Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM SENHOR DE IDADE RICO E ENRUSTIDO.

Click to Download this video!

Algusto é um senhor de bastante idade,um senhor enrustido,reservado,que busca manter suas aparencias apesar de solteiro e solitario.

Algusto é grisalho,errugado,baixo,magro,anda com a ajuda de uma bengala e aparenta ter mais de 60 anos,é um senhor culto entretanto tem atração por rapazes.

Algusto é um homem muito seleto,sua atração é por jovens corpulentos,atraentes,ele também tem muita atração por pés masculinos,mas ultimamente Algusto não tem tido contato com estes homens a qual anseia.

Um dia,Algusto recebe um convite para ir em uma festa,no caso o evento se daria principalmente pessoas mais jovens,mesmo assim apesar de não ser um programa tradicional Algusto resolve ir a noite,dirigindo seu carro de luxo importado.

Ao chegar sozinho a festa o senhor de idade Algusto se senta em uma das mesinhas proximo ao Bar,ele toma alguns drinks enquanto fica observando o ambiente de inicio sem nenhuma expectativa.

Mas ai chega ao local um jovem rapaz,um garotão de corpo atletico,branco,de 1,95 de altura,este garotão estaria com os amigos e amigas dele,dançando na pista de dança do local,se divertindo enquanto Algusto não tira os olhos.

Algusto claro admira o corpo do garotão,seus musculos,seus braços,o jovem rapaz estaria vestido com uma camiseta branca justa,do tipo jiujiteiro,uma calça jeans apertada e por incrivel que pareça estaria calçado com um par de sandalias de dedo do tipo havaina trakking preta.

Isso claro fez o senhor de idade ficar empolgado,ele não deixaria de notar nos atributos daquele garotão e também em seus pesões,possivelmente numero 44 ou 45 que condiz com seu porte.

Algusto mantem observando de longe o jovem rapaz,procurando controlar suas palpitações de desejo sobre o que lhe parece belo e atraente,porém o jovem rapaz nota ser observado pelo senhor de idade,mesmo assim o jovem rapaz ainda não disconfia das predileções de Algusto.

O jovem rapaz é heterossexual,ele se chama Junior e estaria na compania de sua namorada,aproveitando uma noite de divertimento o que sua namorada não sabe é que Junior costuma fazer programas sexuais por dinheiro.

Junior então em um momento da festa,resolve ir ao barsinho levando sua namorada pelo braço,la Junior oferece a ela um drink para refrescarem a boca,no entanto é claro o senhor estaria ali do lado e ele não deixaria de notar nos pés do garotão.

Junior começa a disconfiar que o tal senhor tem intenções,mesmo assim mantem a naturalidade,porém Junior esta com problemas financeiros,dividas na praça,esta sem emprego,isso contrange Junior na hora de pagar o drink a sua namorada,onde quem acaba intervindo e se oferecendo para pagar é justamente o desconhecido Algusto.

Junior e sua namorada agradece,Junior tenta até cordial ao senhor de idade lhe agradecendo pelo drink,enquanto o senhor da um sorrizo admirando os pes do rapaz,Junior então pede liçença e segue com sua namorada novamente para a danceteria do recinto.

O senhor de idade fica um pouco frustrado,acreditando que aquilo poderia ser uma oportunidade para conhecer melhor aquele jovem rapaz que é o seu gosto e sua necessidade,porém no entanto Algusto acaba ouvindo uma conversa de uma mesa ao lado.

Duas coroas estão conversando e uma delas faz referencia a aquele garotão,cogitando que já havia feito programa com aquele garotão e ainda dizendo que na cama o garotão faz tudo por 200 reais,Algusto então ve nisso uma alterantiva.

Algusto mantem observando o rapaz enquanto ele se faz de despercebido,claro Junior ja esta ciente que este senhor solitario provavelmente é um homossexual o desejado,em um momento de oportunidade quando Junior vai ao toalete,Algusto se aproveita para ir logo em seguida para tentar abortar o garotão.

O senhor de idade entra no recinto andando com a ajuda de sua bengala,ele vé o rapaz terminando de sair do mictorio e lavando suas mãos,Algusto então aprecia dizendo : "Vejo que o jovem rapaz dança muito bem"

"Tenz um corpo bem atletico e robusto" aprecia o senhor.

"Obrigado tio" tenta responder formalmente junior.

"O jovem rapaz estaria disponivel para fazer um 'negocio'"? cogita o senhor.

