Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDILANDO A TITIA

Click to this video!

Hoje tenho 22 anos, tenho um corpo não nuito definido, diria normal, tenho um penis de +- 19 cm quando ereto.



Vou contar uma historia que aconteceu quando eu tinha 19 anos.



Sempre nas ferias ia para a casa da minha avo, no fundo do terreno morava meu tio e minha tia, uma morena com 28 anos, cabelos longos, cerca de 1,70 m, peitos e bunda bem fartos.



Sempre brincava na casa do meu tio, com meu primo, e sempre ficava de olho na minha tia, pra ver se conseguia ver ela pelada ou algo assim.



Ate que um dia estava brincando de esconde-esconde com meu primo, me escondi dentro do banheiro, que tinha anexo a ele um deposito, pra produtos de limpeza, entrei e fiquei escondido atras de um armario.



Um tempo depois escutei alguem entrando no banheiro, achei que era meu primo, continuei escondido, ate que escutei a porta sendo fechada, quando olhei pra ver quem era, vi que era minha tia, ela ligou o chuveiro, e comecou a tirar a roupa, eu fiquei so observando la escondido, ela tirou toda a roupa, quando vi aquela bucetinha peluda, quase sai do meu esconderijo, mas achei melhor ficar lá vendo aquela gostosa tomando banho.



Ela comecou a ensabuar aquela bucetinha, e eu so la olhando aquela gostosa, massageando a buceta, quando ela comecou a lavar os cabelo, aproveitei pra observar ela melhor, ja que estava de olhos fechados, esse banho demorou uns 19 min., entao pra não ser descoberto pulei a janela e fui me esconder em outro lugar.



A noite fiquei lembrando da minha tia tomando banho.



No feriado na outra semana, meu tio resolveu viajar para o interior pra visitar alguns parentes, iria levar meu primo e meus avos, minha tia não poderia ir pq teria folga somente na 5a. feira dia do feriado, eu disse que não queria ir, entao acabei ficando na casa dos meu tios, mais exatamente com minha tia.



Na quarta-feira meu tio foi viajar, entao fiquei sozinho com minha tia,

durante o dia ela aproveitou para limpar a casa, ja que nao teve que trabalhar, eu fiquei assistindo TV e so observando ela fazendo os afazeres.



A noite ela disse que iria tomar banho, logo que ela entrou no banheiro corri pra tentar ver algo pela fechadura, mas não consegui. Voltei pra

sala e fiquei esperando ela sair do banho pra poder tomar banho então.



A casa dos meus tios é pequena com 1 quarto, Cozinha, Sala e Banheiro, quando alguem sai do banheiro tem que passar pela

sala, pra minha surpresa, quando minha tia saiu do banho, eu acho que esqueceu que eu estava na casa, e saiu so com uma toalha enrolada no corpo, fiquei de pau duro na hora, quando vi ela daquele jeito. Ela sem jeito pediu desculpas e foi pro quarto, quando voltou ela estava com a roupa que normalmente ficava em casa, uma calça de ginastica colada, que evidenciava

ainda mais sua bunda, buceta e coxas e uma camiseta bem folgada sem sutiã, do meu tio que deixava aqueles peitoes soltos la dentro.



Fui tomar banho e fiquei pensando na minha tia, sai do banho e minha tia estava na cozinha, fritando alguns hamburgueres, entao sentei na mesa, ela terminou, entao fomos comer, ficamos conversando, ate que ela perguntou se eu tinha namorada, eu disse que não. Terminamos de comer, fomos pra sala assistir TV, ficamos assistindo TV ate

umas 23:00, entao ela pegou algumas cobertas, pois eu teria de dormir na sala, ja que so tinha um quarto na casa. Me deu um beijinho de boa noite e foi dormir.



Na sexta-feita acordei por volta das 08:00, levantei e fui no banheiro, a porta estava aberta, fui entrando, quando vejo, está minha tia sentada na patente mijando, na hora fiquei sem reaçao fiquei observando ela por um tempo e de pau duro então sai do banheiro e voltei para a sala.



Ela então saiu do banheiro, foi para o quarto me deu tchau e foi trabalhar.



Eu que ainda não batia punheta naquela epoca passei a tarde la lembrando das cenas que tinha visto e sonhando em comer a minha tia.



