Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMEIRA TRANSA BI COM UM CASAL.

Click to this video!

Minha primeira transa BI.



Conheci um casal em um grupo da Internet. Meu interesse neles era em transar com a esposa na frente do Marido.



Depois de nos conhecer através de trocas de e-mail e por telefone marcamos um almoço entre eu e o Marido para nos conhecermos e ele me dizer se a esposa poderia ou não gostar de mim.



Nosso almoço se estendeu pela tarde todo. Rimos bastante e confidenciamos coisas um ao outro. Ele as experiências que eles tiveram com outros casais, inclusive a fantasia que eles (o casal) tinham dele transar com outro cara. Eu achei meio estranho, mas continuei a conversa queria ver onde este papo daria.



Por diversas vezes ele me questionou a respeito de eu transar com ele, eu sempre me “esquivando” do assunto. Ele me disse que adoraria dividir um pênis com suas esposa. A língua dos dois lambendo e confundindo enquanto os dois dividem um pênis.



Demos muitas risadas e ficamos de marcar o encontro por telefone.



Dois dias depois conversando por telefone ele ma disse que tinha contato de nosso encontro para sua esposa e ela tinha ficado super empolgada e que ela queria dividir meu pênis com ele e se eu não transaria com ele para satisfazer a vontade deles.



Eu disse que não saberia se conseguiria fazer isto ou não, que dependeria do clima. Então combinamos de sair, e irmos até onde nosso tesão permitiria.



Chegou o dia, nos encontramos em um Shopping, conversamos um pouco e fomos a um motel.



Ao entramos no quarto a esposa começou a me beijar e abrir minha calça. O marido se sentou no sofá e se limitou a assistir. Eu e a esposa fomos ao banheiro e tomamos um banho juntos. Foi uma loucura ! ! ! !.



Em seguida fomos para a cama.



O Marido nos avisou que ia tomar um banho e que nos deixaria mais à-vontade.



Ficamos ali na cama eu e a esposa nas deliciosas premilinares, lembro-me de chupar e lamber cada parte do corpo dela.



Depois de uns 19 ou 20 minutos chegou o Marido, nos dois ali na cama já estávamos pegando fogo. Ela ficou de quatro fazendo uma deliciosa chupeta para mim ele começou a chupá-la ao mesmo tempo.



Enquanto a esposa estava me chupando,senti seus dedos escorregarem pelas minhas nádegas diversas vezes e os “escorregões” foram ficando mais ousados e repetitivos. Era um tipo de massagem anal sem me penetrar.



O Maridão começou penetrá-la com os dedos e em seguida com o penis e conforme ela era penetrava ela me penetrar com o dedinho também. Conforme ele aumentava o ritmo e a pressão dos movimentos nela ela gemia e aumentava seus movimentos em mim também.



Derrepente o marido parou e começou a chupar meu pau com ela. Ela tirou o dedo de mim e começou a colocar nele. Ela o virou e colocou minhas mãos na bunda dele.



Ela se ajoelhou em meu rosto e continuou a me chupar. Fizemos um 69 eu e ela. E ela sempre passando meus dedos no cuzinho dele. E eu com a outra mão no cuzinho dela.



Ela parou de me chupar, mas continuou sentada em meu rosto. E ele ficou de quatro chupando meu pau e começou a brincar com meu cuzinho.



Nossa o tesão era enorme, eu que nunca tinha nem imaginado estas coisas ali sendo chupado por um cara e ao mesmo tempo sendo penetrado pelos dedos dele. E tendo sua esposa rebolando sobre minha boca.



Quando avisei que iria gozar, ele parou e a esposa começou a me chupar, eu gozei muito gostoso na boca dela. Ela engoliu e deu um enorme beijo no marido.



Ela deita sobre mim e começa a me beijar. E começa a penetrar o marido com os dedos enquanto nos beijamos. Eu começo a punhetá-lo, enquanto ela o penetra. Não demora muito e trocamos de posição. Eu o penetrando com os dedos desta vez.



Nisto eu já estou excitado novamente. O Marido coloca uma camisinha em mim e a esposa sentão em meu pau. Enquanto ela rebola no meu pau, faz uma chupeta para o Marido.



Ela alterna entra beijos em mim e chupadas no Marido e repetindo sempre, que eu estava chupando ele por tabela. Ela me beija segura o pau do Marido e coloca entre nossas bocas.



Os gemidos de prazer da esposa estava me deixando alucinado. Ela gozava e não parava, continuava ali rebolando e pulando em cima de mim.



Eu achei estranho ter um pênis em minha boca, mas o clima era de um tesão tão grande que nem liguei entrei na brincadeira. E chupei muito o pau dele sempre com meu dedos alargando o cuzinho dele.



Quando o Marido avisou que iria gozar a esposa voltou a chupa-lo e ela gozou muito na boca dela, ela engoliu tudo, chupou mais um pouco, engoliu novamente e me deu um enorme beijo com um gosto muito estranho.



