Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
JŠ estŠ liberada a Šrea de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUTINHA PULANDO CARNAVAL, TOMANDO NO CU, LEVANDO P

Click to this video!

Novamente quero contar uma aventura sexual muito gostosa. Sou mineiro, BISSEXUAL n√¬£o assumido, loiro, alto, branco, pau de 16cm, rosado, grosso e cabe√¬ßudo, de onde sai muita porra cremosa. N√¬£o tenho nada de super, sou um cara normal, tenho barriguinha saliente, j√¬° que estou fora de forma. Por√¬©m, compenso tudo na cama, onde fa√¬ßo o que o tes√¬£o mandar, sendo bem safadinho e sem pudores. Fico e deixo o parceiro ou parceira louco de tes√¬£o. Estou sempre pronto pra arrombar um cuzinho ou uma bucetinha, nos quais meto forte e fundo, mas tamb√¬©m com muito carinho, fazendo a putinha ou putinho gemerem, gritarem e gozarem bem gostoso. Meu rabo branco √¬© muito volumoso, bem desenhado e afeminado, j√¬° que n√¬£o tenho p√™los na bunda, que √¬© bastante firme e com certeza o macho vai encher a m√¬£o com minha bunda gostosa e gulosa. Terei muito prazer em rebolar na cara do safado que quiser chupar meu cuzinho que √¬© pequeno e apertado, visto que tenho estreitamento do esf√¬≠ncter e portanto, apesar de meu cu j√¬° ter sido invadido, ele continua apertadinho, portanto o trate com carinho. Gosto de ser fodido bem de leve, com carinho, quero sentir a pica entrar e sair bem gostoso do meu cu. Quero sentir os pentelhos do macho ro√¬ßarem meu rabo branco, sentir a barriga do safado bater contra meu bund√¬£o branco. Se me foder assim, vou gritar e gemer feito uma puta, como uma cadelinha no cio, como uma verdadeira vadiazinha, j√¬° que vou ser sua puta na cama.Meu cuzinho √¬© muito guloso e anseia por recepcionar l√¬≠nguas √¬°vidas, dedinhos exploradores e pirocas bem limpas, cheirosas, gostosas, com bastante leitinho pra jorrar no fundo do meu cu ou na minha garganta, j√¬° que tenho cede de leite-de-pau, o qual recebo entre meus l√¬°bios e engulo tudo, deixando o pau limpinho. Minha boca √¬© bem desenhada, tenho l√¬°bios carnudos, volumosos e rosados, prontos para engolir cacete e chupar bucetinhas e cuzinhos. Mamo feito um bezerrinho, chupo os ovos, enfio o cacete todo na boca, at√¬© engasgar com a cabe√¬ßa do pau batendo em minha garganta, amo fazer garganta profunda. Deixo o pau todo melado, pronto pra me fazer de f√™mea, pronto pra entrar e sair do meu cuzinho, deixando-o arrombado, terei prazer em ser sua puta, sua cachorra vadia. A mesma boca que chupa pica chupa e lambe buceta. Enfio minha l√¬≠ngua toda dentro de uma bucetinha, chupo o clit√¬≥ris com for√¬ßa, at√¬© a vadia safada gozar na minha boca. Sorvo todo o gozo da putinha e deixo a xaninha pronta pra receber meu caralho. Tamb√¬©m amo lamber cuzinhos e sentir o puto ou puta rebolando em minha cara, se contorcendo de tes√¬£o. Gosto de machos que gozam bastante, pois gosto de ficar meladinho de porra,, senti-la escorrer por meu rosto. Gosto de sentir a porra encher minha boca e quando gozam no meu cu, gosto de senti-la escorrer pra fora, descendo por minhas pernas. Quero conhecer machos safados que queiram me foder bem gostoso e que me d√™em seu leitinho quente em abund√¬Ęncia. Quero conhecer f√™meas trepadeiras safadas que amem dar a bucetinha, na qual quero meter muito gostoso at√¬© a vadia gozar no meu pau e em minha boca. Quero conhecer casais safados pra foder a esposa ou a esposa e o marido e chupar a buceta da safada ap√¬≥s o marid√¬£o ter