Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GRANDE AMIGO

Click to Download this video!

Isto aconteceu comigo quando por um motivo familiar tive que deixar a casa de meus pais. Eu tinha um amigo chamado Gil, que ofereceu sua casa para eu morar enquanto eu não arranjava uma para alugar. Gil era um negro alto e forte, não era bonito mas tinha fama de comedor na empresa onde a gente trabalhava, inclusive por causa desta fama, ele estava separado da sua mulher, foi por isso que ele disse que eu poderia ficar um tempo em sua casa.

Cheguei de tarde na sua casa e levei minhas coisas para o quarto, le disse para eu deitar um pouco pois ele ia sair com uma mulher e depois voltava. Eu estava muito triste com a situação e fiquei no quarto chorando baixinho. Quando já era de noite, Gil chegou e me viu encolhido na cama ainda chorando.Ele sento do meu lado e disse para eu ão ficar assim, que tudo isso ia passar e eu ia ficar bem. Ele estava de bermuda folgada de basquete e não sei como uma boa parte de sua rola estava aparecendo. Eu já tinha visto aquela pica uma vez no vestiário da empresa e ela mesmo mole, era bem grandinha, uma cabeçona preta e reluzente. Não sei o que aconteceu (atré hoje me pergunto como foi que isto foi me acontecer ), mas ele me pegou olhando sua rola, neste instante nossos olhos se cruzaram e sem falar mais nada ele puxou aquele pinto preto prá fora e enfiu na minha boca. Eu me assustei com esse gesto, mas não sei se foi por carência mas eu comecei a chupar aquele pinto meio molenga. Eu chupava e chorava e soluçava ao mesmo tempo e aquela rola na minha boca me dava um pouco de conforto. Gil ficava falando baixinho, chupa, Nick, chupa devagarzinho, assim, você parece um bebe mamando, mama a rola do papai, não precisa chorar...

