Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CALCINHA DE CAROL

Click to this video!

Oi, meu nome é Gabriela, tenho 19 anos e sou de Curitiba, faço facu de Medicina. Estou escrevendo pq recentemente aconteceu algo comigo que mexeu muito com minha cabeça. Sempre me achei uma garota normal, tive vários namorados mas em relação a sexo sempre fui meio atrasada, tive a minha primeira e única relação completa ano passado com um pedreiro aqui em casa, não foi o que se pode chamar de 1 vez. Na minha sala tem uma garota que é muito minha amiga, Lara, nos conhecemos na facu mas parece que já somos velhas conhecidas. Nesse pouco mais de um ano de amizade já passamos bastante tempo juntas, mas recentemente começamos a ficar muito ligadas mesmo, de uma frequentar a casa da outra quase que diariamente. Foi quando comecei a frequentar sua casa que conheci mais intimamente a irmã de Lara, Ana Carolina, ela tem 19 anos e faz cursinho pra medicina também, ela é uma daquelas garotas que nascem com a sorte de chamar a atenção de todos os garotos, desde o primário, cabelos pretos bem lisos e olhos puxados e azuis, realmente ela chama a atenção, ainda por cima tem um corpo perfeito sem nem malhar. Desde o inicio a gente se deu super bem, ela é uma garota bastante extrovertida, logo que a gente se conheceu já brincava comigo como se fosse amiga intima. Uma coisa que logo me chamou a atenção em Carol foi que ela não tinha vergonha de contar nada, falava sua vida pessoal numa boa quando estávamos todas juntas, certa vez a gente conversava sobre sexo e ela, que havia perdido a virgindade a pouco tempo com o namorado, nos contou que na semana anterior estava fazendo sexo oral em seu namorado quando ele sem avisar gozou em sua boca, ela contou um monte de detalhes como se isso fosse a coisa mais natural do mundo, outra coisa que ela fazia bastante era trocar de roupa na minha frente, normalmente quando ela chegava do vôlei a noite eu estava em sua casa, ela entrava no quarto, tirava a roupa e ia

Tomar banho, no começo eu ficava meio constrangida mas depois fui me acostumando, me acostumando tanto que fui ficando meio curiosa, não sei bem o que é, mas sempre que ela se trocava me dava curiosidade de ver seu corpo, não entendia porque, não sei se por comparação ou outra coisa, sá sei que quando a irmã dela não estava no quarto eu olhava cada vez mais descaradamente. Uma vez eu estava no quarto esperando Lara tomar banho quando ela chegou, como sempre ela já foi tirando a roupa e ficou sá com a camiseta do time, quando ela foi pegar uma meia que estava no chão ela se abaixou e ficou de quatro, bem na minha frente, eu tive uma sensação tão estranha quando olhei aquela cena, deu pra ver tudo mesmo, até seu anus, uns pelinhos bem ralinho em volta dos lábios, me deu um frio na barriga que naquele dia fiquei até preocupada. Fiquei com aquele negocio martelando na minha cabeça dias inteiros, não conseguia tirar aquela cena da minha cabeça. Alguns dias depois, quando estava lá de novo, não via a hora dela chegar pra ver seu corpinho novamente, mas nesse dia fui com uma idéia mais audaz, queria sentir o cheiro da sua vagina. Essa idéia pra falar a verdade não me atraia muito, mas curiosidade era muito grande. Assim que ela tirou a roupa e deixou a calcinha em cima da cama fiquei sá esperando uma oportunidade da Lara sair e eu fazer aquilo, como ela não se mexia pedi a ela que buscasse um álbum de fotos que estava dentro do carro dela, quando ela se levantou estava livre pra fazer aquilo, achava que estava fazendo uma loucura, cheirar uma calcinha, mas quis ir em frente pra ver como era. Peguei a calcinha com um pouco de medo que alguém aparecesse e abri um pouquinho, senti que ela estava um pouquinha molhada de suor nos cantinhos, e tinha uma manchinha bem no meio também, com o coração disparado levei até o meu nariz, pela primeira vez senti o cheiro de uma outra vagina que não fosse a minha, não sabia se sentia nojo ou tesão, o cheiro estava bem forte mas não cheirava mal, muito pelo contrario, era um cheiro até que gostoso, nessa hora eu já estava molhadinha mas ainda não sabia, resolvi ir mais além e sentir o gosto daquilo, sem pensar muito dei uma lambidinha bem em cima daquela manchinha, senti um gostinho salgado eu me deu um pouco de nojo, lambi mais uma vez e coloquei a calcinha de volta na cama, antes que Lara chegasse ainda tive outra idéia, esfregar a calcinha na minha vagina, levantei minha saia e abaixei minha calcinha, foi aí que vi como fiquei excitada, eu tenho lubrificação muito fácil, e naquela hora minha calcinha estava toda molhada, fiquei até com medo de molhar muito a calcinha dela e sá dei uma passadinha bem na entradinha da minha vagina, molhou um pouquinho bem em cima da manchinha. Coloquei a calcinha virada pra baixo pra disfarçar e esperei Lara chegar com o coração na mão, o que era aquilo que eu tinha acabado de fazer, cheirar e lamber a calcinha da irmã da minha amiga, foi uma loucura mas foi uma experiência totalmente nova, não sei o que quer dizer. Depois disso ela está na minha cabeça até agora, não acho que sou lésbica porque tenho vontade de transar com homem também, mas acho que tenho uma curiosidade muito grande de sentir o corpo de uma mulher, tentei achar alguma menina numa sala de bate papo pra conversar sobre isso mas não consegui. Semana que vem eu vou dormir na casa dela, vai ter uma festa de um primo dela lá, vai bastante gente e depois nás três vamos dormir juntas no mesmo quarto porque vai ter uns parentes delas que são de fora, não paro de pensar no que pode acontecer e como devo agir, pra falar a verdade não sei nem o que quero...

