Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O RAPAZ DA BORRACHARIA

Click to this video!

Voltava de nossa casa de prais quando tive um pneu furado.. Um familia que vinha logo atras parou para me dar ajuda.

Trocvadoi o pneu, o senhor me acvonselhou a parar no primeiro borracheiro para reparos.



Segui com cuidado ate que avistei um borracheiro. Entrei e o borracheiro me perguntou qual era o problema. Contei-lhe o que havia ocorrido e ele, prontamente, pegou o pneu furado para repara-lo.



Enquanto esperava, disfarcadamente, observei os posters nas paredes. So de mulher pelada.

Nesse meio tempo aparece na oficina um garotao enrolado na toalha, estava saindo do banho. O senhor chamou a atencao dele. Cara voce nao tem vergonha? Ele respondeu que estava vestido, nao tinha nada dedmais e comecou a rir. Pensei comigo, ate que o garotao e meio sexy.



Durante algum tempo ele nao tirou os olhos de mim. Alias, nao sou de se jogar fora, tenho 35 anos mas toda enxuta. Naquele momento vestia um shortinho e um top. Minhas pernas sao boniutas, modestia a parte. Mas, de repente ele tira a toalha, como se tivesse se soltado e deixa a mostra um cacete como nunca vi a nao ser em cavalos. O senhor comeca a rfir e me diz para nao ligar, o garotao era conhecido na regiao como irmao de cavalp. Sua piroca deverfia ter entre 23 e 26 cm. Senrti um tremor nas pernas. Ele, compkletamente pelado, veio em minha direcao e pediu para eu pegar na sua pioca. Talvez hipnotizada, peguei com as duas maos para ter a certeza de que era monstruosa mesmo.



O senhor veio para o nosso lado e perguntou o que eu achava dauela piroca. Disse-lhe que estava abismada. Nuncva tinha vistom algo siquer parecido. O garotao mandoiu que chupasse a cabeca do pau dele. Nesse instante parece que acordei e me levantei para ir embora. Foi quando tudo comecou. Eles me seguraram e disseram que eu nao ia embora antes de transar com eles. Me seguraram, fecharam a porta da oficina, tiraram as roupas deles me mandaram tirar as minhas. Resisti mas eles ameacaram rasgar minhas roupas se eu nao obedecesse. Vivendo uma situacao nova, ja imaginada e sonhada, eu estava assustada e, ao mesmo tempo, cheia de tesao. Eles comecaram a passar as maos pelo meu corpo, mamaram os meus seios, me encoxavam me lambiam, dois selvagens que me deixavam louca e raiva e de tesao. o senhor me agarroun pelos cabelos me fez abaixar e mandou que chupasse o pau do garotao. Mal cabia a cabeca e ele forcava para entrar mais. Lambi e mordisquei o pau dele para ele se acalmar, enquanto o coroa me encoxava e me apertva os seios. Jogaram-me em uma cama e me lamberam o corpo todo. Uma sensacao maravilhosa se aposedou de mim. Relaxei e cedi.



Enquanto lambia o pau do garoto cavalo, o coroa enfiava o pau na minha buceta. O garotao dizia depois sou eu. Fiquei arrepiada. Como seria receber aquele pauzao na buceta? Lovgo ficaria sabendo. O coroa esporrou e se virou para o lado e, nesse`instante, o garotaom cavalo veio para cima de mim. Pedi-lhe para ir devagar porque o seu pau era muito grande. Ele disse que nao queria me machucar e comecou a enfiar o caete em mim. Apesar de bem molhado e da buceta estar bastante molhada, foi um pouico dificil a enrada`daquele cacetao em mim. Mas entrou e o garotao comecou a trabalhar com forca. Quando estava para esporrar parou, descansou um pouco e me mandou virar de brucos. Tremi todinha imaginando o que ele queria. Pedi-lhe que acabasse na buceta mas ele disse que nao. Estava cansado de comer as cabritas agora queria comer todinha uma mulher da cidade.



