Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRO NO CLUBE

Click to Download this video!

Tudo aconteceu num domingo à tarde.

Estava sol e eu tinha ido para o clube me refrescar um pouco.

Sempre fui muito discreto e liberal com relação ao sexo. Curto garotas, mas o que eu gosto mesmo é de sentir um pauzão bem grande dentro do meu cuzinho. Voltando, devia ser mais ou menos umas 15hs. Havia ido sozinho ao clube pra tomar um banho de piscina. Fiquei lá um bom tempo... claro que, mesmo com muita discreção, eu não deixava de reparar na rola dos carinhas que passavam. Foi quando meus olhos viram uma rola imensa. Mesmo por baixo da sunga, era algo fora do normal. Fiquei tão espantado (e excitado) que dei bandeira. Quando me dei conta, percebi que ele tinha me visto olhando pro seu membro. Desviei o olhar, disfarcei e fiquei na minha. Percebi que ele estava com um grupo de amigos, mas evitei ficar olhando.

Por volta das 17hs a piscina do clube fechou. Peguei minha toalha e fui em direção à lanchonete. O clube fechava às 19:00 e eu não estava a fim de ir pra casa ainda. Pedi um lanche e um refrigerante e fiquei por ali mesmo, vendo TV. O cara foi até a lanchonete com os amigos dele e ficamos por ali um tempo. Procurei ficar na minha pra não dar mais bandeira.

O clube, aos poucos, foi esvaziando. Mais ou menos umas 18:40, resolvi que era hora de tomar banho. Fui ao vestiário, peguei minhas coisas e fui tomar meu banho. O vestiário estava vazio aquela hora. Foi então que percebi que uma galera havia entrado no vestiário também. Eles pareciam esta procurando alguém, até que um deles foi até o chuveiro, me viu e gritou:

"Achei! O viadinho tá aqui!"

Gelei! Meu coração quase parou! Eles eram em seis e eu já estava imaginando a surra que eu iria levar. Em poucos segundos eles chegaram. Fiquei estático, sem dizer uma sá palavra. Então, o cara que tinha me visto primeiro, pegou uma toalha, enrolou no meu pescoço e começou a me arrastar pelo vestiário, me levando para onde ficam os bancos onde o pessoal se troca. Então, ele amarrou meus braços pra trás com a mesma toalha e, virando-se pros outros, disse:

"Quem quer ser o primeiro?"

Tentei sair dali, ameacei gritar, mas um dos caras, o mais forte deles, deu um tapa no meu rosto e disse:

"Não agita, não, viadinho! A gente vai arrombar esse seu cuzinho de mulherzinha e vc não vai falar nada! Se não a gente te enche de porrada!"

Fiquei quieto. Um a um eles começaram a me enrabar. Eles pareciam uns animais! Me fodiam com força, não se importando em me machucar. Na verdade, eles pareciam querer isso mesmo! Eles metiam no meu cuzinho como se estivessem metendo em uma dessas bonecas infláveis e, toda vez que eu tentava gritar de dor, um deles vinha e enfiava a rola inteira na minha boca, me fazendo, por muitas vezes, engasgar e até vomitar, tamanha a violência com que faziam.

Fiquei ali não sei por quanto tempo. Então, aconteceu o pior... dois deles (o cara que eu tinha fitado e o grandalhão que bateu em mim) se posicionaram estratégicamente atrás de mim e começaram a meter ambas as rolas no meu cuzinho. Tentei me mexer, sair dali, mas repreendido com outra bofetada, dessa vez mais forte.

"Fica quieto! Quer levar porrada, é?! Fica quieto enquanto a gente rasga esse seu cuzinho pra vc aprender!"

Então, eles começaram a socar no meu rabo. Eles começaram alternando o vai-vem e, depois de um tempo, começaram a me puxar pelo quadril, me fazendo sentar nas duas rolas. Tentei usar as pernas pra me apoiar, mas um dos caras veio e puxou meus dois pés, me fazendo sentar de uma vez nos dois cacetes! Aquilo os excitava ainda mais! Enquanto os dois me fodiam no cu, o restante revezava-se na minha boca, dando tapas na minha cara, me xingando e me humilhando. Quando resolveram gozar, dois deles me fizeram beber toda sua porra, enquanto o restante preferiu gozar na minha cara e no meu cuzinho. Depois disso, pegaram seus celulares e começaram a tirar várias fotos de mim todo gozado.

