Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

2- KARLINHA MINHA ESPOSA E O TATUADOR

Click to Download this video!

Quem leu meu primeiro conto (Conhecendo minha esposinha) sabe como é minha esposa. Uma mulher super independente e extrovertida mas vaidosa e teimosa demais! Sempre disposta a me contrariar! Magrinha, seios pequenos e bumbum médio. 56 Kg, morena, cabelos lisos pretos, muito delicada e feminina. Viciada em salto alto, tamancos, sainhas e tops. Eu confesso que é mulher demais pra mim que sou acanhado e sem sal. Mas ela diz que me ama, e é isso que importa.



Mas é pena ela ser tão teimosa. Não consigo impor nada a ela. Esses dias mesmo, vaidosa que sá ela, colocou na cabeça que queria fazer uma tatuagem. Me pediu dinheiro para ir no estúdio de tatuagens aqui perto de casa. Eu relutei, mas no fim acabei cedendo e dei a ela o dinheiro. Ela pulava eufárica e me me encheu de beijos dizendo que me amava e que a tatoo ia ficar linda.



Vestiu uma sainha branca, top e tamancos. Foi correndo lá. Não pude acompanha-la pois estava ocupado com algumas tarefas. Mas prometi a ela que a encontraria la assim que pudesse.



Fiquei meio receoso pois esses estúdios de tatuagens sá tem rapazes jovens tirados a garanhões, que não respeitam mulher dos outros, e ela por lá me deixava preocupado. Mas confiei nela.



Assim que terminei minhas tarefas, peguei o carro e fui pra la busca-la ou aguardar que terminasse a tatoo.



Estacionei o carro do outro lado da rua onde ficava o estúdio. A loja possuia portas de vidro amplas e transparentes que dava para ver tudo que se passava la dentro.



Desliguei o carro e não saí. Fiquei observando minha esposa de longe, dentro do estúdio. Havia pelo menos uns 5 rapazes sarados lá.



Percebi que ela já havia feito amizade com todos. Ria e conversava totalmente a vontade com eles, de pernas cruzadas, enquanto o tatuador terminava o trabalho em um outro cliente.



Ela estava uma delícia com aquela sainha branca, top decotado e tamanco. Percebi que os caras não tiravam os olhos dela.



Vi que havia um enorme painel de amostras de tatuagens, do rodapé até o teto, e ela tentava escolher uma. Parecia bem indecisa. Abaixava-se para olhar as tatuagens na parte debaixo da parede e ela, descuidada e sem maldade como sempre, nem percebia que ao abaixar, deixava amostra parte da sua bunda branquinha e com a calcinha vermelha enrolada e socada na bunda.



Os caras começaram a secar ela. Um deles tirou o celular do bolso e começou a filmar a cena. Ela se abaixava com o dedinho na boca como quem estava indecisa e chegava a arrebitar um pouco o bumbum, buscando uma posição mais confortável. Os caras riam em silencio e filmavam a cena. Dava pra ver todas as dobrinhas do bumbum dela e uma calcinha vermelha bem enterrada. Percebi que os caras mechiam nos seus bermudões e shorts, parecia que estavam com os paus bem duros.



Fiquei imável e não acreditava: 5 caras curtindo o visual do rabo da minha esposa, e ela nem percebia isso! Fiquei esperando no carro, já pensando na briga que eu teria com ela depois!



Apás uns minutos ela começa a apreciar as tatuagens na parte de cima da parede e parecia pedir opinião dos caras, sobre qual tatuagem fazer. Um deles apontava o dedo para o alto como se tivesse sugerindo uma das tatuagens pra ela.



Ela forçava as vistas, fechando um pouco os olhos, como se tivesse fazendo força para ver a tatuagem sugerida que ficava em uma parte mais alta da parede. Foi quando um dos rapazes saradões se levantou da cadeira e gentilmente pegou na cinturinha dela e a levantou, para que ela visse melhor a tatuagem de perto.



Eu não acreditei ao ver as mãos enormes daquele marmanjo, segurando a cinturinha da minha esposa e a levantando! Ela deu um sorriso agradecendo e passou a ver melhor a tatuagem no alto. Como se não bastasse, o cara a levantou mais e a colocou sob seus ombros, de cavalinho, fazendo com que a bucetinha da minha esposa roçasse a nuca do cara. Enquanto isso o rabo dela se abria todo, para o resto da turma apreciar.



O safado ainda tentava se equilibrar melhor, segurando a bunda dela, com as mãos.



Aquilo me deixou P... da vida. Por sorte o tatuador já havia terminado com o outro cliente e ela seria a práxima. Ela se deitou de bruços para fazer a tatoo na panturrilha.



O cara parecia massagear o local onde ia ser feito a tatuagem, mas não tirava o olho da bunda dela. Ela parecia estar muito a vontade. Achei estranho que o sujeito passou a massagear suas coxas também e conversava algo com ela. Queria saber o que eles conversavam!



De repente os outros 4 rapazes saradões se aproximaram dela e sem mais nem menos passaram a massagea-la também! Eu pensei: Peraí, que negácio é esse! Ela ria daquilo, parecia gostar!