gozado nela. Quero chupar a bucetinha da esposa enquanto o marido fode meu cu. S√¬£o v√¬°rias fantasias a realizar e espero a coopera√¬ß√¬£o dos safados e safadas de plant√¬£o. Quem se interessou √¬© s√¬≥ me adicionar no MSN ou mandar e-mail para [email protected] que terei o maior prazer em responder √¬†s mensagens e iniciar contato para, quem sabe, come√¬ßar uma amizade bem gostosa. Meu pau est√¬° de p√¬© e meu cu aberto a proposta de casais, machos e f√™meas safadas para amizade, curti√¬ß√¬£o e prazer, sempre com sigilo, discri√¬ß√¬£o, educa√¬ß√¬£o e muita putaria. Beijos, seu putinho - [email protected] s√¬£o examente 06:12 horas do dia 20022012. Estou na cidade de Montes Claros-MG. Acabei de chegar de uma festinha. Fui convidado por alguns amigos a ir a uma farra na casa de um deles, pois em Montes Claros n√¬£o h√¬° carnaval, portanto tivemos que fazer o nosso. Como n√¬£o tinha nada melhor pra fazer, eu fui. A farra come√¬ßou √¬†s 21:00 horas e est√¬°vamos todos entre amigos e conhecidos. Devia ter mais ou menso umas 30 a 40 pessoas. Por volta das 02:00 horas resolvi ir embora e quando ia ligar pra o t√¬°xi, j√¬° que meu carro est√¬° na oficina, o Welerson, casado, branco, magro, alto, barbudo e com olhos azuis, se ofereceu pra me levar em casa, j√¬° que ele tamb√¬©m estava indo embora. Saimos da festa e entramos no carro. No caminho bateu aquela vontade de urinar. Comentei com o W e ele disse que tamb√¬©m estava com vontade de mijar. Parou o carro em uma rua deserta e escura, j√¬° que est√¬°vamos em um bairro distante, pr√¬≥ximo a um parque, e ambos nos pusemos a urinar. Estava eu concentrado na mijado quando olho para o lado e vejo o W de olho no meu pau. Em tom de brincadeira eu perguntei: "Gostou?", o safado riu e disse: "amei". Ainda brincando eu disse: "Quer pegar?", ele sem dizer uma palavra estendeu a m√¬£o a agarrou meu pau. Cheguei a me assustar na hora devido √¬† surpresa, contudo o tes√¬£o falou mais alto e eu o puxei pra mais perto e tamb√¬©m agarrei seu pau que era comprido e fino. A cabe√¬ßa √¬© rosada e grande. N√¬£o resisti e como a boa putinha que sou, me ajoelhei e comecei a chupar seu pau. Era quente e estava com gosto de xixi no in√¬≠cio, por√¬©m com o tempo o sabor melhorou e eu mamei muito o pau do safado que segurava minha cabe√¬ßa e fodia minha boca, me chamando de putinha. Fiquei de p√¬© e virei de costas pra ele, sei que os machos ficam loucos quando veem meu rab√¬£o branco. Desabotoei a cal√¬ßa e a baixei junto com a cueca, deixando de fora meu rabo branco. Ouvi um "que del√¬≠cia" e logo em seguida senti as m√¬£o do W apertarem meu rabo. Depois senti suas m√¬£os abrirem meu rabo, expondo meu cuzinho rosado e apertado, e senti sua l√¬≠ngua tocar meu cuzinho que imediatamente se p√¬īs a piscar, eu gemi gostoso e rebolei na cara do safado. Sua barba arranhava minha bunda e isso me dava um tes√¬£o gostoso. O filho da puta estava deixando meu cu todo melado, a baba j√¬° escorria e pingava no ch√¬£o. Me debucei sobre o cap√¬ī do carro empinando o rabo e deixando meu cuzinho ainda mais exposto. A adrelina estava alta, pois poder√¬≠amos ser flagrados a qualquer momento. O W veio por tr√¬°s e encostou seu pau na entrada do meu cu. Sentir a cabe√¬ßa daquele pau ro√¬ßando meu buraquinho rosado era uma del√¬≠cia. Rebolei gostoso e olhando pra tr√¬°s eu disse: "mete gostoso!". O W pressionou meu cuzinho, contudo por ele ser apertado doeu muito. Ent√¬£o peguei um pacotinho gel na minha