Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAMANDO NA ELEIÇÃO

Click to Download this video!

Oi. Vou me denominar de S e sou um mulato da cor de canela, corpo gostoso, 1.90m, 105kg, cavanhaque sexy, peito depilado, virilha aparada, corte maquina 1, bunda e pernas legais, 36 anos, 19 cm de pica, casado e acima de qualquer suspeita.



Sou ativo liberal, na cama curto de tudo menos ser penetrado, adoro chupar um pau gostoso (aliás, tenho tara por chupar pau), beijar na boca e comer um cuzinho apertado.



O que vou contar aconteceu no dia da votação do primeiro turno das eleições de 2008.

Estava teclando na net em busca de pessoas interessantes com quem eu pudesse formular uma bela amizade ou algo mais.



Sou chegado em caras mais maduros, acima de 38, pois são mais decididos e diretos, além de que um corpo maduro me atrai em maiores proporções.



Então vamos ao que interessa.

Através de um site conheci alguém que com certeza não era candidato, mas faria a diferença.



Vou chamá-lo de M. Iniciamos uma troca interminável de mensagens através de um determinado site de relacionamentos. Eu teclava com 4 carinhas, mas na medida em que o papo com M foi ficando interessante, fui dispensando um a um, até ficar somente com ele. Ele era um cara direto, sem rodeios, se descreveu, possuía quase a minha altura, 1,86 m, 96 kg, moreno, 40 e poucos anos, uma descrição muito atrativa. Nosso assunto me fez ser tomado por um desejo quase incontrolável e conhecer pessoalmente. Então fiz o que não costumo fazer normalmente, encontrei com M no primeiro dia que teclamos na Net.



Eram 19 h de domingo e falei que não havia votado ainda, então ele, direto que sá, me diz:

- Eu te pego, levo você para votar e na volta tomamos um chope para nos conhecermos melhor.



Achei a proposta tentadora, então não resisti. No horário combinado ele passou para me pegar no local determinado por mim.



Quando ele saiu do carro quase não acreditei. Uma delicia de homem. Do jeito que eu gosto.



Iniciamos um papo meio sem jeito, como é de praxe. Ele falava pelos cotovelos, achei que era pelo nervoso da situação, mas ele realmente era um tagarela, rsrs.



Fomos para meu local de votação, nos analisando pelo canto dos olhos, tentando detectar o máximo possível, sem querer demonstrar muita excitação. Votei e fomos procurar um barzinho que pudéssemos conversar normalmente como dois amigos.



Sentamos, pedimos cervas e demos continuidade no papo, que por sinal estava super agradável. Descobrimos várias coisas que tínhamos em comum, idéias parecidas, ou seja, tudo perfeito.



Deu a hora de irmos embora, entramos no carro e fomos seguindo. Daí M entrou numa rua de pouquíssimo movimento, e estacionou o carro atrás de algumas arvores baixas que tinha no local. Gelei, não acreditei que faríamos algo bem ali, no meio da rua, com pessoas passando. O carro possuía insulfilm, o que dificultava a visão de que passava, mas eu fiquei apavorado com a possibilidade de ser pego.



M foi logo atacando, me pegou de jeito, “Que boca gostosa, que beijo bom” ele tinha. Nos alisamos, ele foi tirando a roupa por completo, ficou nu, e eu não acreditando que vivia aquela situação.



Quando ele tirou o pau pra fora, fiquei com a boca seca, nem acreditava que aquela pica de +- 19 cm estava ali, a minha disposição, tinha que abocanhá-lo de qualquer jeito, então não perdi tempo, que poça gostosa. Ele mais que depressa se livrou de minha bermuda. Tenha uma pegada forte que me deixava louco, eu chupava seu corpo inteiro, seus mamilos, barriga, boca, pescoço.



Fui tomado por um misto de prazer e medo de ser descoberto. Isso me causou uma sensação nunca antes vivida por mim. Queria acabar rápido e não queria que acabasse.

M pediu que eu me virasse e passou a linguar meu cu. Meu corpo se estremeceu e então soltei um gemido de prazer, que deixou M doido. Ele tentava enfiar um dedo em meu cu com dificuldade, pois nunca dei, e ficamos ali, nos deliciando feito loucos, no meio da rua.