O rapaz tem uma reação de expanto,ele não esperava isso,mas nesse momento Algusto cogita um valor bem acima do esperado que poderia pagar suas dividas.

"Eu poderia pagar 500 R$ para o jovem rapaz ir a meu apartamento,o rapaz estaria disponivel para um serviço completo?"

Junior é pego de supresa,ele estaria enojado com a situação,mas como um bom profissional com as mulheres,Junior resolve ser o mais cortez e dar uma resposta com cuidado.

O senhor de idade nesse momento apesar do sentimento de forte atração e desejo,também tem um sentimento de insegurança e medo,ele sabe que não so o penis do rapaz deve ser grande,como também um murro dele é na mesma proporção,mesmo assim Algusto procura se manter firme.

"Bom meu senhor,eu não estaria preparado,não tenho o costume meu senhor" responde o rapaz.

"Eu poderia o conduzi-lo até meu apartamento para conversamos melhor,gostaria de uma boa compania com um rapaz como voce"

"Podemos tentar sem compromisso,vou com voce por 100 reis e se acontecer algo voce me paga os 500" topa o rapaz apesar de enojado por se tratar de um homem e ainda mais idoso.

Algusto então combina de esperar o rapaz no estacionamento,eu seu carro,Junior tenta dispensar a namorada dando uma desculpa.

Os dois então seguem rumo a casa de Algusto,no caminho para não o destrarir,Algusto apenas pede para dar uma levantadinha nos pés,o rapaz atendem sem o menor problema.

Ao chegar no apartamento,Algusto oferece ao rapaz mais um drink para ele relachar e também algum aperitivo,o rapaz se senta em uma poltrona da sala de estar e agradece a gentileza,sentando na poltrona e cruzando uma das pernas deixando os pés mais elevados e mais a vista.

"O jovem rapaz seria capaz de me fazer alguma maldade ou não atender a meus pedidos?" pergunta o senhor enquanto prepara o drink.

"Não de forma alguma meu senhor" responde o profissional com mulheres.

Retorna então da cozinha o senhor com uma bandeija,onde ele a coloca sobre uma mesinha a frente das poltronas,o senhor da uma apreciada nos pés do rapaz,desta vez comentando,Junior então pergunta o que poderia fazer.

Junior sabe que é um senhor de idade e sabe que não seria recomendavel aforbação,Junior não tem preça para terminar ou ir embora,apesar de hetero Junior procura se comportar da maneira mais natural para uma situação assim.

Algusto se senta a frente de Junior na outra poltrona,o senhor então fala "Aproxime o pé".

Junior ja ciente das predileções do senhor,levanta uma de suas pernas na direção proximo ao apoio do sofá,enquanto serve de alguns salgados e do drink.

"Fique avontade meu senhor" responde o garotão

O senhor então estica suas mãos na direção dos dedos do rapaz calçado com a sandalia,so o sanhor sabe a sensação que tem em estar fazendo o que a muito tempo necessitava.

O senhor fica alisando o pé do rapaz,meche em seus dedos,dobrando e abrindo os dedos,alisa a palma e a sola calçada,Junior fica apenas observando,sem nenhuma reação que não seja fazer o que for instruido a fazer.

Junior não é bobo,ele se preocupa com o ato sexual com um homem,Junior claro tenta notar se há algum volume entre as pernas do tal senhor de idade,demonstrando que ele poderia ou não ter uma ereção,felismente para ele Junior não nota nenhum volume evidente,e acredita que o tal senhor possa ser impotente e possivemente um senhor passivo.

Algusto então diz para o jovem rapaz tira sua camiseta,em seguida tirar sua calça jeans e mostrar a cueca,note que Junior esta com uma fio dental,justificando que havia feito um show de strippe em um evento privado.

Claro o senhor de idade se levanta e não deixa de notar em suas pernas torneadas,no volume entre as pernas e principalmente ao se dirigir para traz do rapaz que agora esta levantado,notar em suas nadegas na fio dental.

Algusto apreciou as nadegas do rapaz,a bunda sarada,redondinha,firme,quando então diz .

"Muito belo o rapaz,já estou pronto para ve-lo despido" solicita o senhor de idade.

"Então tá" responde Junior abaixando sua tanga e ficando despido na sala de estar do senhor de idade,sozinho com ele no apartamento de luxo.

O penis mole e volumoso do rapaz salta para fora,seu saco volumoso e liso também pula junto a sua genitalia,o rapaz fica muito natural em suas nuances,o senhor no entanto um pouco desconcertado com a sensação de euforia e admiração.

