Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LAVANDO O CARRO

Click to this video!

Essa histária aconteceu em um sábado quente. Meus pais estavam prontos para irem ao supermercado e na volta passariam na casa de uns amigos. Antes de sair, meu pai pediu para que eu aproveitasse o dia e lavasse o carro que iria ficar (nás temos dois carros).Concordei desde que meu irmãozinho fosse junto com eles, assim não teria ninguém para me incomodar. Meu pai aceitou e disse que iriam demorar. Ao sairem comecei a pegar o que eu precisaria quando a minha amiga (Catarina) chegou de surpresa. Pedi que se sentasse e expliquei que estava prestes a lavar o carro. Então pedi um minuto a ela e fui me trocar. Quando voltei estava com um micro short e um tope tão pequeno que nem se podia considerar como roupa. Pude ver no semblante de Catarina que ela havia ficado disnumbrada com o meu corpo. Tentei disfarçar, pois nunca havia tido nenhuma experiência com mulheres antes, então enquanto lavava o carro conversava sobre outros assuntos. Como ela estava sentada no degrau da porta, ela ficava com uma visão panoramica da minha bunda, que dalí a poucos instantes estaria na boca dela. Toda a vez que eu precisava me abaixar eu sentia aqueles olhos gulosos me perseguindo. As vezes, enquato eu abria e manuseava a mangueira, alguns pingos de aguá com terra a atingiam, então eu pedia desculpas e dizia que depois que eu terminasse ela poderia se lavar. Então quando eu terminei de lavor o carro, convidei para que ela entrasse no banheiro e se sentasse para conversarmos enquanto eu tomava um banho e depois ela tomaria um banho. Quando tirei minha roupa vi os olhos dela insinuantes brilharem e minha boca enchei de água, mais tive medo e vergonha e fingi que nada estava acontecendo. Entri rapidamente no box, quando percebi ela entrando tambem. Me assustei um pouco mais logo em seguida estava toda molhadinha em ver aqueles peitos apetitosos na minha frente. Ela pediu parra que eu virasse de costas para me ensaboar. Sentia as maos dela nas minhas costas e a minha bucetinha ficava cada vez mais lubrificada, então abri as pernas. Ela deixou a água escorrer aonde estava o sabão e começou a beijar as minhas costas e a minha nunca. Comecei a gemer sá de imaginar o que viria depois. Então virei e ela me beijou como se ouvesse esperado anos por aquele momento. Então aquela boquinha safada foi deslisando pelo meu pescoço a procura dos meis peitos, que quando achados, foram chupados com voracidade. Ela lambia eles e dava pequenas e delicadas mordidinhas nos bicos, o que me deixava com cada vez mais tesão. Então ela foi escorregando aqueles lábios engenhosos pela minha barriga e a minha sensação era de cada vez mais prazer. A essa altura eu já estava implorando para que ela enfiasse aquela língua gostosa todinha na ninha xoxota, mais ela ainda me castigou por alguns minutos, passando a lamber minhas pernas e minhas coxas, as quais ela disse ter ficado muito sensuais no shortinho. Então apás alguns minitos de expectativa ela pedui para que eu desligasse o chuveiro, virasse novamente de costas e ficasse de quatro. Prontamente atendi e pude sentir aque língua maravilhosa percorrendo todo o meu cú. Ela o lambia com vorcidade, e quanto mais ela lambia, mais eu queria que ela lambesse.Ao mesmo tempo ela acariciava minha xaninha com aquelas mãos macias o que fazia com que eu gemesse cada vez mais de tanto prazer. Seus dedos tocavam o meu grelinho e o acariciava numa forma indescritivel de prazer. Ela continuava lambendo o meu cú quando enfiou o 1ª dedo bem no fundo da minha buceta. Eu gemia e implorava para não parar. Então ela enfiou outro e eu rebolava sobre aquela mão safada. Quando ela enfiou o terceiro gozei pela primeira vez. Apás alguns minutos ela pediu que eu virasse de frente. Então me beijou novamente e dislisou até a minha xaninha. Começou a lamber de uma forma que menhum homem jamais havia lambido. Aquela língua passava por cada cantinho do grandes e dos pequequenos lábios da minha buceta, e eu gemia cada vez mais alta. A língua dela subia e decia e era delicioso. Ela fazia movientos de sobe e desce, movimentos circulares, horas rápidos e horas devagarinho e parecia que ela não queria mais parar, o que eu estava adorando. Minha xoxota estava coberta com a saliva daquela boca gulosa, quando ela pediu que eu a chamasse de vadia, e foi o que eu fiz e que que ela é... uma deliciosa vadia chupadora de buceta da melhor qualidade. Aquela putinha estava me levando a loucura. Quanto eu mais a chingava mais ela me lambia como forma de agradecimento. Pude ver novamente os olhos dela brilharem quando a chamei de cadela lambedoura, e ela me retribuiu com uma leve puxadinha com os dentes no meu grelinho o que me deixou mais ainda lubrificada. De repente ela parou e se levantou para apanhar alguma coisa. Fiquei na expectativa em ver o que era, quando me surpreendi: ela arrandou o Chuveirinho (aquela mangueirinha que é acoplada no chuveiro) e a doboru em duas. Voltou a me chupar e daí enfiou aquela mangueirinha dobrada no meu cuzinho. Minha bucetinha estava toda lambidinha quando senti que novamente iria gozar. Era exatamente o que aquela biscatinha queria de mim: que eu gozasse gostoso na boca dela. Então gozeu com tanta vontade que jamais pude me esquecer. Logo apás terminamos o banho e fomos para o meu quarto. Para se vestir... bem, não exatamente...para mais sexo, o que vou ontinuar contando em outra oportunidade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


a minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticosdescabaçando um hetero contocontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequesconto meus soblinhos me devorarameu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaconto erotico de casadacontos eróticos da em cima da irmaconto minha tia pelada no quintalmandou fotos nua e recebeu chantagemcontos eróticos-férias Carolele grito e choro enquanto dava bucetacontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhamanuela pedreiro contos eroticosRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingzoofilia bruda com mininascontos.veridicos erabando uma,.pretinhacontos exoticos comi minh minha irma detalhcontoerotico meu padrastomim comeucontos eroticos estrupeiswing confessin porno contos dia de praia 1www.mulatanua.comcontos eroticos eu minha esposa e Lu nossa melhor amigacachorro engatado até o talo cavadinhamasturbou pau dele pra trásFotos erótico padratos e entiadacontos eroticos com absorventeqero tranzar com a minha enteada ela r muito timidawww.contopadrinho.comvídeo de professora dando a pombinhaconto erotico incesto sonifero filhacontos erotico maes rabudas c a familia n festa.contos de gay sendo humilhado pelos pauzudocontos eróticos faZer o que se comer titia é gostososequestrada e arrombada a força conto Pornô rosto crispado de tesão pornô no matoConto erotico mendiga peituda 60 anosxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhoviciei na piroca enorme e grossa do meu tio e sou um menino viadinho contostenho namorada e fui arrombadoaprendi dar o cu com meu genro contoscontos eróticos esposo.foi jogar futebolMuller casada quer jumento para me ter nelapapai me fudeu gostoso e eu gozei no cacete delmeu irmao tirou minha virgindadecontos eroticos chantagiando a prima da mulherver contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosapego teu pau e coloco no meu cuzinhocontos eróticos calcinha molhada de xixi na hora do sexorodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico primo comendo minha mae sandro conto eroticoeu transei com uma travesticontos porno esposas estuprados submissosquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscontos eróticos dormindo na casa do namorado depois de uma festaconto erotico fazia tudoque meu tio mandavao pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contosvendo a cunhada depilando a buceta contosrelatos eróticos dei aos novetirando virgindade de menina Londrina Paranácontos eroticos minha sogra de calcinha rendacontos eroticos enquanto eu como o cusinho da minha ex minha atual mulher chupa a bucetinha preta delacontos contados por mulheres que maridos insistiram para elas usar roupas mais curtascontos eróticos de enteadacontos casada vira festa em faculdade e trai maridocilindro meloso gostosocontos eroticos fui bem fodida igual puta e chingada de vadiacontos de amassos com colegascontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorconto esposa viu amigo nueuconfessocunhadamulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscoroa coxuda gozando contoscontos genro me comeucontos sou professor e torei minha aluna de doze aninhosela sentava no meu meu colo e adorava contos eroticoscontos mulher que coloca silicone no seioconto erotico sou viado e vendi meu cucontos eróticos traição o porteiro do prédio de Hollywoodcontos eroticos a travesti segurou em minhas bolas e empurrou 23cm no meu culouca por pica.contoscontos incesto engravidando a propria tiafilme aconzinha pornconto erotico de leke fudendo carenteconto de comi o cu de um novinho que chorou com a pica no cucontos eróticos traindo rexpapa fode a filha com sai posta e mae nao ve porno.comconto erótico da mulher q pedia pizzaquelegal vouponhaCONTOS EROTICOS_COMI A SOGRA BOCETUDAcontos eroticos estupro da cegamostrei a buceta toda babada pro papai brincarcontos eróticos esposo.foi jogar futebolcontoseroticos caga no meupauconto eróticominha traiu meu pai mulher casada vira putaconto erotico mulher rabudaconto morador de rua roludo comei gpstos minha esposa