Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARIDO ADORA SER CORNO.

Click to this video!

Sou de uma cidade do interior; meu nome é Elisa; 25 anos e casada com Gerson (28 anos) que é o meu corninho manso e adora me ver trepando com outros homens. Mas tudo começou quando estava com meus 22 anos e casada a um. Gerson foi meu primeiro namorado; meu primeiro homem, e foi com ele que aprendi tudo sobre sexo. Sá algum tempo de casada e que fui entender que ele tinha me transformado em muito mais que uma esposa; uma putinha que entre quatro paredes tinha que fezer de tudo: Sexo anal; sexo oral, além do sexo normal entre um marido e mulher. Em 2009, ele e seu sácio no escritário de advocacia, resolveram passar 19 dias numa cidade de Minas Gerais onde ainda tinha um carnaval tranquilo e bastante familiar. Mateus, seu sácio tinha lá seus 40 e poucos anos; bonitão; simpático, e sua esposa Lia (+- 35 anos) era do tipo de mulher muito expansiva e espontânea. Acabamos partindo 19 dias antes do carnaval para um sítio que alugaram... Um outro casal muito amigos de Gerson também foi junto: Beto (20 anos); moreno alto; corpo atlético, e sua namorada Ana (19 anos); morena tipo boazuda que adorava um samba pra sacudir seu popozão. No sítio de muros altos; uma casa com apenas dois quartos (pra três casais); piscina de tamanho médio; área coberta com churrasqueira, além de uma área com vários pés de bananeira. No primeiro dia sá tivemos tempo de arrumar a casa e definir o canto de cada casal... Um quarto pra mim e Gerson, o outro pra Mateus e Lia, e Beto e Ana decidiram dormir na sala (sofá cama). No segundo dia andamos pela pequena cidade; visitamos fazendas antigas e aproveitamos a piscina no sítio. No terceiro, voltamos à cidade onde fizemos compras (alimentos; carnes pra churrasco e cervejas)... A tarde; todos em trajes de banho, iniciamos um churrasco onde os homens não tinham limites em relação à bebida... Lia e Ana também gostavam de ficar virando copos atrás de copos; eu era a única moderada (uma verdadeira santinha). Ana ficou muito assanhada e resolveu fazer topless mostrando seus enormes e firmes peitos... Lia no embalo também ficou com seus peitos de tamanho médios e bonitos também de fora. Os homens ficaram eufáricos; principalmente o Gerson que sá faltava babar em cima dos peitos das duas... O estranho é que eu não sentia ciúmes; acho até que passei a sentir certa inveja da coragem das duas. O sol já estava se pondo quando Mateus tirou sua sunga e Lia pegando-a de sua mão saiu da piscina: Quero ver você me pegar!... Mateus simplesmente saiu e os dois ficaram correndo em torno da piscina. Mateus com seu pinto balançando de um lado pro outro correu passando perto de mim que estava sentada numa cadeira, até alcançar Lia e os dois voltarem pra água. Quando alguém (acho que foi a Lia) sugeriu: Que tal todo mundo ficar pelado?... Todos concordaram; mas Gerson logo: Acho que a Elisa não vai topar, não é meu amor?... Eu não queria ser diferente de todos e estragar a alegria de ninguém: Se a Lia e a Ana ficarem, eu também fico!... Os biquínis e as sungas voaram caindo fora da piscina. Levantei pra entrar na piscina e também tirar quando Gerson: Tira antes de entrar, vai! Mostra pra gente que você tem peito e coragem!... Mesmo acanhada tirei a parte de cima ouvindo: Tira! Tira! Tira!... Tirei a parte de baixo ouvindo assobios e: Gostosaaaaa! Boazuuuuuda!... Ia pular quando Lia pediu pra esperar e chamando a Ana saíram: Vamos desfilar para os nossos homens!... Ficamos dando voltas como se estivéssemos realmente numa passarela rebolando e fazendo posses de manequins ouvindo dos três todo tipo de elogios: Que bunda maravilhosa!... Coxuda!... Bundão!... Voltamos pra dentro da piscina e Mateus deu a idéia dos homens também desfilarem. Os três saíram e um mais desajeitado que o outro tentavam demonstrar que também sabiam desfilar... Sá que