Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPEI DOIS CARAS NA RUA

Click to this video!

Eu fazia cursinho pré-vestibular à noite num lugar não muito distante da minha casa, por isso costumava ir a pé. Nesse trajeto,sempre passava na frente da casa de um cara gostoso, que costuma ficar conversando com os amigos na porta de casa. Eles eram muito gostosos e às vezes ficavam sem camisa, batendo papo. Descobri depois que um deles se chamava Vítor. 1, 80m, musculoso, branquinho e bonito. Outro amigo dele me chamava muito a atenção. Era um pouco mais alto que Vítor, era negro, malhado e muito gostoso também.

Quando eu passava por eles, sempre olhava-os demoradamente. Eles começaram a perceber, mas eu não me importava muito com isso. Uma noite, lá pelas 10h30, estavam sá os dois conversando. Eu voltava do cursinho e, de repente, começou a chover muito forte e eu tive que me abrigar perto deles, porque embaixo da casa funcionava uma lan house (a casa era no primeiro andar). E como tinha um espaço legal na frente da lan house, fiquei lá. Eu tava meio sem graça ali perto dos dois, mas a chuva não passava. Eu percebi que eles me olhavam e fiquei meio desconfiado deles. Nessa hora, não passava ninguém na rua, porque além de estar tarde, estava chovendo muito forte. Eles então começaram a puxar conversa comigo e enquanto falava, um deles (o negro) ficava mexendo no pau de vez em quando. Eu olhei rapidamente e percebi o volume na bermuda. Fiquei meio nervoso, porque tinha 19 anos, mas era inexperiente, sá tinha transado duas vezes.

Eles então resolveram ir direto ao assunto e perguntaram porque toda vez que eu passava ali ficava olhando pra eles. Fiquei mais sem graça ainda e menti, dizendo que era impressão deles. Eles nem ligaram pra o que disse. O negro disse, sem o menor pudor:

“- Eu sei do que você gosta. É disso aqui, né?”, disse, enquanto apertava o pau duro por cima da bermuda. Eu quis sair dali, porque não era assumido e nem queria que alguém descobrisse, o que poderia acontecer, porque perto dali morava muita gente que me conhecia. Meu coração acelerou. O tesão de ver aqueles dois caras gostosos, que faziam parte das minhas fantasias, se misturou com o medo de alguém me descobrir. Mas eu não tinha forças para sair correndo naquela chuva. Eles então se aproximaram mais e me deixaram contra a parede. Eu disse que não queria, mas eles insistiram. Um deles empurrou meus ombros para baixo, deixando minha cabeça na direção da bermuda deles. O negro tirou o pau da bermuda e mandou eu chupá-lo. Era um pau negro, de uns 20cm e grossura média, com uma cabeça vermelha. Eu abri a boca e me deliciei com aquele cacete gostoso, que tanto esteve nas minhas fantasias. Chupei bem gostoso, desci até as bolas, me concentrei na cabeça. Enquanto isso, o outro se masturbava de leve. O negão começou a foder minha boca com força, me chamando de putinha e viadinho. Eu adorava aquilo.

“- chupa, viadinho, eu sempre soube que você gostava era de pau. Hoje você vai tomar leite de macho na boquinha, seu safado” Eu apreciava cada segundo com aquele pau na boca, sugando a babinha que saia dele de vez em quando, e às vezes, engolia o pau dele todo. De repente, ele forçou o pau na minha boca com mais força e gozou abundantemente na minha garganta. Senti os jatos daquele leite quentinho na minha garganta e adorei o gosto do leite daquele macho.

Assim que o negão se afastou, o outro enfiou o pau na minha boca. Um pau branquinho, uns 19 cm, muito bonito. Eu mamei bem gostoso, ouvindo as putarias que ele falava, enquanto sentia minha língua quente acariciar aquele cacete gostoso. Ele começou a foder minha boca e eu senti que ele ia gozar. Mas ele queria encher minha cara de porra, como uma puta e disse: “- Vou gozar na sua cara, putinha.” Começou a se punhetar e de repente senti os jatos de leite quente daquele macho lindo e gostoso. Fiquei com a cara toda melada, mas adorei tudo. Me limpei com a camisa mesmo e fui pra casa, assim que a chuva ficou mais fraca.

Depois disso, teve outros lances, inclusive com os outros amigos deles. Mas isso eu conto depois.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto piao gostoso. no cavalosexo-gostoso-numa-ilha-paradisiaca..comconto erotico com a diretora da escolaCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAconto erotico bucetas folozadacontosflagasela pediu pra parar mas continuei fudendoContos minha irmã e minha puta2paus nu mesmu buracuContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossacontos eroticos de meninas novinhasTravesti que dá de graça em bhwww.contos gays na bebedeira cerveja e xixiporno fode minha buceta vai étoda sua vaiahhhhcache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html Conto de mulhe minha esposa e o molequecontos: puto dando ao ar livregostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos porno.vendeu o cuContos punheta na massagem no penis do meninoconto marido do ladoComtos tia e sobrinha fodidas pelos amigos do tiominha mãe adora bater punheta para o meu irmãocontos eroticos de despedidas de solteiraVidio de bucetas emchadas napica grosapai da minha amiguinha mostrou o paucontos me fuderam atraves de chantagensrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocomendo a mulher em frente ao marido contocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosmamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuContossafadezasContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser putacontos eroticos vestido coladoabaxar video porno de coroas de 20 anosconto meu vizinho travesti comeu meu cuRelatos sexuais me encoxando na cozinha e o corno na salacontos porno eu e minha mulher curradosminha mae morreu no parto e meu pai mim criou contosNovinha enlouqueçeu os pedreiroscontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdEu não falo a polpa da bunda da primacontos eróticos de enteadacontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhozoofilija detei i poróconto erotico catador de papel comendo.buceta da novinhaquando eu peguei a minha priminhatocou meu seio sem querer incesto contoconto lesbica humilhei minha amigacontos de putas se chupando ate o orgasmocontos minha picona na titialuizagozou no analEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DI CALCINHA FETICHE OLHONDO ESELHO MINH BUNDAcomendo a carlinha casa dos contosContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando em tres picas grandescontos eroticos de mulheres que fuderao com negroscomigo vamo mulher do meu irmão meu irmão viu como um laser transar entre família comigo a mulher do irmãocontos eroticos novinha espiando seus tios transaremcontos dançando no meu paucontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelaContos gay minha primeira vezcontos eroticos lobisomemContos gays vestido de mulher a noite na borrachariadei a buceta para o amigo do meu filho contos eroticos gratiscontos eróticos de bebados e drogados gaysgozadas na boca do menino contoscontos eroticosAdoro leitinho na bucetaConto meti 29cm.de pau no cu da mamaeconto erotico casal dominadocontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhocontos.putinhas do papai.d.oito.anosContos Sexo teen amador Menino Novinho gay Fazenda Do tio peão banho no cavalocontos di mulheris que ralaram pela primeira vezsenhor dos contos eróticos incesto chantagemconto erotico incesto sonifero filhaconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagrameu marido me convenceu a ir na praia de nudismo vi tanta pica grande e grossaa magrelinha de rua contos eroticosmulhe vais boguete em bebudocontos eroticos peguei minha cunhada dormindoPorno tentei dar meu cu depois de casado contoscontos erótico de velhas que adora ser chingadascontos eróticos coroas dormio e fudia no ônibus