Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CABRITINHA

Click to Download this video!

A Cabritinha



Tinha apenas 1... aninhos, pele bem clarinha, olhos pretos e cabelos lisos e castanhos claros, os seios começavam a apontar, dois carocinhos, biquinhos estufadinhos, clarinhos; mas o que tinha que chamava a atenção era a bundinha, muito arrebitada e bem feita.

Ainda não sabia nada, era inocente, mas já sentia tesão, já esfregava a bucetinha quando ficava sozinha de manhã ainda na cama, sentia vontade de coisas que não conhecia.

Morava no mesmo bairro que meu avô, pertinho e passava as tardes com ele,vendo tv e conversando, ele viúvo e sozinho. A tristeza de viver sá o fez adoecer e seu irmão caçula veio da Bahia passar uns tempos com ele. Mas a depressão o mantinha na cama, os remédios fortes o faziam dormir o tempo todo.

Foi assim que conheci vô Jorge, alto e forte, 55 anos, tão diferente do meu avô. Era carinhoso também,mas era diferente. Baiano arretado,como ele dizia, cabelos grisalhos e uma barriguinha que eu achava um charme, pelos por tudo quanto é lado,pernas,peito, braços. No início eu o observava direto, ficava olhando seu corpo e ele ria e falava o que olhava tanto, eu ficava com vergonha e tentava disfarçar e nem sabia porque gostava tanto de olhar suas pernas, os braços peludos, os pelos escapando da regata...

Fomos ficando mais práximos, passávamos as tardes juntos e ele dizia que eu era uma lindeza, que daria muito trabalho pra minha mãe.

Lembro direitinho da primeira vez que sentei no seu colo, estávamos vendo um filme triste,onde um cachorrinho ficava doente e chorei, ele me pegou com carinho e pos no seu colo, fiquei quietinha ali,até o filme acabar. Ele alisava meus cabelos e me dava tapinhas nas costas: “não chore cabritinha, tudo vai dar certo”.

Adorei ficar no colo,sentindo o calor e o corpo dele, ele despertou meu tesão de menininha. Quando cheguei em casa naquele dia tomei banho e mexi na bucetinha, esfreguei pensando no vô Jorge,imaginava beija-lo como nas novelas e filmes.

à noite sonhei que ele me beijava e acordei querendo estar com ele, mal prestei atenção na aula, voltei da escola tomei banho,almocei e me arrumei pra vê-lo, sainha curtinha e blusinha branca de alcinhas.

Cheguei na casa e o abracei e disse que estava com saudades, sentamos na sala e assistindo tv, perguntei se ele tinha namorada,ele disse que não,também era viúvo e sozinho, levantei e fui até ele, sentei nas suas pernas e perguntei se queria namorar comigo. Ele desatou a rir, gargalhar, e disse que era velho e feio e eu uma lindeza novinha,que eu devia namorar um menino bonito e novo. Comecei a chorar e disse que ele não gostava de mim e me achava feia. Ele me abraçou e me consolava... você é linda,mas eu sou um velho feio e não posso namorar você que é apenas uma menininha. Eu o abracei, fiquei coladinha nele e falava “mas eu gosto de você e te acho bonito” e comecei a dar beijinhos no rosto dele, até chegar na boca e dar um selinho. Ele me afastou, sem tirar do colo e falou que aquilo era errado e pediu que eu fosse embora, me agarrei no seu pescoço e disse choramingando que não, que queria ficar com ele e ser sua namorada. Ele ficou quieto um tempo e não me tirou do colo.

Depois começou a me fazer perguntas, se já tinha namorado alguém, se já tinha beijado algum menino, se algum menino tinha me passado a mão... Eu falei como assim, passado a mão, ele fez com que eu ficasse mais deitadinha e passou o dedão no meu peitinho... assim cabritinha, já mexeram nos seus peitinhos... não tio,nunca... o dedão passava pra lá e pra cá, alisando meu peitinho, depois ele beliscava bem de leve,fechei os olhos e fiquei sentindo, ele alternava num peitinho e no outro e os dois estavam durinhos agora. Senti sua boca no meu pescoço e arrepiei,depois perguntou no meu ouvido, se era gostoso.. é tio, é gostoso... Quer mesmo namorar o tio, cabritinha? .. quero tio.. Mas ninguém pode saber, viu? Sá o tio e a cabritinha, senão tua mãe nunca mais te deixa vir aqui e não vai ter namoro.. A língua dele passeava no meu pescocinho e me arrepiava eu virei o rosto e comecei a dar beijinhos de novo, até dar um selinho na boca... e ganhei meu primeiro beijo,um beijo molhado de língua, que me fazia gemer baixinho, os dedos no meu peitinho apertavam com mais força e eu estava molinha de tesão, ele,sem parar deme beijar me ajeitou no colo e senti uma coisa dura na minha bundinha,me esfregava sem parar naquilo e me beijava gostoso, a mão soltou meu peitinho e desceu passando na barriguinha e entrou debaixo de minha sainha, encontrou minha bucetinha molhada e brincou por cima da calcinha, esfregando meu grelinho ... eu fiquei doidinha e esfregava a bunda no pau,sem saber.. beijando gostoso .. até gozar..

