Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DELICIA DE JAPA !!!

Click to Download this video!

Meu nome é Carlos (nome trocado por segurança), tenho 39 anos e agora estou separado e sem namorada fixa.

Mudei de cidade a 1 ano e meio.

Sempre fui tarado por mulheres maduras de mais idade, curiosidade como seria transar e ver uma bucetinha mais velha.

Ainda casado morávamos com minha sogra, mas ela quase não parava em casa. Estava sempre fora e voltava tarde sá para dormir.

A minha ex é japonesa, que por sinal muito gostosa, tesão de mulher, e a minha sogra uma mulher de 68 anos na época muito conservada.

Sempre olhei com muita tara para ela, mas com respeito nunca avancei o sinal até por que sempre amei demais minha esposa.

Um certo dia sai mais cedo do meu trabalho, chegando na minha casa, tudo silencio, vi o carro dela na garagem e minha filhas estavam na escola, mas não dei importância.

Depois de um tempo subi para meu quarto, e para minha surpresa vejo minha sogra dormindo no seu quarto deporta aberta.

Quando olhei vi ela descoberta, de bunda pra fora e dava para ver todinha a bunda e parte da bucetona.

Calcinha marcada.

Fui ao banheiro e meu pau já começava a ficar esperto e comecei a fantasiar no banheiro.

Não percebi mas tinha deixado a porta aberta do banheiro, eu estava de costas fazendo xixi, e começando a bater punheta de falar baixinho dela.

Dava umas olhadas de vez em quando para meu pau e lembrava do que tinha visto.

Decidi ir ara meu quarto, dei mais uma olhada e ela tinha virado e ficado de pernas abertas e de bucetona exposta, dava para ver parte do seio, branquinho, e seu biquinho de fora, lindo e durinho.

Ai mesmo tirei meu pau ara fora e comecei a bater uma punheta na frente dela. Em determinado momento ela se mexeu e pareceu que estava olhando ara mim bater punheta.

Fiquei assustado e sai do quarto sem fazer barulho e fui para meu quarto.

Dei um tempo batendo punheta e arei. Desci para comer alguma coisa e dei mais uma olhadinha na porta e ela continuava toda arreganhada.

Na cozinha não consegui arar de pensar na buceta da minha sogra, dei um tempo e decidi subi para ver mais um pouquinho e para minha surpresa ela tinha levantado e estava tomando banho com a porta entre aberta.

Lágico que dei uma espiada nela.

Deliciosa, abria bem a bucetona, peluda e acariciava os seios, até que em certo momento enfio os dois dedos na buceta e deu um gemido e começou a se acariciar.

Pegou um pote de shampoo e começou a se masturbar e de repente enfio ele.

A essa altura eu estava de pau para fora me masturbando.

Não percebi que tinha empurrado a porta e ela via minha sombra, ela meio que se assustou e perguntou quem estava ai.

Eu respondi que estava fechando a porta que tinha ficado aberta, ficou silencio e de repente ela falou que não precisava mais e que já estava acabando.

Eu sai e fiz o que ela me pediu.

Fui de novo para a cozinha e não conseguia deixar de imaginar aquela bucetona linda.

A essa altura estava de short e sem camisa, e dava para ver muito bem o tamanho de meu pau durão.

Ela desceu e foi ara a cozinha sá de toalha toda molhada.

Ela agachou para pegar alguma coisa no chão, que a essa altura eu já não conseguia olhar ara mais nada a não ser para a bunda dela.

Ela percebeu meu pau duro e fez questão de abaixar mais deixando a mostra a pentelheira da buceta.

Ai meu pau ficou mais duro e maior, ela deu uma olhadinha e fez um comentário baixinho, ele está enorme e no ponto.

Ai eu explodi de tesão.

Ela se virou no fogão para fazer alguma coisa, voltou a abaixar e ai mostro de novo a buceta, sá que dessa vez ela abriu de leve as pernas.

Eu não aguentei e diz que assim eu iria dar uma agarrada nela.

Ela fez de conta que não tinha ouvido e continuo de bunda empinada, sá que abriu mais ainda as pernas.