carteira, toda putinha tem que andar com um porque toda putinha gosta de dar o cu. Entreguei o gel pra o puto que passou em seu pau e na entrada do meu cu. Depois ele foi enfiando o dedo e melando meu reto. Piscava meu cu com seu dedo dentro o levando √¬† loucura. O W agora posicionou seu pau no meu cu e pude sentir seu cacete entrar lentamente. Ele enfiava um pouco e parava, quando eu cu se acostumava ele metia mais e parava. Eu estava gemendo baixo, rebolava, piscava o cuzinho, era uma del√¬≠cia sentir aquele pau me invadir. O W dizia que meu cu era gostoso, que ele n√¬£o ia resistir muito, que estava muito apertado. O safado come√¬ßou a meter lentamente, fazendo movimento de vai e vem. Aos poucos foi aumentando o ritmo. J√¬° sentia seus p√™los em minha bunda, sua barriga j√¬° batia em emu rabo fazendo o barulho caracter√¬≠stico. Ambos gem√¬≠amos gostoso, o que aumentava o tes√¬£o. Pedi para o W parar um pouco, ele tirou o pau de mim e pude sentir meu cuzinho aberto pela pica gostosa do W. Acabei de tirar minha roupa e a coloquei no carro. Me deitei de costas no cap√¬ī, abri e levantei as pernas, ficando na posi√¬ß√¬£o frango assado. O W veio entre minahs pernas e encostou o pau no meu cu e novamente foi o enfiando. Agora eu tomava no cu gostoso e fazia caras e bocas pedindo pra o W me fazer de puta. Eu gemia, fazia biquinho, pedia pra o puto meter mais, "ai safado, ta gostoso, mete, me faz de puta, fode meu cuzinho, que pau gostoso, enfia tudo no meu cu". E assim ele fez, enterrava cada vez mais forte e fundo. Eu abria meu cu com as duas m√¬£os para sentir seu pau l√¬° no fundo. O W segurava meu pau e lentamente me punhetava. que tes√¬£o gostoso. Senti o safado socar meu cu por um bom tempo, at√¬© ele anunciar o gozo "ai gostoso, vou gozar, vou encher seu cu de porra aaaahhhhh!", "vai gostoso, goza na sua puta vai safado, enche meu cu de porra", dito isso, seu pau come√¬ßou a pulsar. Eu contra√¬≠ meu cu para prender seu pau e fiquei sentindo-o derramar porra em mim, era delicioso sentir aquele l√¬≠quido quente encher meu cuzinho. Ap√¬≥s gozar, o W se deitou sobre mim, contudo continuou com o pau dentro. Senti que seu pau come√¬ßava a amolecer. Ent√¬£o ele o retirou e junto senti que escorria bastante porra. Eu passei a m√¬£o em meu cu e peguei a porra que escorria e levei √¬† minha boca, sorvendo-a, engolindo-a e olhando para a cara do W e dizendo "que leite gostoso seu safado, que peru gostoso o seu". Ele sorriu e disse que gostoso era meu cu e que de agora em diante ele ia querer com√™-lo sempre, pois sua esposa n√¬£o d√¬° o cuzinho pra ele e que meu cu era melhor que buceta. Ele meteu dois dedos no meu rabo e enfiou em minha boca. com o cu melado e nu, entrei no carro. J√¬° dentro do carro coloquei o pau do W pra fora e disse que chuparia seu pau at√¬© ele me deixar em casa. Chupei seu cacete durante todo o trajeto, com as janelas do carro abertas. sorte ningu√¬©m ter visto essa loucura. chegando √¬† prota de minah casa ainda continuei chupando seu pau, at√¬© o sentir pulsar e encher inha boca. Olhei pra o W e disse: "Amo leite de pau". Eu estava de pau duro e pedi pra o W bater uma pra mim. Meio desajeitado ele se p√¬īs a bater uma punhetinha pra mim. Gozei r√¬°pido, melando minha barriga. Catei a porra e a chupei. Como aidna estava escuro, peguei minahs chaves e ainda nu corri, abri o port√¬£o e entrei em casa. Agora estou aqui, melado e com porra no cu, morrendo de tes√¬£o e escrevendo este relato para