Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DOMINANDO E USANDO CASADAS - MARCELA

Click to Download this video!

Sou advogado, tenho 26 anos, loiro, 1,80 de altura, 92kg, olhos verdes. Tenho um tesão muito especial em dominar, submeter, usar e humilhar mulheres casadas, noivas, ou comprometidas. Escrevi meu primeiro conto denominado: “Dominando e usando casadas – Adriana”, e devido a vários e-mails que recebi resolvi continuar contando minhas experiências com minhas deliciosas putinhas comprometidas.

Conheci Marcela na sala de bate papo do uol sobre SM, no primeiro contato eu percebi uma afinidade de interesses e desejos tão grande entre nás, que nem acreditei que ela fosse de fato mulher, achei que fosse mais um idiota se fingindo de mulher; sá tirei minha dúvida depois de alguns dias quando ela finalmente me passou seu telefone.

Marcela tinha 26 anos, dizia ser noiva e que namorava há 4 anos. Ela disse ainda que estava com o casamento marcado para dali a 4 meses e que inclusive já tinha tinham comprado apartamento. No início das conversas ela demonstrava muita timidez, mas logo eu percebi que na realidade o que mais excitava Marcela era a idéia de trair seu noivo, a idéia de ser feita de puta, ser usada e humilhada por outro homem às vésperas do casamento; ela sentia extrema necessidade de sentir-se uma verdadeira devassa, sá assim ficaria realizada. Em pouco tempo Marcela já estava seguindo meus comandos, aprendeu que deveria referir-se a mim como Dono e a seu noivo como corno. Determinei que nossos encontros seriam sempre no período da tarde, pois ela sempre encontrava o corno a noite, sendo assim ela iria ao encontro do noivo devidamente usada e abusada por mim. Nosso primeiro encontro ocorreu num shopping e de lá fomos a um motel...ela estava vestida como eu ordenei, além de estar devidamente depilada, com as unhas feitas e tinha passado um delicioso creme em todo seu corpo, ou seja, estava toda produzida para servir a mim, seu Dono. Naquela tarde Marcela teve o que tanto queria, aprendeu posições de submissão, aprendeu como deveria postar-se na minha presença e na minha ausência, e logicamente foi tratada como uma verdadeira vagabunda; apanhou muito, teve a boca fodida por mais de meia hora, até escorrer lágrimas de seus olhos, e depois implorou muito para eu foder sua buceta. Meti muito naquela buceta e antes de gozar, coloquei Marcela de joelhos no chão e mandei que ligasse para o seu noivo, surpreendentemente ela não exitou, demonstrando muita submissão ela simplesmente pegou o telefone e ligou pra ele, mandei ela conversar naturalmente, dizer que estava com muita saudade e que ia na casa dele as 19:00h; enquanto eles conversavam, fiz ela me punhetar, direcionei meu pau em direção ao seu rosto e gozei na cara dela, enchendo aquele rostinho de porra, muita porra, sujando inclusive o celular; foi uma delícia vê-la conversar com o noivo corninho com o rosto encharcado de porra. Apás despedir-se do noivo, ainda de joelhos, avisei Marcela que ela poderia tirar o excesso de porra do rosto, mas que deveria usar apenas os dedos e lambê-los em seguida, saboreando a preciosa porra do seu Dono; estava proibida de limpar o rosto com toalhas ou panos bem como estava proibida de lavar seu rosto ou escovar os dentes até voltar da casa do seu noivo; deveria ir ao encontro do noivo com minha porra grudada no seu rosto e com o gosto da minha porra na boca, para sentir-se uma perfeita vadia de verdade. Antes de irmos embora, avisei Marcela que eu não tinha comido sua bunda naquele dia mas que isso ocorreria em outra ocasião...na verdade eu já tinha tudo programado na minha cabeça, sabia que ela nunca tinha feito sexo anal e tinha planos especial para foder seu rabo.

