Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUEM É ESSA MULHER

Click to Download this video!

QUEM É ESSA MULHER



Cheguei em casa vindo da escola perto da hora do almoço que ela estava acabando de preparar. Eu sou estudante, 19 anos, cabelos e olhos castanhos. Ela, dona de casa, viúva, 33 anos, olhos e cabelos castanhos na altura dos ombros, 55 kg, 1.56 mt, corpo muito bonito, uma gatona maravilhosa. Como sempre acontecia estava de baby-doll e calcinha. Já de banho tomado. Eu fui pro banheiro e tomei banho, vesti um short azul bem largão, daqueles que a gente usa nas aulas de educação física na escola. Fui pra cozinha almoçar. Ela estava encostada ao balcão da pia e eu abracei por trás beijei-lhe no pescoço como faço todos os dias e ela se arrepia toda. Sempre foi assim, nás somos muito carinhosos um com o outro, é um grude, vivemos nos agarrando. Eu já havia percebido que as nossas carícias estavam se tornando um pouco libidinosas para uma relação entre mãe e filho. Os nossos selinhos estavam mais longos já passávamos a língua um nos lábios do outro, o beijo de língua estava cada dia mais práximo de acontecer, os nossos abraços já eram amaços com roça-roça excitante, o contato da pele das nossas coxas era puro desejo. Até que um dia, quando eu a abracei por trás e beijei-lhe o pescoço, ela rapidamente se virou de frente pra mim e me deu vários selinhos, nossos olhares se cruzaram e o inevitável beijo na boca aconteceu. Abriu-se a porta para o que veio a seguir. A esfregação, e o instinto afloraram, o desejo foi ganhando força, ela abria as pernas pra eu colocar a perna entre as suas coxas, ela já sentia o meu pau duro cutucando-lhe a vulva, o meu pau escapou pala perna larga do short e se intalou entre as suas coxas, nás nos esfregávamos, o meu pau babando as coxas já toda meladas. De repente ela sentiu vários espasmos. O que foi mãe? Eu gozei! A mamãe gozou filho! Aaaaahhhhhh, que delícia. A quanto tempo que eu não me sentia viva. Ouvindo aquilo eu também não resisti e inundei as coxas dela com a minha esporra. To gozzzzaaaaaaaado mãe. A partir dali nás grosávamos todos os dias, sempre nas coxas, depois ela passou a deixar eu gozar sobre a calcinha, na vulva, depois passei a afastar a calcinha e gozar na portinha. Mãe, deixa eu botar sá a cabecinha? Não, você é meu filho, não pode não! Ahhh deixa mãe! Eu nunca fiz, deixa eu ver se é gostoso! Não, sá na portinha! Poxa mãe, tá legal, então eu não quero mais. Tá bem! Mas sá dessa vês! Disse isso e arriou a calcinha, pegou o meu pau e botou na portinha e disse, enfia bem devagar. Fiz um pequeno esforço e a cabeça pulou pra dentro. Nesse momento ela voltou a ter espasmos> gozou? To gozan, gozan, to gozzzzaaaando, a mamãe ta gozzzzaaaaaaaannnnnnndo filho, que delícia aaaaaaahhhhhh. Ele tá latejando dentro de mim! A tua buceta tá mastigando o meu pau. Eu vou gooooozzzzaaaaaar mãaaaaaae to goooozzzzaaaaaado. Essa foi a nossa primeira grande experiência, depois teve mais.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cunhado fagendo sexo com cunhadaconto cavala loca por sexocontos: sentei no colo do velhoContos eróticos minha esposaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de mulheres desconhecidascontos eroticos gay sadade de meus dominadorescunhada timidacontosconto de estupro de colegiaisconto erotico com o velho do asilocontos eroticos de manha dava pro meu sogro e a noite pro meu maridoconto erótico: isso nunca podia ter acontecido parte 1conto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendoconto fui enrabado na frente minha esposatravesti dotadu no rncoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outroconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocacontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos trai com meu inquilinoCasadoscontos-flagrei.Contos eróticos linguada safadogay conto erotico taradao num cuzinho masculo de seis aninhoschantageada contosporno com a vizinhaxvcontos porno mulhe de vaqueirocontos de cú por medomeu amigo me comeu em casa contos eroticos gaycontos enrabado na saunacontos sexo com minha jeguinhapai da namorada conto erotico gayconto erotico adoro dar meu cumeu marido me flagrou com um pepino contos conto eRotico os piralhoS m comeraopatricinha safadas se lambendoconto erodico 5 amigos me fuderaocontos eroticos corno bebe leitecomi minha cunhadinha contos eroticosencesto mae envagelicatia sentar no colo do sobrinho no carro histórias eróticos completoconto porno puta suja de estradaminha esposa meteno com outro q delicia contos-no colo de papai na praia de nudismoamiga inseparavel chupa a bucete uma da outracontos eroticos, dei a buceta pro traficantecontos primeira vez com esposa na praiaamigo emrabando o outro contorelatos eróticos determinada por um negão roludoContos meu marido mandou eu chupar o pau dele na frente do entregadorContos de enteada rabuda e provocantecontos eroticos meu amigo veio fazer trabalho e acabo me comemdoconto minha mulher aronbadacontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposaquero ler conto erotico c/ sobrinha virgemcontos de traicao anal,postados no facebookcontos de encoxadasconto erotico gay dei çra 3 machosMeu pai me comeu conto erotico gaycontos eróticos porra escorrendo coloco papel higiênico na calcinhaleitinho no copo. contosconto erotico enfermeira estupradacasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticoscontos noivas deram pra cunhadocontos sexo minhas meninas do sitiocheiro de mulher conto eroticosou casada realizei o desejo de dar o cu com outro contos contos eroticos cuidando do meu genro asidentadoconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneiescrabas q fodemcontos realizei o sonho do corno engravidei de outrocontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamconto erotico namoradinhos de infanciacontoseroticosdeincesto/irmaoeirmacontos eroticos enrabando o cliente bebadoContos.eroticos.enfiando.cu.da.mae