Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E A PROFESSORA

Click to this video!




Meu nome é Renato hoje tenho 30 anos e sou moreno, vou relatar uma histária que ocorreu comigo nos tempos de segundo grau, naquela época eu tinha 19 anos . A verdade é que nunca tive muita sorte com as mulheres, as mais bonitas me desprezavam com frequência e as “não tão bonitas” ( porque mulher feia não existe sempre foi o meu lema) diziam que eu era “ajeitadinho” ( um feio arrumadinho ) .
Algumas vezes numa balada e outra na carona de algum amigo que parecia ter mel no corpo, pois atraia tantas e tão bonitas que dava inveja, mas como disse, junto dele sempre sobrava alguma para mim, ele me apresentava para a irmã ou prima ou vizinha da pretendida dele e eu passava a conversa nelas, conseguia um beijo ou amasso nela quase sempre, mas transar era raro e quando elas topavam estavam bêbadas. Quem estiver lendo pode achar que estou inventando isso, ou exagerando ou aumentando os fatos, mas de fato era isso mesmo que ocorria e não sinto sinto orgulho disso .
Certo dia chegando na escola havia um murmurinho entre meus colegas
a respeito de uma professa recém-chegada na escola para substituir o nosso professo de biologia . Segundo eles a viram chegando a pouco e era muuuuito ! Gostosa . Fiquei curioso, muito curioso . Naquele mesmo dia no ultimo período tivemos biologia com ela se chamava Erika com k e não com c, era loura, cabelos compridos olhos azuis, seios fartos, uma cintura fina e um quadril avantajado .Usava uma blusa com um decote discreto e uma saia bem justa que chegava no joelho . Todos os garotos da turma adoravam as aulas dela ela tinha um jeito muito delicado e sedutor, mas era algo natural nada forçado .
Um dos meus colegas certa vez ousou passar um cantada nela, ela ignorou claro, mas a namorada dele não e o delatou para o diretor . Outros mais espertos fizeram sua investidas, mas não tiveram muita sorte.
Eu nunca fui tão ousado assim, mas oque no inicio era apenas mera admiração da beleza de uma bela mulher que aos poucos a cada aula foi mudando para uma paixão platônica .Durante as aulas lhe dirigia olhares absolutamente apaixonados, se ela percebia ao menos não deixava transparecer.
Meus colegas perceberam minha apaixonite, afinal quem nunca se apaixonou por uma professora, e nutriu esperança numa relação que jamais aconteceria .
Por mais improvável que pareça aconteceu e vou contar como foi . Estávamos no final do ano letivo, era inicio de dezembro e fui o ultimo a sair da sala de aula apás a ultima prova semestral no ultimo dia, e a professora era ela, minha paixão . O corredor estava vazio e a acompanhei até a sala dos professores onde nos despedimos e segui pelo corredor rumo as escadas para o piso inferior onde estava a saída, observei que as demais salas estavam quase vazias e com poucos alunos e professores .
Parei e voltei a sala dos professores, meu coração estava acelerado, eu já era um rapaz de 17anos entrei encontrando ela sentada examinando algumas provas . Sorriu quando me viu perguntado o que eu queria . Respondi sem rodeios que queria desesperadamente ela que corou e me olhou bem dentro dos olhos, levantou-se e me levou pela mão para uma salinha que mais parecia um armário cheia de mesas .Ela afastou algumas e pediu para que eu fechasse a porta, fechei imaginado oque faríamos a seguir . Ela tirou o vestido pela cabeça ficando apenas de calcinha de sutiã na frente, agarrei-a e coloquei ela sentada numa mesa, nos beijamos, disse que amava, e ela disse que sabia eu fui descendo tirei seus seios para fora e chupei, desci mais e mais até afastar sua calcinha preta para o lado e chupar aquela bucetinha raspadinha, cheirosa com grandes lábios rosados, simplesmente maravilhosa . Aquela altura ela gemia como uma gata manhosa, já com o cacete duro por baixo da calça tirei para fora e meti vara naquela buceta quentinha e molhada fazendo ela gemer ainda mais, sussurrando coisas obscenas ao meu ouvido e pedindo mais e mais até ela dizer aos gemidos que estava gozando, deitei ela na mesa e tive uma visão completa do gozo dela escorrendo . Já não aguentava mais e disse-lhe que iria gozar e ela mandou que goza-se na sua cara, foi o que fiz . Limpamos os vestígios da transa e nos arrumamos, ela me fez jurar que não contaria nada a ninguém, dei minha palavra . Sá então me dei conta que Ignoramos totalmente o perigo de ser pegos no flagra .
Abri a porta e dei uma espiada, não havia ninguém então nos despedimos com um beijo. Eu sai primeiro da sala dos professores pensando no tamanho da minha sorte . Depois daquilo nunca mais vi aquela professora, no ano seguinte descobri que ela pediu desligamento ...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