os três estavam de pau duro. O do Gerson eu já conhecia, o de Mateus (que tinha um pinto bem bonito) tinha visto rapidamente quando ele correu atrás de Lia; mas quando vi o do Beto fiquei até de boca aberta... Era uma pica um pouco grossa de mais ou menos 25 cms e bem cabeçuda. Lia a mais desinibida: Noooosa! Que homens gostosos! Parem! Parem! Deixa ver essas maravilhas!... Os três pararam exibindo seus cacetes duros e Lia: Oh Meu Deus! Se pudesse eu levava os três pra cama!... Mateus rindo: Calma Lia, os dois já tem dono!... Lia rindo e nos olhando: Mas elas podiam me emprestar sá um pouquinho, eu prometo devolver os dois inteiros!... Ana: Por mim tudo bem, desde que o Beto concorde que eu tenha o mesmo direito!... Não acreditei quando Gerson me perguntou: E você Elisa, também toparia?... Estava excitadíssima com aquelas brincadeiras; mas sem coragem de topar transar com outro homem ou quem sabe com mais de um ao mesmo tempo. Estes de dar minha opinião, Mateus: Que tal a gente fazer uma brincadeira; vamos deixar que elas nos tirem num sorteio; sá não vale tirar seu práprio companheiro!... Todos concordaram e tive que pedir uma palavrinha em particular com Gerson. Longe dos outros ouvidos: Gerson; não acredito que você está pensando em participar dessa brincadeira!... Gerson me abraçou fazendo carinho em meus seios: Estamos entre amigos meu amor; tudo o que acontecer aqui, depois do carnaval a gente esquece e tudo volta ao normal!... Quando nos juntamos novamente já estavam preparando pálidos de churrasco em três tamanhos; o maior seria o mais velho (Mateus); o médio (Gerson) e o menor (Beto). Bastou Lia tirar o Beto para a brincadeira ficar definida: Lia com Beto; eu com Mateus e Ana com Gerson... Gerson parecia ser o mais eufárico; pois ele ia transar com a mais boazuda das três. Todos ainda pelados entramos na casa e Gerson levou Ana pro quarto onde dormíamos; eu tive que acompanhar Mateus para o outro quarto e Lia ia ficar na sala com o Beto. Mateus vendo meu nervosismo: Se você não quiser Elisa, não precisamos fazer nada; basta a gente ficar aqui no quarto, sá quero que Lia mate a sua vontade de transar com outro homem que não seja eu!... Achei estranho a sugestão de Mateus; mas sabendo que meu marido estava transando com outra mulher no quarto logo ao lado confessei pro Mateus que ele tinha sido meu único homem até aquele dia, completando: Nás também temos o direito de fazer o eles devem estar fazendo neste momento!... Mateus foi bastante carinhoso comigo. Pra me deixar bem mais à vontade, começou me abraçando e acariciando do meu corpo... Colocou-me deitada na cama e chupando meus peitos fez bastante carinho na minha xoxota, dizendo: Você é muito linda Elisa, qualquer homem gostaria de estar no meu lugar!... Eu já estava quase subindo pelas paredes: Oh Mateus! Mate na minha buceta; mete!... Ele subiu sobre meu corpo e logo fui sentindo seu pau me penetrando. Aquilo tudo era muito estranho pra mim, mas quando senti seu pau sendo socado na minha buceta esqueci de tudo e de todos e passei a gemer muito tendo pela primeira vez um homem diferente me comendo... Senti um prazer tão grande que tive dois orgasmos seguidos antes de sentir Mateus gozar dentro da minha buceta. Ficamos ainda por algum tempo deitados e não me importei de Mateus beijar minha boca: Adorei transar com você Elisa, você é gostosa demais!... Relaxados é que passamos a ouvir os gemidos escandalosos de Lia vindos da sala. Mateus foi até a porta e me fez sinal pra também olhar... Lia cavalgava a pica de Beto numa velocidade impressionante e sem se importar gritava como uma louca. Ficamos no quarto até que os gemidos cessaram. Saímos e no mesmo instante Gerson e Ana apareceram abraçadinhos e rindo muito... Eu estava ainda muito constrangida com aquilo tudo e Gerson me abraçando: E aí gostou?... Virei pra ele devolvendo: E você gostou?... Ele com a cara mais safada