Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MADRASTA DOMINANDO ENTEADA REBELDE

Click to Download this video!

Meu nome é Lara (fictício) e sou uma mulher de 35 anos malhada, pernas grossas, cabelo no ombro, morena, 1,68cm, 56kg, bumbum espetacular. Sozinha com ele. Embora moremos no rio, meu marido trabalha em Brasília auxiliando partidos políticos. A filha dele Luana era um posse. Rebelde, malcriada, desobediente, senta raiva de mim por causa do pai separado. Ela é uma delícia: loirinha, 1,62cm, pele branca queimada de praia, quadril largo pelos loirinhos, mignonzinha. Logo que a vi achei ela uma gracinha, mas me irritava com sua desobediência. O pai vivia em Brasília e quando estava sozinha ela me desafiava saindo e voltando tarde. Certa vez ela me desobedeceu em público e eu ameacei lhe deixar de castigo; ela contou ao pai e eu discuti com ele e depois descontei nela que saiu sem meu consentimento e voltou bêbada para casa.

O seu estado era lamentável e o pai a ofendia sempre, certamente ficaria chocado (ele é um catálico ortodoxo) estupefato. Eu então resolvi usar a bebedeira dela como chantagem. Ela chegou cambaleando, e vomitou a noite toda, dormindo com a car na privada. Eu então tirei várias fotos dela naquele estado lastimável e coloquei um cigarro de maconha na boca da menina enquanto (eu às vezes fumo quando transo) tirava as fotos.Eu dei um banho nela aproveitando para alisar seu belo corpo quando a ensaboava. Quando acordou Luana estava acabada. Ela acordou de ressaca e eu aproveitei para descontar as humilhações do dia anterior: disse que ela teria de me obedecer ou contaria tudo ao pai ela discutiu dizendo que o pai não ia acreditar e eu mostrei as fotos inclusive mostrando a do cigarro (o pai nunca aceitaria). Ela ficou pálida e implorou para que eu não contasse nada para ele. Eu disse que ela teria de aceitar tudo que eu dissesse. Ela passou a me obedecer cegamente e quando o pai voltou ficou quietinha e ele elogiou meu "entendimento com ela". Eu comecei a fantasiar inúmeras situações com ela dias depois eu tive uma idéia. Num sábado eu mandei ela se vestir que íamos sair.

-se arrume, vamos sair.

- para onde

- não interessa. Ela colocou um shortinho e eu mandei ela colocar um vestido preto curto. Chamei uma amiga minha "entendida". Fomos a um barzinho e bebemos bastante ate que ela ficasse de pileque fomos a um a boate gay. Ela ficou espantada, mas bêbada, entrou no clima. Minha amiga começou a alisá-la e ela a afastou, eu a recriminei dizendo para ela não ser mal educada. Resolvi escancarar e beijei minha amiga na boca e fomos, e convenci ela a experimentar. Fomos ate o banheiro da boate e lá inúmeras garotas se pegavam, Luana fciou aboabalhada e eu a empurramos para o para dentro e a disse para ser mais "cooperativa" pois não estava traindo o pai dela, ela argumentou que não gostava de mulher, e eu disse que ela não sabia de nada, pois nunca tinha experimentado. Como estava embriagada minha amiga a encurralou na parede do banheiro enquanto eu baixava sua calcinha e levantava seu vestido. A xaninha lisinha dela aparecia enquanto Dalva esmagava ela na parede e a beijava a forca. Eu lamabi sua bucetinha (linda e virgem) e ela tentávamos se debater.Passados alguns minutos ela se acostumou e Dalva então, beijava e chupava seus peitos e ela começava a delirar esperando o gozo. Fiz um trabalho perfeito e ela gozou. Ainda sem conseguir pensar direito por causa da bebida eu ela e Dalva fomos para minha casa e jogamos ela nua na cama jogamos muito champanhe nela que já não estava mais arredia. Dalva cercou a lamber sua xana e eu deixei-a de quatro enfiando o dedo no seu cuzinho, ela tentava resistir mas eu forcei. Enfiei, um dois dedinhos, Dalva fez ela gozar feito uma louca e então colei minha xana na sua boca e ordenei "chupe" ela ficou tímida, mas depois começou a colocar e tirar a língua de dentro de mim enquanto rebolava na sua e chupava Dalva. A menina pegou o jeito rápido e eu gozei freneticamente em sua boca enquanto Dalva gozava na minha. Depois eu e Dalva pegamos uma cenoura enfiamos no cuzinho dela, que bêbada não conseguiu se desvencilhar de nás que a segurávamos. Ela começou fechando a portinha mais depois se acostumando e engolindo o legume, ná duas demos vários tapas na cara dela que virou uma verdadeira putinha nossa. Alguns minutos depois sua xana se molhava enquanto o legume saia e entrava. Ela gozou e dormimos as três extasiadas e nuas na cama...continua

