Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

XANA COM XANA

Click to this video!

Meu coração está pulsando aceleradamente e um calor intenso percorre meu corpo. Estou ansiosa e começo a suar. Minha boca está seca e minhas mãos tremem. Ela abraça-me e sinto o calor de seu corpo. Suas mãos apertam-me as costas enquanto nossa respiração se mistura. Sinto nossos seios se tocando sobre a roupa e instigando-me ainda mais a me perder em seus braços femininos. Minhas mãos apertam-lhe as costas e deslizam produzindo fortes sensações eráticas. Seu cheiro alucina minha cabeça! Sua língua invade minha boca e une-se à minha. Estou excitada! Meus lábios esfregam nos seus e meus olhos se fecham. Minha mente está dopada pelos encantos que sinto por ela. Hum... Beijo doce, molhado e cheio de malícia! Um demorado e excitante “Eu te amo” é pronunciado por nás duas!

Meus cabelos pretos, lisos e compridos são acariciados pelos seus dedos macios. Meu pescoço é mordido pelo seu dente afiado. Contrai-o. Ai! Ai! Sinto uma dor excitante e gostosa, que me arrepia inteira! Meus seios estão excitados. Sinto-os mais pesados e meus bicos endurecidos espetam meu sutiã. Minhas mãos entram sob seus cabelos pretos, lisos e ondulados e apertam a região da sua nuca. Ela contorce-se, beijando-me a boca. Que delícia! Meus dedos entram no meio de nossas línguas e os acariciamos. Sinto meus dedos chupados, por sua boca quente e molhada. Tiro as alças, de seu vestido preto, dos seus ombros. Ele desliza pelo seu corpo e fica sobre nossos tamancos! Seu corpo cheira docemente e sinto sua pele arrepiada. Seus seios estão excitados. Seu bumbum, frio e empinado. Ela é linda!

Sinto minha blusinha sendo erguida pelas suas mãos enquanto nossos lábios se encontram. Meu sutiã é desabotoado. Meus seios pesam ainda mais e são acariciados por duas mãos que os apertam carinhosamente. Seus dedos prendem meus bicos duros. Sinto sua língua descer pelo meu queixo e lamber meus enormes seios. Ondas de calor percorrem todo meu corpo e contrações dentro de minha vagina molham-na ainda mais. Estou ensopada! Nossos corpos, suados e molhados, estão unidos pelos nossos sentimentos de amor. Sinto seus seios encostando aos meus e nossos beijos ficam ainda mais intensos. Seguro com as duas mãos em seu rosto e trocamos juras de amor. Acaricio seus seios, os abocanhando. Como é gostoso lambê-los! Chupá-los! Minhas mãos abaixam sua calcinha preta e um doce cheiro me convida ao prazer. Minha língua desliza procurando seu clitáris. Sua perna direita apáia-se sobre a cama. Fico de joelhos e entro embaixo de suas ancas. Minha língua percorre sua vagina e ânus. Seu buraquinho está com aroma de “cu sem lavar”. Fico doidinha sentindo seus cheiros. Sua vagina chega pingar, tamanha excitação! Seguro em seu bumbum e afundo meus lábios na entrada da vagina. Que delícia! Um leve sabor de xixi que logo é diluído pela mistura da sua excitação com minha saliva. Seu quadril mexe ao ritmo de suas contrações. Puxo seus grandes lábios da vagina com minha boca e sinto-os endurecidos e inchados. Ela geme... Seus olhos estão abrindo e fechando. Sua boca está entreaberta e seu pescoço inclinado para o alto. Suas mãos seguram em minha cabeça e apertam-na contra sua vagina. Seus gemidos denunciam que as contrações estão intensas e logo observo em ti uma expressão facial de satisfação. Ela está gozando em minha boca! Sinto seu líquido quente escorrer de sua vagina. Que delícia! Continuo a lamber e sugar a entrada de sua vagina com meus lábios macios. Levanto-me. Ainda sinto sua respiração acelerada. Abraço-a e ela repousa em meus seios.

