Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COM SAUDADES DO CAVALO

Click to this video!

COM SAUDADES DO CAVALO PARTE 2





Nestes 30 dias em que meu cavalo ficou de férias foram varias mamadas e sentadas no colo do meu homem, toda noite apartir das 07:00 hs eu já sabia, no beco de Dona Cesinha ele já estava de pica dura a minha espera era sá mamar e esperar meu homem derramar o leite na minha boquinha.

Num dos dias em que fizemos uma orgia e advinha quem foi à mulher? eusinha, Lu e seus dois irmãos,logo pela manhã ele me encontrou e marcou comigo dizendo minha equinha me encontre a tarde na casa antiga do Dr. Eurico. Já estava acostumado com meu cavalo engolia aquela trolha como se fosse uma parte de min, doía também mais ele era tão carinhoso e metia tão gostoso que meu buceto chegava a fazer berço, pois entrava apertado ele dizia, nem as bucetas que ele comia no brega era tão apertinho eu mim sentia uma puta,fui o primeiro a chegar desta vez estava gostando da porra fiquei aguardando uma dez minutos chega meu cavalo de pica dura e já mandando eu mamar comecei engolindo a cabeçuda e Lu me chamando de sua mulherzinha disse que tinha uma surpresa para min hoje,enquanto eu mamava ele ia tirando suas roupas e as minhas apás estarmos todos pelados ele pegou um saco e mandou eu abrir para minha surpresa tinha uma calcinha novinha ele disse que era para eu usar, aquela trolha enfiada em minha boquinha ele tirava e batia aquela porra grande em minha cara e mandava eu engolir tudo mas não conseguia ele ficava bravo e me dava tapas na cara com sua picona e batia na minha bunda,já começava arder minha bundinha estava toda vermelha mas comecei a gostar de apanhar na cara de pica e na bunda de mão,de repente chega os 02 irmãos do meu dono rindo de mim com metade da trolha na boca e a calcinha toda enterrada na bunda.

Ele mandou os irmãos calarem a boca e tirarem a roupa e não falarem nada nem tocar na sua equinha, me suspendeu colocando meu buceto na sua trolha ficando na entradinha e mandou os irmãos cuspirem ao máximo que pudessem e foi enfiando quando passou a cabeçuda eu sentir uma dorzinha danada cheguei a gritar os espectadores chegaram a rir da situação metade da trolha estava atolada no meu buceto entrava e saia e Lu dizendo para os irmãos vcs não aguenta nem a cabeça quanto mais à metade começou a ficar gostoso ele me beijou na frente dos irmãos, o caçulinha meu loirinho não gostou porque ele me beijou Lu tirou todo cacete do meu buceto e mandou ele mamar no começo ele resmungou, Lu disse lá em casa vcs dois me chupam,façam o mesmo aqui, não acreditei no que ouvir meu homem comia os práprios irmãos,meu pau ficou mais duro, Lu percebeu e falou minha égua está com mais tesão de cair na pica vamos chupa seu viado que minha mulher quer pica inteira no buceto já que vcs não aguentam sentar nela chupem os dois caíram de boca e chupavam como se fosse um sorvete e já estavam acostumados a engolir minha mangueira e eu me achando dona do pedaço.

Meu dono mandava os dois chuparem e não tocarem em mim, pois eu era sá dele os moleques gostavam de chupar também e eu pensando que meu loirinho era um homenzinho, dois viadinhos iguais a eusinha, me juntei eles na chupaçam que maravilha 03 bocas brigava por uma cobra e que delicia brigávamos com nossas línguas e Lu adorava e dizia hoje vcs todos vão cair na vara aceleramos o boquete, Lu disse para o caçula vamos ver se vc consegue engolir tudo até os ovos quem não conseguir vai apanhar na cara de rola.

O caçula meteu quase tudo não acreditei no que vi o coitado tentou mais não conseguiu fiquei com maior tesão meu homem começou abater na cara dele e dizia: isto é sá o começo por vc ter iniciado minha mulherzinha saia deixe seu irmão vim chupar o sorvete dele seu viadinho e chupe o buceto de minha putinha, como o irmão do meio chupava bem engoliu tudo sá deixou os ovos para fora Lu segurou a cabeça dele com os dois braços e dizia chupa viadão essa puta é sá minha tirou o cacete da boca e bateu na cara dele enquanto eu era chupado no cu pelo meu loirinho,Lu disse que os dois iriam sá chupar meu cu para depois ele me arrombar.



