Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM DIA DE PUTA COM O AMIGO DO MEU PAI

Click to Download this video!

Meu nome é Amanda e o que vou contar realmente aconteceu. Sou branca, cabelos grandes e lisos, castanho claro com algumas mechas loiras, corpo bem definido pois faço balé, o que me deixa toda durinha, sou magra e tenho 1,60 de altura, tenho 19 anos e o que vou contar aconteceu recentemente.rn Certo dia estava em casa com meus pais e meu irmão (mais velho que eu) e meu pai veio nos falar que um amigo dele estava vindo pro RJ e ia se hospedar em casa. à noite meu pai foi buscá-lo no aeroporto. Quando ele chegou fiquei de boca aberta, o cara tinha uns 40 e poucos anos mas eram bem conservados, ele era malhado, corpo bonito, o cabelo tinha uns fios grisalhos, era branco, alto e tinha um volume incrivel nas calças.rn Ele ficou no quarto de hospedes q ficava ao lado do meu e o meu banheiro tem duas portas, uma que da pro meu quarto e outra que da pro quarto de hospedes. Passou uma semana e ele me tratava com muito respeito e eu sempre ficava tentando seduzi-lo, colocava roupas bem provocantes, me esfregava nele de proposito e ele sempre fingia que não percebia.rn Um dia o ouvi falando com alguem no telefone e ele falava que nao aguentava ficar aqui porque ele tava quase explodindo de tesao pela filha do amigo dele, ai eu enlouqueci, sabia que ela tava doidinho pra me comer então eu sá tinha que provocá-lo mais.rn No outro dia meu pai viajou com minha mãe pra um interior e ia passar o fim de semana fora. Ficamos na casa apenas eu, meu irmão e o Marcelo (amigo do papai). E era nessa noite que aquela pica não passava. Quando anoiteceu botei apenas um blusão e uma calcinha e deitei na minha cama, botei um filme de sacanagem e comecei a me masturbar, sabia que meu irmão tava dormindo em um quarto longe do meu e não podia ouvir nada, então eu gemia bem alto pro Marcelo me ouvir, quando gozei limpei todo o meu gozo com a minha calcinha e a deixei dentro do banheiro bem á mostra e me deitei na cama, ouvi um barulho no banheiro e fui espiar pela porta quando vi o Marcelo estava com o pau duro esfregando minha calcinha pelo pau dele, se deliciando com meu gozo, sem querer deixei a porta fazer barulho, ele se virou e eu sai correndo pra minha cama e fingi que estava dormindo, esperei um pouco e voltei ao banheiro, quando entrei ele não estava mais lá, peguei minha calcinha e ela estava cheia de porra, não resisti e lambi toda a porra da calcinha, pelo espelho percebi que ele estava me olhando por uma fresta na porta, ai fiqueimais excitada ainda, tirei meu blusão, fiquei completamente nua e passei a calcinha pela minha bunda, depois sai pela porta que da pro meu quarto e me deitei na cama, pelada, e fingi que estava dormindo.rn Ouvi a porta abrir e alguns passos vindo em minha direção, comecei a ficar bem excitada, meu grelinho ja tava duro de tanto tesão, senti levantarem meu lençol e passar a mão pela minha bunda, apertando-a como se quisesse tirar um pedaço dela, eu sabia que era ele e que ele não conseguia mais se segurar, ele chegou no meu ouvido e disse "você me provocou, vc quis, agora vou te comer como nenhum macho te comeu, vc vai ser minha puta, e não vai contar nada pro seu papai senão aquele corno vai se arrepender de ter nascido ao descobrir que comi a filha e a esposa dele" ai fiquei em choque, mas meu tesão sá fez aumentar, continuei fingindo que estava dormindo ai ele abriu minha perna e disse "bora ver quem ta dormindo agora" e cai de boca na minha bucetinha, sá dele encostar a lingua no meu grelinho eu gozei, comecei a gemer alto, tava com muito tesão, ele me chupava, chupava meu grelinho como se fosse um pirulito, lambuzava toda a minha buceta ai depois foi minha vez, ajoelhei na frente dele e peguei aquele pauzão, minha mão não fechava de tão grossa que era aquela pica, fiquei doida, comecei chupando sá a cabeça daquela pica, depois fui metendo ela devagar na minha boca, lambendo tudo o que podia, não conseguia meter ele todo na boca de tão grande que era, comecei chupando bem devagar o pau dele e depois fui aumentando o ritmo, ficamos num ritmo frenético, ele me puxava pelo cabelo, batia na minha bunda, passava a mão pelos meus peitos, fiquei uns 5 minutos sá lambendo e chupando o pau e as bolas dele, ai ele me pegou pela nuca, agarrando meus cabelos e me jogou na cama e disse "agora vou rasgar essa sua bucetinha linda" e falei que ele podia fazer o que quisesse comigo porque hj eu era a puta dela, ai ele disse que eu ia me arrepender de ter dito