Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O SERVENTE DE PEDREIRO HETERO

Click to this video!

Sou engenheiro e trabalho em diversas obras, certo dia fui apresentado a um servente novo que começaria a trabalhar numa das minhas obras.Se chamava Soares era magro e alto de pele morena e cabelos negros cortado bem curto tinha um semblante indígena meio mameluco com algumas tatuagens no braço que sem cerimônia peguei para observar melhor os desenhos aproveitei para mostrar minha tatuagem e assim notadamente um tesão percorreu meu corpo desejando aquele homem bruto e tão receptivo.Logo depois tentei me desviar daquele sentimento sacana, pois não costumo misturar meu trabalho com sexo além do mais era velho conhecido dos outros operários que nada sabiam dos meus desejos .Fui até outro setor da obra averiguar o trabalho e depois foi até uma pequena copa da obra tomar um gole de água, pois o dia era muito quente.Chegando lá ao me servir percebi o novo servente entrando coma desculpa de tomar água também, foi logo me dizendo que era casado mas que a mulher não ligava quando não dormia em casa e que a alguns anos costumava dormir no apartamento de um amigo no centro da cidade e que gostava bastante destas saídas,a princípio não acreditei no que estava pretendendo revelar mas desconfiei que era uma cantada, muito constrangido pedi licença e me dirigi direto ao meu carro pois estava explodindo de tesão e medo sem saber ao certo qual atitude tomar pois estava querendo aquele homem mas não o conhecia e temia cair numa armadilha .A caminho de casa recebi um telefonema era o Soares que consegui meu numero na agenda do telefone do mestre de obras e me convidou para tomar uma cerveja no final da tarde sem nenhum constrangimento. Disse-lhe que não poderia, mas quem sabe no sábado pudéssemos tomar uma cerveja e bater um papo ainda não sabia o verdadeiro interesse por mais que desejasse aquele homem loucamente.No sábado a tarde liguei e disse que estava ido até minha casa de campo fazer um serviço urgente e o convidei a me acompanhar e me ajudar no serviço pelo qual pagaria o preço de uma diária, ele concordou e fui até seu bairro de periferia buscá-lo.No nosso caminho de ida sá conversamos sobre trabalho e por uns instantes achei que tudo não passava de uma viajem da minha cabeça, pois me falou da mulher dos filhos e na metade do caminho pediu para comprar umas cervejas o que fiz no primeiro bar que encontrei aberto na esperança de quebrar o gelo e quem sabe sentir enfim aquele macho sobre mim.Ao chegarmos na chácara mostrei-lhe o trabalho a ser feito e ele então pediu uma bermuda emprestada para não sujar sua roupa, subimos até a sede e entreguei-lhe uma bermuda que sem se importar com a minha presença vestiu vagarosamente como que deixando que eu apreciasse aquele volume por baixo da zorba azul escura. Depois de vestir-se, sentou-se numa poltrona ao meu lado e começou a coçar o saco e me olhar com cara de safado disse então: Pode pegar não é isso que você quer ? E tirou aquele membro escuro e cheio de pelos de dentro da bermuda me convidando a tocá-lo.Não consegui me segurar e caí de boca naquela vara que aos poucos foi endurecendo entre meus lábios e tomando uma dimensão que me amedrontou a princípio, chegou uma hora que sá a cabeça preenchia minha boca me deixando de pernas bambas de tesão e medo daquela rola . Enquanto eu o mamava ele dizia :chupa pra ver o tamanho da jeba isso chupa gostoso, que boquinha quentinha parece uma bucetinha molhada, chupa mais vai enfia tudo na boca .Então mandou eu ficar de quatro que queria me encoxar e sentir meu rabinho guloso, deu uma cuspida na cabeça do pau e colocou de primeira na portinha do meu cú que não estava acostumado co aquilo tudo, implorei para que fosse de vagar e fui atendido ele sá começou a bombar depois de ter enterrado tudo dentro de mim.Foi demais sentir aquela tora dentro e ele falando um monte de putarias no meu ouvido: vou trabalhar nada vou ficar te comendo o dia inteiro,meu viadinho vou deixar esse cuzinho do tamanho do meu pau pra te comer sempre, é assim que você gosta então leva nesse cuzinho tudo pra você e assim por diante...depois de gozar um gozo grosso em golfadas dentro de mim ele se trocou e disse que precisava ir para a casa dele e outro dia poderíamos marcar para repetir a brincadeira,fez-me jurar que não abriria minha boca sobre o assunto e nem mesmo pediu o dinheiro da diária que nem chegou a realizar.A partir daquele dia sá consigo me masturbar pensando nele e em sua postura de macho predador me subjulgando e me possuindo .