Lu sentou e mandou o caçula sentar no seu cacete o loirinho resmugou mais não adiantou teve que engolir a taca, do irmão ( Lu ) entrou metade pois era muita pica para primeira vez,foi a vez do outro, primeiro ele mandou eu chupar logo que tirou do cu do irmão não hesitei e cair de boca no meu cavalo quando botei metade na boca os dois foram me incentivando a engolir mais passei da metade e fui descendo engolindo todo aquele 27 cm até os ovos Lu sá delirava, engoli e fiquei parado por alguns segundos todo atolado na garganta,Lu mandou nos três ficar se beijando de costa para ele enquanto ele escolhia em quem ia meter bateu aquela trolha em nossas bundas,não aguentou e chupou meu buceto e enfiava o dedo no loirinho ele delirava e nás nos chupavamos com nossas línguas,de repente ele para e começa a enfiar em mim delirei e comecei a soluçar foi entrando quando chegou na metade ele perguntou quem vai ser o práximo foi o outro irmão ele cuspiu,bateu,na bunda dele e foi metendo e dizendo o quanto já tinha entrado o cara não tava nem ai me beijava quase me sufocando,o loirinho não aguentou e foi observar o Lu enrabando o irmão o moleque começou a segurar na pica do Lu e ficava enterrando e tirando aquela trolha o sacana chegava a sorrir por está recebendo rola comecei a ficar zangado e reclamei que também queria Lu não gostou e me deu tapa na cara e mandou eu chupar seu cacete quando ele tirava a metade do cu do irmão ele bombou tanto mais não gozava,eu continuava com a calcinha enterrada na bundinha o loirinho iniciou um boquete em mim a mando do meu homem,meu cacete não era grande ele engolia com facilidade e enfiava um ou dois dedos no meu buceto,Lu teve uma idéia de colocar os 03 de quatro e começou a meter nos nossos xicote o loirinho não aguentava nem a metade Lu sá dava estocadas fortes em mim e no irmão maior,não entrava tudo em meu buceto Lu começou a reclamar e mandou os dois irmãos me enrabarem,caminho aberto foi fácil entrar o gostosos não gozavam quando um me comia o outro chupava o cacetão de meu dono quando meu joelho começou a doer pedir para sentar nos cacetes me fodi todo pois Lu teve outra idéia colocou os dois para me enrabarem ao mesmo tempo os dois deliravam tentando enfiar em mim suas rolinhas até que entrou me sentir preenchido fiquei uns 19 minutos com os dois dentro de mim e eles chupavam o cacete de Lu, uma verdadeira orgia eu espetado e meu gostoso revezando aquele salame lindo e dizendo que minha vez estava chegando fui humilhado de todas as formas por aqueles dois viadinho e meu dono o loirinho não aguentou e disse que estava ardendo começou a me chamar de putinha,vagabunda,cachorra e por fim disse que me amava o outro não resistiu e começou a gozar também Lu disse para os dois continuarem com os cacetes enfiado em mim continuei chupando com o buceto todo atolado,Lu me levantou e enfiou seu cacete aos poucos no meu buraco do cu nem fechou entrou fácil quase tudo ele era muito forte eu subia e descia ele me beijava enquanto os irmãos sá apreciava e fazia de tudo para entrar aquela trolha de salame em mim e quando sá ficou os ovos para fora o loirinho disse eu também quero dentro de mim meu irmão, Lu entrou em choque e começou a acelerar as estocadas dizendo para nás prepararmos as bocas sofri muito até o gozo chegar Lu me tirou do salame de nervos e mandou os três mamar mamamos muito ainda até ele começar a gozar mandou nás abrimos as bocas ele apertava o bichão com as duas mãos e ainda sobrava pica o primeiro jato veio na minha boca ele mandou eu engoli tudo e mostrar a boquinha de eguinha depois ele apontou na boca do loirinho ele se engasgou todo mais mostrou a boca limpa e por fim o outro irmão ele enfiou na boca até práximo da garganta e mandou ele sugar tudo Lu tinha muita gala nunca vi tanto assim nos juntamos ao irmão limpamos todo cacete impressionante não amoleceu Lu ficou sentado e nás ficamos mamando o domador ele se recuperou e mandou o caçula começar a sentar na madeira a cabeça já passou mais fácil e resto foi sumindo aos poucos e Lu delirava e chingava nás 03 de putas,cadelas,chuponas,quando passou da metade o loirinho não aguentou e saiu foi minha vez de sentar entrou que nem sentir quando cheguei nás ovos parei Lu não tinha um fio de cabelo,ele falou lembra da semana passada quando vc me fez gozar três vezes assistindo o filme pornô no cinema e engoliu tudo, sair e foi o outro irmão que sentou engoliu o salame e começou a subir e descer e delirava Lu mandou ele me chupar não me demorei e meti minha pica na boca dele até o bago o cara me chupava e levava rola não aguentei disse que estava gozando Lu mandou ele engoli tudo gozei gostoso na boca do sacana.

