava a entrada.



A Julia logo se animou e veio me beijar, e eu consegui enterrar a cabeça na bucetinha da outra. Começei a fazer movimentos suaves de vai-vem, mas a Brigitte já gritava de tesão. Não aguentei e passei a socar com força, enquanto com a outra mão explorava a bucetinha e cuzinho da Julia.



Depois de alguns minutos avisei que ia gozar de novo, e gozei na bundinha da francesinha. Descansamos um pouco e logo as duas voltaram a atacar meu pau; com as duas chupando logo estava de novo em ponto de bala, e quando achei que ia comer a Julia ela avisou que ainda era virgem, mas liberaria o cuzinho.



lambi aquele buraquinho com volúpia. Coloquei com bastante calma, enquanto a amiga me surpreendeu e chupava a bucetinha da Julia. A menina teve um orgasmo quase instantâneo quando eu enfiei toda rola no seu cuzinho e a amiga lhe mordia o grelinho. Soquei com força por vários minutos e também gozei, desta vez bem dentro daquela ninfeta.



Nos vestimos novamente e as levei de volta ao acampamento. Lá ela voltou a fingir uma torção, e não falamos mais no caso. Ao voltarmos à capital as duas me ligaram várias vezes, e ainda as como quase sempre. Hoje elas tem 19 e 20 aninhos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


me fode jb. contosIncesto com meu irmao casado eu confessosurra vaginal amordaçada contobumbum de mocinha injecso porno contoesposafoi.encoxadaenfiei o maior dildo no meu cu contosp*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandeContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2chantagem zofilia e insesto conto eroticomulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaesposo liberando a esposa para viajar contoContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindonegao deu o cu contos gaycontos eróticos sadomasoquismo exttemocontos calcinhafazer sexo sem amor gostoso meterolaf****** irmã mora nos peitos das gostosasContos eroticos de solteiras rabudasminina pela de mostrngo a busetacontos eroticos jingridvideos de porno sogro cardando a morarecebru varias calcinha de presente contos eroticoconto gerou comer a sogramamae me deu seu cuzinhocontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos sexo meu filho meu homem meu marido morreu e eu to com tesaocontos eroticos cumendo o cuzao cabeludo da minha maeComigo por um cachorro gay contosfoda gostoza mulher caszada tro cano omaridocontos eróticos eposa e amigocontos eróticos de n********** dando para pau gigantesContos supreendida pelo novinhonegoes picudos/contoseu fui arrombadoeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contopegando minha priminha novinha contoscontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no raboou porn contos mãe traindo com um negrocontos padrasto e enteadaContos eroticos de solteiras rabudascontos fotos esperimentando rolacoroa cintura fina e coxas largas e gordasconto erotico chantageada pelo deficienteuma dp muita dor mais deliciosa conto.contos eroticos decornos amigoso que acontece se ficar com penis infiando 30hora parado dentro da bucetacontos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elaContos afeminado c shortinho socadoconto erótico minha esposa caiu na ciladacontos tias de 29 anos loirachuupadacontos comiminha primaWww.contos.eroticos.mulher.casada.traindo.homem.caralhudo.egrossoDei a um cara que tinha elefantismo no pau contosGozando na boca Abrantes dela chuparticos em bunda de mulhwequando novinho viciei em da meu cuzinhoContos Comendo A filha da amigacontos carona q virei cornosadomasoquismo relatos comidavivacontos eróticos de cunhadas e subrinhashistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido verContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãocontos eróticos infânciacontos gay gordinho calcinhainiciando um cuzinho virgem contosqero tranzar com a minha enteada ela r muito timidaMinha filhinha conto eroticocontos eroticos provocando no barcontos eroticos testemunha de jeovaviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra elecontos eroticos fudendo a mae ño campismoabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delacontos eroticos estupro submisso f de semanaas busetao.mas abertos e mas gostozas do mundo porno ater das eguasminha esposa e o porteirofotos derabudas na academia roupa brancacontos eróticos de bebados e drogados gaysvideo porno dano o cu ea buceta toda babentaraparam minha buceta a força contos.leitinho do padrinho contos gaycontos eroticos esposas no swingcontos eróticos meu sobrinho punheteiro