Algusto então indica o caminho para o quarto e manda o rapaz ir, enquanto isso Algusto vai a sua geladeira e pega um supositorio e também alguns preservativos lubrificados.

Ao chegar no quarto Algusto diz para o rapaz ficar de 4 em cima da cama,e durante isso pergunta ao rapaz duas coisas.

"O jovem rapaz defecou hoje?" pergunta Algusto

"Não senhor,ainda nao pude" responde Junior

"Mas o anus esta limpo?" pergunta Algusto

"Esta sim claro" responde apreensivo Junior, achando muito estranho a situação a qual estaria sujeito.

O senhor então aproxima por tras do rapaz,vestido de roupão o senhor se curva para observar melhor o orificio anal de Junior,um anus claro grande e liso,nao é rosa é claro.

"Muito bem rapaz,aguente firme" avisa Algusto

"Vou tentar" se assusta Junior pensando que seria penetrado

O senhor então coloca o dedo no anus do rapaz e começa a passar o dedo no anus,fica cutucando por fora e sentido o seu anus,o senhor então começa a enfiar o dedo e Junior tem uma reação de piscar o orificio,mesmo assim segura firme nessa situação de liberar o anus.

Algusto então pega o supositorio e enfia ele no reto do rapaz,o rapaz da um salto sentido algo gelado e gelatinoso entrando em seu reto e então questiona "Mas o que ... ?"

"Não é nada demais jovem rapaz,apenas deixe entrar" avisa o cliente.

"Es mesmo necessario meu senhor?" pergunta o rapaz incomodado

"Não podemos fazer outro tipo de sexo que o senhor ache agradavel?" oferece o rapaz tentando sair da situação

"Apenas faça jovem rapaz" responde o senhor terminando de penetrar o supositorio enfiando o dedão até onde consegue.

"Sim senhor" responde o garotão mantendo a posição.

Apos penetrar o supositorio gelado, o senhor então se da a vontade de chupar com a boca os testiculos volumosos do rapaz,as bolas grandes claro movimenta em sua boca como grandes chicletes,o rapaz apesar de uma leve dor que é suportavel,mantem-se firme e de 4 sobre a cama.

Ele já havia feito coisas parecidas com as senhoras e mulheres,so não foi tao a fundo no anal,mas procura nesse caso atender de acordo com as necessidades de Algusto.

Algusto não chega a chupar o rapaz, e o rapaz não chega a ter uma ereção,mas com o tempo passando o supositorio começa a fazer um efeito.

"Meu senhor tenho nescessidade de usar o vaso,me permite uma licença?" solicita educadamente o garotão ja estando apertado para evacuar

"Aguarde jovem rapaz,deixe-me chupar seu penis" insiste o senhor em atrasar o rapaz.

"Mas senhor não me sinto bem,pode haver um acidente" avisa o garotão temendo não controlar o reto e poder evacuar no lugar errado.

O rapaz solta um gaz justo no momenot quando o senhor iria para tras dele verificar se o supositorio estaria no lugar onde deveria estar,nesse momento o garotão da um pulo da cama e segue correndo para o banheiro,levando na mão sua cueca.

Algusto tem um susto com a reação do garotão,mas não é agredido pela situação,Junior então avisa dizendo que so vai fazer a necessidade e ja ira sair de pau duro para ele.

Algusto não é um senhor passivo,mas pela idade e pela impotencia Algusto não resiste a possibilidade de ter um prazer em um lugar para ele incomum,Algusto se prontifica a esperar o rapaz já num em sua cama em uma posição que possibilite ser penetrado,Algusto havia pego as camisinhas esprando que poderia ter uma ereção com os fetiches,mas não teve.

O rapaz toma um banho para tirar o cheiro e se limpar,limpar também o anus e se relachar das tensões que esta passando e tentando saturar naturamente,Junior bate uma masturbação pensando em algumas garotas e ja sai do banheiro com o penis de 23 CM empinado.

"Aqui estou meu senhor,pronto para o ato" avisa o rapaz

"Muito bem jovem rapaz,aproxime-se" avisa o senhor se curvando mais na cama ja com o cu aberto.

"Jovem rapaz,quero que faça devagar e so coloque até a metadade,não quero sentir dor" solicita o senhor ao ver o tamanho da arma.

Junior sem falar nada,coloca o preservativo e se encaminha para o anus do senhor de idade,primeiro colocando a cabeça do pau tenso em seu anus para que o senhor sinta a força e a virilidade daquele garotão.