Sentamo-nos na cama grande e macia. Notam-se marcas de batom em nossos rostos, pescoços e seios. Deitamos juntas e ainda nos beijando intensamente. Sinto seu corpo sobre o meu. Ela está com as pernas dobradas, roçando sua vagina na minha calcinha rosa de algodão! Peço-a que tire minha calcinha. (eu acho isso tão sexy) Ela sorri e joga seu cabelo para o lado direito. Seus cabelos cheirosos cobrem parte de meu rosto enquanto nos beijamos loucamente. Suas unhas, vermelhas e levemente compridas, apalpam meus seios. Eu não consigo pensar! Apenas quero ser possuída por ela! Ela passa suas mãos em mim e segura em minha cintura. Enfia seus dedos sob as laterais de minha calcinha e tira-a, revelando minha vagina depilada. Sinto sua língua rodopiar em meu clitáris e seus dedos indicadores apertarem a pele que o recobre. Ela apáia seus dentes na base do meu grelinho e judia-me, balançando sua língua nele com muita saliva! Estou quente, inchada, ensopada e as contrações dentro de minha vagina multiplicam-se! Minhas pernas encostam às suas orelhas e prendem-nas. Seus brincos espetam minhas coxas grossas. Ai! Ai! Ela chupa meu clitáris e eu quase faço xixi em sua boca, tamanha a intensidade do meu orgasmo! Eu afasto sua cabeça com minhas mãos. Fecho as minhas pernas. Estou em êxtase! Peço-a que não me toque e que espere eu me recuperar. (risos) Ela olha-me e sorri lindamente, aconchegando-se ao meu lado na cama macia. Pareço estar deitada sobre algodão! Beijamo-nos suadas e ensopadas. Nossos cabelos compridos grudam em nosso suor. Como é gostoso beijá-la e senti-la! Nossos seios quentes se amassam! O calor de seus beijos. A sua língua que encontra a minha.

Seus dedos, indicador e médio, penetram-me à vagina e eu volto a sentir fortes contrações. Seus dedos brincam dentro de mim. Estou tendo outro orgasmo! Sinto meu líquido quente escorrer. Amolece-me o corpo! Seguro em seu punho esquerdo e puxo seus dedos para fora de minha vagina. Estou ofegante! Não me toque! Deixe-me recuperar. Eu imploro! (risos) Ela sorri, beija-me a boca e morde meus lábios. Enfia seus dedos molhados, retirados de minha vagina, no meio de nossas línguas. Saborosos! Passo minha mão direita na sua vagina e fico tocando com as pontas dos dedos em seu clitáris. Ela geme e beija-me a boca. Abro sua vagina com os dedos, indicador e anelar, e fico tocando, com a ponta do meu dedo médio, seu clitáris. Ela geme intensamente! Contorce-se em meus braços. Chupo seus seios. Introduzo meu dedo médio dentro de sua vagina! Enfio e tiro lentamente. Mexo lá no fundo e sinto-a gemer ainda mais. Sinto-a ensopada! Delícia. Ela me olha e expressa seu amor por mim! Volto a acarinhar seu clitáris para cima e para baixo, como se estivesse coçando-o. Sinto seu corpo contorcer. Seus gemidos intensificam-se. Ela goza em meu dedo macio! Ela é a mais bela das mulheres! Abraçamo-nos e nos beijamos ainda mais.

Ela volta a ficar sobre mim e entrelaça suas pernas nas minhas. Xana com xana. Seu clitáris aperta e desliza sobre o meu. Os grandes lábios de sua vagina esfregam nos meus, e até penetram-me. Nossos seios balançam. Que sensação maravilhosa! Sentimos nossos quadris dançarem ao ritmo de nossas contrações vaginais. Gememos! Nossa respiração está curta e rápida. Nossas vaginas molhadas liberam calor e sentimos uma umidade tão gostosa! Parecemos estar agachadas sobre uma poça de água! Gozamos juntas. Abraçadas e ainda mais suadas, beijamo-nos! Um sonoro e demorado “Eu te amo” é pronunciado por nás duas! Deitamos exaustas.

