Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO GOSTOSO PARA O TAXISTA

Click to this video!

Isso que vou relatar aqui aconteceu comigo há mais ou menos um mês.



Meu nome é Daniel e eu tenho 29 anos. Sou branco, tenho 1,80, 70kg, e olhos e cabelos castanho-claros.



Certa noite fui convidado para ir em uma festa na zona Sul da cidade. Moro em São Paulo, na Zona Norte e a festa aconteceria em Moema.

Encontrei alguns amigos e estava me divertindo um pouco, quando o pessoal começou a usar drogas. Eu não tenho nada contra, mas fiquei com medo de alguma coisa acontecer e acabei indo embora.

Já era de madrugada e eu tive ir até a avenida (acho que era a Avenida Ibirapuera) para tentar pegar um táxi.



Depois de uns cinco minutos avistei um vindo e dei sinal.



Sempre costumo me sentar atrás quando pego táxi, mas desta vez, por alguma razão, sentei no banco da frente. Talvez tenha sido a vontade de sair logo dalí.



Disse para o motorista onde teríamos que ir e repousei a cabeça no banco. Foi quando então parei para prestar atenção naquele homem. Ele devia ter uns 45 anos. Era moreno claro, usava bigode. Tinha uma pequena barriga e muitos pêlos no peito - que davam pra ser vistos pois sua camisa estava aberta no peito. Havia uma corrente dourada também. Baixei o olhar para suas coxas - grossas por sinal, e seus pés, calçando um mocassim. Observei um pouco os movimentos que eles faziam e imaginei qual seria a potência daquele senhor.



Subi novamente o olhar e me fixei agora no meio das pernas, analisando com cautela aquele volume todo. De certa forma involuntária acabei ficando muito excitado, e quis tentar alguma coisa com ele.



Deixei minha perna bem práxima do câmbio e olhei pra ele. Ele percebeu e disse. "Você pode ajustar o banco se quiser.". Aquilo poderia ter sido um balde de água fria, mas resolvi insistir e respondi "Não tem problema, está bem assim.".



Ele trocava a marcha e encostava na minha perna. Meu pau já duro que nem pedra, e eu querendo pular em cima dele. Em um dos faráis ele permaneceu com a mão no câmbio, encostada na minha perna e disse "Você saiu sozinho?". Respondi que sim e ele fez outras perguntas como, se eu tinha namorada, se eu morava sozinho e por fim perguntou o que eu queria fazer. Eu disse "Como assim?". Ele virou pra mim e ficou quieto, parando em outro farol, com a mão sobre o pau. Respondi "Eu gostaria de passar a noite transando, mas nem sempre quem a gente quer está a fim, e eu respeito.". Ele deu uma risada e botou o bichão pra fora, dizendo "Eu to com frio nas bolas, pode me esquentar enquanto dirijo?".



Eu fui fazendo uma gulosa até chegar na casa dele. Que pau gostoso. Era mais ou menos uns 19 cm, um pouco grosso, com a cabeça perfeita. eu chupava e depois lambia seu peito e beijava sua boca. E como ele pediu, chupei muito seu saco, e diga-se de passagem um puta sacão.



Eu não sei se era a casa dele mas ele me levou em uma quitinete no centro, perto da república. Era bem pequeno mas arrumado. Eu deitei ele na cama, e tirei toda a sua roupa. Ele tinha uma mãozona e apertava a minha bunda com força.

Eu chupei ele e o corpo dele todinho. Lambi tudo. Ele era muito gostoso.



Ele me fazia engolir todo o pau, forçando minha cabeça e fodendo minha boca. Me chamava de bonitão. Pediu pra eu tirar um pouco a boca e colocou a camisinha. Depois passou um gel no pau e no dedo e pediu pra eu sentar na cara dele. Eu sentei e o cara literalmente comeu meu cú. Ele lambia, mordia, cuspia e eu urrava de tesão. Então ele enfiou o dedo e com a outra mão foi abrindo minha bunda, me olhando com uma puta cara de safado. Eu delirei. Ele enfiava o dedo muito gostoso. Acho que ele chegou a enfiar uns 4 dedos e eu querendo mais.