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos que gozada ela deutetudaCaidaContos de coroa chatagiada pelo sobrinho e gostandominha tia mim pediu uma massagem contocontos eroticos a bucetinha depilada da minha maecontos eroticos espadinho com o pau conto fui trabalha com fio dental torano minha bucetacontos fui banha no rio e minha tia foi atrazcontos erticos/meus doi primos revesaran em minconto erotico real sobrinhocontos eroticos tirando virgindade de netinhapratico zoofilia desde pequenaconto erotico debaixo das cobertascontos de minha sogra cheirou minha cuecaporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandominha mae e eu conto eroticoporno marido da vizinha foi viajar e fui pozar na casa deladeu pro vizinho trans e ficou grávida contosconto erotico meu irmozinho me suprendendo com a sua primeira gozada da sua vidaconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigarelatos eroticos chantageada pelo amigo do maridodelirei com a pica entrando no meu cuzinhoQuando eu era pequena meu primo comia meu cu e eu peidavacontos : meu filho falou que minha buceta e bonitafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "contos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhoscontos eroticos de incestos dormindoContos corno mansoo coroa rico que tirou a virgindade do meu cu no motel que ele fez eu vira seu gay ele adora fuder meu cu no motel ele me ligou pra eu ir com ele pro motel eu fui com ele no seu carro pro motel eu e ele dentro do quarto eu chupei seu pau ele começou a fuder meu cu ele disse pra mim eu não vou goza dentro do seu cu eu vou gozá dentro da sua boca pra você engolir minha porra ele tirou seu pau do meu cu ele disse pra eu chupar seu pau eu comecei a chupar seu pau ele gozo dentro da minha boca eu engolir sua porra conto eróticocontos eroticos minha sobrinha meu amor part1contos eroticos de putas viciadas em porra gang bangconto eróticos professor de biologiacontos de amassos com colegasContos casal pelado na praiagostosa com sainha rodadinha e muito curta e homem passando a mão na buceta delaEjaculando no utero da morena safada contos eroticoscleide chupou ate gozarpapai Me. comeu Contosconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroconto ganhando mamadeira de porraEu e meu ex primo viuvo conto eroticocontos eróticos Ângela levou pica de cavalocontos erodicos comi professoras juntasCasada viajando contosconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoraPutinha desde a puberdade contos eroticoscontos eroticos baixinhaconto anal evangelica cavalonacontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesminha enteada inocente conto eroticocontos eroticos de vizinhos afeminadosconto erotico barbudo fudendo bucetaconto minha tia pelada no quintalcasada meu patrao me comprou e arrobou meu cu virgem contos eroticosrose tapa na cara contos eroticoscontos eróticos gays cavalgando no padrinhoconto erotico novinho gay deu cavalgando no amiguinhochupou pau de flanelinha dentro do carroMinha esposa no rancho com outrocontos casada fode com amigo do mundoConto erotico garota do farolvideornpossconto e foto da Branquinha casada e g*****bochechas da bunda da minha irmãcache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Comto lesbico fragante fazendahttp://transei com meu sogro gay no banheiro dele contos eroticos gaycontos eroticos de quando chantagiei o velho pauzudo pra ele trasar comigopoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos servente de pedreiro