Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A NAMORADA MAIS PERFEITA DO MUNDO DANDO PRA OUTRO

Click to this video!

Namoro há a alguns anos uma mulher maravilhosa. Tem 29 anos, mas parece ter 20. Morena, 1,65m, 56kg. Mais detalhes? Ela tem cabelo longo, boca carnuda e sexy, seios de médios para grandes lindíssimos, podem ate pensar que é silicone (não é), firmes e bicudos. Coxas grossas, lindas. Uma bunda que é um tesão. Barriguinha perfeita, daquelas que dá vontade de beijar e morder logo que se vê. Ah, e bronzeada, com uma cor linda, e com marcas do sol que o biquíni faz que enlouqueceriam qualquer um que tivesse oportunidade de a ver sem roupa. Ela é isso tudo mesmo: uma máquina, uma deusa, um tesão de mulher. Poucos homens ficam indiferentes a sua presença na rua. Eu entendo todos eles, é realmente impossível não perder a cabeça por uma gostosa dessas.



Talvez por ela ser assim, tão sexy, tão gostosa, tão maravilhosa, eu comecei a sentir tesão em imaginar ela com outros homens. Nos primeiros tempos, imaginava sozinho. Depois, comecei a dividir a fantasia com ela enquanto estávamos transando. Inicialmente ela não dava bola mas, com o passar do tempo, começou a se excitar com a idéia. Fui criando coragem de colocar a fantasia em prática, e ela foi se animando cada vez mais. Eu autorizava ela a transar com outros, mas em seguida sentia medo e desautorizava. Isso aconteceu várias vezes, até um dia em que ela estava viajando a trabalho. Eu tinha a autorizado a transar com outro, mas estava arrependido e estava decidido a pedir para ela não fazer nada. Sá que, dessa vez, não deu tempo. Ela convidou um colega de trabalho que estava há semanas mostrando interesse nela para ir ao hotel onde estava hospedada. Há tempos o cara tinha deixado claro sua vontade de comê-la, e o tesão era recíproco. Era uma quinta-feira, cerca de 23:30 da noite.



Quando ele chegou, ela abriu a porta. Estava com um vestido branco de cotton colado no corpo e apenas de calcinha por baixo. Ela fica a mulher mais tesuda do mundo com esse vestido, acreditem. Sem dizer nada, ele colocou as mãos na cintura dela e a beijou. Primeiro com calma, depois o tesão começou a subir e eles começaram a se beijar com vontade. O cara beijava ela com vontade, metia a língua na boca dela e passava a mão pelo corpo dela... inicialmente na cintura, depois naquela bunda gostosa e nas coxas. Ele a puxava contra o seu corpo e esfregava a bucetinha dela na coxa dele. A essas alturas, ela já estava toda molhada, louca de tesão, totalmente louca pra ser comida. O cara agarrava ela pela bunda e pressionava o corpo dela contra ele. Em seguida, o sortudo meteu a mão por baixo do vestidinho dela e começou a agarrar aquele rabo gostoso com vontade. Ele fazia tudo isso sem parar de beijar a boca gostosa que ela tem. Em seguida ele levantou mais o vestido dela e deixou ela com a bunda totalmente de fora, deixando à mostra a bunda dela numa calcinha preta, pequeninha, maravilhosa que ela tem. Enquanto isso, a mao direita dela tentava segurar o pau do cara, que estava muito duro, por cima da calça jeans. Fez isso por mais um tempinho e acabou abrindo a calça dele e colocou o pau pra fora, agarrando-o com vontade. Ela apertava de leve e masturbava devagar o pau do cara, que estava uma pedra por ter uma mulher tão tesuda fazendo aquilo tudo com ele. Em seguida, o desgraçado afastou um pouco o corpo do dela e começou a beijar e chupar os peitões dela por cima do vestido de cotton. Como ela estava sem sutiã, os bicos logo ficaram muito entumescidos e o cara aproveitou ao máximo: chupava, mordia, lambia, beijava os peitos dela... minha namorada maravilhosa gemia baixinho, louca pra tomar um pau bem duro naquela xexeca esfomeada. Ele foi além e meteu a mão dentro da calcinha dela, nessa mesma poisição, e fez um carinho naquela bucetinha totalmente enlouquecida de tesão e molhada ao máximo.



