Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEIXA VAI SO UM POUQUINHO

Isso aconteceu comigo a uns 4 anos tinha 19 na época, sou moreno claro tenho olhos castanhos, forte, cabelos negros meio lisos, alto 1,88m de altura tinha namorado uma vez uma garota mas não durou muito, sempre fui muito tímido com todo mundo mas sempre fui responsável e acho que ainda sou ate hoje e sempre me senti atraído pár garotos da minha idade, tinha muita curiosidade pra saber como era.

O conto que vou contar aconteceu numa viajem q fui com uns amigos, nunca tive muitos amigo mas como eu era um átimo goleiro de futebol todos me chamavam pra jogar no time ai ficava sempre rodeados deles, e em todos eles tinha uma amizade maior com Gabriel de 19 anos q jogava no time também, era o atacante reserva pois ainda era muito novo mas jogava muito bem, ele é branquinho loirinho, olhos azuis, magro mas não muito, e mais ou menos uns 1,60m de altura, muito lindo ele

Ai numa tarde depois do jogo um de nossos amigos do time disse q ia pro sitio do avo dele q não era muito longe dali e queria q agente fossemos para jogar La pois tinha um campo de futebol, mas teríamos q levar barracas pois La não tinha mais cama, a maioria disse q não, eu disse q não pois não tinha barraca ai o Gabriel disse que se eu fosse com ele iria levar uma barraca q ele tem q cabe 2 pessoas, eu disse tudo bem então .

No outro dia já tinha me arrumado e minhas coisas ai fui pra casa do Gabriel, quando cheguei La ele Tb já tava pronto, ai a mãe dele sai na porta viu q era eu e disse: ainda bem q vc vai pq se fosse outra pessoa não deixaria, eu disse tudo bem eu cuido dele, ele se despediu e fomos. Fomos de carona com nosso colega, em 40 minutos chegamos

La era bem bonito um campo verde enorme, uma piscina e colina pra gente acampar, ai o pessoal do time já tava armando suas barracas quando Gabriel me chamou pra ajudar ele a montar a nossa Tb, ele disse: ah não vamos montar aqui perto deles não, aposto q eles devem roncar RS vamos La pra baixo ai ninguém nos amola, eu imediatamente aceitei e fomos, o ajudei a montar ate brincamos um pouco, montamos rápido colocamos nossas mochilas dentro e fomos jogar bola, jogamos ate esgotar fomos tomar banho, pois já era de noite e La no sito o povo dormem cedo, o Gabriel foi primeiro, entro e saiu em 5 minutos sá de cueca, deu pra ver o volume q não era muito grande mas dava pra ver os contornos, depois eu fui e logo jantamos, o Gabriel me espero ai pergunto se eu tava com sono pra ir pra barraca, eu disse q não mas q se ele quisesse ir pra barraca poderia ir que logo eu iria, ele disse q não pois q tava escuro e q tinha medo de ficar sozinho, eu dei uma risadinha baixa e ele fico com as bochechas vermelhas de vergonha e falou parar de rir de mim, eu disse ta bom então vamos eu fico La com vc seu medroso, ai fomos.

Cheguei La tirei a minha camisa e fiquei sá de bermuda e me deitei do lado dele, ele de camiseta e um short curtinho onde dava pra ver a perna dele toda, poucos pelos definida lisinha, branquinha, e uma bundinha pequenininha e gostosinha,

Ficamos deitados uns minutos sá olhando pro teto da barraca ai ele me perguntou se eu já tinha namorado, eu disse q sim uma vez com uma menina de 19 anos quando eu tinha 16, ai ele me perguntou e vc transou com ela, eu me assustei e disse sim, uma vez mas foi rapidinha, ai perguntei e vc já?, Ele disse q não, mas q já teve uma prima q o deixouele colocar a Mao nos peitos dela, eu dei uma risada e disse então vc é virgem, não me diga q nunca se masturbou, ele disse o que é isso? Eu assustei e disse nossa