Fiquei deitadinha no colo,molinha e em cima do pau duro, ele esperou um pouco e me colocou no sofá e foi ao banheiro... voltou depois .. meio estranho e me colocou no colo de novo e falava baixinho.. cabritinha não pode contar isso pra ninguém,sá tu e o tio podem saber do namoro...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


travesti bem dotado chupando o c****** da mulher do cumolicesconto erotico de mulher casada socando o pepino na buceta e cenoura no cuconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocorno safada do Pará corto eróticosconto erotico viado submisso contos de encoxadas reais porto alegretirei a virgindade do meu sobrinho roludo e minha bunda grandecavalo mangalar goza na boca da coroa resen separadadei a buceta para o amigo do meu filho contos eroticos gratisconto erotico namorada perdendo virgindade com meu amigo cinemafui cutuca a buceta da minha irma ela quis mi daconto erotico comendo a obesacontos eroticos corno gaycontoseroticos comendo ocu dtiticotos erotocos piscina casadaMeu namorado virou corno contos teenconto erotico comi a mulher meu vizinho seios ggcontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5travesti gozando no próprio sutiãcontos eróticos de bebados e drogados gayscontos lesbcos primeira vez co minha primaxvidio.vagbuda.virgempastor gozando contos gaycontos crente seduzida cpzimhaxvideo quem pedertira roupacontos verídicos com garotas teenswww.meu filho mim comeu com doze anos contoconto casadaconto erótico soniferoconto erotico infancia brincando sem calcinhaantes caçava agora sou cacador de bctmiha noiva xxxfudendo com a benga do vovô contoscomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudocontos eroticos fudi todas as minhas filhaswww.conto eu vi o pedreiro mijandome estruparam e me obrigaram a dar para o caseiro do sitiobaixa menina dano abuceta para o imao maoConto eu meu marido e nosso melhor amigosexo conto minha mulher dar para cara pintudao eu fico na minhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos Eróticos Tentada pelo filhoeu não sabia que minha sogra viúva linda e gostosa que ela tava nua dentro do seu quarto eu entrei dentro do seu quarto eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda ela me deu um abraço ela me deu um beijo na minha boca ela deitou na sua cama eu chupei seu peito eu comecei a chupar sua buceta raspadinha ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta ela gemia no meu pau eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim fode meu cu conto eróticocontos eróticos meu marido tomando chimarrão e o amiguinho do meu filho cuidando minha bucetinhacontos tranzei com a minha madrinhavoyeur de esposa conto eroticoCalcinha e tudo na cara do escravo punheteiroConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machoscunhada timidacontoscontos erotico gay punheta no cuzinho do netinho pequenoconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhoviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticoscoroa negra contocontos treinador gay da escolinhaconto sexo vilma e bety rabinho doendocontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donoCasada viajando contosconto cabaco xota cuai meu neto rasga a buceta da vovo conto eroticpcontos eroticosensinando o virgem de como metercontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico tia gostosa calcinha atolada no regoMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOQuando ele cuspiu no meu cu ele piscou querendo piroca no cu e na xonga contoscontos vi minha irma com pausudobucetas ensobadassexo conto na baladaestuprada na lanchonete contosdespedida de solteira com negros contoscontos eroticos zoofilia aparelho coletaconto erotico mulher traindo marido no barhistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido verContos heréticos quadrinhos Barneycache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos eroticos caminhoneiro obriga meninaos contos de sexo maois filias safamdascontos eroticos esposa coloca coleira no maridover tv pornô mulher que tem a vajina muito linda e grade gozando na pica sem para vaquira com o cavalocontos eróticos bumbum grande no ônibuscomia mae contoscontos eroticos amigo do meu paicontos picantes se masturbando com pepinocontos eroticos mae filho filhaContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2minha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontos de esposa dando pro cunhadoContos eroticos detalhes por detalhes e falas dos autores e personagens eu era uma menina de 18anos o cara do onibus me fudeuViadinho Estuprado Na Frente Da Mãe no assalto Contos Eróticos