Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O SEGURANÇA

Click to this video!

Meu pai foi vitima de um assalto, e os assaltantes ameaçaram que voltariam a assaltar nossa família se ele não desse uma certa quantia em dinheiro, então meu pai colocou um segurança em nossa casa que quando eu ou minha mãe precisávamos sair tínhamos que sair com ele, foi ai que conheci o claudio um negro de um metro e oitenta musculoso e careca, pois o mesmo raspava a cabeça.



Nos primeiros dias ele mim levava no colégio e trazia de volta ate ai tudo bem, mas com o tempo foi tendo sonhos eráticos com ele onde mim via trasando com o mesmo eu branquinha e baixinha com um homem daquele, mas um dia minha mãe falou íamos passar o fim de semana na praia mas falei que tinha prova no colégio no sábado e tinha jogo do time de vôlei no domingo, ela perguntou se podia ficar sá e eu falei que sim, então ela avisou que o claudio o segurança ia ficar na casa pra fazer a segurança e eu sá sairia com ele. Falei tudo bem.

Na sexta a tarde meu pai e minha mãe foram a praia, a noite jantei e chamei o claudio para jantar comigo, conversamos amenidades e as dez fui dormir, mas não conseguia pois sá pensava naquele homem ali e eu com o tensão nas alturas, a meia noite como não conseguia dormi fui tomar um banho de piscina e resolvi tomar banho pelada pois já estava acostumada a tomar banho assim quando estava sá. Um pouco depois que entrei na piscina e olho de lado estava o claudio em pé na borda da piscina olhando para mim com a cara bem seria, foi ai que notei que ele estava com tensão em mim pois tinha se formado um grande pacote na frente de sua calça de moleton, então perguntei - aconteceu alguma coisa claudio? E ele falou - não e que ouvi barulho aqui na piscina e vim ver o quer que estava acontecendo aqui.



Neste momento já não me controlando mais de tesão saí da piscina e fui em sua direção pelada do jeito que estava e falei - é que eu gosto de tomar banho de noite sozinha, mas já que está aqui poderia me acompanhar.

Chegando em sua frente coloquei as mãos em volta do seu pescoço, me pendurei com as pernas em volta de sua cintura e dei o maior beijo que já dei em um homem. Ele me segurou com as mãos por baixo da minha bunda e depois foi esfregando aquele volume que mais parecia um cacete dentro da calça, soltei seu pescoço e fiquei de joelho em sua frente e fui baixando sua calça, quando passou do joelho que olhei para cima foi que vi aquela madeira preta e cheia de veias, fiquei admirando por alguns segundos e depois peguei com as duas mãos e ainda sobrava, comecei a chupar aquilo que mais parecia uma barra de chocolate, sá que muito mais gostoso. Quanto mais eu chupava mais ele ficava descontrolado e vi que o pau dele começou a inchar, foi ai que veio uma chuva de esperma, tentei engolir mais os jatos eram tão fortes que eu engolia um pouco e sobrava dois tantos do que eu engolia. Ele vendo eu engasgando com tanta porra tirou o pau para fora de minha boca e começou a se masturbar na minha cara, gozando mais uns cinco jatos de porra na minha cara, o que mim deixou banhada de porra.



Ele me pegou nos braços e mim levou ate uma mesa que tinha em frente a piscina, colocou-me em cima da mesa, abriu minhas pernas e começou a chupar minha bucetinha eu segurava na cabeça dele que passava sua língua que mais parecia uma lixa na minha buceta eu gozava arqueando minhas ancas em direção a sua boca quando ele viu que eu tinha gozado umas duas ou três vezes, ele ficou de pé em minha frente e começou a esfregar o pau na portinha da minha buceta abrindo os lábios e forçando cada vez mais pra dentro. Eu nunca que iria aguentar um cacete daquele calibre mais como tava em um estado de gozo permanente nem senti quando ele de um única estocada meteu o cacete pra dentro até topa no meu útero ficando ainda uma boa parte daquele pau do lado de fora. Eu sá conseguia emitir alguns gemidos de gozo, então ele foi aumentando as metidas cada vez mais rápido e mais fortes até que senti como se tivessem ligado uma mangueira dentro da minha buceta e uma torrente de porra começou a sair junto com meu gozo que também já saia em grande quantidade fazendo um barulho diferente dentro de mim.



Depois sá lembro de acordar com ele no meu quarto dando banho em mim e me colocando na cama e me cobrindo com um lençol, no outro dia acordei umas dez horas pois as catorze ia jogar e ele foi me deixar no ginásio onde fomos conversando sobre o acontecido e eu falei pra ele que queria muito mais quando voltasse pra casa, e aconteceu isto e muito mais.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu irmão mandou eu deitar com eleBoqueternoContos Marido virou viado na lua de melgostosa de olho bendada e trançadaconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhaContos De maridos q empresto a esposacontos gay me montei pra eleconto gay papai gosta que chupem o pau delesobrinha de 9 contosArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outroGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhacontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolacontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgmulher escanxa no cachorro e goza gostosomulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaohomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e Adelemoreninho hetero marrento contopunhetabdo no hospitalContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cuContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossaconto minha esposa com seu primoconto erotico tentei comer o cu delaeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonadei o cu bem gostosocontos eroticos sou brocha e minha esposa arumo amantespôrno pima maveliatrai meu marido e ele ainda me chupou contoContos eroticos chupando peito casais amigoscunhadinha danadinha contosconto erotico patricinha dando pra pobreg****** na xoxota da prima beijosSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2quentes carentes cariocasestoria porno o sonho do meu marido e cornoContos porno a biscati da minha esposa tevi corajeconto erotico meu patrão i o gerente comeu minha esposacolo do velho. contocontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparconto mandei fazer fila pra mim chuparhttps://idlestates.ru/conto_29032_espiada-no-natal.htmleu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontoseróticos, chantageadaconto gay meu sobrinho virou amantepassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararRejane gosando na siriricacontos em ilhabela com minha mulhercontos minha esposa vigia a casa pra eu fuder a visinhaContos eroticos minha esposa e um meninocontos eróticos vovó safadacontos eroticos traindo marido na SalaJoão e chupando piru mesmo tempoconto uma viagem muito gostosaContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tioscontos eroticos apostei meu marido e pedircontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaoconto erotico marido bebado sogro fode noraContos heroticos esposa quer muitas picasContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos fetiches. suzane deu pro paio sobrinho contoswww.dei a buceta com dez anos contoRenato shortinho coladinho fazendo na rolacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos meu alunomeu cachorro gostoso viril zoofilia históriasO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeizoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazercasada meu patrao me comprou e arrobou meu cu virgem contos eroticosminha tia coroa crente de 57 anos contocontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladoContos eróticos tremcontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadocontos eroticos arrombada pelo empregado