Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA NOITE DE SURPRESAS

Click to Download this video!

Ola quero compartilhar com voces a historia que aconteceu comigo uma certa vez; me chamo Gustavo (nome ficticio), sou moreno de cor jambo bem acentuada e fisico bem apessoado para meus 39 anos, o fato que dezejo relatar aconteceu comigo guando conheci uma garota pela internet, o nome de la era Monica,uma loira ede 1.62, 49k, olhos verdes, seios tipo turbinados e com uma bunda de fazer inveja a muitas mulheres, eu a conheci em um chat de relacionamento, ela me contou que era viuva; e que o marido(falecido) fora o unico homem de sua vida que realmente a satisfazera sexualmente; me disse; que ja havia tido outros homems apos o falecimento do marido mas que todos tinham a mesma conversa fiada e falta de criatividade; ao ver que ela sempre que conversavamos falava no falecido, resolvi investir de forma diferente; e comecei a dizer que amor verdadeiro e pra vida toda e coisas desse tipo; ela se encantou com isto e passamos enviar emails constantes; um dia pedi seu tel e ela me passou o numero; foi ai que tudo mudou ela tinha uma voz muito linda e confesso que fiquei de pau duro muitas vezes falando ao tel; em uma dessas conversas falei que ficava excitado sempre que falava com ela e que meu pau ficava pulsando so de pensar em toca-la; ela me disse que um dia eu poderia ir ate sua casa para conhecela mas seria apenas isso; concordei marcamos o dia e fui cheio de segundas intençoes, ao chegar em sua casa era uma apartamento pequeno e ela me recebeu com um sorriso alegre; estava com uma mini saia que ressaltava bem seu corpo e uma mini blusa que deixavam a mostra sua barriguinha e o pircing; nao usava sutiã e podia notar que tinha os seios firmes e rijos, me disse estar com uma amiga, falou que a convidou apenas para ter certeza que eu nao iria tentar nada; ela me apresentou sua amiga por nome de Sandra que era uma morena de 1.75alt. 55kg. seios fartos,sandra era casada e iria passar a noite a pedido de Monica em sua casa; ja que o marido estava viajando, ela usava uma calça de malha que marcava bem o volume de sua buceta, e um camisetao, que caia sobre seu corpo escondendo suas formas; conversamos amenidades e jantamos, eu tava louco pra tirar um sarro porem Monica nao me deixava ir alem de ums afagos em seu corpo e beijinhos, ja era quase meia noite guando sandra disse que iria tirar um coxilo e falou -nao façam nada que eu nao faria em crianças! ao perceber que sua amiga havia ido dormir eja estava cochilando; investi com tudo pra cima da viuvinha; que me evitava fazendo charminho porem; dava pra sentir que ela estava com muito tesão pois o bico de seus seios estavam salientes e pareciam que iam furar o pano de sua blusa, comecei beijando o pescoço e sussurando palavras em seu ouvido; foi ai que ela me surpriendeu deixou os seios a mostra e começou a esfregalos em mim, nesta altura minhas mãos a percorriam todo seu corpo em direção a sua bucetinha que nesta altura estava toda melada e sedenta, toquei com os dedos em sua intimidade, ela deu um suspiro de tesao e prazer; beijei sua boca com furia e desci minha boca pelo seu corpo, ela me chamava de gostosso e tarado; e me pedia para parar com medo da amiga acordar; apesar de sua resistencia desci minha boca em direçao a sua racha, e comecei a chupar com gosto; foi ai que ela deixou de lado o pudor e se entregou; seu tesão era tanto que puxava meu cabelo e dizia: chupa seu filho da puta me faz gozar gostosso em sua boca; sentia seus liguidos fluirem com abundancia em minha boca e me deliciei com o sabor de seu prazer, trocamos de posição e dessa vez ela veio e abocanhou meu cacete e chupou como uma verdadeira puta; passava a lingua em toda entensão do cacete ate a grande; mamava em meu saco com gosto e se deliciava, gulosa como estava se entregava ao extase de ter um cacete em sua boca; levantei os olhos e olhei para o sofa onde Sandra estava deita e pude notar que a morena estava acordada e levantava um pouco o cobertor para nos observar; resolvi entao dar uma visao melhor para ela; me levantei e puxei Monica pelo braço e me sentei em uma poltrona perto do sofa; retirei miha calça efiquei completamente nu; me sentando em uma poltrona perto do sofa; ela me chamou de louco pois amiga podia acordar, puxei o cobertor e disse para Sandra; pare de fingir que esta dormindo e olhe enquanto ela me chupa; Monica ficou surpresa porem viu o tesão estampado no rosto da amiga; que abaixou o olhar assim que se revelou estar acordada; segurei com força o braço de monica e disse chupa logo este cacete sua puta e mostra pra sua amiga como voce sabe chupar uma rola; ela voltou a chupar e dessa vez olhava pra sua amiga como que se exibindo; Sandra olhava; mostrava estar ofegante; falei pra ela tira essa roupa e me deixe ver sua buceta emquanto esa putinha me chupa; ela obedeceu e ficou totalmente nua me revelou uma buceta bem maior que a de monica; com poucos pelos e bem cuidada; as duas amigas se olharam se abraçaram e começaram a se beijar como se ja fizessem isso a muito tempo; Sandra deitou Monica na cama e me disse: mete sua rola nesta piranha gostossa, nao me fiz de bobo e logo estava fudendo a loirinha que dizia como era bom sentir um cacete grosso no fundo de sua racha, pude sentir o orgasmo de Monica chegando e gozei com ela imundando suas entranahas de porra quente e grossa, Monica olhou para amiga e disse amor agora e a vez de Sandra ela gosta de dar o cuzinho; mas voce vai ter que ser bem carinhoso; pus a morena de quatro e comecei a beijar sua bunda dando linguadas em seu cu; enquanto Monica se deitava por baixo e chupava sua buceta, quando senti que ela estava bem avontade fui pondo um dedo para dilatar o canal anal e nao causar dor mas a morena mostrava ser expext no assunto e rebolava engolindo meu dedo; retirei o dedo e resolvi por meu pau que ja estava duro movamente, coloquei no cu de Sandra que dizia pra mim come meu cu; fode com força me arronba, olha Moni, como ele me fode; como o seu manorado gosta de um cuzinho; olha sua filha da puta; Monica passava a lingua na buceta de Sandra e em meu saco me dando muito prazer; Sandra disse que ia gozar e eu tambem gozei gostosso enchendo seu delicioso cu de porra, fomos tomar banho juntos; e a partir dai comecei a namorar Monica que de vez em quando convidava Sandra para nossas festinhas particulares. se voce gostou me mande um e-mail e quem sabe eu conto mais sobre os anos que passamos juntos; a todos um grade abraço