Mamava vorazmente o pinto do negão, que agora estava todo duro na minha boca, não sei o que me deu mas perdi o controle, eu dava beijinhos na cabeça, mordidinhas naquele saco suado e voltava engolir aquela cabeçona gostosa. Enquanto isto Gil avançava na minha bunda.Eu sempre fui gordinho, mas agora estou mais magro, mais minha bunda sempre foi grande e na escola sempre fui o alvo das encochadas e passadas de mão da garotada. Mas agora era diferente, eu tinha um macho faminto enterrando a mão no meu rego e querendo comer meu buraquinho. Gil não aguentou aquela chupação toda e gozou na minha boca, expoldindo porra no meu rosto, e na minha camisa e na cama. Levantei correndo e fui até o banheiro me lavar, morrendo de vergonha. Quando sai do banheiro novamente não tive tempo de falar nada fui agarrado por trás e encochado contra a parede.Agora seu gostosinho vou comer esse rabinho delicioso e me mordeu a nuca e apertou meus peitinhos.Empurrei meu rabo para trás e empinei o mais alto que pude, isto deixou ele meio assustado e disse. Então voce ta gostando, não vai chorar mais né putinha...eu disse come meu cuzinho que eu não choro....Para que fui dizer isto ! Ele imediatamente apontou aquela vara na entradinha do meu fiofá e tentou empurrar, mas não conseguiu entrar, eu era virgem e meu cuzinho travou de um jeito que nem com pé de cabra abria.Foi nesta hora que eu descobri o que é ter um macho de verdade.Gil não desistiu começou a me bolinar gostosamente tentando fazer meu buraquinho relaxar.Levei lambidas na portinha do cu, beijinho e tapinhas de inecntivo na bunda.Gil disse que tava ahá um mês sem comer ninguém e pelo menos há um ano sem furar um cuzinho...você tem uma bundona de fazer inveja a muita mulher por aí....Fiquei todo orgulhoso e resolvi tentar dar o cu de novo.Fiquei de pé e me abaxei segurando os tornozelos, me arreganhei o maimo que um homem pode se abris para outro macho e esperei minha recompensa.Desta vez aquela piroca entrou justinha no meu rego e afundou no meu cu quase senti no meu umbigo. Dei um grito animal, ele depois disse que eu parecua uma cadela ganindo, e Gil começou a bombar forte, fiquei todo aregaçado, quando ele gozu nem senti a porra escorrendo pela minha perna.Fiquei morando na cas do gil por quase seis meses e todo dia servindo meu criolo gostoso.Usava as roupas que ex mulher dele deixava e fui sua fême até aqule safado me trocar por uma vadia.Hoje estou sozinho mas se vc quiser me conhecere me [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos primeira pulada de cercaconto erotico carona pro sobrinhoPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanoainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôcontos eroticos gozei quando as duas picas entraram no meu cuconto rrotico ytanzando com abobrinhacontos eróticos de mestre domadormamei até os bicoes dela incharem contosConto erotico bunda a enteada mas velha.contos eróticos de bebados e drogados gayscornoscontoseroticosconto lebisco minha amiga pagou uma postituta par comer a buveta delacontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritosMeu sogro cheirou minha calcinhaRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadocontos de como eu gritei quando me foram ao curelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,scontos eroticos de professorasContos supreendida pelo novinhocontos ela gozou no meu dedo no metrôo emprego q mudou minha vida casa dos contosvidio antigos onde duas mulher chamos alguns homen pra transaren no sulper mercadinho xvidiocomeu a tia da bunda grande contovídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sograCasada narra conto dando o cuconto erotico corno chantagem gayconto erotico gravida carentegaroto pelado no rio e tia veno imprecionada/contoseroticoscontos eroticos anal com padrasto vizinho tio pai desconhecidoCaso canto erotico pau grossoex bem dotado contocontos eróticos de insesto meu irmão comeu eu e minha amigabucetao arombada de adivogada conto eroticocontos de submisso chantageado pela amante torturadoContos eroticos trai meu marido com o meu paiConto erotico amo decotesContos eroticos chantagiei e chupei minha maninha contos eroticos no beco escuro mete com forçacontos encoxei mae no tremcontos eroticos tia feiadominador pé gostosocontos erotico so testemunha de jeova e dei a bucetasamba porno buceta com sujeiras brancasviadinho levando pirocada no cuzinho contos eroticos"limpa o pau do seu macho"conto erotico eu meu marido e minha mae sexo no moteuSou casada mas bebi porro de outra cara contoscheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****baixa vidio caceta de travesti duronaContos eróticos de incestos orgias com as irmás gostosas na cachoeiracontos estuprada gostoso por meu primo que me amatirei o cabaco do garotinho mimado de onze anosdei para meu amigo conto eróticosporno. filia. deixa papai vê. sua. bucetinhaConto erotico sou puta undaContos erotico me exibitirado a vigidade da novinhas no mato ela ..âl lcontos de cú por dinheiroPai filha mijando na praia contos eróticosconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contocontos de mulher que fez depilacao para surpreender o maridonamorada deixou cara de pau duro contoscontos aliviando as tetas de minha irmaFoderam gente contos tennsvidiod etoticos madrata dominando a esteadaamiguinhocontoscontos incesto com minha filha carolcontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balabrincando de casinha contos eroticosNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetafiz sexo pra passar de semestre contoscontos eroticos menina. na fazendao maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que deliriocontos sobrinho moreno loiraminha enteada inocente conto eroticocontos eroticos de fudendo com o pastorPapai derramo leitinho na minha cara contos eróticosporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com elevidios dos bucetao mais carnudo e enchados nusconto erotico com tio amigo velho coroa grisalho peludoContos e roticos com gemeos i denticosminha visinha medica. Casada contosvídeo pornô com travesti travesti transando com a outra por amor todinho raiva da outracontos eroticos traiu o marido no onibusContos eroticos encontreia uma calcinha da minha filha babadinhacontos minha filha chorou no meu pautentando escapar mas ficou sem as pregas do cu