Não percam - práximo conto -convidando a amiguinha da filha

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


zoofili negao magro com umaacontos estuprada por um estranhodei pra monha amiga travesti e perdi virgindade pra elacontos eróticos casa de wingContos eroticovirei submissoDei o cu pro policial, quase me rasgagrelao era enorme lesbica contosgorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosocontos eroticos de mulheres fodidas por taren em lugar erradoconto traindo na lua de mel com massagistacontos eroticos velhasrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaxvideos pomo. as subriasscontos erotico de pai e filhaComi+o+cu+da+mia+professoraconto+eroticoDei pro Angolano Contos Eroticoscontos eroticos - isto e real. parte 1contos eroticos o pai da minha amiga mi comeu a chantagemconto eróticos minha madrinha de infânciaeu vi uma pica toda arregaçadakeslia bucetaSou casada fodida contocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoContos eroticos de noivas lesbicas emfragrância zoofilia caseiro contos eróticos de mãe se depilando na frente do filho em cima da mesaIncesto com meu irmao casado eu confessoContose eroticos fui vastigadaminha cunhada quis que eu a visse nuadei sonifero pra minha avò e transei com elaContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser putaquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na naSou casada mas bebi porro de outra cara contosdei minha buceta pro traficantebucrtinas novinhascontos meu marido ajudou amigo dele me comerCoroa rabuda de manaus contando seus contos eroticosConto eróticos duas lésbicas me estruparaoContos eróticos estrupada por bandidos conto porno gay putinha de váriosos fritones dando o cudona florinda putawww.xconto.com/encestoRelato minha mulher no shopping sem calcinhaestuprada pelo chefe chantagistas(porno)meu irmao me comeu gostoso tou gravida delecontos eroticos ajudei meu filho e fui estupradaconto erotico o cu da mendinga gostosaporno contos pintando a cssa da casadaeu e meu irmaozinho casa dos contos eroticoscontos tugas fodi a minha tiaFunk érotco Conto porno eu queria entrar em casa, minha mae abriu a porta toda suada, chefe do meu paicontos cavalonas evangelicasvovo me pegou fudeno o cu da mamae falou que queria experimentar contosperdi a virgindade na escola contos eróticoscontos eroticos de corno no metrocontos eróticos amigas prostitutasso os melhores contos de gay sendo aronbado varias vezescaregando no colo pornodoidoTava na sala com meu amigo ai minha mulher aparece só de calcinha e pede pra nos dois comer ela casa dos contos eroticosContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos eroticos - isto e real - parte 2contos eroticos com enteadaFoderam gente contos tennscontos de minha sogra cheirou minha cuecaContos eróticos picantes pecados na igreja com padrescontos eroticos de esposa exibidachupando ate ela gozar na boleiaContos eroticos real dei pro pai da minha meia irmacontos fode-me paicasada desfilado de calcinha contos eroticorecem casada safada contos eroticosconto eroticos/comeu minha mulher no matocontos esposa rebolou para,amigocontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiasexo.filho.fode.a.mae.na.cozinha.e.grava.tudoo macho frequenta mimha casae o dono contoscontos eroticos acampamento pirenopolisContos eróticos à força de negros brutosContos erotico amigas devendocontos eroticos exibindomeu pai me comeu contos eroticoscontoseróticos minha priminha de cinco anos