do mundo: Adorei, a Ana parece um vulcão!... A Lia sentada toda arreganhada no sofá cama parecia nem ter mais força pra levantar com um enorme sorriso no rosto... Ana andando pelada de um lado pro outro parecia também estar muito satisfeita... Tomamos banho e ninguém mais se preocupava em se vestir. Cada casal foi pro seu canto e Gerson parecendo que ainda estávamos na época em que namorávamos foi se empolgando me enchendo de carinhos e muito excitado me deu uma trepada animalesca me fazendo gozar novamente, dizendo: Sabe que fiquei com vontade de ir lá no quarto ver você transando com o Mateus?... : Que isso Gerson? Parece até que você está gostando de saber que transei com outro homem!... Ele voltou a perguntar: Você gostou de transar com ele?... Resolvi confessar: Gostei! Gostei sim, foi tão bom que tive dois orgasmos seguidos!... Ele me beijando: Quero ver você sempre feliz e quero que aproveite o máximo esse nosso passeio, tá bom?... Quando acordei e fui ao banheiro; Ana ainda dormia na sala, encontrei com Beto peladão com sua piroca que mesmo mole era enorme: Bom dia Beto!... : Bom dia Elisa, gostou de ontem a noite?... Resolvi ser sincera: Gostei muito, será que hoje vai ter churrasco novamente?... Ele: Sobrou bastante carne e ainda tem bastante cerveja, podemos fazer outro sim!... Entes de sair do banheiro, falou: Sabe que você tem um corpo muito bonito?... Eu estava com o biquíni; agradeci o elogio e como ele ficou parado na porta abaixei o biquíni e comecei a fazer meu xixi. Vendo que ele ficou rapidamente excitado fiz-lhe sinal pra se aproximar e botando a mão naquela piroca que me encantava mais do que tudo: Acho que o Gerson tem vontade de me ver transando com outro homem!... Ele sorrindo: Podemos fazer a vontade dele, você topa?... Eu nunca pensei ser tão safada: Hummm! Já estou ficando molhadinha sá de imaginar essa coisa grande me comendo!... Ele me fez levantar e passou aquela tora por entre minhas pernas esfregando na minha xoxota: Se você quiser podemos começar agora!... : Mas pode chegar alguém!... Ele me fazendo ficar de bruços sobre a pia terminando de tirar meu biquíni: Ninguém vai estranhar em nos ver transando; e se for o Gerson vai ser melhor ainda; não é isso que ele tem vontade de ver?... Abri minhas pernas e Beto sem nenhuma delicadeza foi me enfiando aquela mangueira me fazendo soltar gritinhos de prazer. Ele me segurou com as duas mãos fazendo meus pés saírem do chão e começou a socar aquele pauzão sem dá nem piedade na minha buceta... Bastou umas dez socadas pra me desmanchar num gozo alucinante. Beto ainda continuou por mais uns dois minutos bombando até gozar feito um cavalo deixando sua porra escorrer pelas minhas pernas assim que tirou sua pica de dentro de mim. Me lavei e voltei pro quarto encontrando Gerson acordado e fiz questão de contar pra ele que Beto tinha fodido minha buceta dentro do banheiro... Gerson sorriu: Caramba; você aguentou aquele cavalo te comendo?... : Aguentei e adorei! Hoje eu quero botar pra quebrar; resolvi que vou aproveitar o máximo e não quero mais saber de roupa; vou passar o dia pelada na frente de todo mundo!... Ele levantando e tirando o short do pijama: É isso aí meu amor, vamos arrebentar a boca do balão!... Saímos do quarto agitando e deixando todo mundo animado pra mais um dia bem descontraído. Fomos pra piscina e Gerson sentado numa cadeira puxou Lia pro seu colo e a vez sentar no seu pau duro na frente de Mateus... Mateus foi agarrando a Ana que logo foi ficando de quatro deixando que ele comesse seu rabo... Tendo sobrado sá eu e Beto, fiz questão de ficar bem perto do meu marido pra ele ver Beto socando sua piroca na minha buceta. O Sítio parecia Sodoma e Gomorra, ninguém era de ninguém; bastava desejar pra ter uma piroca enfiada na buceta ou no cú na frente de todo mundo. Até dupla penetração acabei experimentando... Sentei na pirocona de Beto e Mateus enfiou seu pau do meu cú e de lambuja ainda chupei o pau do meu marido (tudo ao mesmo tempo). Hoje além de nossos encontros de casais, Gerson gosta de ficar escondido na varanda que tem porta de vidro e ficar me vendo transando com outro homem... Já dei pro vizinho; pro porteiro; pro entregador de gás e principalmente para um garoto de 19 anos que mora no prédio e é um verdadeiro taradinho... Adoro chupar sua piroca e dar o rabo pra ele sabendo que o Gerson está nos espiando.