Ai eu fui por trás dela devagar e me abaixei como se fosse pegar alguma coisa e vi uma gruta maravilhosa, vermelhinha e inchadinha.

Ela fez de conta que não tinha percebido, me aproximei devagar, sempre olhando de baixo, e cada vez mais perto.

A essa altura minha boca estava seca de vontade de chupar aquela buceta.

Em determinado momento ela fez um movimento que eu enfie a cara na bunda dela e La deu um gritinho de susto.

Aproveitei e nesse momento a segurei pela cintura e enfie a língua na buceta e ela olhou com cara de susto para baixo.

Tentou dizer alguma coisa, mas não aguentou e sentou na minha cara.

Caímos no piso da cozinha e ai mesmo eu arreganhei ela e comecei a chupar de forma desesperada aquela buceta.

Não demorou e a buceta dela encharcou toda, não arava de sair porra e ela de gemer. Dizia que nunca tinham chupado ela e queria que a comece ai mesmo.

Eu tirei o meu pau para fora do short e ela olhou para ele com os olhos arreganhados e diz nossa como ele e grande e aminha filha da conta disso tudo, você deve arregazar ela.

Eu diz com cara de sínico ela adora chupar e fazer gozar na boca, ai ela diz que nunca tinha ninguém tinha gozado na boca dela.

Eu coloquei meu pau na cara dela e fiz ela abocanhar ele.

Ela não pensou engoliu ele todinho de uma sá vez e começou a se deleitar com meu pau que estava muito grosso e muito duro.

Depois de um tempo eu virei ela e fizemos um 69 maravilhoso, fiz ela gozar muto na minha boca e engoli muita porra dela.

Comecei a enfiar os dedos na buceta dela e quando enfie o dedo no cu dela ela delirou e começou a rebolar falando que nunca tinha sentido aquilo.

Ai eu endoidei de vez e comecei a socar os dedos no cu e na buceta e fiz ela gozar de novo. A essa altura ela dizia que meu pau estava delicioso por que ficava soltando uma porrinha maravilhosa.

Virei ela para poder ver ela chupando meu pau, quando vi ela se deleitando com ele sabia que ia gozar e fiz ela abrir bem a boca e avisei que ia experimentar minha porra e que queria que engolisse todinha a porra, ela diz que nunca tinha experimentado porra.

De repente explodi na cara dela e enchi a boca dela de gozo, saiu muita porra e ela se lambuzou toda dizendo que era muito gostosa minha porra.

Ai eu dei um beijo na boca, mesmo estando cheia de porra ela delirou.

Abaixei ela e coloquei meu pau de uma sá vez nela e ela deu um grito alto de dor e prazer.

Nesse momento dei outro beijo de língua e a apertei forte.

Tirei meu pau rápido e levei ela ara a sala.



A deitei no sofá e chupei um pouquinho e coloquei meu pau de novo. Comi ela de todas as formas possíveis, olhei ela toda aberta curtindo meu pau que não abaixava.

Soquei muito meu pau nela, e fiz ela gozar muito, via ela tremendo de prazer a cada estocada.

Fiz ela sentar no meu pau e chupei os seios dela, durinhos, deliciosos.

Fiz ela cavalgar gostoso no meu pau e no êxtases, no meio de um dos vários gozos dela, enfie o meu dedo no cú dela, ela suplicou ara que não o tirasse mais, rebolava como nunca no meu pau, até que me surpreendeu dizendo que queria perder a virgindade comigo de seu cú.

Prontamente a atendi, virei de costas e a preparei,dei muitos beijos e antes de colocar meu enorme pau dentro do cuzinho virgem, chupei muito o cuzinho dela.

Ai fui colocando devagarzinho a cabeço na de meu pau que foi rasgando as pregas do cu da minha sogra.

Ela gemia e reclamava mas também pedia para não tirar e quando ele entro todo ela delirou e pedia para socar ele.

A essa altura eu já estava quase gozando de novo, avisei que ia encher aquele cu de porra e ela diz que também queria.

