Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ARROMBADO PELO SOGRO

Click to Download this video!

Célia e eu já namorávamos à algum tempo quando fui apresentado à sua família. Depois disso comecei a ir à sua casa com bastante frequência, seu pai era um espanhol de estatura mediana, mas era bem forte, usava rabo de cavalo, tinha um grande bigode e tinha fama de ser mulherengo. Uma tia de Célia tinha feito uma cirurgia e minha futura sogra decidiu que iria visitar a irmã e ela resolveu acompanhá-la, ficariam fora por três dias. Como elas viajariam pela manhã, eu passei por lá apás o trabalho, para me despedir delas. Quando eu estava me despedindo para ir embora, sua mãe me disse que eu poderia dormir em sua casa durante esses dias e assim faria companhia para o seo Pépe, como era conhecido seu marido, eu disse que sim. Na noite seguinte fui para a casa do seo Pépe preparado para dormir lá, ele me recebeu como sempre, tomamos uma cerveja e assistíamos TV quando o telefone tocou, era minha sogra ligando para ver se tudo estava bem, ele conversou um pouco e me passou o telefone para falar com Célia, enquanto falava com ela vi quando ele entrou no banheiro, pois a porta dava bem de frente ao corredor onde ficava o telefone, deixou a porta aberta e começou a mijar. De onde eu estava fiquei pensando “nossa, como é grande a rola do meu sogro”, chacoalhou e continuou segurando o pau por mais um instante, depois lentamente começou a guardá-lo e eu observando tudo enquanto falava ao telefone. Mais tarde um pouco, depois de mais uma cerveja fui ao banheiro, ele entrou logo atrás e disse que como era sá prá mijar cabiam dois, ele ficou do meu lado e tirou aquela jéba enorme e ficou ali, sem mijar, sá com o pau de fora. Foi quando senti sua mão na minha bunda, no momento fiquei um pouco constrangido, mas olhando para sua rola e sentindo sua mão alisando minha bunda, comecei a sentir tesão, seu pau começou a ficar duro e ficou enorme, sem nenhum pudor segurei aquele mastro que pulsava na minha mão e ele cutucava meu cuzinho por cima da calça. Abaixei e meti a boca naquela rola deliciosa, ele segurou minha cabeça e começou a meter na minha boca,bem fundo e com força, meu pau estava quase explodindo, quando ele me puxou para o quarto e começamos a tirar a roupa, ele me empurrou para a cama e me virou de bruços, deitou em cima de mim e começou a enfiar a língua na minha orelha, enquanto sua rola quente roçava na minha bunda. Foi então que senti que ele cuspiu na mão e passou a saliva no meu cuzinho e pincelou meu rego com a sua pica, senti aquela cabeça enorme na entrada do meu cu e sem nenhuma preparação anterior começou a forçar, tentei dizer algo mas ele não me ouviu e continuou forçando até que começou a entrar a cabeça, meu cu começou a arder, de repente ele colocou as duas mãos por baixo dos meus braços, segurando meus ombros, me apertou e socou a rola todinha de uma vez no meu rabo, meu grito foi grande e a dor era a pior do mundo, comecei a me debater e ele me segurava com força e enterrava a rola mais fundo, gemia e seu tesão aumentava mais quando eu tentava sair debaixo dele, então ele começou a meter, enfiava e tirava, socava a rola até o fundo do meu cu e tirava quase toda prá fora, depois enfiava de novo, eu agora estava dominado e meu cu já não doía tanto, então comecei a curtir aquela fáda e era delicioso, sentir o macho me dominando quase que a força, eu sentia sua respiração ofegante na minha nuca me dando um prazer enorme, então comecei a mexer minha bunda e isso deixava ele louco e ele metia com mais vontade até com uma certa violência que eu ouvia o barulho da sua rola entrando e saindo do meu cu. Entre prazer e dor eu gozei e ele continuou metendo, arregaçando cada vez mais o meu cu, ele não gozava nunca e socava a rola, eu gemia e ele urrava, até que começou a gozar dentro do meu cu, seu pau pulava dentro de mim e quanto mais gozava mais apertava aquela tora no meu rabo. Depois continuou em cima de mim por um longo com sua rola ainda enfiada no meu cu, soltou todo o seu peso em cima de mim e fungava no meu pescoço, me senti como se tivesse sido fodido por um animal feroz. Quando saiu de cima de mim seu pau já estava totalmente mole e eu senti a porra quente saindo do meu cu e escorrendo no meu saco. Tomamos um banho e dormimos juntos na mesma cama. Apesar de ter sido dolorida aquela até então foi a melhor fáda da minha vida, foi delicioso ser totalmente envolvido por um macho. O que houve depois eu conto em outra oportunidade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto eu meu marido e nosso melhor amigovelhas gordas de 90kg nuasconto peguei meu irmao assistindo filme pornoMamaes boqueteiras contoseroticoscontos eroticos.urulogistapornotrasandocomatiarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasconto erotico cachorro lambe paucorno gemendo cu contocontos podolatria irmadeixo penetrar sem camisinhacasado contos eróticoscunhado fagendo sexo com cunhada noivinha gostosaaiaiai vou goza no kct do meu paicontos eroticos de enteadashantai filinha patendo punheta pro pai safadacontos orgia com maeContos eróticos de gay comi o filho do amigo do meu paiminha mulher adora ser brechadaa minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticosContos eroticos comeco na infanciacoroa pede gisa pra mim safadocontos de cú por medocontos eróticos por categoriacasas dos contos Eróticos Genros Mais lidoswww.goroa nis Sogra fudendogordinho cagando na vara conto eroticosconto erotico estudandodona florinda putacontos porno os amigos de papai fuderam mamaecasetes longo machuca a xoxota da mulher pornocontos eroticos pastor safadocontos de estupro na praiaContos erotikos adora da meu cuzinho pro meu vizinho negaocontos porno na praçacontos pornos irmas naturistasContos zoofila comi mia professoramanuela pedreiro contos eroticoscontos eroticos gays dormindo de conchinhacunhada timidacontoscontos eroticos mulher do pedagiorelato da tia grávida transando com sobrinhomulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulconto erotico gosto de vestir shortinho de lycra que deixa minha buceta grandeconto esposa tiorelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos eróticos abusada virgemconto erotico tarado come o viadinho de calcinha a forçafiz troca troca com minha mae bundudaEvangelicas iniciantes contosEnchi ela de porra contosa primeira vez com homem casadocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html ninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojowww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhaproctologista me comeu gaydepois de dar pro ricardao dei pro meu marido contoContos eroticos comendo cu da madrasta e da meia irmaПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.rucontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhoirmãozinhos safadinhos fazebdo safadesaxvidio minha irmã sozinhofudeno com duas gostoda e cozamo na caraConto de machos arregacando os buracos da putaputa feia trai corno na lua de melZoofilia contos menininha chega do colégio animaisMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoesposa se deliciando com pau 30centimetros na frente maridoContos Comendo A filha da amigaescandalosa enrabada contoscontos eróticos gay sendo putinha na minha casacasada relutante cedeu desconhecidoconto erotico emprestando a noivaconto de chorei com a pica grande de um negao no meu cu virgemcontos de lambidas gostosaamostendo bucetasconto erotico gay estuprado estupradorgostosa e muito branca maz mete muito