Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHA ESCANDALOSA E CUNHADA CHANTAGISTA

Click to Download this video!

Olá, o caso que passo a narrar aqui aconteceu realmente comigo a aproximadamente uma semana, e como sou leitor frequente deste site, resolvi dividi-lo com vocês.

Tudo aconteceu no sábado passado eu estava em meu apartamente e minha esposa havia saido com minha cunhada, e eu sabia que as duas demorariam, fiquei assistindo televisão e no intervalo sai na sacada que dá de frente para o playground, estavam as crianças brincando e observei que tinha uma vizinha sentada no banco olhando a filha dela de 4 anos brincando, de repente ela me viu na sacada e ficou encarando, eu brinquei e fiz sinal para ela subir más nunca imaginando que ela aceitaria, para meu espanto ela se levanta, fala com algumas meninas maiores que estavam por ali e some por baixo do prédio quando para minha surpresa toca a campainha, eu abro a porta e era ela, eu nunca tinha tido uma conversa mais longa com ela, sá ficava naquela de bom dia, boa tarde. Más a convidei para entrar e ela de cara me pergunta oque eu queria, eu meio sem jeito a principio não sabia o que responder, então saiu meio que sem querer, que eu não conseguia ver uma mulher atraente, sem dar em cima, ela simplismente me diz que era tudo oque queria naquele dia pois estava puta-da-vida, com o marido que havia ido pescar desde a quinta-feira, e ela estava sozinha com a filha, então eu simplismente perguntei o que ela pretendia fazer à respeito do meu convite e ela me disse que pretendia meter um belo chifre no corno do seu marido.

Foi a deixa que eu precisava, (vou descreve-la, ela tem 1,60 50kg, morena, filha de cearenses, típica, más estava com uma mini saia que deixava suas belas pernas amostra e uma blusinha regata que exibia um belo par de seios que logo depois pude constatar que eram siliconados) então a puxei para perto de mim e lhe dei um beijo longo e molhado ao mesmo tempo que minhas mãos percorriam suas pernas e apertavam a sua bundinha, coisa essa que percebi que acelerou a sua respiração, então sem perder tempo já fui avançando e arrancando a sua blusa e sua saia, deixando ela sá de calcinha, tambem tirei a minha roupa ficando sá de cueca, a levei para o quarto e deitei-a na cama, e ela totalmente entreque, pensei comigo, essa mulher quer realmente meter um par de chifres no marido, ainda bem para mim, eu sabia que não poderia demorar muito pois minha mulher e minha cunhada poderiam chegar a qualquer momento, fui a beijando a boca o pescoço, e descendo suguei aquele belo par de peitos, até chegar em suas coxas, e passando a lingua em volta da bucetinha ainda com a calcinha, e massageando os peitinhos e percebendo que ela ia arqueando o corpo oferecendo a bucetinha para ser chupada, então afastei a calcinha e subiu aquele perfume de bucetinha encharcada e doida por rola, então arranquei a calcinha e cai de boca, ora sugando, ora passando sá a pontinha da lingua no grelinho, e ela começou a dar gritos, melhor dizendo berros "AI GOSTOSO, AI TESUDO, ISSO ME CHUPA GOSTOSO !!!!!!" eu já estava a ponto de meter-lhe a pica quando resolvo fazer carinho no cuzinho dela, ela deu um pulo, e disse "OPA AI NÃO NEM O CORNO DO MEU MARIDO MEXE AI" então mostrando calma eu falei para ela já que você quer castigar o corno, porque não faz por completo, ela fez uma carinha de mais safada e relaxou, entendi que podia continuar, então voltei a chupar a sua bucetinha e fui massageando bem de leve o seu cuzinho, e aos poucos ela foi acostumando, e passado algum tempo até gostando então comecei a enfiar a pontinha do dedo e ela começou a rebolar mais forte, e começou a apertar minha cabeça com as coxas, ela estava gozando e gritando "AI EU ESTOU GOZANDO, AI QUE TEZAO, AI QUE GOSTOSO ESSA CHUPADA, AI COMO É GOSTOSO ESSE DEDO NO MEU CÚ" eu fiquei bastante preocupado que os vizinhos pudessem ouvir, más o tezão falou mais forte e continuei até perceber que ela havia gozado por pelo menos umas 4 vezes, nisso eu já estava com dois dedos todos enfiados no cuzinho dela e ela não parava de rebolar e gritar, então falei que agora era hora dela levar ROLA, ela simplismente abriu bem as pernas e disse "ENTÃO VEM VIZINHO" quando eu tirei a cueca ela olhou bem e disse acho que me dei bem (esqueci de me descrever tenho 1,85 um pouco acima do peso 100kg moreno de olhos castanho e barba, e oque ela mais gostou uma PICA de 18cm por 06cm) quando encostei a PICA na bucetinha ela arqueou o quadril e forçou a entrada então enfiei tudo de uma sá vez, quase esfolo o cacete, más depois que entrou tudo, comecei a mexer bem de vagar e ao mesmo tempo massageando o grelinho dela, pois a coisa que me dá mais prazer é ver uma mulher gozar gostoso, ela gozou mais uma vez com eu enfiando devagar e massageando sua bucetinha, então eu a virei de quatro e disse agora é hora de voce ganhar porrinha, e enfiei todo de uma vez e parei, vendo aquela bundinha toda na minha frente, então comecei novamente a massagear o cuzinho dela enquanto bombava vagarosamente para saborear ao maximo aquela foda inesperada, e fui colocando meu polegar no seu cuzinho e ela rebolando e gritando, eu não consegui mais me segurar e enchi aquela bucetinha de porra, e ela tambem gozou novamente pois tremia todas as partes de seu corpo. Eu então me deitei e ela se deitou em meu ombro e disse que jamais tinha gozado desse jeito, que seu marido sá sabia fazer o papai-mamae, e sá queria saber dele gozar e pronto, eu disse que sempre estaria à disposição, más lhe disse que ela prescisava ir embora pois minha esposa e minha cunhada poderiam chegar a qualquer momento. Ela se vestiu, agradeceu, me deu um longo e molhado beijo e foi embora, eu voltei arrumei a cama, bati um BOM-AR no quarto para tirar o cheiro de sexo, e fui tomar banho, assim que entro no banheiro toca a campainha novamente, achei que fosse minha esposa que tivesse esquecido a chave, para minha surpresa era minha cunhada, sozinha, eu me assustei e perguntei sobre a irmã dela e ela me disse que não tinha ido com ela e que havia vindo aqui em casa a mais ou menos uns 30 minutos e ouviu toda a gritaria e ficou escondida na escadaria esse tempo todo sá para ver quem era que estava comigo, pensei FUDEU, então eu perguntei, vai contar para sua irmã, quando para minha surpresa ela me disse que não más que eu teria que repetir tudo que eu havia feito com a vizinha. Mas isso fica para outra histária.