isso, ele me deitou na cama, abriu bem as minhas pernas, e começou a lamber meus peitos, a me beijar a apertar minha bunda, enquanto ele enfiava os dedos na minha buceta, bem devagar, e eles entravam com muita facilidade ja que eu tava muuito molhada, até minhas pernas estavam molhadas, eu não aguentava mais, queria o pau dele dentro de mim, queria sentir aquele mastro enorme dentro de mim. Ele começou a passar a cabecinha do pau dele pela minha buceta, quanto mais eu implorava pra ser fudida mais ele judiava de mim. Ele pegou minhas pernas, botou em cima dos seus ombros e ficou passando seu pau pela minha buceta, ele enfiava a cabeça e tirava, até que uma das vezes que ele fez isso eu dei um puxão nele que o pau entrou com tudo, ai gozei de novo, o pau dele ja tava todo melado, ai ele começou a ir p frente e pra tras bem devagar e foi aumentando o ritmo, eu tava louca, urrava de tanto prazer, ele enfiava o pau com uma voracidade tão grande, eu tava nas nuvens, ou melhor, no inferno, pq tava sendo comida por um diabo, ele era um pecado, ele tava quase gozando e perguntou aonde eu queria receber a porra dele, disse que queria na boca pra engolir tudinho, ai ele tirou da minha buceta e enfiou com tudo o pau na minha boca, ele continuou indo pra frente e pra tras com o pau na minha boca, ele começou a gozar e dava cada estocada que seu pau batia na minha garganta, começou a me dar vontade de vomitar, ai ele disse "agora engole sua vadia, vc queria entao engole toda a porra do teu macho sua puta, cachorra, era pro teu pai ver isso, ver as putas que ele tem em casa, a puta mãe e a putinha da filha, engole tudo vadia" o jato quente de porra que saia do pau dele inundou minha boca e engoli tudo, não deixei cair nem uma gota.rn Ele terminou de gozar mas o pau dele continuaca duro, ele disse que tava a mais de uma semana semana sem fuder, que a minha mãe não tava podendo tbm, então ele disse que ia continuar me comendo. Ficamos em um 69 por uns 2 minutos e gozei na boca dele, ai ele perguntou se eu ja tinha dado o cu, disse que não, que eu tinha medo de dar pq sabia que ia doer, ai ele disse q hj eu ia dar, eu disse que não ia e ele me deu um tapa e disse que hj ele ia fazer tudo o que quisesse comigo, ai eu não queria deixar ele meter no meu cu, ai ele me botou de quatro na cama á força, empinou bem a minha bunda, pegou o gozo das minhas pernas e da minha buceta e lubrificou bem a minha bunda e o pau delee encostou a cabeça do seu pau na minha bunda, eu tentei fugir porque a pica dele era muito grande e tava com medo, ai ele me segurou com firmeza e disse "vc quer fugir, vai ser pior, vou te fuder que nem uma cadela, ai ele meteu com tudo o pau dele no meu cu, a dor foi horrivel, senti como se estivesse me rasgando toda, ele começou a ir p frente e p tras bem devagar e aos poucos a dor foi dando lugar ao prazer, e que prazer, gozei com ele metendo no meu cu, quando ele me viu gozando ele começou a acelerar o ritmo, ai ele se sentou e eu sentei no pau dele, e assim ele continuou fudendo meu cu, eu cavalgava nele o mais rapido que eu conseguia, ele gemia alto, falava que a muito tempo ele não sentia tanto prazer em uma transa,ele puxava meu cabelo, apertava meus peitos batia na minha bunda, metia o dedo na minha buceta, ficamos assim por um bom tempo, ai ele me levantou, e me botou de quatro e disse "quero te comer assim agora, amei sua buceta apertadinha" e enfiou sem dá nem piedade na minha buceta, ela ja tava assada de tanto que ele a fudia com força, era um vai e vem desesperado, rápido, comecei a gozar, eram orgasmos múltiplos, eu não conseguia parar de gozar, até a perna dele tava ficando molhada, ele disse que ia gozar, eu dei um grito e disse que ele não podia gozar na minha buceta ja que ele tava sem camisinha, tentei tirar o pau dele da minha buceta, mas ele me agarrou, deu um puxão no meu cabelo, deu um tapão na minha bunda e disse "vc ainda não entendeu que é minha puta? Quer que eu te bata mais? Ja estrupei seu cu, agora vou gozar na tua buceta sim, vc nao tem querer sua vadia, cachorra, puta, essa buceta é minha agora, vou acabar com ela, vou encher de porra que é o que ela quer e sempre que eu vier te comer vou gozar na tua buceta p vc se sentir uma puta mesmo" ele falou isso e a cada palavra eu ficava mais excitada, adoro ser maltratada assim. Ele deu umas duas estocadas bem fortes e soltou o gozo na minha buceta, aqueles jatos quentes me preencheram, me senti mulher com ele, uma puta de verdade, ele deu varias estocadas gozando em mim e gozei junto com ele, gozavamos ao