E como eu já tava doido pra pegar no pau dele me aproveitei da situação, e fazer um boque-te vc já fez? Ele disse não, eu disse quer ver como é? Ele ficou meio envergonhado, mas disse q sim balançando a cabeça, ai minha Mao desceu pela barriga e fui enfiando a Mao no short bem devagar, ele já se arrepiava sá com a minha passada de Mao, ai cheguei na cueca e fui enfiando ate chegar no seu pau q já estava durinho, uns 12cm mais ou menos não muito grande mas uma delicia, quando comecei a tocar uma ele já tava de olho fechando sá dando uns gemidos e perguntando : o que vai fazer ai puxei o short dele devagar e ate eu poder ver o pau dele e já cai de boca, quando coloquei a boca na cabeça ele deu um gritinho e deu uma contorcida dizendo: ai ai, ai olhei pra ele e fui descendo de vagar e colocando a rola na boca ate o fim e subindo e descendo e vai e vem e ele sá gemendo e dizendo: nossa q delicia, ai que gostoso, ele já estava começando a suar e cada vez gemendo mais, ai eu tirava o pau da boca e dizendo : e ai ta gostando? Ele: muito não para agora não cara to muito bom. Ai eu disse ah eu sá continuo se vc deixar eu comer sua bundinha? Ele disse o que, mas como? Eu dei uma risada e disse: vou te ensinar, ai eu continuei a chupar aquele pau lindo sem pelo nenhum com a cabeça vermelhinha e molhada, subindo e descendo, quando ele de repente colocou a Mao na minha cabeça e deu um gemido mais alto e gosou tudo na minha boca, uma delicia quentinho e salgadinho, o primeiro orgasmo dele, engoli tudo, e ele deitou suado e dizendo, nossa q delícia fui isso nunca tinha sentido isso antes, quero fazer isso mais vezes com vc, ai eu disse q sim mas q não podia contar pros nosso amigos pq senão pensariam mal da gente, ele me deu um sorriso e disse sim, eu subi e dei um beijo na boca dele, q logo fui retribuído, senti uma coisa invadindo minha cueca e pegando no meu pau q já tava duraço, ai eu desci o meu short e minha cueca e fiquei pelado junto com ele, ai eu disse agora vou comer sua bundinha ta bom, ele disse ta mas q era pra me ir devagar pois ele era virgem e que não queria sentir dor, ai eu disse não se preocupe q eu iria devagar, virei ele de costa pra min. e passei a Mao naquela bunda linda e enfiei o dedo no cuzinho dele, fechadinho, ele deu um gemido mas eu dei um beijo no pescoço dele e ele foi se acalmando e meu dedo entrando ai logo coloquei o segundo dedo e ele sá gemendo mas o cuzinho dele já tava relaxado e já era ora de por meu pau, tirei o dedo e fui com meu pau na entradinha do cuzinho dele, comecei a forçar e ele a gemer e disse : ai ta doendo sô tira vai, ai eu segurei ele e disse deixa vai sá um pouquinho, e fui forçando, ele começou a gemer mais alto e disse : aiii sá um pouquinho vc disse . Ai logo já tinha enfiado tudo, esperei ate ele se acostumar, e comecei a tirar, quando tirei meu pau tava ate com um pouco de sangue do cuzinho dele, fiquei com um pouco de dá, mas já era tarde, comecei o vai e vem ele tava de olhos fechados e com uma cara de dor, mas já não gritava mais

Comecei a beija sua orelha e pescoço, e perguntei quer q eu tire? Ele disse que não

Ai aumentei a velocidade, e ele começou a gemer de tesao, eu disse nossa q bundinha gostosa, quero te comer sempre agora, ai fui metendo ai quando tava gosando eu perguntei ele se ele queria engolir porra pra ver como era ele disse q sim, ai tirei e coloquei na boca dele e ele engoliu ate a metade do meu pau ai eu soltei um goso mas gostoso q já senti, ele foi tomando, escorrei ate pelos lábios naquele rostinho lindo e inocente, com as bochechas rosadas olhando pra mim e sorrio, ai perguntei gostou? Ele sim gostei muito, ai deitei do seu lado esgotado, ele veio e me abraçou e me deu um beijo e disse:

Adorei tudo e que bom q foi com vc a minha primeira vez, eu disse q bom e que eu Tb tinha gostado muito, dormimos agarradinho, no outro dia de manha ele me acordou com um beijo gostoso e disse q me amava, ai o dia todo ele ficou agarrado comigo e na outra noite ele deu pra mim de novo, mas depois disso nunca mais, ainda somos amigos, mas eu já tenho uma namorada ele pelo q sei sá fica com umas meninas, mas quando jogamos bola ainda reparo ele me olhando e no banho e eu Tb tenho muito vontade de fazer isso denvo com ele, mas ainda não tive mais oportunidade,

Bom essa foi minha experiência Gay espero q gostem!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mae currada pelos moleques contosconto erotico eu era a putinha a maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezhomem fudendo o tenis enquanto come a mulher delecontos de corno flagrei minha namoradacontos sexo paraíso em famíliavideos pornógraficos de sexo mulher virgem fudendo forte com homens negros de pénis grande largos de mais de 70cmhttp://comto erotico menina com bunda gostosa da faculdadebosque conto heterocontos gorda feiacontos: sentei no colo do velhoimagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparenteimagens da tia perucas com a calcinha enfiada na bucetacontos eroticos de estrupo em fio terracontos eroticos fudendo com varios homens na escolasConto erotico angolaconto erotico vovó cuidanto de um estranholotação filhinha sentou no meu colo contos de sexoEu quero uma menção tá subindo no Pau por favor calma tá chupando paucontos eróticos de incesto com irmã caçulacontos fui acampa e virei cornoEsposa da.a bucetinha pro patrao contoscontos de incesto com fetiche por pesmeu filho com a minha calcinha no banheiro contos eroticosEu roberto o cachorro conto erotico gayCuzinho gostoso contossou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosCasada viajando contoscontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bdei pro japones contominha iniciação gay contosContos eroticos gosto de estupro seioscontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontos de corno meu tio engravidou minha esposaenfiando o dedo no cu da coroa cotoseroticoscontos sexo com minha jeguinhaContos eroticos macho vira putinhaDei o Cuzinho Na Cadeia e Depois pro Pastor Contos Eroticoscontos de sexo com viuvacontos eroticos de padrinhos e afilhadas que engravidamdei para o comedor do bairro filhos contoas.gostosas.cimasturbando.duas.vesescontos freirinhacontos eroticos minha sobrinha adorava mamar minha picacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eroticoslingua no cuconto erotico na casa de swing na troca de casal descobrimo que não eram casadosusei calcinha contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimcontos eroticos chantageada pelo titioCasada viajando contosconto vi arrebenta cu meu maridocontos eroticos meu alunocontos seduzi minha mãe com o tamanho do meu paumeu sogro tem a rola de 26cm e socou tudo em mim.conto erotico transei com a sograpastor gozando contos gayconto erótico bati uma pra elecontos porno novinha ingenua achando que ia brincarpapai - contos eroticoscomendo a carlinha casa dos contosconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestocontos minha tia viuva sua amiguinhacontos ainda menina dei pro meu irmaozinhocontis eroticos gay policial Chapadocontos eroticos tia suruba com sobrinhosconto de casada+minha boceta e uma armadilha para pirocudoporno fodi minha meninhaMetendo na perereca da maninhacontos eróticos mete um milho na bucetaenteada dando abo contocontos eroticos fudi a vizinha de doze anos contos erotico transei por dinheiroConto de putinha objeto de prazer para todos os machosContos sogra medindo o tamanho do paucanto erotico comi namoradaconto menina safadinha anoscontos de fodas minha amiga nerd feia pediu e eu tirei o cabaço delacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaviagra pra minha mae contos eroticos