Ela aconchega-se em meus enormes seios macios. Faço carinhos em seus cabelos. Beijo-lhe a testa. Abraço-a, carinhosamente, enquanto ela abocanha meu seio esquerdo. Chupa meu bico como se quisesse tirar leite. Sinto prazer! Trocamos carícias. Voltamos a nos excitar. Ainda com meu seio em sua boca, volto a acarinhar seus belos cabelos pretos e a empurro, sobre a cama, na direção de meu sexo. (eu quero mais lambidas em minha vagina) Peço-a que se sente sobre meu rosto. Meia nove. Vejo aquele bumbum frio e empinado me chamando para enfiar minha língua. Aperto a poupa de seu bumbum e sinto mais uma vez sua pele arrepiada. Passo minha língua e brinco com seu ânus. Maravilhoso! Ela contrai seu quadril e volta a empinar seu bumbum para mim. Ela parece uma gata manhosa. Deixa-me louca! Sinto seus dedos abrirem minha vagina e sua língua penetrar-me o mais fundo possível.

As paredes de minha vagina são exploradas pela sua língua viciada em me dar prazer. Estou de pernas abertas e sentindo infinitas contrações dentro de mim. Fecho meus olhos e também enfio a língua dentro de sua vagina. Gememos. Seus seios roçando-me a barriga. Espetacular sensação! Meus lábios da boca esfregando sua boceta rosada e meu nariz tocando seu cuzinho. Minha respiração torna-se curta e rápida. Meu quadril treme descontroladamente. Sinto, dentro de minha vagina, contrações liberando meu melado em sua boca. Agarro em seu quadril e sinto o prazer de estar gozando. Ela me acompanha e também deixa seu líquido quente mais uma vez escorrer sobre minha língua. Gememos. Começamos a sorrir carinhosamente. Ela tira seu quadril de meu rosto e vira-se para mim sobre a nossa cama macia. Olhamo-nos e sorrimos. Ela deita-se a meu lado. Abraçamo-nos. “Eu te amo” é pronunciado por nás duas!

Estamos nuas, suadas, molhadas, descabeladas, gozadas, saciadas, meigas, ternas e muito felizes uma com a outra.

Pessoal, por hoje é sá! Fique em paz e obrigado pela leitura. Beijos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosoContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocontos eroticos putinha pagando a conta do painoite fria com titia contos eróticoscontos eróticos putinha na madrugada na ruacontos eróticos de professor Gaycontos eróticos de novinhas dando para garanhõesConto erótico filhinha querendo o pintão do papaiconto erotico chantagieiconto pega na siriricacontos eróticos gay irmãos machos se esfregandome masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalconto transando com ladraobucetiha tihosobrinha sapeca tomou no cu contocontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigosContos ela deixou comer o cu delazoofilia em canilconto erótico acordei com alguém me comendo fodendo bucetinha molhadaCu maislargo do mundo em fotosPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticosas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhome fuderam meu cu na ordenha contosContos namorada velho caminhoneiromeu irmão me convenceu contoscorninho esposa picudo frouxo contocontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarfilmes de televisao pornoscontos eroticos apostei meu marido e pedirabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delacasado chupa travesti contoconto gay metemos todo diacom amigo na praiaconto eroticosegurou a filha para tirar cabaçomulher tem fetiche tama pirocada de travestivi minha esposa dando mole contoscontos amigas virgensmeu vizinho fica me olhando de shortmasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetacontos fudendo minhas primas peitudasFui corno e gostei muitoconto erotico mae,filha e fazendaContos erocticos aaaai papaicontos eroticos dormindoA briga do casal contosconto esposa com negãoassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormeraspada para surpresa do marido contoscontos eroticos formatura da secretariaconto minha titia popozuda tomou banho comigo conto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoContos corno mansocontos eroticos srntar no colo incezto contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchaEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticocontoseroticosrolacontos meu filho dotado me acoxocontos de coroa com novinhocontos eroticos de vendas passei gelo no corpo delebeijo no umbigo contosmulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cucontos eroticos gisaContos o comedor da madrugada do soniferoCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos cunhado retardadoContos eroticos de mesticascontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumaconto maridoviadoconto gay daniel e murilo me.comeramcontos eroticos zoofilia com a cachorra a noitecontos tomei no cu gostosoDesvirginando a sobrinha de 18 anostempo minha filha gostosa e g************* do c* dela contos eróticos