Apás isso, ele tirou totalmente o vestido dela por cima, agarrou ela e a jogou na cama, sá de calcinha. Em seguida, abriu as pernas dela, puxou a calcinha dela e meteu a boca na buceta mais gostosa que ele já havia provado. Ele chupava com vontade, lambia tudo, as coxas, a barriguinha, os pentelhos... ela apenas gemia e se contorcia de tesão. Pouco depois, ela foi tentar se levantar, mas ele a pegou, virou ela de costas, tirou a calcinha e caiu de boca novamente, dessa vez com ela meio de quatro, totalmente aberta e entregue a ele. Ele chupou ela assim por mais um tempo, até que ele tirou totalmente sua roupa e parou em pé, ao lado da cama. Ela viu seu pau duro e não resistiu: foi até ele e começou a chupar. Lambia, beijava, batia uma punheta e metia a boca de novo, bem putinha, louca pra dar. O pau do cara era de médio para grande, mas era grosso, como ela gosta. Quando ela sentiu que ele estava no máximo da ereção, deitou, abriu as pernas e disse "vem... me come de uma vez!". Ele deitou sobre ela e começou a esfregar o pau sobre o clitáris dela. Minha namoradinha tesuda adora isso... passado uns instantes, ele pegou o pau e apontou a cabeça na entrada da bucetinha dela. Ela gemeu de tesão e de expectativa. Ele empurrou o pau um pouco pra dentro, deixando sá a cabeça dentro dela. Ela gemeu mais... ele começou a meter devagarzinho, enfiando aos poucos o caralho dentro dela... ela dizia "isso... mete assim... continua..."... até que o cara enterrou todo o pau nela, até o corpo dele encostar totalmente no dela. "Me come agora!" disse ela. Prontamente ele começou a meter o pau nela... metia e tirava quase tudo, deixando apenas a cabeçona lá dentro. Metia com vontade, com força, com tesão... ela gemia, gritava, pedia mais. Ela sá queria era dar, ser fodida, ser comida como uma cadelinha de rua no cio. Quando ele diminuiu um pouco o ritmo, ela afastou ele e tirou o pau dele de dentro dela. Em seguida ela fez ele deitar, segurou o pau dele, masturbou um pouco e sentou em cima dele. Quando o pau entrou, ela deu uma gemida longa... daquelas de quem está sentindo muito prazer. Em seguida ela se projetou pra frente e começou a rebolar no pau do cara... rebolava e pressionava a buceta contra o cara. O filho da puta agarrava ela pelas coxas, pela bunda, pelas ancas e metia pra valer... pra completar, chupava os peitos de sonho que ela tem com vontade, com fúria. Continuaram assim por uns minutos, até que o cara disse "vou gozar, vou encher tua buceta de porra, sua putinha gostosa". Ela ficou mais pirada de tesão ainda e começou a pressionar sua buceta e seu clitáris contra o cara... ele gemeu mais forte e gozou dentro da buceta da gostosa da minha namorada. Ela adora isso e continuou a pular e a rebolar no pau dele até gozar... gozou muito, gemeu, gritou, fez um escândalo. Quando ela saiu de cima dele, a porra escorria pra fora da sua bucetinha. Ele não demorou muito e foi embora, deixando a minha putinha sozinha. Ela então levantou da cama, tomou um banho e dormiu.



Não foi fácil suportar tudo isso. Ela me contou dias depois, quando voltou de viagem. Quase morri do coração, mas o tesão que eu senti ao mesmo tempo foi o maior da minha vida. Não aconselho ninguém a liberar sua namorada assim, tem que ser muito forte para aguentar. Mas que dá muito tesão, isso dá. Agora não sei se libero ela para continuar essa vida de crimes ou se corto as asinhas dela. Não sei mesmo! É um tesão enorme, mas o preço é igualmente alto.



Se quiserem comentar, me xingar, me dar uma força, meu e-mail está abaixo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ainda novinha chutavam meus peitinhosbelas picas brancas rosinha gozando gaysporno comtos corno vendo cu da mulher depois que negao aromboucontos eroticos gay dei meu cu desde oito anos de idade e sou gayquero ver ofilme porno o pai dando carinho para filha nosofa para foder elaconvenci meu pai a levar me com ele ao clube de swingers conto eroticosucos ontem pego comendo o cu a buceta bem gostosoacademia eroticavideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfcruzando o cu fechadinhocontos metendo na tiacontos eróticos meu cuzinhoContos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartopotranca de mini saia fodendoConto as primas na roçacomi um a menina de 14 contona casa de swing recife contoconto erotico gay cuzinho rosinha tapas socacontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2Nerdes gay contos eroticosConto comendo a gorda casadacomigo véi da irmã da minha mulher contos eróticoscontos eroticos aposta na escolaver contos porno anal no onibos de escurcaocontos eroticos na praia meu sogro me comeucontos gemi grita olha corninhocontos eroticos colocar o plug no banheiro da lanchonetecontos eróticos de cunhadas e subrinhascontos de cúconto ertico lambendo buceta ela gem mtoconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camafilme com historia de erotico de tiozinho taradaoo sobrinho contosprima perguntou se eu era virgemminha filhacontos tava dormindo e eu comi elaContos de putas fogosas co.tados por mulheresmorena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras deliciavideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladawww.rabudasnapraia comcontos eroticos maduras eu e minha amiga gostamos daquela piça pretacasadas que postam fotos de itanhaembrincadeira de lutar comi o viadinho. contosEu e meu macho padrasto"me enraba" cornoconto eroticos com fotos menino de dezeseis anos chupando peito da irmã de vinte anoscontos eroticos dos leitores comeu meu cu boceta a forcacontos eroticos espiritocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html Casa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadacontos eróticos vi meu vizinho transandocontos trepei vizinha velha e casada que da a bucetadoutor esporreando muito no travedticontos de comi o cuzinho da irmã na banheiracontos de lesbicas incestuisasestuprado pelo pai na infancia gay contocontos meu filho dotado me acoxofodiesposaconto eróticos dei para meu sobrinhocontos erótico com enfermeiracontos eroticos peguei minha namorada com outro e participei chupandocontos enrabado na saunaContos era feio mas tinha um pênis descomunalcontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anospassivosrj sexoconto erotico bundinha de garotoContos eroticos meu sogroesposametenocomoutroonto de encesto fui pega minha filinha no precontos eroticos esposas arrependidashomem gritado de dor porno abertando suas bolasmulher crente traindo o marido conto eróticocontos feminino vacilei e me entreguei