Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODA NA MESA DE JANTAR

Click to Download this video!

Oi meu nome é Lyana, tenho 20 anos, sou alta tenho seios médios, bunda grande e malhada coxas grossas olhos verde sou ruiva

com

cabelos lisos e compridos ate a bunda, labios carnudos e a bucetinha toda raspadinha. eu adoro ouvir musica, nadar e curtir a vida.



Meu irmão se chama Vinnycius tem 22 anos, e alto corpo +ou- malhado olhos verdes cabelos castanhos um pau de uns 20 cm por

9

ele tem o corpo dourado pelo sol e labios tbm carnudos, adora surfar, anda de skate curti com os amigos

Meu corpo começou a se desenvolver quando eu ainda tinha 19 anos e por essa epoca meu irmao começou a me olhar de um jeito

diferenti.

Qndo eu tinha 19 ou 19 anoseu começei a perceber q durante a noite enquanto eu dormia ele entrava no meu quarto e comecava a

acariciar o meu corpo, passava as maos pelos meu seios por cima da camisola, na minha bunda as vezes afastava a minha

calçinha

e enfiava o dedo na minha bucetinha e depois batia uma punheta e eu adorava akilo fikava tda molhadinha,



Mas no começo desse ano em março o nosso pai viajou e iria ficar duas semanas fora e é uma noite dessas duas semanas q eu passo a relatar

(nessa noite eu tava com uma camisola de cetin q ia ate a bunda com uns botoes q feixavam a frente e por baixo uma micro

calcinha toda socada no meu cuzinho)

Ele chegou no meu quarto retirou o lençol q estava sobre mim e começou a laber todo o meu corpo e chupar a minha xana, levantou a minha camisola e começou a lamber o biquinho do

meu seio entaum ele percebeu q eu estava acordada e tava adorando. Ele subiu beijando meu pescoço e foi ate a minha boca e

começou a me beijar eu retribui o beijo qndo paramos d nos beijar eu senti remorso pelo q eu tava fazendo e sai do quarto correndo

mais ele me alcançou e me agarro segurando as minhas maos e me beijo a força e eu disse q akilo era errado por nás sermos

irmãos ele respondeu:

--Nos dois sabemos q tanto eu qnto vc queremos isso, entaum pq vc naum relaxa e curt o momento

entao eu relaxei e nos nos beijamos e eu disse q pra ele fazer qualquer coisa primeiro ele teria q me pegar e depois eu sai correndo

pelo corredor mas ele me pegou e começou a beijar o meu pescoço e começou a arrancar a minha camisola arrebentando os

botoes deixando a camisola jogada ali no chao, entao eu novamente sai correndo pela escada mas ele me pegou denovo e começou a chupar meus seios eu consegui fugir denovo mas ele me pegou na porta da sala d jantar e arrancou a minha calcinha jogando ela em algum lugar.

Entaum eu subi na mesa de jantar ele seguro o meu pé e subiu ficando em cima de mim.

Ele começo me beijando a boca decendo lambendo meu pescoçodeceu ate meus seios e começou a chupa-los enquanto colocava um... dois... tres dedos na minha xota e ia aumendando o ritmo, eu urrava de tesão, arranhava as costas dele apertava a cabeça dele contra o meu peito e gemia, gemia muito, então ele começo a decer circulando o meu umbiguinho sempre com os dedos na minha xana, decendo mais um poko ele chego a minha bucetinha. Ele circulava meu clits me fazendo delirar d tesão, depois ele me penetrava a xana com a lingua e enfiava um... dois... tres dedos no meu cuzinho, eu gritava de prazer e puxava o seus cabelos e gemia dizendo ""vai Vinny... isso me chupa... me come... vaaaaaiiiiiiii....isso me faz gozar"", e quanto mais eu gemia mais rapido ele me chupava, eu ficava alicinada com akela lingua macia passando por toda a minha grutinha. Ele chupava a minha xaninha e ia ate o meu cuzinho e o penetrava e voltava a minha bucetinha. Entao num gemido alto e com akela lingua na minha xota eu gozei muito e ele tomou todo o meu melzinho.