Comi um lanche na hora do almoço que minha tia tinha preparado em em torno das 6 da tarde ela chega em casa. Perguntou como eu tinha passado a tarde se estava tudo bem, respondi que sim.



Ela então foi para o quarto, depois de um tempo me chamou, fui ate la, quando cheguei ela estava sentada na cama, pude ver que ela estava com uma camisola transparente, sem sutiã e com uma calcinha de renda vermelha pela qual podia observar sua bucetinha peluda.



Ela pediu que sentasse na cama, sentei ao seu lado, então ela me disse que no outro dia (sabado) iriamos na casa de uma amiga sua, que havia nos convidado para passar o final de semana la.



Eu disse que tudo bem, ela entao segurou meu braço e perguntou se eu poderia ajuda-la a fazer uma coisa. Eu mesmo sem saber disse que sim. Ela então disse que queria depilar as pernas, pq na casa da sua amiga havia uma piscina e ela tinha vergonha de chegar la sem se depilar.



Depois de ouvir isso, fiquei um tempo sem acreditar que isso estava acontecendo, mas mesmo assim disse que poderia ajuda-la.



Ela entao levantou-se e me levou ate o banheiro, chegando la me entregou o frasco de creme de barbear e o barbeador, sentou no vaso e colocou a perna apoiada na pia.



Entao comecei a espalhar o creme de barbear pelas suas pernas, estava quase morrendo de tesao, mas tinha que me conter, pegsuei o barbeador e com muito cuidado fui depilando suas pernas, primeiro a esquerda depois a direita, quando terminei ela disse para que eu peguasse a toalha e limpasse suas pernas para que pudesse ver se havia ficado bom, fiz isso, ela entao observou bem as pernas e disse que havia ficado perfeito.



Ela ficou um tempo pensativa e então olhou para mim e disse: "Você poderia fazer mais um favor para mim??", eu disse que sim.



Ela então tirou a calcinha, mostrando sua bucetinha peluda e disse: "Você pode depilar aqui tambem??", apontando para a buceta. Eu na hora disse que sim.



Ela então ficou de pé abriu bem as pernas e disse, que era para eu começar a depilar pelas laterais. Enchi minha mão de creme de barbear e comecei a esfregar na sua bucetinha, a cada vez

que eu esfregava minha tia dava gemidinhas.



Me ajoelhei e fiquei bem de frente para aquela bucetinha, comecei a passar com bastante cuidado o barbeador, primeiro nas laterais como minha tia havia pedido cada vez que passava o barbeador ficava mais excitado, ainda mais com minha tia gemendo, quando terminei as laterais, ela disse que deveria começar a passar mais para o meio de sua bucetinha, mas deveria tomar muito cuidado. Fiz isso, até deixar toda a bucetinha da minha tia, lisinha, sem nenhum pelo.



Ela então sentou no vaso, olhou a sua bucetinha e disse que tinha ficado perfeito, tirou a camisola que ainda estava usando, mostrando seus grandes seios (+- 80 cm de busto). Ligou o chuveiro, olhou pra mim e disse tire a roupa que você tem que terminar de me limpar.



Fiquei meio sem graça, mas depois de ela insistir, comecei a tirar a camisa, depois o calção, então chegou a pior parte, tirar a cueca, não sabia qual seria a reação dela ao me ver com o pau super duro, então virei de costas, tirei minha cueca, tentei tampar meu penis com as mãos e entrei no boxe, logo depois que entrei minha tia me disse: "Para de besteira, até parece que eu nunca vi um pinto como o seu". Depois que ela falou isso fiquei mais calmo.



Ela então sem molhou, pegou o sabonete e me entregou, dizendo: "Limpe bem as partes onde você depilou.". Comecei a esfregar suas pernas e sempre pensando na hora que ia chegar na sua bucetinha, esfreguei e massagiei bem suas pernas. Então ensaboei bem a mão e comecei com todo o cuidado a esfreguar bem devagar sua bucetinha, minha tia começou a gemer novamente fui esfregando cada vez mais para baixo ate chegar no meio das pernas da minha tia, ela começou a ficar cada vez mais excitada, ela segurou a minha mão e fez com que esfregasse cada vez mais forte sua bucetinha

aproveitei que ela queria mais forte e me empolguei ate que ela começou a se contorcer, quando senti um jato quente na minha mão, sem saber o que estava acontecendo continuei, até que minha tia soltou um suspiro.



