Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI MEU CUZINHO PARA UM COLEGA DE TRABALHO

Click to Download this video!

Meu nome é Tâmara, sou brasiliense, tenho 28 anos, 1.70m e 59Kg. Faço o tipo mulherão com corpo de violão, porém sempre fui discreta e até ruborizo facilmente quando sou paquerada. Sou casada e meu marido é muito ciumento. Nunca fui santa, mas também nunca fui puta.



Há três meses fui transferida a trabalho para Natal, capital do Rio Grande do Norte. Lá conheci um cara chamado Alexandre. Foi paixão a primeira vista. Longe de meu marido eu, completamente carente, fantasiava com esse homem que, percebendo o meu interesse, alimentava minhas expectativas. Mas como ele também era casado, não foi fácil criar um expediente para um primeiro encontro. E era uma tortura sonhar com ele todas as noites e não poder tocá-lo. Um dia tomei coragem e parti para o ataque. Comecei me declarando. Ele escutou, foi muito doce, mas não fez nada. Alguns dias depois fui mais direta: pedi um beijo. Ele me beijou – foi o melhor beijo da minha vida. A essa altura meu fogo sá crescia. Queria esse homem de qualquer jeito. Finalmente, pedi que ele subisse a meu quarto, no hotel onde estava hospedada. Começamos com beijos mais quentes. Depois passamos ao roça-roça. Suas visitas passaram a ser mais constantes e a cumplicidade foi aumentando. Nunca havia engolido porra, mas ao ver aquele pau gostoso, todo durinho para mim, tive vontade de chupá-lo e chupei tanto, tão gostoso, que quando menos esperava estava o leitinho descendo pela minha garganta, tão quentinho e gostoso. Fiquei viciada. Queria mais e mais. Depois disso, senti despertar meu lado putinha.



Certa manhã, antes de irmos para o trabalho, marcamos de nos encontrar em meu quarto. Acordei cedo, tomei um banho delicioso, coloquei perfume e uma maquiagem de vadia e o esperei usando apenas uma calcinha vermelha, uma sandália de salto alto e um par de brincos. Foi maravilhoso, ele com aquele corpo definido, lindo. Com seu pau duro e quente esfregando em minha bucetinha enquanto chupava meus peitinhos rijos. Quando ele arrancou minha calcinha e penetrou, estava quase gozando. Gozei gostoso. Depois ele meteu com mais força e gemeu, gemeu forte como um cachorro vadio. Fiquei maravilhada com o que estava me acontecendo.



Para minha surpresa, dois dias depois de nossa manhã de amor, soube que ele iria viajar e eu também. Tratamos de tirar o atraso naquele dia mesmo. Ficamos até mais tarde e aproveitei para tomar mais um leitinho. Ficamos separados por 1.500 Km, mas o tesão não passava. Agora me sentia uma prostituta. Fantasiava de todos os jeitos, seduzia outros homens. Queria porque queria dar meu rabinho (virgem), mas tinha que ser para Alexandre! 19 dias depois de nossa separação enfrentei 4h de vôo para encontrar meu macho. Vesti-me como uma prostituta para encontrá-lo no aeroporto. Minissaia, salto e decote. Beijamos-nos ardentemente no elevador aos olhos de todos. Seguimos para o motel e finalmente pude realizar meu desejo. Dar o meu rabinho. Fiquei de quatro, passei um gel no cuzinho e no pau dele e fiquei olhando no espelho a espera que ele montasse em mim como monta a um cavalo. Sua expressão foi máscula, excitante. Ele meteu de vez e com toda a força. Dei um grito, mas sem dor nem sofrimento. Sá prazer, prazer de ver aquele homem me possuindo, em pé, me comendo e gemendo. Adorei. Ele poderia ter me quebrado em duas que eu iria gostar. Fodi de todo jeito. Até uma garrafa ele meteu em minha xoxota e eu gozei, tomei leitinho ainda queria mais.



Depois de Alexandre, passei a me sentir uma mulher plena, senti vontade de trepar com todo tipo de homem, branco, preto, magrinho, fortão. Descobri a puta que existe em mim e ainda estou descobrindo outras formas de seduzir e de gozar. Tenho a impressão de que sempre serei dele e muito mais dele do que a qualquer outro (tenho a certeza de que terei muito outros).



Esse é o meu primeiro conto. Espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos eu e minha amigagorda fomos arrombada com fotoscontos erótico eu confesso minha filha casada e uma loucura na camanora dis que viu sogro de pau durocontos me ensinaram a bater uma siriricacontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhogostosa gordinhas tirando cabeçaporno gay contos eróticos pegando priminho inocenteContos erotico de.casada 2 garotocontos eróticos esposa na garupa de um cavalocontos safada na lavouraesposa safada liberando geral para o sogrofetiche por injecao na bundacontos eroticos punhetascontos filha foi pescar com pai e foi arrombada na barraca no escurofoi da aboceta vije e a romboTraicao minha namorada safada vendo pinto dele contosuma semana de pescaria,contos eroticoscontos porno comi minha irma casadacontos eroticos feriado quitinete praiacomi o garotinho contosminha sogra trepo com ela contosnoivo e noivas na lua de mel comprido e desejo de fatazia travesticontos eroticos comi meu amigoxvidio tinho berbado asubrinha fica taradacontos eroticos tranzei com miha madrinhacoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaiscontos viado arrombadoorgia com os nerdes casa dos contosporn contos eroticos casada escrava na cadeiaminha vizinha safada casada helenicetia gostosa praiatraicontos eroticos meu sobrinhocontos tetas irmacontos eroticos verdadeiro primo bem dotado da minha mulher pasa ferias em casacomtos de sexoporno club contos eroticos de meninos gaysEu roberto o cachorro conto erotico gaynegao dando cu para loira com cinta pênis inversãodei na infacia e não me arrependo contos gayscontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosaprima comeuela gravidaRelatos sexuais me encoxando na cozinha e o corno na salaTive q dar contos eroticoscontos eróticos ameacei minha esposa conto erotico entranhascontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado demeu tio me comeu em contoscontos eroticos do filho foi da banho na mamae e ficou de pinto durohttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticoscontosde filhas levando gozadas na bocacontos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica excitada e grande filhocontos eroticos aposta na escolacontos sexo meu filho meu homem vídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analme exibir muito na balada contoscomia mae contoseu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus comi o garotinho contosler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhoconto erotico cachorro lambe paucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos comiminha primairmãozinhos safadinhos fazebdo safadesacontos vou te estruparcontos eroticos hospital a tiacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casadormindo ao lado conto eróticoconto erotico quando era pequenaAi manuel porno contos eroticoscontos carona q virei cornoContos eroticos de casadas safadas que traiContos d uma menina estrupada por taxistaconto minha esposa no canavialcontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotoshetero chavecando o cunhado xvideSou um corno mansoContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposaContos eróticos gostosa na praia com o maridocomendo o cu d sogra gordona d 290 kilocontos coroas primas do interiorMe comeram ao lado do meu namoradobisexual contosdando o cu para meu cunhado contostomates conto heteroconto meu cu te amo grossconto inversao depilou meu cu