Ai virei ela de frente e coloquei de novo no cu e olhando para a cara de puta da minha sogra com o pau no cú enfiei os dedos na bucetona dela e gozei muito novamente.

Ficamos agarradinho por alguns minutos, ela com meu pau no cú e eu chupando os peitinho dela.

Fui tomar banho juntos sem falar nada.

Jantamos juntos naquele dia todos juntos, dava para ver ela andando estranho.

Antes de se deitar ela me deu uma olhada e sem AM minha esposa perceber me mostrou a bucetinha dela toda depiladinha.

Transo com ela até hoje, a minha melhor amante e a minha ex sogra.















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico sogro ahh uhh mete meteputinhos seduzidos contosconto gay meu empregado deu cusou casado mas fui dominado gayContos não consigo deixar de pensar naquele pau enormecontos exoticos cm bebados tarados e nojentosxvideo mulher fazendo trepe tizercontos comedo gay e heteroporra minha secretária tem a bunda deliciaFoderam gente contos tennsestuprada na festa contos eroticoscontos eroticos swingContos.encesto.na.cadeiagruda nos pelinhos da bucetacontos eroticos menina com sr getulioconto sexo gostoso rebola gato gayContos virei putinha quando vi o pau duro sou homenContos eroticos No bar sozinhaxporno tia marta amiga lambeno meu grelocontos eróticos, fui brincar, virei putinha dos meninoscontos tia gostosaa ai delicia ai vai vainovinha pede pra chupar o drogado contosum conto erótico mendigo Eu e minha filha juntoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto erotico niseta bebadacontos eroticos fudendo minha bisavoa mae da minha namorada contos reaiscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erótico meu marido lambe o PouContos eróticos família liberal.2,Contos erotico nora na piscina com biquini minusculo mostrando os pentelhos e e arrombadaconto de desmaiei com a pica grande no cuchupando o pau e.lambendo o cinema caracontos mamae scatconto erotico esposa sofre no pintaoconto erótico estuprada usando mini saiapirralho contos eroContos eroticos engravideiconto de mulher sendo enrrabadacontos eroticos mulher testemunha de jeovácontos eroticos velho da ruacontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridocontos eróticos meu padrasto só queria me f****Contos de mulheres, fudendo com seu avôconto erotico velha so trepa com novinhoesposa bunduda rece be uma proposta para da cu ela nunca deu contos eroticos video porno cu virgem pau grande grosso aiiiii tira ta doendo sai parade calcinha na frente do meu pai contosconto erotico velhinho e gostosa amarradaconto eróticos estupro no orfanatoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos gay carnaval em Veneza contos de menina crentecontos eróticos menina transa por balaSexo anal com o massagista conto eroticocomo meu marido virou corno III kellycontos eroticos arronbaro e enfiarao tres paus de uma so ves na minha esposa na minha frente e ela adoroucotos icesto mae e corninho aiii vai mete seu safado vou gozarContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas gatas Contos eu e minha amiga demos a buceta e o cu pro cavalocontos de cú de madrinhacontos eroticos engravidei de um velho e o meu marido nem desconfiaCasada viajando contosIniciando uma virgem contos eroticoscontos exoticos comi minh minha irma detalhcrossdresser marquinha de biquini contoscontos eroticos virei menina hormôniocontos sexo meu marido rebolou na pistolacontos eroticos o garoto perdidofodas de esposas q gostam de ser curradasPorno contos incesto aprendendo tudo com papai e mamae,desde cedo,carinhososprofessora novinha e senha resolvi dar o c******fudendo a boca da namorada/contos eróticosquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na nacontos a punheteira do papaiMeu primo volume grosso enorme novinho contoContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cucontos depois de velha fui arrombadacontos de menininhas sentando no colo de homenscontos eróticos minha mulher vai à igreja e no confessionáriomeu marido me flagrou conto eroticocontos uma menina me seduziudei meu cuzinho muito cerdo contos eróticoscontos eroticos mae filhacontos eroticos cachorro cheirando minha rolaconto eróticos gozei na boca da bahianinhaContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãocomendo as duas filhar contosporno traicao roludo conto pornoMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa conto