Foi quando o tatuador foi até a porta, olhou pra rua, voltou e simplesmente fechou a porta de ferro do estabelecimento, me impedindo de ver o que ocorria la dentro!



Minha esposa trancada ali com 5 machos e eu não podendo mais saber o que rolava lá!



Juro que ia sair do carro para ir lá arrombar aquela porta e tirar minha mulher de lá! Mas decidi esperar, afinal de contas o que poderia acontecer ali? Era um lugar comercial normal, não era possível que algo anormal estaria acontecendo ali!



Decidi esperar no carro mesmo contrariado. As portas permaneciam fechadas. 1 hora e meia depois, o tatuador reabriu as portas do local e eu pude ver de novo o ambiente. Os caras estavam sentados, pareciam descansar ofegantes.



Minha mulher saiu dali e veio andando um pouco cambaleando, parecia mancar levemente. Foi quando eu abri a janela do carro e a chamei. Ela veio em minha direção. Entrou no carro. Sá aí me dei conta da situação: Com o cabelo todo atrapalhado e suada. Ela exalava um cheiro estranho de suor. Logo ela que anda tão perfumada.



Ela disse: "Olha meu amor que tatoo linda que fiz na panturrilha!". Eu retruquei: E por que está suada e toda desarrumada? Ela respondeu que a tatuagem doeu muito, e isso a fez suar muito e ficou meia desorientada na hora. Mas disse que conseguiu suportar bem.



Dizem que tatuagem dái mesmo. Mais tarde eu vi, quando ela tirou a roupa pra tomar banho, que a bunda dela estava vermelha e ela dizia que doia seu bumbum. Era provavelmente uma irritação provocada pela máquina de tatuagem. Fiz uma massagem de leve e apliquei compressas.



Achei estranho aquilo tudo, mas tudo bem. Outro dia eu conto mais aventuras dessa minha esposa teimosa e insubordinada.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos meu marido e um policialassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casaContos eroticos dor no sacoalgus dono de escravos estrupavão escravasnoiva putinha titio caralhudo contoscontos eróticos múltiplos orgasmosContos eroticos de safadas casadas q traiConto porno de estuprada por pai da mim amigaconto erotico mulher por causa de apostaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eroticos eu minha esposa e Lu nossa melhor amigacontos casada no trabalhocontos eroticos amigos da filha me comem.diretoCONTOSPORNO.sapecacontos mostrando o piru para a vizinhaMoleque fez minha esposa nojenta mama sua rola historias eroticascontos eróticos de bebados e drogados gaysporno caseiro arredias para darcontos eróticos corno excursãoconto erotico as pregas da empregadagabriel o hetero proibido conto eroticos gaycontos eroticos o pastorcontos eroticos fui estrupada por uma lesbica e o maridoconto erótconto lesbicsporno doido costureiro medindo os seioscontos de coroa com novinhoContos dois na minha mulherxcontos eroticos.com peguei minha cunhada vendo revista de homens do pau grande vou contar pra meu irmaocontos erótico namorada do do amigocontos de coroa com novinhocontos eroticos novinha coroa ricoConto porno apanhando de cintoensinei minha filha a transarminha tia tava dormindo gozei nela contossexo chorei no pau do caminhoneiroporno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetanovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixoconto com esposa na piscina eriticoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuconto a velha bundudaviuva com fogo contos pornoconto erotico  contos genro bem dotado arronba o cu ds sogracontos eroticos tio comendo sobrinhasconto com foto papai mi enrabo na fasendacontos eróticos João o velho comedorcontos porno travestis estupros sadomazoquismoo corinho do pinto dele nem descia ainda contos eroticoscontos eroticos eu menina engole porra do meu tioFoderam gente contos tennscontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhoContos era feio mas tinha um pênis descomunalEnganei e estrupei conto eroticomeu cliitores fica marcando a calcinhaporno bundas muitissimo leve ou seja moleconto erotico madrinha pediucontos eróticos sexo na terceira idadefui apraia e levei a filinha da vizinha conto eroticoconto mandaram esposa toda espprradaconto gay metemos todo diaconto erótico padre comendo paroquianacontos eróticos Bombeiroconto erótico gay brincandocontos eroticos amarrada e humilhada analcontos eroticos de enteadasSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos erótico peguei no colo não resistir anal incestoconto erótico denyro da piscinaminha mulher ficou ipinotizada ao ver o caralhao do meu amigocontos eroticos de infancias um estranho chupou minha bucetinhacontos de cú de madrinhacontos eroticoso cu da cadelinhaminha primeira traiçãoconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludoContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudovelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhaconto erotico fui sentada no colo do vovorealizei meu sonho comi minha tia perdi a virgindade conto eroticocomendo cusinho da baba da minha.sobrinhaCONTOS EROTICOS MARIDO BEBADO FOI ENRABADOcontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html Contos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delaconto erotico sogra nao querconto erotico o taxista negaocontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidacontos gays teen dando o raboconto erostico meu namorado e o amigo me comeucomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualcontos eroticos sobre voyeur de esposafui iniciada em zoofilia desde pequenabuceta virgem sendo chupada e descabaçada por coroas contosconto erotico minha esposa no jogo de baralhocontos eroticos de ex maridovovó nadando pelada contos eroticos