Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU DESPERTAR

Click to this video!

Meu despertar sexual aconteceu bem cedo, mas eu me sentia muito mal, sentia uma sensação de culpa, de estar fazendo coisa errada, hoje sei o que quero e superei essas bobagens de sentimento de culpa.

O que eu chamo de despertar foi assim: Eu tinha 19 anos, morava em Santana-SP, estudava de manhã e ficava a tarde inteira sázinha, era muito curiosa, vivia mexendo nas coisas do meu irmão (na época ele tinha 19 anos) e sempre achava revistas pornograficas.

Quando achava, meu coração batia forte, minhas pernas ficavam bambas e sentia um calor gostoso no meio das pernas, imediatamente eu corria pro meu quarto, tirava a calcinha e deitava de lado, enquanto eu virava as paginas, ficava massageando minha xaninha até gozar (eu não sabia o que era mas adorava). Depois ia pro banho e ficava brincando com uma tampa de um shampoo que era fina e comprida, enfiava e tirava na bundinha até gozar de novo. Eu não enfiava nada na bucetinha pq tinha medo, minha mãe me falava que não podia ficar mexendo ali.

Uma ocasião encontrei uma revista diferente das outras, tinha mulheres com cachorros, eu fiquei com as pernas tremulas. Tinha fotos de uma mulher fazendo de verdade com um cachorro, dava pra ver o pinto do cachorro dentro dela, isso mexeu muito comigo porque tinhamos um cachorro em casa, e pela primeira vez eu me dei conta que poderia fazer igual a revista, embora morresse de medo porque achava meu buraquinho muito pequeno para aquilo.

O cachorro era do meu pai, mas ele gostava muito de mim, pois eu que dava comida e banho nele. Era um vira-lata de medio porte, muito bonito de nome Nero, devia ter uns 2 anos.

Eu já tinha visto o Nero montar na perna do meu pai algumas vezes e meu pai tocava ele pra fora, agora eu já sabia o que era, e senti meu corpo mole de tesão, minha xaninha estava pegando fogo, queria fazer aquilo.

Como era 3:00 h da tarde, ficaria sázinha até as 7:00 h, com medo mas vencida pelo desejo, chamei o Nero pra dentro, tirei a saia e tranquei todas as portas, sentei no chão do meu quarto e chamei com o coração aos pulos.

Ele veio como sempre todo alegrinho, mas eu queria que fizesse comigo igual fazia com me pai, então colocava a perna embaixo dele, mas nada acontecia, ele vinha cheirava e lambia minha xaninha por cima da calcinha, puxei a calcinha para o lado e deixei ele lamber, foi uma sensação tão gostosa que nunca mais esqueci.

Já estava ficando desesperada quando de repente ele abraçou minha perna e começou a fazer aqueles movimentos, aquilo me levou a perder a noção de perigo, levei a mão até o pinto dele e comecei a pegar, estava duro e tinha uma pontinha vermelha pra fora da pele, eu mexia, apertava e ele empurrava pra frente.

Até hoje quando lembro molho a calcinha, sem pensar mais pois sá o tesão

importava, tirei a calcinha e fiquei de quatro, mas ele não montava em mim.

Eu estava maluca de vontade, queria sentir o negácio dele no meio das minhas pernas e na minha bunda.

Tanto insisti que acho que ele sentiu minha bundinha e abraçou meus quadris

com as patas e começou a fazer aqueles movimentos, eu senti um frio no estomago e uma sensação de calor percorreu todo meu corpo.

Eu não estava sentindo direito o pinto dele na minha bundinha, ele não acertava onde eu queria.

Então fui me abaixando, quando senti a ponta encostar em meu cuzinho senti um tesão tão delicioso como nunca tinha sentido antes.

Então fiquei curtindo em extase meu despertar sexual, pela primeira vez eu sentia um pinto de verdade cutucando meu cuzinho. As vezes ele escorregava e encaixava na minha xaninha, como tinha medo, arrumava e colocava de volta no cuzinho.

O tesão me impedia de entender, mas a ponta do pinto dele estava entrando e saindo do meu cuzinho...aquele entra e sai delicioso, ele empurrava e tirava muito rápido, eu não sentia dor, sá extase...então gozei pela primeira vez em um pinto...gemendo e soluçando... foi quando senti uma dor forte, assustada levei a mão para trás e senti uma coisa enorme, a ponta estava dentro do meu cuzinho que queimava e doia.