Se acontecer alguma coisa vou escrever, mas se alguém já tiver tido alguma sensação assim talvez possa me dar umas dicas.

Até mais.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui comida e chingada feito puta pelo meu primonetinha virge de sainha estruoocontos eróticos de menina transando com o tio bonzinhoacabei comendo meu amigogostosa de shorte mostrando as beiras da bucetaporno traicao roludo conto pornozoofilia gay extraordinárias bizarroscontos eroticos brincado de se esconder no recreioerataogrande que ela pediu pra pararpornoContos eroticos engravideiNovinha enlouqueçeu os pedreirosEu e minha Mãe Cabaço contosnoite fria com titia contos eróticosconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adoraramconto erotico deidinheiro a minha maecontos eroticos de enteadasempurando devaga no cu 30csoxo com umanoivinhaContos eroticos-lesbica plugsexo contos eroticos na ilhacontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelcontos eroticos gays negroscontos eróticos com marido tratado me estupandoabacinho da japaContos erocticos dei comprimido ao velhofudendo a empregada rabuda negra com fotos contoasConto de mulhe minha esposa e o molequebucetas carnudas grandes beicos casadas cornosnão acredito que dei o cu contos eróticoscoroa casada depilada contoscontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos no orfanato gayconto fetiche apanhando da namoradacontos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolasmulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridoscontos erotico encoxaram mulher do gordinho na frente deleesposa vagabunda contosrelato de donas de casa cavalachorei no cacete conto homomeu chefe comeu meu cu a força contoso meu padrasto me arrastou pro matagal contosxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidioPorno contos incesto pais e maes e suas meninas iniciando o melho sexo familharDelirando na pica do irmão contoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos zoofilia aparelho coletacontos abusada pelo tioGoiânia conto local cu borracharia gayconto.eurotico.homem.ttazando.com.travetiscottos. curmir minha enteada novinhavideo porno cidia perdedo avijidademinha filha chantagista contosContos flagrada fudendo outrocontos eróticos eu meu melhor amigocontos eróticos comendo meu melhor amigo que tava olhando pro meu pau.comcontos irma da o cu pro descolhecidocontos eroticos com sogro e sograconto erot o cavalo do meu sogro me machucoucontos pelado d4 pr macho no mato19 anos contos gayscontos eroticos de fui fudido junto com minha mulherjemro comvemceu a sogra e comeu sua bucétaadoro ser fodida com força. conto eroticovídeos porno negras barriguda caidapornodoido transando na frente dos outros discretamenteescrabas q fodemele era cheirosinho conto gaycontos eróticos de bebados e drogados gayshistorias de transascom orgias inesqueciveiseu e maninha fudemos gostosoentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosocontos erotico levwi minha esposa numa suruna de suprwsacontos eclxado a tia de sainhaconto erotico transei com meu filhoconto ertico lambendo buceta ela gem mto