Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CALCINHA DE CAROL

Click to Download this video!

Oi, meu nome é Gabriela, tenho 19 anos e sou de Curitiba, faço facu de Medicina. Estou escrevendo pq recentemente aconteceu algo comigo que mexeu muito com minha cabeça. Sempre me achei uma garota normal, tive vários namorados mas em relação a sexo sempre fui meio atrasada, tive a minha primeira e única relação completa ano passado com um pedreiro aqui em casa, não foi o que se pode chamar de 1 vez. Na minha sala tem uma garota que é muito minha amiga, Lara, nos conhecemos na facu mas parece que já somos velhas conhecidas. Nesse pouco mais de um ano de amizade já passamos bastante tempo juntas, mas recentemente começamos a ficar muito ligadas mesmo, de uma frequentar a casa da outra quase que diariamente. Foi quando comecei a frequentar sua casa que conheci mais intimamente a irmã de Lara, Ana Carolina, ela tem 19 anos e faz cursinho pra medicina também, ela é uma daquelas garotas que nascem com a sorte de chamar a atenção de todos os garotos, desde o primário, cabelos pretos bem lisos e olhos puxados e azuis, realmente ela chama a atenção, ainda por cima tem um corpo perfeito sem nem malhar. Desde o inicio a gente se deu super bem, ela é uma garota bastante extrovertida, logo que a gente se conheceu já brincava comigo como se fosse amiga intima. Uma coisa que logo me chamou a atenção em Carol foi que ela não tinha vergonha de contar nada, falava sua vida pessoal numa boa quando estávamos todas juntas, certa vez a gente conversava sobre sexo e ela, que havia perdido a virgindade a pouco tempo com o namorado, nos contou que na semana anterior estava fazendo sexo oral em seu namorado quando ele sem avisar gozou em sua boca, ela contou um monte de detalhes como se isso fosse a coisa mais natural do mundo, outra coisa que ela fazia bastante era trocar de roupa na minha frente, normalmente quando ela chegava do vôlei a noite eu estava em sua casa, ela entrava no quarto, tirava a roupa e ia

Tomar banho, no começo eu ficava meio constrangida mas depois fui me acostumando, me acostumando tanto que fui ficando meio curiosa, não sei bem o que é, mas sempre que ela se trocava me dava curiosidade de ver seu corpo, não entendia porque, não sei se por comparação ou outra coisa, sá sei que quando a irmã dela não estava no quarto eu olhava cada vez mais descaradamente. Uma vez eu estava no quarto esperando Lara tomar banho quando ela chegou, como sempre ela já foi tirando a roupa e ficou sá com a camiseta do time, quando ela foi pegar uma meia que estava no chão ela se abaixou e ficou de quatro, bem na minha frente, eu tive uma sensação tão estranha quando olhei aquela cena, deu pra ver tudo mesmo, até seu anus, uns pelinhos bem ralinho em volta dos lábios, me deu um frio na barriga que naquele dia fiquei até preocupada. Fiquei com aquele negocio martelando na minha cabeça dias inteiros, não conseguia tirar aquela cena da minha cabeça. Alguns dias depois, quando estava lá de novo, não via a hora dela chegar pra ver seu corpinho novamente, mas nesse dia fui com uma idéia mais audaz, queria sentir o cheiro da sua vagina. Essa idéia pra falar a verdade não me atraia muito, mas curiosidade era muito grande. Assim que ela tirou a roupa e deixou a calcinha em cima da cama fiquei sá esperando uma oportunidade da Lara sair e eu fazer aquilo, como ela não se mexia pedi a ela que buscasse um álbum de fotos que estava dentro do carro dela, quando ela se levantou estava livre pra fazer aquilo, achava que estava fazendo uma loucura, cheirar uma calcinha, mas quis ir em frente pra ver como era. Peguei a calcinha com um pouco de medo que alguém aparecesse e abri um pouquinho, senti que ela estava um pouquinha molhada de suor nos cantinhos, e tinha uma manchinha bem no meio também, com o coração disparado levei até o meu nariz, pela primeira vez senti o cheiro de uma outra vagina que não fosse a minha, não sabia se sentia nojo ou tesão, o cheiro estava bem forte mas não cheirava mal, muito pelo contrario, era um cheiro até que gostoso, nessa hora eu já estava molhadinha mas ainda não sabia, resolvi ir mais além e sentir o gosto daquilo, sem pensar muito dei uma lambidinha bem em cima daquela manchinha, senti um gostinho salgado eu me deu um pouco de nojo, lambi mais uma vez e coloquei a calcinha de volta na cama, antes que Lara chegasse ainda tive outra idéia, esfregar a calcinha na minha vagina, levantei minha saia e abaixei minha calcinha, foi aí que vi como fiquei excitada, eu tenho lubrificação muito fácil, e naquela hora minha calcinha estava toda molhada, fiquei até com medo de molhar muito a calcinha dela e sá dei uma passadinha bem na entradinha da minha vagina, molhou um pouquinho bem em cima da manchinha. Coloquei a calcinha virada pra baixo pra disfarçar e esperei Lara chegar com o coração na mão, o que era aquilo que eu tinha acabado de fazer, cheirar e lamber a calcinha da irmã da minha amiga, foi uma loucura mas foi uma experiência totalmente nova, não sei o que quer dizer. Depois disso ela está na minha cabeça até agora, não acho que sou lésbica porque tenho vontade de transar com homem também, mas acho que tenho uma curiosidade muito grande de sentir o corpo de uma mulher, tentei achar alguma menina numa sala de bate papo pra conversar sobre isso mas não consegui. Semana que vem eu vou dormir na casa dela, vai ter uma festa de um primo dela lá, vai bastante gente e depois nás três vamos dormir juntas no mesmo quarto porque vai ter uns parentes delas que são de fora, não paro de pensar no que pode acontecer e como devo agir, pra falar a verdade não sei nem o que quero...