Vendo que nao tinha jeiro, orientei para que ele cuspisse no meu cu e fosse devagar. Separei as nadegas para ajudar e arrebitei bem a bunda. Senti a cabeca na porta do cu e ele foprcando a ebtrada. Em alkguns segubndos senti a cabeca entrar, urrei de dor, mas ao mesmo tempo de prazer, ikmaginando que a minha fvgantasia de ser fudida por um cavalo estava se realiozando.



Aos poucos o cacete dele foi entrando. Tinha a impressao que o reto estava se abrindo para receber aquela majstosa pica. E assim foi enfiando ate que senti uma sensacao deliciosa de plenitude, bateu um sono gostoso e quase dormi.Senti que as ultimas pregas do cu tinham ido pro beleleu. Ele gozou e retiroiu a pica do meu rabo. O coroa dormia de roncar o garotao me deu as roupas e me mandou ir embora. Dirigir de volta foi um martirio. Meu cu estava todo ardido e doido. Mas, valeu a pena. Quando contei para o meu marido ele me disse - precisamos voltar la. Gostaria de assistir essa foda. Valeu gente. Tchau.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dp swing buracocache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"conto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombou2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocontos meu namoh me cmeume mesturbei no banheiro e agira?contos eróticos cdzinhafilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delacontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaoConto erotico sou madura e lesbica com filhabotou tudo nela bebadaContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzavaContos eroticos de solteiras rabudasconto esposa caralhudonegao deu o cu contos gayrasguei o afeminado novinhocontos eroticos "cadela" "fome"fiquei com a buceta ardisa pela grossa rolaComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhocontos sexo estorando cu virgemsoque falar quando um menino fala pra voce "quero lhe fuder"??contos de mulheres pegano carona indo no colocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varioscontos eroticos trave x hcontos de sexo gay minha esposa viajou e dei com sua calcinhaconyor ele domou minha bucetacontos eróticos mulher no trevo To ferrada fiquei.arrombada contos eroticosContos eroticos gay dando pro maconheiro safadocomi o irmao da minha mulherContos eroticos peitudagozei nas coxas da filha contoscontos eroticos de novinhos madrinhascontos eroticos transformado em putaminhas filhas piquena bricano com cachorro contos zoofiliacasada chantageada e submetida aos limites contos eroticosLindas esposas morenas turbinadada contos eroticoscontos eróticos angolanogostosa banco da bike shortinhoDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundanão sei como ela aguenta toda no cu e na boca está pica gigantecontos eroticos casa nos fundos cerca de aramecontos eroticos quero fuderMulher negra fodendo com o sogro contosconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caraacidentado comi minha sogra contosprimo comendo minha mae sandro conto eroticofala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristamae acorda de fio dental vai na varandaConto ertico. Minha adrasta. Bebiapornô mobili com coroa e vamos até gozarmandou fotos nua e recebeu chantagemgarotas virgens bundudas enrabadas no circo contos eroticosconto erotico esposa sendo duplamente penetradacontos eróticos vendadavi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticoscontos eroticos sexy romantico e gostosocontos eroticos peguei a transexual da lanchonetecasada que gosta de apanhar traindo porno contocontos eroticos de urologista e pacienteHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestischupando uma bct de novinhas dormindo indefesasfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos erticos/meus doi primos revesaran em minA Tia super gostosa com uma bunda maravilhosaanita mijando no copoMelhores contos eroticos sobre bem.dotadocontos eroticos de faxineiras coroas safadasdany gosta de chupar rola peruibecontos eroticos minha sogra franciscatudas conto erótico de karlavai me arrombarcontos gay na marratranse com meu pai no onibusconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos eróticos virei strip-teasecontos encostando devagar calcinha enfiadahttps://idlestates.ru/m/conto_18200_meu-sobrinho-gosta-de-me-ver-completo.htmlChupa minha piroca ingridbrincadeira de lutar comi o viadinho. contoscontos eroticos Sou arquiteta, 28 anos, morena do tipo gostosa