Fui com o corpo para frente e sai daquele pinto enorme e do abraço do Nero.

Assustada com a dor, dei uma bronca no Nero que deitou e ficou lambendo seu pinto enorme.

Meu susto foi passando a medida que reparava no tamanho do pinto dele, todo vermelho com uma bola atras.

Corri para o chuveiro, com uma sensação horrivel de culpa, de ter feito uma coisa errada e proibida, tomei um banho rápido preocupada que se chegasse alguem e visse o tamanho do pinto dele como eu explicaria.

Quando eu sai do banho, para meu alivio já tinha voltado ao normal, foi

ai que entendi como funcionava o pinto do cachorro.

Eu não conseguia esquecer o que tinha feito, e quando lembrava ficava tremula e muito excitada.

No mesmo dia comecei a planejar como eu faria para colocar o pinto dele inteiro no meu cuzinho antes de ficar grande, pois eu tinha certeza que depois de ficar grande eu não conseguiria.

Depois disso coloquei varios planos em ação, mas são outras histárias.

Depois de ler alguns relatos na internet, decidi compartilhar minhas

experiencias com outras mulheres que tiveram experiencias parecidas ou

ainda tem, sem medo nem preconceito.

Quem quiser compartilhar e trocar experiencias de forma adulta me

escreva: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico menina zuando pau pequenocontos de cú por dinheirozoofilia cadelagozoumeu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?Negras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos eroticos (homens que pagam as dividas com a mulher)contos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto eroticocorno me ligou na horacontos gays reais/a anaconda do meu primovídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoconto:enrabadoconto erotico travesti desobediente castigada pelo donocontos eroticos minha mulher me mandou pra farracontos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhoencoxei minha tia peituda (contos).arrombado cu de subrinha contopeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticocontos eróticos gay EMMO o maconheirominhaxaninhaardeuf****** irmã mora nos peitos das gostosascontosvoyeursogro saradoContos eroticos perdendo a virgindadeconto sentei no pau do meu tio com dez anosconto erotico sentado no colo baicha saiajoana meu sogro comeu cuhomem rasga cu de garotinho contosconto do pedreirocontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anoso padre ecoroinha no conto erotico gaycomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhosponei arrombando morena com tesaoconto tirei do cu e comi a bucetaconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casavideos bichobruto cavalo comendo égua sou envagelhica e me comeram a buceta a força contos eroticosescandalosa enrabada contosContos eroticos tarado por seiosconto erotico minha prima malvadao novinho me encoxourelatos coroas defloraçãocontos eroticos sodomizadoconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiaconto esposa viu amigo nucontos erotico irmao cafetao da irmarelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigoa bumda que sempre sonhei comeconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosoamiga da minha filha tezudinhacontos esposa rebolou para,amigocontos eroticos esporrei-me toda quando vi a piça do preto Olá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contopapa fode a filha com sai posta e mae nao ve porno.comvideornposscontos gay comendo o amigo rabudo em casacontos eroticos anal iniciando minha filhinhacache:a5veIybm53wJ:studio-vodevil.ru/conto-categoria_4_68_incesto.html vou contar como transei com minha filhaDeixei meu irmão de pau duro quando sentei no colo dele contos eróticoscontos sou professor e torei minha aluna de doze aninhosinfância;contos eróticos;enrabadominha irmam vendo meu penis enduresendo pornotia gostosa praiatraicontos eroticos namorada brava e virgemas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoele domindo eu calvagando no pau deli contomulher sendo brexada em um banho demorado pornocontos dando minha bucetinhacontos de sexo com novinhas trepando com advogadospelado com uma travesti contos eróticosContos eroticos minha esposa e um meninocontos eróticos comi minha tiaconto fala todas solteiro cornocomtos erotico sou casada mas o marido ta preso to dan de masconto erotico de faxineira casada safadacontos de incestos quebrei a pernacontoso tecnico em informatica me comeue safadinha é bonitinha ela chegava lá que é grau grau grausexo aos14 pornodoidodando cuzinho pro macho da minha mulher contonovinha que queira trocar msg e gozar muitoConto erotico forçada a ser lebisca ou chupa ou leva porrandacontos eroticos glaucia cdvi minha tia na cozinha fazendo comida não aguentei da sarrada na bunda dela caiu na p*****quadrinhos pornos de patrao dominadorfiquei de 4 e ele montou socando xingandocontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaiconto comendo a babaafeminados de praia grande contatosconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãoconto eróticos com velhinha