Se acontecer alguma coisa vou escrever, mas se alguém já tiver tido alguma sensação assim talvez possa me dar umas dicas.

Até mais.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico julio piroca grossa Contos erotico marido bracinho corno de negaovideo porno do sobrinho traindo seu tio jorgecomendo a carlinha casa dos contoscontos erotico meu amigo na picina de casaContos eróticos comendo uma lorinha dos seios grandes Luizatravesti arrombou meu marido contoContos eroticos da infanciamontede mulher e homen fagendosexoirmã e amigas devassas esfregando a bunda no pau do irmãozinho dela contos eróticosconto gay me comeu dormindoquando eu era. adolecente meu amigos me estruparao e eu adorei conto erotico gueycontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casameu tio detonou minha xota contoeroticofudeno a amanda e nanda duas gostosinha mobilecunhadinha de 10 sem calcinha conto eroticocontos eroticos chupando duas pirocasContoseroticoscomsogrocoloquei ela de bruços contos de travestifidendo uma nnda gigabte carnudamae jenmendo muito alto filho comendo mae no quartoconto erotico eu meu marido e o entregadocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos brincando atras do lixocontos levei uma rolada do meu filhoconto erotico virgem colegialminha vadia jemendo muito contos eroticosConto erótico mãe filha cachorraconto pernas fechadascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de meninas abusadas pelo padrastoPorn contos erotico corooa quue dizia ser crentepornô com minha irmã de minsainhaconto erotico mae zangadaConto erotico negao casada loiraesposa da o cu au marido sorindarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos eroticos a calcinha da vovocontos esposa e visinha dando o cu juntas pro cãocontos anal de mulher virgemcontos eroticos chantagiei meu padrastomeu pai comeu meu cuzinho dedo do carronoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eroticos comendo a patroa no onibusscontos eroticps violada pelo papaitava de sunga gozada no clube contosZoofilia soniferocontos de mulheres que levam na cona e no culer contos eroticos com fotos trasei com uma velhacontos dogcontos eroticos infanciaquero ver menininho dançando com shortinho dando moledormino na mesma cama com duas irmas fudeno uma e a outra ficano com tesaoContos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu paicontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos exoticos comi minh minha irma detalhpeitos da prima pulando fora da blusa no sexocontos eróticos meu amante meu marido viraram amigosconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorPrepara a sua mulherzinha pra dar o cuzinho para aquele cacetão ali!”,ajudando a vizinha gostosa a troca a lampada contoconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiariocontos eroticos - esposa - massagista - pintudocontos comendo a menina no carnavalcontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadoscontos eroticos embriaguei meu marido e dei o cuzinho do lado deleconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãocontos arregacamos minha esposacontos eroticos tia marta morena coroa tenho bunda grandecontoseroticos meninicecarnavaldeputariascontos heroticos comendo a vendedora de trufasmeu pai gozou no meu cu contos gayaconto erotico mae negra coroa dando cucontos sexo esposa e maeesposa raspada contoscontos eroticos de professoras maduras casadas que metem com os alunos novinhosfoi chantageada pelo meu colega de trabalhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de menina pobrecontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realcontos/flagrei minha prima dando para dois negoescontos minha filha tem mega grelaona infancia bosqueconto eroticoconto sobrinho timidoSOBRINHO DOTADO ME ARROMBOU CONTOcontos eroticos noraporn pros.comdp grandeContos eróticos tremcontos eróticos padres heterossexuaisestrupada contosminha mae me lambeu conto erotico MARIDO PÉ DE MESA CONTOS EROTICOS VERDADEcontos crente seduzida cpzimhacontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realcobtis erotiis sograsNo bumbum da baiana - contoscontos erotikos moleke de menor comendo o cu da mulher casadao que sua esposa achou do menage feminino