mesmo tempo, nosso gozo se misturava e derramava pelas nossas pernas, ele gozou por um bom tempo, quando terminou ele tirou o pau dele de dentro da minha buxeta e ele tava mole e muito vermelho, ele se deitou na cama e mandou eu limpar todo o gozo do corpo dele com a minha lingua. Lambi todo o corpo dele, depois de limpo eu ja tava exausta, ai deitamos na cama que tava toda melada de gozo e dormimos juntinhos.rnrnSá posso falar uma coisa desse dia, foi a melhor transa da minha vida. Essa é a primeira vez que relato uma experiencia minha, deixem seus comentários... Beijos de lingua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos tia dando pro proprio subrinholevantou umas da minhas pernas,se encaixou na minha entradinha e foi metendo devagarzinhominha prima malcriada contocontos minha mulher vendo meu tiocontos eroticos corninho safado titio caralhudo noiva putinhaeu disse pra minha cunhada casada eu dou esse dinheiro pra você ser você for comigo pro motel conto eróticofui consolar a cunhada carente comi ela contosconto erotico nenhum pelinhoconto erótico de i****** em família devemos filhos da praianunca tinha olhado minha amiga como mulher ate o dia que fomos pra praia ela pediu pra passar bronzeador contos eroticosconto rebolo pau meu cunhadoCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezconto erotico velhinho e gostosa amarradaconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiacontos dei pro meu pai e meu irmaofui almoçar mas a cunhada e ela me deu foi a buceta so nos dois em casamulher escanxa no cachorro e goza gostosoMeu oai meu primo e eu contos gayencoxol com jatos de porraadoro dar para o nosso cachorro contos eróticoscontos eroticos espertinhafreira sedutora conto eroticodedada esposa corninho rindo otário contorelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalrelato erotico casada e amiga pau de borrachaConto etotico senhora sograconto erotico gay foi obrigado a usar calcinhapaguei pra ele chupar meu pau conto gaycontos cavalonas crentescontos tomei no cu gostosorelatos nossa que cdzinhalindaminha mae e filhos conto eroticoConto nem acreditei mas tirei o cabacinho da menina.Chupando o pau do.meu paidormi.docontos eróticos contos eróticos meus tios me comiam meus tios me comiamcontos eroticos brincando.contos hetero oferecendo a bundinhaconto erotico eu sempre te ameicache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php fui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto gay titio gayContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelacontos mae segura filha para homem comer na marracontocasado meninas virgemcomtos bdsmesposametenocomoutro.comcontos erotico comido a forcamulher sentando na embragem com o cu e buceta gorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosoa doida conto erótico eu fudi minha sogra japonesaconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anoscomo eu ia na fazenda novinhacontos eroticos pegei meu vizinho cheirando minha calcinhacontos eroticos Araguaina Toconto erotico de lebisca tirou virgindade irma mais novopapai - contos eroticoscontos eroticos guei meu colega de quarto me fes sua femeaCONTO EROTICO_MEU TIO TIROU MEU CABACINHOcontos deu o cuzinho por um celularcontos eroticos calcinha mijadaConto Topless surpresanoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos erotico fis boauetes nos amigs de meu marido e ele nem sabeex bem dotado contoContos eróticos picantes pecados na igreja com padresafilhada carente contoconto.erotico minha tia me pegou batendo punheta e faloupra sua amigaarrombado; contos gaypassou a pamadinha e epurrou no cu da esposairmaozinho gostoso conto gayA chapeleta arronbou minha bucetinha contoscontos eroticos corninho limpamdo xoxota da esposa cheia de gozo do amantecontos eroticos incestuosos com bonecas no enredocontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinhos vermelhosTennis zelenograd contocontos mulher x travestigreludas insaciável incesto contos Cornos by contosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de gatinhas no trabalhoMinhacoleguinhagostosapunhetabdo no hospitalconto erótico minha prima gabi me deu a bucetaminha tesudinhaConto minha mulher pegou eu dando o cucontos eroticos idosatitio caralhudo noivo corninho esposa putinha contoscontos eroticos chatagiada a beber espermasjoana meu sogro comeu cuContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequenaSou gay e tranzei com um travest contos eroticofrutinha viadinho bunda grande e arrebitada dando o cucontos eróticos eu quero te fuder mas aqui vão ver