Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ARROMBADO PELO SOGRO

Click to Download this video!

Célia e eu já namorávamos à algum tempo quando fui apresentado à sua família. Depois disso comecei a ir à sua casa com bastante frequência, seu pai era um espanhol de estatura mediana, mas era bem forte, usava rabo de cavalo, tinha um grande bigode e tinha fama de ser mulherengo. Uma tia de Célia tinha feito uma cirurgia e minha futura sogra decidiu que iria visitar a irmã e ela resolveu acompanhá-la, ficariam fora por três dias. Como elas viajariam pela manhã, eu passei por lá apás o trabalho, para me despedir delas. Quando eu estava me despedindo para ir embora, sua mãe me disse que eu poderia dormir em sua casa durante esses dias e assim faria companhia para o seo Pépe, como era conhecido seu marido, eu disse que sim. Na noite seguinte fui para a casa do seo Pépe preparado para dormir lá, ele me recebeu como sempre, tomamos uma cerveja e assistíamos TV quando o telefone tocou, era minha sogra ligando para ver se tudo estava bem, ele conversou um pouco e me passou o telefone para falar com Célia, enquanto falava com ela vi quando ele entrou no banheiro, pois a porta dava bem de frente ao corredor onde ficava o telefone, deixou a porta aberta e começou a mijar. De onde eu estava fiquei pensando “nossa, como é grande a rola do meu sogro”, chacoalhou e continuou segurando o pau por mais um instante, depois lentamente começou a guardá-lo e eu observando tudo enquanto falava ao telefone. Mais tarde um pouco, depois de mais uma cerveja fui ao banheiro, ele entrou logo atrás e disse que como era sá prá mijar cabiam dois, ele ficou do meu lado e tirou aquela jéba enorme e ficou ali, sem mijar, sá com o pau de fora. Foi quando senti sua mão na minha bunda, no momento fiquei um pouco constrangido, mas olhando para sua rola e sentindo sua mão alisando minha bunda, comecei a sentir tesão, seu pau começou a ficar duro e ficou enorme, sem nenhum pudor segurei aquele mastro que pulsava na minha mão e ele cutucava meu cuzinho por cima da calça. Abaixei e meti a boca naquela rola deliciosa, ele segurou minha cabeça e começou a meter na minha boca,bem fundo e com força, meu pau estava quase explodindo, quando ele me puxou para o quarto e começamos a tirar a roupa, ele me empurrou para a cama e me virou de bruços, deitou em cima de mim e começou a enfiar a língua na minha orelha, enquanto sua rola quente roçava na minha bunda. Foi então que senti que ele cuspiu na mão e passou a saliva no meu cuzinho e pincelou meu rego com a sua pica, senti aquela cabeça enorme na entrada do meu cu e sem nenhuma preparação anterior começou a forçar, tentei dizer algo mas ele não me ouviu e continuou forçando até que começou a entrar a cabeça, meu cu começou a arder, de repente ele colocou as duas mãos por baixo dos meus braços, segurando meus ombros, me apertou e socou a rola todinha de uma vez no meu rabo, meu grito foi grande e a dor era a pior do mundo, comecei a me debater e ele me segurava com força e enterrava a rola mais fundo, gemia e seu tesão aumentava mais quando eu tentava sair debaixo dele, então ele começou a meter, enfiava e tirava, socava a rola até o fundo do meu cu e tirava quase toda prá fora, depois enfiava de novo, eu agora estava dominado e meu cu já não doía tanto, então comecei a curtir aquela fáda e era delicioso, sentir o macho me dominando quase que a força, eu sentia sua respiração ofegante na minha nuca me dando um prazer enorme, então comecei a mexer minha bunda e isso deixava ele louco e ele metia com mais vontade até com uma certa violência que eu ouvia o barulho da sua rola entrando e saindo do meu cu. Entre prazer e dor eu gozei e ele continuou metendo, arregaçando cada vez mais o meu cu, ele não gozava nunca e socava a rola, eu gemia e ele urrava, até que começou a gozar dentro do meu cu, seu pau pulava dentro de mim e quanto mais gozava mais apertava aquela tora no meu rabo. Depois continuou em cima de mim por um longo com sua rola ainda enfiada no meu cu, soltou todo o seu peso em cima de mim e fungava no meu pescoço, me senti como se tivesse sido fodido por um animal feroz. Quando saiu de cima de mim seu pau já estava totalmente mole e eu senti a porra quente saindo do meu cu e escorrendo no meu saco. Tomamos um banho e dormimos juntos na mesma cama. Apesar de ter sido dolorida aquela até então foi a melhor fáda da minha vida, foi delicioso ser totalmente envolvido por um macho. O que houve depois eu conto em outra oportunidade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos viajando com mamaearegasando a b da nconto erotico voce vai sentar na minha picaContos minha nora enfiou o vibrador no meu cucontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocontos eroticos acampamento pirenopoliscontos eróticoi enfie o dedo na inocente no ônibus anal incestocontos traidoracontos eroticos banhndo com meu papaiConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraIniciando uma virgem contos eroticoscontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidacontos cuidando da minha irma casadaconto erotico masculino mamando um desxonhecidoscoroas defloração relatocontos eroticos cegocontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anocontos gay cunhado dotado negro bebadocontos meus dois amantesconto emrabada casada nao pelo marido sim p amantehestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornoAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhacontos de coroa com novinhomulher que faz o c**** submisso contos eróticosconto erotico mae ensinando Foderam gente contos tennswww.vidasemrodeio.com.brcontos erótico eu de dhorte sem cuecacontos recentes incestos encoxados segredos flagradosjanaina vem senta na picacontoerotico.. caminhando com o marido no ibirapueraele domindo eu calvagando no pau deli contoporno mamei tanto o peitinho q inchouo desejo de minha mae e tia ter 26 8m no cu contos eroticosmeu sobrinho e eu no carro.ctosFoderam gente contos tennscontos eroticos tio e sobrinhamuito tempo sem mamar no paucontos erotticos gay 9 aninhosfazendo gozar mulher casada darlene contosConto erótico sendo abusada por velhovideo porno mulher dando primeira vez na frente do marido casa de cuingue curitibameu filho me encoxaram a noite bunduda,Sou casada fodida contomurhler.abusada.estrupradotenns gemeno e gritanoContos eróticos Gay, Dei o cu pro vizinho no terreno baldioconto gay viciei na rola do negÃoContos eróticos de viados que berraram nas rolasputa que mora no bairro portãoContos eroticos com animaiscontos eroticos sogra de 65anosmeu tio nem eu ter pelo na buceta e arregaçou elaconto de fudendo cu da menina jessicanegao e o seu caralhoconto erótico gay acordando com carinhosocontos eroticos meu amigo nos embebedo para comer minnha esposavideo de cunhadoxcunhadacontos eróticos praia de nudismo dois idosos gays fudendo contoscontos eroticos irmacontos eróticos pastorsou amante do bundao da minha maeContos eroticos de podolatria com fotos desejando tira as meias dos pes de primas pra chuparamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/eleContos eróticos comendo uma travestir lindaConto mana onibusMe comeram ao lado do meu namoradoconto ele me comeu a força meu noivo bebadocontos eroticos comi a tiazinha do condominiomulhe raspado buceta deichado no meioComo posso acaricialo com tesao