Não aguentei e sem avisar sentei de uma vez sá no pau dele e comecei a rebolar. ele me pegou pela cintura, e me fazia subir e descer, e nossa, que força, e que disposição. Aquilo era um cavalo.



Sua mão abria minha bunda e ele começou a enfiar um dedo junto com o pau. Que delícia. Eu pulava e ele gemia com gosto.



Depois ainda me comeu de 4, quando enfim não aguentei e gozei. Ele ficava passando a cabeça na portinha do meu rego, e depois socava com tudo. Não deu pra segurar. Ele gozou dentro, quase comigo.



Depois tomamos banho juntos e ele gozou novamente, um gozo mais ralinho.



Eu dei meu telefone pra ele e de vez em quando ele me liga. O problema é que ele é muito ciumento e quer que eu namore com ele. Na verdade eu sá quero transar.



Mas sem dúvida foi uma das melhores trepadas da minha vida.



Depois disso eu fiquei com tara por taxista, então se vc é taxista, 100% ativo e quer uma corrida mais gostosa, me escreva [email protected]



Não tenho frescura.



Um beijo pra todos.





Dan.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos me exibi nua pra elacontos eróticos relatados por mulhereswww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...encoxada em coroa em Jundiai conto realcontos de coroa com novinhominhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duasConto erotico meti tanto q sangrouver todosos fiumi di muller sendo aregasada por jumentocontos eroticos a.xasada dot trabalhoencoxando minha filha na viagemcontos eróticos minha prima foi dormir na minha casaContos eroticos com lixeiro e mulher de calcinha fio dentalcontos eroticos silvana no casamentocontos traindominha esposa mostra a buceta para meu padeiroscontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosconto amante do manoEu e minha Mãe Cabaço contoscontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumesconto erotico sogra Alzheimermulher querendo contos eroticospauZoolofia cominha cadela ler istoriadando/o cabaço pro titio conto exitanteconto gay "agradece" machocontos.eroticos.co.com a professora detalgadocontos eroticos comendo o cuzinho da minha esposatracei a minha patroa coroacontos eroticos gay na boleia de caminhãorelatos eroticos casadas com negao e velhocontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeovácontos de punheta com botasporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande contos eroticos esposa velhocontos eróticos de bebados e drogados gayscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto esposa na orgia do carnavalconto erotico a buceta enorme da minha esposacontos eróticos pagando com a filhamulheres damdo a nisetacontos gorda feiaContos olhando a mãe daconto: crente safada da ccb em swingminha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contocontos eroticos orgia nudistaconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandeconto erotico a mulher me encoxou no onibusconto eróticos c afilhadaContos negro fode maridoMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtoscontos eroticos com dialogo molestada pelo patraoa magrelinha de rua contos eroticosSobrinhas do prazer contosrelato de gêmeos que acabou torando sua sograContos porno minha noiva bebadaContos erotico com equilina da minha patroaconto ertico lambendo buceta ela gem mtoContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3conto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "contos eroticos de spankingcontos de coroa com novinhocunhadas esfomeadasabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delaf****** irmã mora nos peitos das gostosascontos eróticos fio dentalWwwcasa dos contos meu marido e rasistaconto lesbica professora dominadacontos minha filha olhou em dandovidio de mulheres sendo emcochada ela fica de calcinha toda molladasandalia superalta conto eróticohomens com pau instigantecontos eróticos gordinhas na ginecologistapastor gozando contos gaycontos de incetos e orgias entre irmas nudismocrentes da c c b,dando o cu,contostrasano com entregado coroaa calcinha toda travada no raboxvidio gay coroa 82madame currada no mato contocontos eróticos traveco emrabado a negona coroa casada