Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FÉRIAS NA PRAIA EM FAMÍLIA

Click to Download this video!

Olá a todos, o que vou relatar aqui aconteceu no último verão quando meus pais alugaram uma casa em Cabo Frio que fica na região dos lagos, litoral do Estado do Rio de Janeiro. Como era uma casa grande foi dividida para minha família (que é formada pelo meu pai 48 anos, moreno alto e muito conservador, minha mãe 46 anos branca, baixa, muito bem conservada pelos anos de academia e bem pra frente, tanto que colocou silicone nos seios e na bunda, o que deixou meu pai bem contrariado resultando quase em divárcio, e eu que tenho 21 anos, tenho corpo atlético pois gosto de malhar, alto muito tímido e estava meio frustrado pois não comia ninguém há meses.) e pelo restante da família do meu pai (minha tia S. irmã do meu pai, 44 anos uma morena maravilhosa com uma cintura bem pequena e bunda linda que cresci sonhando com ela e batendo várias punhetas em sua homenagem, meu tio G. marido dela 47 anos, famoso por ter varias amantes mas nunca ser descoberto, meu primo C. de 19 anos, somos quase como irmãos, é o tarado da família e punheteiro de plantão, sempre que pode procura se aproveitar das tias e primas, nem sua mãe escapa das constantes encoxadas. Minha outra tia E. também irmã do meu pai 39 anos divorciada e professora de educação física, uma morena malhada e muito gostosa mãe de duas filhas A. de 19 anos linda de rosto porem muito magrinha e recatada é totalmente diferente da mãe não possuindo nenhum dote físico e G. de 19 anos, essa sim muito safadinha e gostosa sendo alvo incansável das investidas do meu primo C. mas sempre se insinuando pra mim que não tenho coragem de fazer nada.).

Com essa temporada na praia meus pais esperavam retomar o bom relacionamento já que estavam com o casamento em crise desde que minha mãe resolveu fazer a cirurgia para ficar com tudo em cima. Depois da cirurgia, as brigas ficaram frequentes pois meu pai não acompanhava minha mãe pra nada e isso a deixava muito chateada. Certa vez ouvi minha mãe querendo levar meu pai a uma casa de swing e ele quase morreu, ficaram sem se falar por semanas.Com meus tios não era diferente, as muitas suspeitas de minha tia e as escapadas do meu tio tornaram o casamento deles um martírio.

Chegamos em Cabo Frio uma sexta feira à tarde inicio de dezembro, arrumamos as coisas na casa de 3 quartos que ficariam para meus pais, meus tios e o ultimo para minha tia E. e minhas primas, sobrando a sala para meu primo e eu.Passamos um final de semana muito tranquilo passeamos e aproveitamos a cidade. Na segunda meus primos e eu voltamos para o Rio juntamente com meu pai e meu tio para o término das aulas na faculdade e meu pai e tio para o trabalho.Retornamos na sexta de noite já para ficar de vez e encontrei minha mãe e tias super bronzeadas e estranhamente contentes. No sábado de manha fomos todos a praia e não pude deixar de reparar nos minúsculos biquínis que minha mãe e tias usavam, menores que os biquínis das minhas primas que eram bem pequenos. Meu primo em êxtase sá apontava e dizia que ficaria maluco de estar com tanta mulher bonita e sempre que podia estava se aproveitando delas o que me mata de inveja e raiva pois não tenho a coragem que o miserável tem. Realmente estavam gostosas demais, e eu não estava mais aguentando ficar sá olhando chamei meu primo para uma caminhada e perguntei como ele conseguia se aproveitar de todas elas sem ficar preocupado ou com medo de uma bronca e como eu fazia pra ter a cara de pau que ele tem, e ele me disse que era sá fazer e pronto uma passada de mão ou encoxada não tem problema, elas não se importam e além do mais estamos na idade de fazer isso mesmo, e ainda me disse para parar de palhaçada e comer a G. logo antes que outro venha e coma. Sá ri e voltamos mas continuei sem coragem sá babando pela minha mãe e tias.

Retornamos para casa e ficamos por lá até de noite quando iríamos sair, meu pai e tio logo se enturmaram com o pessoal da rua e foram jogar buraco na casa de um vizinho, já minha mãe e tias estranhamente resolveram sair sozinhas dizendo que iam dar uma volta.Com isso meu primo e eu deixamos nossas primas em casa e fomos andar de bicicleta pela vizinhança e conversar um pouco mais em como se aproveitar das mulheres da casa e de onde eu tiraria coragem para comer minha prima G., quando nos deparamos com uma situação que mudaria nossas vidas. Passando por um quiosque na beira da praia vimos a mãe dele sentada no colo de um cara toda sorridente, minha mãe aos beijos com outro rapaz juntamente com minha outra tia, não acreditei no que vi e meu primo simplesmente ficou parado olhando a cena, queria ir lá e falar um monte de besteira pra elas mas meu primo me impediu e mandava eu ter calma.Onde eu via sacanagem ele via uma oportunidade única, COMER NOSSAS MÃES E TIAS. Pelo jeito elas estão vindo aqui todos os dias,vamos pensar primeiro e depois fazemos algo, você não queria se aproveitar delas então essa vai ser nossa chance, você não quer ter minha cara de pau?? Você vai começar hoje e vai começar comendo a G., vamos embora que eu vou levar a A. pra dar uma volta e você ataca ela.Essas vão ser as melhores férias da nossa vida.Falar o que... ele era meu herái não tinha visto a situação por esse lado, e toda aquela safadeza me deu força pra encarar a gostosa da G.

