Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MENINO SAFADO DO ORFANATO III

Click to this video!

MENINO SAFADO DO ORFANATO III ( Leite antes do café )

Mamãe acordou a gente lá pelas 7:30 para escovarmos os dentes e descer

para tomar café, olhei pro lado e o Crís estava com um sorriso maroto na cara

também sorrí e fúi pro banheiro, enquanto colocava pasta na escova o Crís

entrou e passou a mão na minha bunda perguntando - Como está esse rabinho

gostoso em meu viadinho? Reclamei com ele pra falar baixo, por causa do meu

irmão.

Ele riu e disse que o maninho ainda estava roncando no beliche e foi mijar no

vaso sanitário, eu continuei escovando os dentes mas o barulho dele fazendo

xixi me fez olhar pra piroca dele, tava mole mas não deixava de ser uma delicia

lembrar do que aquela rola tinha feito comigo no dia anterior, enquanto ele

mijava olhou pra mim e perguntou se eu gostava de olhar a pica dele, mas eu

não disse nada e terminei de escovar os dentes, ele passou por trás de mim e

trancou a porta do banheiro, virei pra ele e disse -Tá maluco? se a mamãe entrar

vai perguntar por quê estamos trancados! Ele me olhou feío e disse - Cala a bôca

e bota pasta na escova pra mim, seu viadinho! Fiquei espantado, mas fíz o que ele

disse e depois dei a escova pra ele. -Agora enquanto eu escovo os dentes abaixa

ai e mama um pouquinho!

Olhei pra baixo e ví que a pica estava meio pra cima, mas não tinha visto ele

lavar a piroca, ainda devia estar suja. - Você não lavou a pica! Ainda deve estar

com xixi. Falei baixinho.

-Não interessa! baixa logo porra e mama na piroca!

Fiquei olhando pra ele assustado.

-Poxa meu viadinho, dá uma mamada rapidinho vaí. Falou com voz suave.

Aquela maneira de ser bruto e ao mesmo tempo carinhoso me deixava desarmado,

me ajoelhei no chão do banheiro e segurei a piroca dele e dei uma cheirada e constatei

que tava fedendo a xixi e olhei pra ele para pedir para lavar a pica, mas ele me olhou feio

e empurou minha cabeça de encontro a rôla, ai tive que abrir a bôca e senti o gosto azêdo

de xixi, mas ele não deixava eu escapulir, fui chupando com um certo nojo e ao mesmo

tempo ele gemia baixinho enquanto escovava os dentes, o gosto ruim foi saindo e dando

lugar aquele gostinho que eu adorava de rôla gostosa, fui mamando na pica, sentindo a

rôla dá saltinhos dentro da minha boquinha e o suquinho de gala me melando todo por

dentro, passei uns dez minutos sugando a pica do Crís até que ele falou que ia gozar e

pediu pra mim abrir bem a bôca que ele queria ver a porra na minha língua e depois de

algumas punhetas na rôla ele deu uma gozada enorme que foi bater na minha testa e melou

toda a minha cara a segunda esguichada de porra foi direto na bôca, melecando meus

dentes e língua com aquela gala com consistência de gelatina de tão grossa que era. O Crís

arfou e disse mais uma vêz, que minha boquinha era demais, e foi passando a pica na minha

cara e recolhendo o resto da gala e me dando pra beber tudinho, acho que foi quase 50 gramas

de gala, que bebi naquela manhã, demais!

Foi sá eu terminar de limpar a cara e meu irmãozinho bateu na porta querendo entrar,

destranquei a porta e ele com cara de sono perguntou por quê tinha me trancado com o Crís

no banheiro, o Crís falou, que era coisa de homem e não de moleque e que era para ele não

falar nada que talvez mais tarde ele mostra-se pra ele o que era.

Fiquei olhando desconfiado para ele que apenas deu uma piscada e saíu para o café da manhã.

será que ele tá querendo comer meu irmãozinho? Não sei se fico com ciúme ou não. Que acham?



Sr. Bundinha

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto Erótico Primas putasver uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedoswww.goroa nis Sogra fudendonovinha sequestro contoContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãocontos de rasguei o cuzinho da minha avóminha netinha contos eróticosemtiada fas sexo e masseje em padratomeu genro comedor de cudormi com meu irmao contosminha esposa deixa a buceta cabeluda e da pra o meu melhor amigo em relatosnovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixominha enteada um tesaozinhogostoza mastruba aloprado fas ele gozar xvidiocontos eroticos gay vadiaa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delaMinha mae me pediu foder eleContos eroticos tia morado na minha casacaminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradocontos gay fudendo com o desconhecido no terreno baldioquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhocortos eroticos curmir minha empregada"limpa o pau do seu macho"http://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosmeteu a pica gigantesca na passista deliciosapresenciei minha esposa me traindocontos eróticos mulher no trevo dei a buceta pro catador de lixoContos eroticos podolatria no hospitalConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoocontos de incestos posando na sograminha prima e uma jebaMinha esposa arregaçadasconto eu e minha babacontos eroticos gozando no cu da coroacontos eróticos meu filhoconto erotico sofreu no anal com outroandreia baixinha tranzando e tamirisconto erótico ajudando a irmã na faltacontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta ler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadosminha patroa gortosa e tarada por pauGGeu adorei gozar no rabo da minha sogra e ela esta visiada em dar o cuContos eroticos com cunhadascontos vi pai xupando paubia cadela contoscasa dos contos mae e filha xupação de bucetatocando punheta no maracanacontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticontos quero ser corno secretoconto erotico fazia tudoque meu tio mandava"que buracao" gay contoViolentei a deficiente contos eroticosminha vizinha safada casada heleniceContos minha doce sobrinha melcontos eroticos gay mentalcontos eróticos gay com monstroscomi a adilhada novinha loira olho azul contomeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachoconto.erotico nao resistie estuprei o filho da vizinha no banheiro ele desmaiouMulher deixado melar tudo encima da buceta peludasexo contos amigas e irmao a 3homen preto com olhos castanhos peladinhoscontos eróticos eu provocava meu primo novinhoconto eróticos do sobrinho do meu maridomarido chupa rola do ricardao apos sua mulher dar o. cu pornodoido.comminina afuder na pixinagostosas de caixote apertadinhahoje eu comir a bucetinha da ester de cinco aninhosContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradapornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletecontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos eu e minhas amigas muito novinhas pai arrombando o cuzinhocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroschortinho q deixa as magrasgostosascontos de engates gays maduroscontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balaconto erotico do garoto ricardo fodendo titiocomi minha tia conto realistaContos eroticos meu sogrocontos de coroa com novinho