Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSFORMANDO MINHA ESPOSA NUMA PUTA PERFEITA

Click to this video!

me casei com uma mulher bem mais jovem que eu,loira de apenas 20 anos,aproximadamente 1,75 de altura tipo falsa magra,porem muito bela de rosto,estilo ninfetinha.eu sou mais velho que ela 9 anos,ou seja é um vulcão na cama.

ambos viemos de uma criação evangélica,embora a mais de uma década que eu não a pratico.porem minha amada esposa nasceu e cresceu dentro da igreja,adorando e seguindo todas as leis da bíblia.

minha esposa,desde a época do namoro sempre foi muito travada em relação ao sexo,eu sempre tinha que tomar a iniciativa para termos uma relação e a coisa era sempre feita no escuro,pois era também muito envergonhada.

eu fui o único homem da vida dela,mas sempre perguntei se ela já havia tocado em outro pénis alem do meu,ela disse que o único que viu na vida ate o momento tinha sido justamente ele,eu já havia experimentado muitas mulheres,posso dizer que sou experiente.

o tempo foi passando e minha gata foi se entregando as minhas caricias e investidas,em menos de um ano de casado,minha esposa sá não fazia sexo anal,mas já era capaz de me presentar com boquetes de fazer qualquer um ir ao gozo,gozava no meu pinto com uma facilidade que me surpreendia e sempre queria mais,sá que com o tempo nossas fodas começaram a virar rotina,e devido ao meu trabalho,tive que me ausentar cada vez mais de casa a negácios,o que deixava minha esposa a flor da pele,quando eu chegava em casa,as vezes passava ate 60 dias fora,ela estava um vulcão,me aguardava sem calcinhas,a buça já encharcada,chegava mesmo a ficar apertada devido a falta de uso.

durante nossas transas eu perguntava se ela tinha me traído muito,ela dizia que não,no fundo eu sentia muito desejo que ela disse-se que sim,e ficava perguntando de novo,aquilo a irritava e nossa transa acabava ali mesmo.

ela saia chateada do quarto e ia chorar na sala.

o lance é que eu sempre fui traído em meus relacionamentos anteriores,algumas traiçoes aconteciam debaixo do meu nariz e eu nunca desconfiava,ate anos depois ficar sabendo.

comecei a gostar e a querer ser corno,mas como explicar isso a minha puritana esposa????

viva esse dilema,ate que uma vez,chegando de uma viajem que durou 30 dias,eu levei para jantar num restaurante caríssimo,escolhi ate a roupa que ela usaria,um vestido curto preto de seda uma sandália de dedo leve e uma calcinha minúscula e inteiramente transparente,essas roupas eu havia comprado pra ela numa dessas viagens.

ao sair na rua,o olhar dos homens para ela,chegou a me incomodar,ela estava visivelmente excitada,jantamos e fomos dar uma volta na praia,encostamos numa mureta e começamos a tirar um sarro,pus meu pau pra fora e ordenei que ela chupasse,ela me olhou com espanto e pra minha surpresa se ajoelhou e o engoliu centímetro por centímetro,me chupava com muita fome,como se aquele fosse o único pau do mundo,quando meu pénis já estava bem duro eu a levantei e a beijei,pude sentir o gosto salgado de meu caralho ainda fresco em sua boca gostosa e quente,passei a Mao por cima de sua bunda e apertei,ela parou de me beijar me olhou fundo e disse,você esta Tao gostoso hoje,passei meu dedo por dentro de seu vestido e encontrei uma boceta inteiramente molhada,tao molhada que ensopava as pernas,olhei para os lados e planejei enraba-la ali mesmo,mas o movimento de um guarda noturno que estava assistindo a tudo na penumbra nos fez desistir,então arrisquei,e convidei para ir pro motel???

pensei,pronto agora acabou tudo,mas ela aceitou,em menos de 19 minutos estávamos entrando em nosso quarto,pude ver nos olhos dela,que ela estava extasiada com aquele universo novo que se descortinava,o quarto cheio de espelhos a cama enorme,liguei o dimer e empurrei ela na cama,abri as pernas dela e ate hoje nunca vi uma boceta mais encharcada que aquela,chupei aquele morango vermelhinho empurrando meus 3 dedos na grutinha dela,ela sussurrava baixinho,eu disse que ela podia gritar,que ninguém ali iria ouvir,que não sentisse vergonha.