estiquei os peitos da gostosa contosconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuwww.contos eroticos cavalgado no vovocontos erotico estrupando sogracontos eróticosgaysmeu primo de menorcontos de coroa com novinhoFodelança contos comendo a mulher e sua amigaCheirarão a calcinha da minha esposa contos reaiscunhada com previlegios pornscontos eróticos minha madrinha safadavirando moça contoscontos apanhando do tutora calcinha toda travada no rabopegando minha priminha novinha contoso dia em que passei a amar zoofiliamulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaconto agarrada no onibusconto zoofilia o pone me quando cai estrupouconto erotico confessei para o meu maridocontoscomi minha cunhadinha dormindojovem mostrando os pelinhis fino ds bucetaComto lesbico fragante fazendarelatos de comadre dando a buceta pro compAdreEu tirei o cabaço da buceta da minha filha eu fiz um plano com ela era pra ela arranjar um namorado no colegio dela pra ela levar ele em casa pra ela fazer ele fuder a buceta dela pra ele achar que a buceta dela era cabaço conto eroticomulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeosconto mulher casada rabuda dei pedreiropornogay gaúchos gozeidentro do cudo meuamigo bebadoContos porno seduzi meu netocontos eroticos fudendo a mae travestiContos gay perdi o cabaço com coroacontos gay chorei na pica do meu irmão violentominha cunhadinha e virgens peguei a forcaconto gay tio paciente comendo o novinho devagarinhocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos eróticos minha mulher no acampamentocontos eroticos e tome gozada na caracontos erotecos de esposa de espartilho no metrovi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidoucontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra elecontos eroticos punhetascontos seduzi minha mãe com o tamanho do meu pauaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contoscontos eroticos chantagiando a prima da mulherprofessora novinha e senha resolvi dar o c******contos mulher alta bunduda ggcomendo cusinho da baba da minha.sobrinhaconto cacete grossoprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheiroconto gay fodi o namorado da minha irmaminha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticosassistimos porno comi gostoso contomeu cliitores fica marcando a calcinhacontos eroticos vizinha novinha ecuriosavoyeur de esposa conto eroticotenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhaContos eroticos encontreia uma calcinha da minha filha babadinhacontos eróticos​, praia de nudismoconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabosexo contos amigas e irmao a 3Desvirginando a sobrinha de 18 anoscontodeputaContos eroticosmenina de dez anos fazendo sexoConto erotico sogra peituda 70 anoscomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contoo pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contocontos eroticos de enteadastocou meu seio sem querer incesto contocontos de sexo gay insesto depilaçãoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscontos eroticos mendiga negraconto erotico minha prima malvadacontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãocontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou casa dos contos erotica me doparamcontos eróticos dando o cuzinho no swingcasa dos contos erotica me doparamFetiche pelos pezinhos da minha amadasogras e madrasta fazendo boquetes rapidosconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhacontos eroticos fudendo a mae travesticontos traidoracontos eroticos com pescadordei para meu genrocontos eroticos curiosacontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicoContos eroticos tetas roxascontos eroticos gisaassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormeconto erotico peguei um filhote de cachorro e ele me fudeutravesti pau duro contos