E-mail= [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos marido jogandocontos eroticos esposa pedreiroContos eroticos com o rodo do banheirofotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarsou casada meu visinho novinho contoscontos eroticos con ninfetas e negaominha sogra viúva ela tava comigo no meu carro ela disse pra meu genro vamos pro motel conto eróticoContos de incesto de meninas de 14 aninhos em Belém do Parávi ele comer ela/contofazenda fravia dan xeso anal lua demelcontos eroticos familia rentcontos:casados virando cdchantageada e humilhada pela empregada negracontos erotico o pai da minha ami quinha tirou meu cabacinhoIniciada desde pequena conto eroticoporno encejo com sogro e sogra pra serularconto gay bebado fui fodidocontos eroticos de advogadas coroascontos bdsm escrava virtual virtualcontos eroticos incesto fode meu cu mnenrabada pelo meu filho especialminha esposa vestida à vontade em casacontos eroticos minha mae fica em casa de sainha curtacontos sou crente mais ja trairconto erotico a esposa do meu irmao disse que que tem um pauzinhocontos olhando a encoxadacriola no cuinho nao e nao guentosobrinho punheta contocasa dos contos eroticos com piscineiro taradoContos curtos de coroa casada chantagiadacontos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaiscontos de incestos e orgias com minha mulher minha irma emcass nudistascontos eroticos maduras tias bundascontos com teens sentando na ro do pri com doze anosquentes carentes cariocassou uma mulher crente mas quero picacontos eróticos fudida na torcidacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno fui estuprado na adolescência e adoreisou corno choquei.conto eroticoContos porno a biscati da minha esposa tevi corajecontos sentando no colo novelaPorno conto filha mama pai desde pequenacontos eroticos mulher do primocontos eróticos da em cima da irmacontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte maisexo peituda goza no oralRebola no pau do papai contocanto erotico comi meu primosou a putinha do bairrotocando punheta no maracanamostra como fuder bem gostoso e a pica entrendao na bucetaquero ver ofilme porno o pai dando carinho para filha nosofa para foder elacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos sobre voyeur de esposafui fudida ainda de calcinhacontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra elecontos minha filha chorou no meu paucontos eróticos de milhares casa assediada pelo vizinhoconto fodida pelo amigo da minha maecontos eroticos crente coroa peidando no paucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos erotico ela trai o maridopintudos site de relacionamentocontos eroticos pagamentocontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhomeu marido me flagrou conto eroticodepois de mais de 20 anos casados minha esposa topouminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionoucontos eroticos de novinhas com meio irmsotrai meu marido com um moto taxi contocontos verdadeiro irma envangelicacontos eroticos Fabianarelatos/erotico meu padrasto me dava banho e colocava no coloO negrão ganhou minha esposa casasdocontosConto amarrada abre mais vadiacontos eróticos de empregadas