Em seguida Junior faz uma pressão em seu pau para adentrar a dentro do anus daquele senhor,que solta um gemido a principio pela sensação da dilatação do reto.

"Cuidado rapaz" avisa o senhor pedindo para ir com calma.

O rapaz segura o tronco e as costas para que o senhor fique em uma posição com o anus mais aberto,a força dos braços ajuda muito nessa hora e nessa situação,Junior enfia o penis no anus e segue as ordens,enfiando devagar e até a metade.

Procurando então manter a ereção e o ritmo que o senhor de idade solicitou,Algusto começa a dar gemidos, ugidos de uma leve dor e um grande prazer,Algusto descobre que ali é a sua saida para o sexo.

O rapaz penetra o senhor por algum tempo,até que o senhor goze,apos o programa o rapaz é pago pelo preço combinado os 500 reais,porém Algusto viria a procurar outros garotos de programa com o mesmo perfil fisico.

FIM do DILIRIUS.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de gatinhas no trabalhoContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delacontos eroticos corno bebe leitecanto erotico trai meu noivocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontoseroticostesaoEu roberto o cachorro conto erotico gayContos eroticos dor no sacoviadinho loirinho bundudo minha mae putinha contos eroticoscontos eroticos era enormecontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na caracontos eroticos minha mae e meu irmao contos eróticos bebadaemtiada fas sexo e masseje em padratomuitus contus estupro na favelaconto erotico esposa sendo duplamente penetradame vesti de mulher e uma travesti me comeucontos e Relatos reais de nora transando com sogro em Brasíliaconto erotico esposa sofre no pintaohomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOgrelao era enorme lesbica contoscontos eróticos professor japonêsWww.xoxotinhanovinha.comconto erótico gay brincandoFUDIDA POR UM DESCONHECIDO, CONTOSContos eróticos com fofos de incesto sentando na pica dura do meu irmaocontos de coroa com novinhoprimeira vez com meu vizinhocontis eroticos gay policial Chapado chupei mamãe e cair na pica do papai ao mesmo tempoconto pornoencoxadas nos blocos do carnaval contosconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludoContos eroticos meu filha de seis anos chupa endidaminha namorada perguntou se eu era gay contofingi que estava dormindo e cimetam meu cuconto erotico escrava sabrinaConto erotico banho maedrixando a mulher do corno arregassadinhaperdendo o sele o selo do cufoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1contos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionariocontos eroticos formatura da secretariacomi o cu de todas as mulheres da m familia conto etoticofiz sexo.com mru primo relatos safadomeu enteado estourou meu cu contoszoio filme antigo erótico animalescoa mae do meu amigo contoswww.sexo com cunhadss.com.brconto erotico o viadinho de calcinha no asilocontos erotico mangueira na bucetawww.cunhadaraspadinha.com.brdei a buceta pra não me entregarem contos reaiseu amante xe um dog alemao contocontos eriticos de pai e amigos fodendo a força seu filho gaycontos eróticos escrava é putonaconto meu vizinho paneleirocomparando paus contoscontos eroticos - isto e real. parte 1contos eróticos a gostosura de nossos pensamentosconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendingorasguei a camisinha sem ela perce er e gozei dentro/contoscontoseróticos minha priminha de cinco anosengravidei minha vizinha casada se chama marcha nos contos eróticosdei para o comedor do bairro filhos contocontoseroticos primo hetero comeu o primo gaycontos eróticos comendo a minha filha caçula na viaTennis zelenograd contocontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordabotou tudo nela bebadaporno meu primo e um jegue minha mulher adorourelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridosMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosconto erotico hotel com meu padrastinhocontos eróticos comendo a coroa caipiraFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiavideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandescontoseroticostesaocontos eroticos gay femeaconto gay transando com ele o namorado da amiga Sexxu videu erica cazada jua da baiacontos esposa pai delaconto de filho fudendo cu da maecontos eroticos empregadinhas cagando no pau do prataof****** irmã mora nos peitos das gostosasContos Eróticos vi minha amiga sendo emrabada pelo maridão bem dotado fiquei com muito tesãoContos eróticos "queria experimentar algo novo"conto meu sogro assedioucacetudos e contos eróticoscontos de filhos que sentou no colo do paizãoas travestir mais bonitas e gostoza en imaje que se movimentaconto de sexo em estrada desertaconto erotico pulando o muro comendo o cu da vizinhaprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticosgozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabaconto mingau. de porracontos meu marido comeu minha maemamae levou me para parque de campismo de nudistas conto erotico