voc√™s. Espero que gostem e que esse carnaval sejacontinue muito prazeiroso. Continuo em Montes Claros, se tiver algu√¬©m que queira comer meu cu ou me dar a buceta, ficarei muito feliz. Beijos, [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELE«√O DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos garotas na escolacontos er√≥ticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tes√£ocontos er√≥tico irmaoscontos erotico mulher experimentando um travesticontos eroticos fico toda meladacontos er√≥ticos fode ai rebola vadia isso abre isso a√≠ que pau grandexv leke dormindo .com madrstacontos tentei dar mas a buceta nao aguentoumenininha contos eroticosconto porno com vizinhoo importante e gozar e ser feliz conto er√≥ticoPorno conto ponheta da casada buzContos eroticos perdendo a virgindadecontos eroticos de sobrinho roludoquando eu peguei a minha priminhaminha cunhada gosta de piroca grossa,contos e relatos eroticoscontos er√≥ticos minha buceta pegando fogo i.piscandocontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamcontoseroticos sogra e genro na agua da praiaLambie o cu da minha esposacontos Eroticos com 3Homems e uma mulhercoroas ensaboando cacete do jovencontos de sexo com novinhas trepando com advogadosquando ela percebe que eu quero dar o cu pra ela xxxcontos er√≥ticos morando com filhoconto erotico perdi o caba√ßo estacionamentocontos er√≥ticos cantada na rua n√£o resisti e tra√≠bianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticoscontos er√≥ticos de bebados e drogados gaysconto erotico incesto sonifero filhaContos eroticos gays sendo arrobados virgens contos-chantageei minha enteada e comi o c√ļzinho dela virgem e ela gritou de dorcontos er√≥ticos de m√£e e filho, m√£e com shortinho atolado no seu bundaotravesti de microsaia fica de pau duro na ruacontos er√≥ticos dopando meu sobrinho gay dormindoconto gay titio gaywww.contos eroticos corona novinho.brcontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingcontos eroticos negro e patricinhacacetes grossos dentro da xota contoscontos eroticos velhos e novinhas santinhasConto eu dei buceta para um gayRelato de esposas putas dando pra fumcionarios nacomendo o cu ajuda do sonifero contoscontos eroticos. esposo duvidou da esposacontos enrabado na saunapequei milha maes fudedo com um negao lopradoContos er√≥ticos meu patr√£o do pau gg arrombou minha linda noivaConto comendo a gorda casadanoivo corno no altar contos eroticoscontos pedi meu cabaco para um velhominha mulier sentou no pinto grosoconto eroticocontos eroticos com sogro e sograprono irm√£o comeno a irman branquinho cabelo pretocontos presenciei minha irm√£ fudendo com um dogela pegou no pinto dele na marra mais ele gozoucontos de sexo com animais rasgando com for√ßacontos dogcontos gay favelaconto erotico empregada negra escraviza patricinhahistoria erotica irm√£o dopa irm√£Porno ai falei que era pra gozar maninha.comcontos eroticos de quata feira de cinzacontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandopernas grossas dosexoadultas com seios e bundas fartas contos er√≥ticos com fotos de casadas fazendo z√≥ofiliacontos er√≥ticos gay comendo o cu do garoto oferecidocontos eroticos com foto empregada rabuda baixinhaconto gay xoxotao de garotocontos er√≥ticos de bebados e drogados gayscontos porno estuprar√£o meu marido na minha frentecontos de sexo a chupada da minha maecontos er√≥ticos e fetiches paguei boquete no meu irm√£ovideos de pau ficqndo ficando duro