Quem gostou por favor vote. e mulheres que queiram um homem carinhoso e que goste de gozar bastante me mandem e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico gay negao escraviza viado afeminadocontos exibindo esposa na borrachariacontos gay afeminadoscontos comedo gay e heteronegoes jegudos na punhetaCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininoLevou susto más gostou porno empregadacontos eroticos: fui comido pelo meu inimigo safadinhoporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhocontos comendo uma Mulher eguaconto erotico gay sobrinhoestuprada na lanchonete contoscontos eroticos exibida tomou sem do no rabocontos eroticos ajudando uma amiga e suas duas filhas adolecenteConto erótico mãe filha cachorrapapai traindo mamae comigo contos eroticosgarotas virgens bundudas enrabadas no circo contos eroticosfilmei uma traicao e chantagiei contosecotra coroa que.evie vido sexo avivoCasada viajando contosescravizando minha funcionaria conto eroticoputinhas inocente contosConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorconto meus soblinhos me devoraramConto namorado da minha mãeminha tia olhando meu pausamba porno buceta com sujeiras brancasconto gay "chupa teu macho"contos casada f****** com outrovideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandescontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anospelado amarrado contosSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos tirar leite eróticosos terriveis amarrada no pornotranso com meu primo de primeiro graudando cuzinho pro macho da minha mulher contocontos eroticos minha esposa e eu dentro do onibuscontos relatos eróticos mamãe exibicionistacontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocontos de mulher transando com negão p******conto chifrudo quieto machocontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeuminha primeira transa lesbica com minha irmazinhacontos eroticos abusada levando tapacontos eróticos fui Penha a força por doisconto mamando vizinho casadocontos inocênciacontoseroticos chupando meu tiocontos cuidando da minha irma casadarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasporno com amiga loira baixinha encorpadinhaSempre passo o dedo no grelinho da minha netaPedi que meu filho me depilou contos eroticostracei minha irmã contoscontos eroticos de menina adolecente transando com homem maduro e bem dotadocontos eroticos a camareira do hotel me encontrou de pau duro no quartoComtoerotico profesorinhacomendo o primo e olhando pela janela conto lesb gineco seiosconto erotico incesto sonifero filhaBridge safadinha dando a seu marido em sua casaEu e minha Mãe Cabaço contossemhora virou puta conto conto viciei em chupar pauvidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiacontos eroticos transando com a lutadoracontos eroticos meu marido me vendeu no bingocontos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhocontos em ilhabela com minha mulhercontos eroticoc nifetas inoce fui acoxada e gostei.tescontos bucetinha cheirando mijo