Então decidi por um ponto final na loucura. Me virei, peguei a pica de M e agasalhei com meus lábios sedentos. Modéstia a parte, faço um boquete como ninguém, talvez pela minha predileção no sexo oral. Iniciei um movimento tipo pica no cú, apertando meus lábios, fazendo uma pressão gostosa, enquanto minha língua rodeava a glande daquele pau babento, enfiava até a goela e tirava. Fui sentindo o pau de M ficando mais teso, mais pulsante e pude ver que logo a festa chegaria ao final. Aumentei o ritmo, ele estocava em minha boca, mandava ver, delirando de prazer. Por fim, senti a primeira golfada daquela porra grossa em minha boca, uma, duas, três, parecia que não acabava, quase enchendo minha boca com o néctar do prazer. Ao final acumulei o produto de meu serviçinho na boca, M abriu a porta e eu cuspi na calçada todo aquele sêmen.



Fiquei com a boca cheia de goma. Fiquei meio desconfortável, pois não estou acostumado a boquetear no meio da rua e nem deixar que gozem na minha boca, mas estava com a sensação de dever cumprido.



Ligamos o carro e saímos dali como se nada tivesse acontecido, ele me deixou em um lugar que eu solicitei e ficamos de nos encontrar num momento práximo para nos explorarmos por completo.



Se gostou do conto, envie seus comentários.

Até a práxima!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritoscasa dos contos abusada por meninosContos eroticos tia dando sobrinhoos fritones dando o cumalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contovirei puta assumida eu confessodeitou com a tia e foi estrupado sexualmentecontos sem pudor com a menininhacontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamcontos eróticos de tip enrabando garotinha Contos eróticos: menininha da a buceta pro camioneiro bem dotadocontos de noiva putinha corninho safado titío caralhudotransparente e coladinha bucetinhavoyeur de esposa conto eroticoa nossa primeira vez no intimidades club contominha esposa e o porteirocontos gay militarconto minha estagiáriacontos de menininhas sentando no colo de homenscontos eroticos peao come meninoconto erotico construcao estupradafeira conto heteroesposa perdeu aposta e encarou duas rolas conto eroticoMinha filhinha com shortinho muito curtinho ve contoscontos sado marido violentosconto gay submisso pro machovelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contosEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAconto buceta arreganhada de eguaperdi a virgindade com peão contoscontos eroticos gozando no cu da coroatoquei uma punheta pro cara enquanto ele dormi relatosreais cheiro de mulher conto eroticocontos eróticos do primo negrinho dotado chupando a buceta da primaDesvirginando a sobrinha de 18 anosContos de metidas nos cuzinhos inocentesa tão sonhada dupla penetração contoconto erótico comendo amiguinha do meu filhoconto herotico eu meuamigo sandado minha irmminha mae e esposa gemendo com minha pica de 23cm no cu contos eroticoscontos emquadrinhos comi a minha irma casada esafada. com a sainha curtaArrombei a tia relatocontos eróticos puta piranhaConto muito picante de casal brancos bisexual so adoram foder negrosComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigocontos eroticos exibindoconto erótico casada arrependida na noite de carnavalconto erotico mulher fode no tetmi.nal do o.nibusporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/irma vagabunda irmao caralhudo safado cunhado corninho contos eroticos com fotoscontos eróticos gravou tia dando pra doisConto erotico uma princesa para um pedreiroFoderam gente contos tennschulé da minha cunhada conto eroticomanuela pedreiro contos eroticosconto erotico gay negao pirocudo so fode cu de viado novinhoporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetapadrinho cuida da afilhada contos eróticosChupando o pau do.meu paidormi.doMusi como tu e tua tia tua tia e uma cadela como tu e tua ruelafilmou o semen saindo da xoxotasó não doidão priminha gostosarelatos erótico andando a cavalo com meu tio contos eroticos esfregando devagarinho o pau por trasIncesto com meu irmao casado eu confessoporno so no cu dasgotascomedoocuzinho dela bebada dormidocontos lesb ralar a xanaconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninocanto erotico levei rola do meu amigo