Lu mandou o loirinho vim beijar o irmão com minha pica na boca dos dois que sensação gostosa sai dali me sentindo feliz Lu levantou com seu irmão cravado na pica e ficou socando durante muito tempo já tínhamos umas 02 horas fudendo, Lu não aguentou e foi comer o cu do loirinho o colocou de quatro e enfiou a rola sem dá entrou tudo desta vez o irmão adorou e delirou o cu se acostumou com as picadas do meu gostosooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Ficamos os 03 de quatro e levamos mais trolha de nosso homem todos nás já engolíamos a trolha até os bagos sem reclamar, muito, pois era muita pica principalmente para o loirinho e eu,mas aguentei o tranco quando Lu não aguentou mais gozou em nossas bocas e ficamos mamando até ele não aguentar mais fui comido pelos três de todas as formas Lu tentou enfiar duas picas em meu buceto mais estávamos cansados Lu e seus irmãos gozaram em minha boca e bebi tudo com muito gosto.





Beijos em todas as cacetas de que ler este conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos ela da a bundaConto erotico dei pro meu papai e tioconto erotico velhasA melhor foda da minha vida, contosembebedei minha irma e a comi conto eroticoconto lesbica humilhadaContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tiocontoseroticos laura um vida de sonho 2conto desde pequena participo de orgias com minha familiaContos eroticos tetas roxasconto erotico de sera que meu marido não desconfia que chego com a buceta cheia de porra e ele lambe?contos eroticos fui estrypada na fazenda contos dando de mamar para filhinha engulin porrachupava a noite inteira ele amarradofodas de esposas q gostam de ser curradasSem a minha permissao contos eroticosContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheirocontos sexo a primeira vez que comi o travestisminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoscontos eróticos zoofilia f****** cadelinha de ruacontos eroticos fui comida no cinemacontos eróticos f****** gostoso na mesa de bilharcontos gay com homens grandes e peludos terminadascontos eróticos com mulher baixinhacontos eroticos possuida por uma estranha gostosacontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2contos eroticos patroa praia nudismocontos eróticos escravo de minha irmãcontos eroticos incesto o retorno de maria alice na casa do padrinhoNo bumbum da baiana - contoscontos eróticos casei com meu patrãocontos minha enteada minha amantesou casada e gozeino pau do meu genro sem camisinhaConto erotico sogro estuprando nora e gozando dentroContos dando cu primeira vez no assaltoo sobrinho do meu marido comeu meu.cucache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"ajudei minha amiga tér um orgasmo conto eroticoCheiro de rola de machos de academia suado contos gayscontos esposas na praiadei a buceta pro catador de lixocontos gay tetinhas gordinhacontos eroticos abusada pelas amigaspouquinho carnuda contoscontos eroticos o escravo seduz a.minha patroacontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2A filha do meu amigo veio do interior pra ser minha empregada conto eroticovoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos estuprada no matagau traisaoContos d zoofilia d mulheres q sentiram dor e prazer engatada com dog grandãocontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra eleConto+crente punheteiraconto mamo rolapau buceta dormia contoscontos eróticos comi minha sogra num domingoera menina meu primo batia punheta pra mim olharvidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participacontos bund 130cmcantos eroticos muitapica no meu cuWww contos d putas casada d juazeiro ba.commeu irmão adora meus pezinhos contos eroticos podolatriacontos er senta devagarCont erot velha viuvahomens apanhados a pila na maoconto erotico com filhinhaTrai meu marido e o cara comeu meu cu aforsa vou contar como foicontos eroticos casadas 50 anosvi minha esposa dando mole contoscontos comeram a.bunda do marido e esposacontos vizinha dona de casa tetuda caida