No caminho de volta, fiz Marcela declarar várias vezes em alto e bom som que daquele dia em diante transformava-se em uma puta, que para seu noivo e para sua família seria a mesma moça séria de sempre, mas para mim seria uma cadela, que teria seu corpo usado como eu quisesse e que a partir dali seu noivo deveria acostumar-se em comer sua buceta inchada e vermelha, que veria sua bundinha toda arrombadinha e que não deveria se importar com o gosto de porra na sua boca. Depois desse primeiro encontro, passei a controlar também as relações sexuais dela com o noivo, ela passou a transar com ele apenas nos dias que eu permitia e fazia com ele somente o que eu permitia.

No práximo conto eu contarei como e a onde Marcela foi enrabada a 1ª vez. Se alguma mulher se interessar, tiver vontade de viver uma relação Ds, ou mesmo que queira apenas conversar sobre o tema, pode me escrever, dou preferência as casadinhas, noivas ou com namorado. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamcontos observando os peitinhos da filhinhaxoxota doce contosporno traicao roludo conto pornoconto erotico de despedida de solteiro com orgiaConto erotico numa festa de anos todos a foderem a que fez anos conto erotico marido perdeucontos ela gozou no meu dedo no metrôcontos porteiro me comeucomi minha cunhadinha enganada por ser gemias identica pornomcontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trascasa dos contos minha mae bebada no sofa so de calcinhacontos de cú por medocontos eróticos casada não resistiu e traiumulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu duroMinha irma e eu. Contos eroticos de incesto.Conto nordestino eroticócontos com fotos o guarda roupa da casada liberada do mansoSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimsou crente rabuda contosdescobrindo que o primo gosta de rolatitia fala pra mamae que tem vontade de fazer anal contosPai,tio e filho contoscontos eroticos peguei minha traindo meu no depósitonovinha meia canbotinha lindadermatologista gostosa contosconto erotico de lebisca tirou virgindade irma mais novoContos eróticos, minha irmã tem ciumes de mim . Contos Eróticosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casacache:NCvA3Q684K4J:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_10_incesto.htmlcanto erótico meu marido viajou ficou em casa eu e minha filhacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhoContos eroticos macho vira putinhaconto erotico transei com uma velha deficiente especialgai bebendo porra de varios macho no cinema conto eroticoera menina meu primo batia punheta pra mim olharCasada viajando contoscontos eroticosdpcontos eritico papai colocou de castigoContos eroticos dei pros mendingosUm tubinho uma menina virgem pode aplicar com ele dentro do burraquinho da vagina ou nao?sou submisso da.minhA nAmorada e dos seus machos contoscomeu uma gordinha no onibus em viagem contos eroticosrelatos coroas defloraçãocontoseroticomenininhaconto erótico com foto titio me rasgouContos eroticos pai q criou a filha sozinha trepando cm a filinha virgemconto erótico os melhores contos pai fod a filha maeconto erotico trepei na minha tiaconto erotico feia Desvirginando a sobrinha de 18 anosconto erotico minha namorada cuidado de mimvideos chupando a xoxota uma da outra o clitores bem lisinhominha patroa gortosa e tarada por pauGGprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascontos de sexo gay insesto depilação o tesão falou mais alto e fui corno apremira vez da fenandinhacontos erótico de lesbianismoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos eroticos colega da faculdadeconto erotico princesa aronbada na favelaeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolaDei para o cavalo contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos minha tia me provocabunda da irma contosContos curtos excitantes de coroa estrupada e gostandoconto erotico velho tarado e cachorropivete de penes de fora e tocando puietacontos fiz titio gozarcruzando o cu fechadinhoo homem abre a periquita da mulher e chupa e coloca um botijão dentro da vajinhamenininha e novinha sendo e******** contos eróticosex cunhada putacontos lesb ralar a xanasexo com a irmãzinha contos eróticoscontos eróticos da novilhas com os negroscontos fragei meu amigo dotado e minha esposacontos abobrinha na bucetaraul, o professor taradocontoseroticos comi minha mae dopada por mimcontos eroticos brincando atras do lixoconto erotico meu padrato bem dortadorFoderam gente contos tennscomtos de viados dando o cu pra pica bem grossaegrandecontos eróticos meu marido e um policialEstouraram meu cuzinho na viagem contos