"Agora, vai funcionar assim, seu viado do caralho! A gente vai foder com vc sempre que a gente te ver por aqui! Se vc deixar de vir pra cá, a gente põe essas fotos na net, se vc vir a gente e tentar sair fora, a gente põe as fotos na net, se vc falar pra alguém que a gente te estuprou, a gente põe as fotos na net! Fui claro?"

Respondi apenas com um aceno de cabeça.

"Ótimo!"

Depois disso, eles amarraram meus braços e pernas na cadeira do vestiário. Socaram um vidro grosso de shampoo no meu cuzinho e me deixaram lá enquanto tomavam banho. Quando me desamarraram, caí no chão, com o cuzinho escorrendo porra e sangue... mal conseguia ficar em pé, enquanto eles saíam rindo e se vangloriando por terem me arregaçado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos deu pra outro não quero maisenfiando o dedo no cu da coroa cotoseroticoscontos eróticos mamarcunhada timidacontosconto gay virei garota do sogrocontobucetavirgemconto erotico sair.com minha sograporno bundas de morenas com cabelos longos mastubandoscontos/ morena com rabo fogosoconto erotico dentista doutoura anafoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaengravidei de outro conto eroticoconto erotico amigo babaca e cornovem me comer me esfolar porr contoContos eroticos eu e minha fonos estrupa na festaEu roberto o cachorro conto erotico gaycontos minha esposa teve um filho do pausudocontos de incesto minha filha sendo comidaconto de zoofelia dei o cu para meu cachorro e a bucata um negaoArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticocontos eroticos medico cinquentao tem sua primeira transa gayshortinho apertado curto abraçadinhotortura em meio o sexo gay conto erotico gaycontos eróticos mulher gostosa cuidando de menininhoscontos estuprada por um estranhoCasada viajando contosConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigoSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos eroticos de esposas de caminhoneiroscontos eroticos boquete da cumadrecontos gay afeminadoscoroas peladas e muita manteiga nelascontos eróticos com mulatasdei pro japones contoconto curto mulher contrata traveco pro cornocontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2Casada Amigo do meu filho sexo contoscontos eroticos sobre voyeur de esposachupei mas nao dei que pena contoscontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cufiz sexo.com mru primo relatos safadocdzinha feminizadaContos eroticos sequestro contos eróticos demairacontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos erotico sou corno do meu sogroCasada voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eroticos casada e o farmaceitico negao"limpa o pau do seu macho"video de jovens travesti praticando incesto com padrastoCasada viajando contosconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorbianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosputão na vara contoscontos eroticos dando cu pro filhoesposinhas beijando e pegando na pucacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html tomando banho de rio com titio contos gayconto erotico, mamae foi. arrombada pelo marido da vizinha enquanto ela viajavacontos eroticos esposas no swingsecretaria de cama a e mesa contos eróticos gang bangcontos casafa fui pra roça me masturbei dentro fo mayoContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)Minha irma adolecente taradinha em conto eroticoO'Amante Daminha Mulhermae e esposa duas depravadas contos eroticoscorno mijado contosEDNA safada de são paulo CONTO O SEQUESTRADOR SEGUNDA PARTEesposametenocomoutro.comcontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2Contos vizinha de 19ex cunhada putanovi bateno sirica e hosano fostosovelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contosVideosputas fz boquete de na linguaconto cu buceta zooporno mobile sequioso animal com mulheressobrinha sapeca tomou no cu contoneguei meu irmao se masturbando e o cu e a buceta pra ele xvedeo.comeu estava louco pra chupar atravesticonto mulher casada rabuda dei pedreiroempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoContos eróticos a noite todacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eroticos "cadela" "fome"contos comi uma pequenina