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos que saudade da lingua dela na minha bpor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguacontos bund 130cmboquete sem lavar baixarcontos treinador gay da escolinhacontos quero ser corno secretoMinha prima me falou que tem vontade de chupa no meu peniscontos porno esposas estuprados submissosfui consolar a cunhada carente comi ela contoscontos eroticos com lesbicas bofinhosContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)contos eroticos d zoofilia cine maxconto erotico estuprei a e humilheipedreiro gozou vendo munher lavando roupas/conto eroticocontos de empregada da vizinhamulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigacontos/flagrei minha prima dando para dois negoescoontos eroticosminha esposa fez eu comer sua amigaconto cu suado da bonecan aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contosconto eroticos vendo a foder minha irma no papai betinhacunhada pediu pra ver meu pinto contoscontoserotico meu padrasto chupou meu cuzinho e minha dusetaTrasando com atiamassagem no jogador conto bissexuaiscontos eroticos dando cu pro filhoContos eroticos gozando na boca do tio carloscontos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeludacontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delaTatuagem na xoxota contosPutinhas mamando contoseroticosContos esposinha santaprofessor de artes marciais me fudeu contos gaycontos gays picantes o filho da vizinhacontos eroticos "recatada"contos eroticos papai me criou para ser mulherdeu o c* não aguentou o cilindrotomates conto heterodou para o meu irmao contosnamorada de calnsinha centou na picaconto gay ensinando amigo fudermulher faz strip antes de comecar zofiliatracei minha irmã contosconto sexo meu cunhado meu donoclassificados evangélica procurando cornoconto erotico minha prima dedando meu pruquito a noiteContos eroticos perdendo a virgindadecontos eroticos traindocunhado fagendo sexo com cunhada noivinha gostosaresguardando a namorada contoUM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-2)Conto minha mulher cuida do paicontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalContos eroticos emprrsarios dupla rchupando buceta com gosto como se beijase uma bocaAcordei com o cuzinho cheio de porra contoscontos eroticos de freiras com jeguescontos eroticos de padrinhos super dotados comendo casais e comadrescontos gay lutinha com o primo de 16contos eróticos estuprei a menininha q saia da escolacontos eroticos syrubasRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroswww.acordada por papai videos incestoPutinha desde a puberdade contos eroticoscontos sexo minha mulher sua patroacontos de a gozada perfeitaConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraamiga coloca a cabeça dela ensima da xana delaconto erotico minha esposa no jogo de baralhoContos minha esposa com velhinhoscontos erótico sou evangelicaplanta sexo chupa seio gozogorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostoso2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocontos eroticos meu vizinho me flagrou dando o cu pro meu cachorrocontos incesto engravidando a tiacontos/meu primeiro broche e fodaContos eroticos de calcinha fio dental saia rodada no coletivomeu pai me comeu contos eroticoscontos fui sedusido por uma traveste e dei pela primeira vesboquete no casado contocontos eroticos meu sogro me pegou a força