Entaum ele subui ate a minha boca me beijando, me fazendo sentir o meu gostinho doce e usava o pau dele pra me masturbar esfregando o pau dele no meu grelinho, ele chupava a minha lingua mordia os meus labios eu arranhava suas costas e seus braços entaum de uma vez sá vez ele enfiou com tudo o pau na minha bucetinha me fazendo sentir o meu cabacinho se rompendo. Eu queria gritar mais ele me abafava me beijando, eu chorava de dor, gritava d prazer e dor, ele bombava rapido e ferozmente e mais forte logo a dor começou a passar e eu comecei a gemer entaum eu passei a mao sobre a minha bucetinha sendo fodida e senti o pau dele entrando e saindo da minha buceta ele me beijava e chupava meus seios entaum ele gozou e tbm gozei alguns segundos depois ele caiu pro lado e eu pro outro estavamos suado ofegantes e cansados mas ele ainda continuava com o pau duro então pra "agradecer" a bela foda eu deci ate o pau dele e comecei a chupa-lo, eu circulava a cabeca e enfiava ele na boca mais nao conseguia colocar ele todo na boca por ser enorme entaum eu persebi q ele ia gozar o pau dele começo a pulsar e ele urrava e precionava minha cabeça contra o seu pau como se quisece foder a minha boca e ele comecou a gozar muito, sua porra era doce eu tentava engolir tudo mais era muita porra e caia um pouco pelo canto da boca entaum eu subi e beijei ele e descansamos sobre a mesa. Ja eram quase cinco da manhã e nos fomos para a cama do nosso pai dormimos um pouco e voltamos a transar.



No outro dia nos estavamos morrendo d remorso pelo feito e juramos a nos mesmos q nunca mais fariamos akilo,

mas depois naum foi bem assim q aconteceu...



Agora eu acabei de contar como meu irmao Vinny tirou o cabacinho da minha buceta quando eu tinha 19 anos

no proximo eu vou relatar a vcs cmo eu perdi o cabaço do meu cuzinho.



Mtos bjus

da sua [email protected] [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto com cunhada chantagistacu da irma madura contos fotos ilustraçoesporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtircontos heroticos comendo a vendedora de trufaspapai caminhoneiro conto eróticoContos eroticos de de lindos travestis tarado por cucontos eroticos fui putinhawww.contoseroticos .com.br confossoespordinheirocontos contos eroticos fui corno na lua de mel e gosteiContos erotico zooo japonezamijando na boca desde era bem pequena contoscontos irman coxudacontos eroticos garotao passando bozeador na minha esposaContos incesto novinha calcinhatio domador fode com força comendo o cuzinho da jogadora de volei contohistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checacontos eroticos amante vs mulhercontos eróticos de upskirt em escoteiradescabaçando um hetero contocontos depois de velha fui arrombadaContos eroticos com lixeiro e mulher de calcinha fio dentalconto viadinho dadeirocontos eroticos titio na praiaGozaram na calcinha na cerca contocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocomi minha sogra rabuda q meu sogro nao comecontos eróticos com pezinhos da namoradamulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandoContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3contos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhasvi meu genro mijando e dei pra elecontos eroticoa novinha chupou pinto do cachorromarido de marleni vendo ela transarAmante de coxas grossa e bundao contossite onde posso encontrar contos eróticos com retrato inquilino viu as minhas calcinhas contos eroticocontos de sexo com viuvacontos erotocos c amigos guays heteroContos de metidas nos cuzinhos inocentesfilmes de televisao pornoscomo o cheiro da maça contoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos vovóso loiros bundas lisinhas ecabelos grande gay novinhoscontos eroticos quanto vi aquele pau mostruoso o meu cu piscoComi o cu da paulistinha contoscontos eroticos gratis de aeromoca. bissexualloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadeSodomizada no incesto contoscontos eroticos peao come meninoContosEroticos.ORG gay sou submisso ao meu pai madurocontos eróticos cunhado retardadofudendo pra valer com tubo de gel no rabocoroa fundedo realidadecontos gay patrao velho doido por rolaminha sogra ensinou a dirigir contos etoticosminha sogra ensinou a dirigir contos etoticoscontos peituda loira provoca o pai de baby dollContos eroticos bem safadoo com.varios carasovendi a buceta/contocontos gay afeminadosminha professora nao usa calcinhas contos eroticosmomento papo de mÃe pornomeu tio me comeu em contoscontos erótico- fui estuprada e gosteihistorias eróticas a menininha no coloconto erotico com meu sogro peladoconto eu e minha noivaminha tiade fio dental exibidachantagiei o professor gostosocu atolado vestido voyeurcontos minha namorada me fez corno com vizinho marrentocontos enrabei a velha da casa da frenteconto erótico engolircontos eroticos meu sobrinho pauzudocontos sou roludo e minha tia que me aguentou no cu e na xerecaminha iniciacao na zoofilialiberei minha noiva loira pra dois contoscontomeu pitbol mim raboufilmes de televisao pornoscontos ele gozou no meu cuzinhocontos picantes seduzindo o cunhado sem querercontos gay genro bebadocontos erotico de filho travesti bundudocontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandeconto erotico dominando mãe e filhaxnxx de imtiado estrupa a sua sobrinha rasgamdo a ropa delacontos de bundas gigantes de vestidosMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticocontos exoticos cm bebados tarados e nojentosmulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cutive meu cú penetrando na infânciacontos eroticos vovò gostosa se depilando de perna aberta na frente dos netos