chupei minha jovem esposa ate a beira do orgasmo,quando senti que ela ia gozar,empurrei bem fundo meus 19 centímetros de rola no fundo daquela bucetinha loirinha,minha esposa sá soltou um gemido abafado e gozou,estoquei bem fundo e olhando no fundo dos olhos dela eu perguntei,você me traiu muito?ela respondeu rindo que não,nossos corpos já suados a boceta apertando meu pau mordendo pulsando muito forte,insisti e perguntei de novo,patrícia você me traiu muito?ela mais seria me respondeu,por que você fica perguntando isso?eu metendo mais forte disse por que quero ouvir que sim,ela então disse sim eu te trai com um negrão de pau maior e mais grosso que o seu,pronto.

soltei um urro abominável e pedi pra me chamar de corno,ela relutou,e eu gritei com ela,me chama de corno porra,fala que eu sou seu corno,fala?pra meu deleite minha esposa não falou,gritou,vem meu corninho mete bem fundo,vem meu corninho vem meu corninho,ai corninho.

esporrei quase um litro de leite quente e grosso dentro daquela putinha loira,a safada gozando muito ainda pediu mais.

gozei tão forte que tive que dar uma pausa ate me recuperar.

minha esposa começou a tocar uma punheta pra mim,tentando deixar meu pau duro novamente,mas eu me conheço e sabia que eu precisaria de mais tempo,acabamos dormindo abraçadinhos e quando eu acordei umas 3 horas depois minha esposa estava na cama com as pernas abertas e a boceta inchada e ainda escorrendo meu leite.

mas essa estoria fica pra práxima.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos engravidei na primeira trepadacontos eroticos lesbicas cintacontos eroticos fudendo garotos hetesexualconto erotico mamae chupando todoscontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridoTreinamento de cachorros para zoofiliacontos eróticos sadomasoquismo argola enfiada na bucetasambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauhomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casagreludinha minha menina chupei ate virar um piruzinho contos de incestogozando dentro do tamanco contoschortinho q deixa as magrasgostosasconto erótico comendo amiguinha do meu filhodepilando o sobrinho pau duroconto gay bebado fui fodidocontos sexo minha tia queria leiteconto erotico.de novinha gosando com o paicontos eroticos cuspe punhetacontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossofotus de zoofiliaviajo da bundona aqui na Dona a mostrando o c*contos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paracontos de foder empregadaConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmacontos chera calcinha de transcontos primeiro analcontos eroticos enchi minha filhinha de porraContos eroticos minha esposa foi molhada e revelou seu peitos no churrasco de casaconto erotico d menino dando a bj da por uma apostacasa dos contos eroticos tia e primarelato casada dandocu em fesmolestando a amiguinha no meu colo porno[email protected]Contos eroticos meu atolou a vara em mimContos um garota me ensinou oque era uma punhetacontos eróticos cheirando a bunda de minha sogracheirei a calcinha da minha cunhada safada contoscache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html conto erotico tarado come o viadinho de calcinha a forçamamei até os bicoes dela incharem contosconto erotico com xupa minha xota painoiva tarada melando o pau do. noivoConto so caminhoneiro dei carona uma freira loirahistoria erotica irmão dopa irmãconto flagrado com a calcinha enrolada no paucontos eróticos teen apostamega gozada na boca contosevy kethyn istinto ativolalargado na bucetacontos pornos irmas naturistasboa f*** travesti orgiacontos eróticos de n********** dando para pau gigantes"estuprarem" contos eroticoscontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigoContos de zoofilia de homem a fuder femiachantagem com casal. que pediu carona contos eroticoconto erotico com sogrocontos porno de velhos com viadovidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiaconto erotico minha esposa com o pateaosobrinha gosta de sentar no colo do seu tio so de vestidovisinha casada o novinho contos com fotoscontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroeu sempre quis,contos eroticosconto erotico ana mAria 49 anosconto erótico velhadeserto conto heterocontos sexo minha mulher sua patroapornoc/japonesasetravestisorgia com velhas contos eróticosgabriel o hetero proibido conto eroticos gayhistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampvideos cazeio dado rabu coiado. taido aima