Chegamos em casa e as duas estavam vendo TV, minha prima estava com uma saia bem curtinha que mostrava suas pernas definidas e bronzeadas e uma blusinha bem pequena enquanto sua irmã estava de vestido.Entrei e fui direto ao banheiro para tentar me acalmar um pouco quando voltei meu primo já tinha levado A. (não sei como ele consegue) sentei ao lado de G. que na mesma hora deitou e colocou suas pernas em cima de mim me deixando maluco e sem saber o que fazer, meu pau estava latejando de tão duro e ela com as pernas bem encostadas nele.Fiquei imável e ela percebendo que eu não faria nenhum movimento se sentou e me deu um beijo enquanto abaixava minha bermuda, tomei coragem e comecei a alisar todo o corpo dela enquanto nos beijávamos alucinadamente.Com meu pau fora da calça G. começou uma mamada que me deixou com as pernas bambas.Chupava e lambia meu pau e saco, e enquanto eu alisava sua buceta me olhou com uma cara de safada e pediu que eu a comesse.Coloquei-a deitada e chupei sua xaninha que estava muito molhada, não aguentava mais de tanto tesão e comecei a socar com força fazendo ela gemer e pedir mais, sentou em meu colo e pude apertar sua bunda enquanto cavalgava em minha pica.Estava desesperado para gozar, e pedi que ela parasse pois não aguentaria segurar por muito tempo.G. vendo meu maravilhoso sofrimento falou que iria deixar eu gozar com a condição de repetir a dose mais tarde, concordei na hora e apás mais algumas reboladas em minha pica, se ajoelhou bem na minha frente e me chupou até que eu gozasse em toda sua cara. Nos limpamos e saímos para encontrar nossos primos, quando voltamos as safadas lá de casa já tinham chegado como se nada tivesse acontecido. Meu primo e eu estávamos radiantes com a possibilidade de comer as mulheres mais gostosas que já sonhamos em comer.Os práximos dias prometiam.

Continua....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de quata feira de cinzana hora do horgazmo gozandofunkeira gemendo eqc cmorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemcontos eroticos minha mulher na saunacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos casada na excursãohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAPeituda da sala conto erpyicocontos eroticos com vizinhas casadasComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)contos eroticos comendo o cuzinho da minha esposaconto mandei fazer fila pra mim chuparjapa enfia o dedo no seu cu virgemcunhada casada e timida linda contoscasadasna zoofiiliamknha tia pediu pra passar protetor solar contos contos errotico relatos feito pr hmems tirando a vigindade na maraSequestri e estruprei conto eroticomeu coninho deixou nosso filho mim fode gostoso contocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaminha vozinha tava chifrando meu avo com o mendigo contoSou gay e tranzei com um travest contos eroticoPornodoido passistasconto erotico meu pai me fudeuporra minha secretária tem a bunda deliciaContos eroticoss adoro trepar sem camisinhade verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seioscontos erotico chantageada no metroirma feiz sexo comigo eu gozei na boca delacontos eroticos meu tio meu amante casa de vovocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaprato negra castigando a empregadafeias contoscontos Eroticos com Robertacontos eróticos coni minha filha e seu amigo gaycontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos minha nora cuidando de mimFoderam gente contos tennsconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosogozando dentro do tamanco contosconto erotico eu e minha sobrinha de menor no matinhocontos eroticos tia do amigoconto chupando a coroacomemdo a lorinha virgemContos dei para meu filho roludoconto ertico lambendo buceta ela gem mtoPor causa da zoofilia virei escrava 3Conto Erótico ninfeta Fio Dentalconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendigocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto porno puta suja de estradacontos eroticos como menino de oito anos da minha ruanovinho sofrendo na rola do pai bebado contos gaygostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladaminha mulher de fio dental num posto de gasolina eu confessomeninas curiosas sentado no colinho contos eróticosvidio negao fes travesti loirinha urra com baita pau ate o talo no cuzimcontos eroticos no onibus coroa passando a mao no meu pauconto sou esposa de um viadinhocontos eroticos no onibus coroa passando a mao no meu paucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos família de naturista filho fica de p******* em casaconto erotico punhetinha na praiacontos eroticos comendo a helena empregadaprofessor de artes marciais me fudeu contos gaycasada queria muito o pauzao do velho contosele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetaconto erotico sofreu no anal com outroencontrar vídeo de sexo amador com mulheres gordinhas do Arraial do Cabo viciadas em analcontos eroticos de professorascontos eroticos comendo cu da mamae a mando do papaiirmao com ciumes contos eroticosconto erotico com um vendedor coroa maduroContos eroticos mulher cuzeiracontos eeoticos co mm i a maconheiraContos eroticos meu atolou a vara em mimContos namorada e o velho