Ela voltou a sentar em meu rosto, pois disse que estava cansada. E ordenou para o Marido sentar no meu pau. Coisa que ela atendeu prontamente.

Foi difícil penetrá-lo, mas ele aguentou firme e em pouco tempo eu tinha o Marido cavalgando em meu pau e a esposa em minha boca. Foi uma delicia, gozei feito um louco.



Depois de ter gozado a esposa me questionou, se eu não queria experimentar se passivo, eu disse que não que poderia doer, etc.



Os dois voltaram a me chupar e novamente eu estava muito excitado, parecia que meu pau iria explodir. E eu não conseguia tirar da cabeça a cena do Marido dando para mim, do prazer que ele sentia e fiquei com muita vontade de experimentar mas estava com vergonha de pedir.



Foi quando a esposa sentou-se em um balcão (tipo uma mesa) abriu as pernas e me puxou. Eu a penetrei e o marido a beijava, ele começou a me penetrar com os dedos. E ela com um voz manhosa pedia para eu deixa-lo me penetrar.



Eu nem respondi, pedir para ele ir devagar. Olhei para a Esposa e ela com um enorme sorriso no rosto me disse que eu iria adorar.



No inicio a sensação era um dor enorme, ele colocava um pouquinho, parava por um tempo para eu me acostumar e voltava e colocar mais um pouco e assim foi até eu sentir seu corpo me pressionar contra sua esposa. Ele parou por um tempo e começou um lento vai e vem. E ia aumentando, aumentando, aumentando, ...



A sensação era indescritível, era delicioso aquilo. Ele bombava com força, a cada bombada ele entrava todinho em mim e fazia com que eu entrasse todinho dentro da esposa. Estava uma delicia. Eu gozei deliciosamente na esposa, e ele ali bombando e não gozava.



Fomos para a cama, ele novamente castigando meu cuzinho. A esposa me chupando até meu pau ficar ereto novamente.



Ela se deitou de lado para mim e me ofereceu o cuzinho dela.



E novamente estávamos os três transando, eu comia o cuzinho da esposa e o Marido comia o meu.



O Maridão enfim gozou, confesso que eu queria mais um pouco.



Continuei comendo o cuzinho da esposa enquanto o marido tomava banho.



Quando ele voltou do banho fomos eu e a esposa tomar banho, nos abraçamos muito, nos beijamos e fomos embora com a promessa de mais um, um não vários encontro destes.



Isto é apenas um conto, uma narração de uma fantasia minha. Se caso algum casal se identificou com minha fantasia escreva-me e vamos realiza-la.



Sou de São Paulo - SP



Junior – [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico comendo a filha do meu socioconto erotico minha patroa me viu de pau durocomi minha madrinha na casa dela contosMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contosempregada fodida na marra.contosmuile fudeo nacaxuerameu tio velho ajudou eu e minha prima perder o cabaçoamiga da buceta e bunda grandes contos eroticoscontos eroticos cegapapai me ensinou chupar buceta conto eroticoAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticosasgostosas ticosmenininha e novinha sendo e******** contos eróticosgorda gozando contosconto erotico estuprada de biquíniBebendo porra do filhinho contoseroticosfogosas do funk de sainhacontos eróticos de upskirt em escoteiraconto eróticos estupro no orfanatocoroas defloração relatoporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fideConto erotico advogada enrabadacontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradorabochechas da bunda da minha irmãcontos de sogra gravida transandomendiga pedindo pra comer seu cu apos o dela era vigemsobrinho dopa sua tia historia eroticafotus de zoofiliaConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machosContos de cedezinhas sendi iniciadacontos vendo a irma sendo fodida betinhacontos com teen fodida aos onze anos por tres roludoshistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampmeu marido sempre pedia pra eu me depilar yodinha contoscontos xupo pau desde novinhocontos eroticos com a princesinha do bairrogrelao 3cm comendo contosvamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupacontos eroticos apanhandocontos de menina nova perdendo o cabacoFunk érotco namoradalesbicapor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguaminha filha fudendo com nosso impregados contossexo com as amigas e as filhas contosComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos traindocontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhocontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãebumbum de mocinha injecso porno contocontos.de mulheres.casadas.e fogosaa crente e a zoofilia_contoscontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeuvestida de caipira sem calcinhacontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes contos eroticos com orgia de cdzinhasmarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexoconto transando com ladraocontos eróticos a primeira vez nem doeucontos esposa centou no pau do comedor 1 vezcontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertacontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhocontos eroticos srntar no colo inceztoviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra eleCasada dificuldades financeiras e velhos dotados contos eroticoscontos eróticos de irmãosminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticoscontos eroticos amigos heterossempre dou uma escapadinha contosconto de quarentona a fuder com desconhecidomeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riacho