Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENTES - AMOR DE MENINO

Sábado é realmente um dia perfeito para jogar bola, brincar, assistir tv, jogar video game ainda mais quando se tem 19 anos. Mas as más companhias podem fazer com que você brinque de outras coisas.

Tudo se passa num passado não muito distante. Perto de Belo Horizonte, no municipio de Vespaziano, fica o clube da AEC do qual meu pai era conselheiro e iamos quase todo final de semana. Jair um amigo do meu pai, sempre estava presente e com ele seu filho Lucas. Ná época Luquinha era assim: branquinho, olhos verdes, cabelos lisos e castanhos, quase louro, não era magro, era do tipo menino rechonchudo, mas não gordo. Seu corpo estava totalmente nos padrões de beleza que a sociedade esta acostumada. Era um menino que fazi sucesso com as meninas, era escoteiro e parecia que seu alíto era doce. Eu sempre ficava admirando seu geito de ser pois, aos 19 anos um menino ficar, dar beijinho na boca e ser o rei das meninas da AEC era como se fosse um deus para mim. Jair seu pai, possuia um rancho perto do clube, um lugar agradavél demais, ficava entre alcaliptos e a casa tinha um ar europeu. Pra falar a verdade eu não era amigo do Luquinha, mas ficavamos juntos no clube, pouco conversa. Eu era assim: branco, cabelo preto liso, olhos verdes, muitas sardas e muita gordura, eu era muito gordinho para a minha idade e era motivo de chacota de todos os meninos, acho que o Lucas sá não zuava os meus peitos grandes devido ao seu pai conhecer o meu. Sentados em uma mesa do clube, meu pai chapado e o pai do Lucas idem, começou a conversa

- O Estevão, vão ao almoçar la em casa lá pelas três

- O Jair não vai encomodar

- Nada, a Silvia não ta ai, mas não esquenta que tem um empadão de frango, que é sá esquentar no microondas e agente passa uns bifes de picanha.

Meus olhos brilharam na hora. Bife de picanha, hunnnn.

Depois do almoço, meu pai e seu Jair miando de chapados cairam na cama. Eu estava sentado na varanda olhando o nada quando o Lucas me chamou.

- Ou vão brincar?

- Claro, onde?

- Ahh vamos brincar de selva

Como falei a casa ficava no meio de uma mata de eucaliptos, pegamos umas ferrmentas de brinquedo ao estilo Rambo e fomos desvendar a mata. Depois de tanta brincadeira, como desvendadores e caçadores, começamos sem ao menos perguntar um ao outro se era aquilo que queriamos. Me lembro que a iniciativa foi dele:

- Você ja bate?

- Claro e vc?

- Também. E o seu é grande.

- Não e o seu

- O meu também não. Quer ver?

- Quero e vc quer ver também?

- Quero

O pau do Lucas era lindo, branco, muito branco e com a cabeça toda rosa, meio roxo. O meu não era muito diferente, era até maior. Ficamos nos exibindo, até que criamos coragem e começamos a esfregar um no outro, nos abraçamos e começamos a gemer, como se ja soubessemos oque sentiamos, Era muito bom. Não tiramos a roupa toda mais foi o suficiente. Deitamos nas folhas de eucalipto e como se ja soubessemos começamos a fazer um 69, relutei um pouco e deixar a cabeça do pau do Lucas tocar minha lingua e pele, mas não demorou muito. Lucas gemia, como se ja fosse experiente e eu chupava em silencio como se ainda tivesse vergonha, derrepente, senti o pau do Lucas muchar na minha boca e sua barriga contorcer e quando sua barriga esticou novamente, seu pau cresceu de uma so vez e o primeiro jato veio na minha boca. Lucas gritou Aiiiiiii - Agora é vc!!! Agora é vc!!!! E parou de me chupar e começou a bater rapido e forte com o pau de fronte a sua boca. Bateu bateu e quando ele viu que estava na hora fechou o olhos e briu a boca. Eu gozei, gozei e sá fui capaz de dizer:

- To cansado

- Eu também. Não conta tá

- Ta bom. Vc tb não.

- Seu pai deixa vc dormir aqui?

- Não sei, tem que pedir

- Sabe jogar Damas?

-Sei

- Vão la então

Nossa amizade começou mesmo foi ali. Naquela noite não dormi no sítio apesar de ter pedido. Na despedida nossos olhos se encheram de água. Queriamos mesmo ficar juntos. Sei disso. Mas essa historia não termina aqui.......

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de pai e filhapeguei meu amigo f****** as tetas da minha esposa na cozinha contos eróticosminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoconto erótico estuprada usando mini saiaContos eroticos eu meu tio e minha mulhercontos porno papai e a fama de pirocudocasa dos contos eróticos joguinhos mamãe 6homen dando cu para a gradeuconto erótico transformei meu filhinho em mocinha de calcinhaContos eróticos gay hooo isso fode meu cu fodepuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestoFui trabalhar de servente e dei meu cu contosconfesso transando com trêscutuquei a buceta da mamae contoscasa dos contos estrupada por pivetesconto erotico dei para o caminhoneiro conto heterocontos:casados virando cdcontos eróticos sobre irmã bucetudacontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos de encoxadascontos eroticos esposa exibicionista ficou curiosacontos eroticos sadomasoquismo com putastive que transar com meu aluno contosexo contos eroticos o amigo do meu marido me viu com um shortinho atolado no rego e nso resistiucontos de esposa dando pro cunhadoconto eu meu filho e meu pai cumemos minha esposa rabudairmã e amigas devassas esfregando a bunda no pau do irmãozinho dela contos eróticosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eróticos Soninha do vovô parte2contos eróticos minha avó é uma p***sacanas.de.minhas.cunhadasContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhosporno club conto eroticos de meninos gayscontos de crentisinha cusudaconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouContoseroticosdesolteirascasada chantageada e submetida aos limites contos eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos contados por mulheres que maridos insistiram para elas usar roupas mais curtascontos esfregando o pau na bundacanto erotico comi meu primocontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãohomens velho gay contoscontos de cú de irmà da igrejaRejane gosando na siriricaloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadademinha esposa safada de saia deixo o vizinho a funda a xoxota delaContos erotico comendo meu cachorroconto erotico sobrinha bebadaconto erotico o soldado arrombou minha bucetaconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salacontos eroticos medicocontos eróticos minha buceta pegando fogo i.piscandocontos de zoofilia sobre eguas e jumentastravestiszoofiliafotosTodos dias pego carona e chupou a rola do primo do meu maridoconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandocontos eroticos lobisomemconto erótconto lesbicscontos eroticos gays tenho seios de meninasfoi da aboceta vije e a rombocontoseroticosasmeninas Mulheres da bucetona contando seus contos eroticosTravest litoral contoshomem de calcinha enrabadoRelato minha mulher no shopping sem calcinhamolhar buceta da patroa enquanto pega no sonofui com minha namorada e transei com minha tia conto eroticoconto erotico video game amigosTennis zelenograd contoSou casada trai e dei ate o cu para o garoto da vizinhaconto ele ficou sabendo do tamanho da bucetame comeram contos teencontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2conto erotico colegas na piscinaconto erotico minhas prima se apaixonou por mimcoroas defloração relato