Ainda sem saber o que tinha acontecido, parei de esfregar sua bucetinha, minha tia me olhou e disse: "Adorei o que você fez, sempre que precisar vou te chamar para me depilar. Agora vamos terminar de tomar banho.". Fizemos isso, em nenhum momento ela me tocou, e eu lá com o pau quase explodindo. Assim que terminamos ela saiu do boxe pegou a toalha e começou a secar-se, quando fui sair sem querem acabei encostando meu pau na sua bunda, ela olhou pra tras e deu uma risadinha e perguntou: "Você ainda é virgem???", eu dizendo a verdade respondi: "Sim.". Ela disse: "Deu pra perceber.".



Ela terminou de se secar me entregou a toalha e disse vou fazer alguma coisa para comermos. Coloquei minha roupa, ainda muito excitado e sem saber como fazer para meu pau "baixar", fui para a cozinha, sentei na mesa e fiquei observando ela preparar nosso jantar. Ficamos conversando, principalmente sobre sexo, ela me perguntou se nunca tinha transado mesmo, eu disse que não, que so tinha visto alguns filmes do Cine Prive e algumas revistas emprestadas de amigos. Depois do jantar assistimos um pouco de TV até as 9 horas, ela então falou: "Vamos dormir, que amanhã precisamos acordar cedo para ir na casa da minha amiga."



Ela então me chamou para seu quarto e disse: "Hoje durma aqui comigo, o sofá é muito desconfortável". E eu sofrendo cada vez mais com minha excitação, mas acabei durmindo depois de um tempo.



No outro dia de manha ela me acordou em torno da 09:30 e disse que era pra eu levantar para podermos ir na casa da sua amiga.



Entao por volta das 10:00 saimos de casa e fomos para a casa da sua amiga...



Isso continuarei contando no proximo conto.



Mulheres que quiserem conversar eou algo mais entrem em contato: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


historia quadrinho eroticos de sexo na chuva biconto de quarentona a fuder com desconhecidoContos eroticos Minha Ginicologista Meninas Nova Ftscontos eróticos fui pra casa da tia e meus primos me arrombaramTennis zelenograd contocontoseritico padrasto dany gosta de chupar rola peruibequero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos gay amigo da minha irmapapai e seu amigo comeu meu cuzinhomeu amigo me deu a sua esposa contosMinha ginecologista me chupou contos eroticosconto erotico ele me apaupou e comeuConto minha mulher cuida do paiminha esposa escolheu vibradorwww.contos de estuprei a gordinhasogro pega jero efiliha trazado e come os dozfiz dupla penetração com colegas pois meu marido não quiz historia de novinha perdendo a virgindade com encanadorcontos ela gozou no meu dedo no metrôcontos eroticos de enteadasirma paralitica conto eroticoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscoleguinha liberal gay contosconto erotico gravida carenteconto guei dopei meu irmáo chupei a rola delecontos eroticos primeiri orgamos com meu irmaominha mulher foi dominada contosboquete mulher de 48 anos contoComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigocontos eróticos com guardas FlorestaisConto gay - "o pau pingava"luizagozou no analno colinho do vovô contos eroticosconto erotico real eu meu tinha comemos minha tiacontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridoo pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contona academia com o padrasto contosconto comenndo a tiaContos.encesto.mae.desfila.de.calcinha.pro.filhoConto troquei o oleo com meu patraoconto gay titio gaycontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandemeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposacontos mulher do primo lesbicasminha irma envagelica encestoconto erotico empregada negra escraviza patricinhacontos eróticos sobrinha so de fio dentalcontos eroticos peguei minha cunhada dormindominha mulher foi dominada contosgarota no cio brincando com cachorroconto erotico de manausComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculoconto real dw uma casada que virou puta de outroconto sentando no colo no carro sexoAgostozas trazano contos fudendo com minha mãeContos comendo a surdacontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadorSou casada fodida contocontos eróticos procurei meu irmão si ele mastubavaana roludo cenfo cu da coroasentando na rola do meu pai contos. eróticosConfesso bato punheta pra velhosou amante do bundao da minha maeconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camaCanto erotico do travesti com menino10conto fetiche apanhando da namoradacontos erotico gay fofinho dengosoConto erotico incesto japones, pais japoneses liberaiscobto eróticos. chupei cu do meu maridopadrinho comer afilhada cem pentelho