Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MÉNAGE COM MINHA ESPOSA II

Click to this video!

Bom, já relatei num conto anterior (Ménage Com Minha Esposa) o primeiro Ménage Masculino que eu e minha esposa fizemos.rnEste "Ménage Com Minha Esposa II" vai relatar nosso 1° Ménage Feminino.rnNovamente vou procurar relatar com o maior grau de detalhes possíveis. Novamente volto a dizer que não ilustro com as fotos por sigilo.rnrnSou casado e como sabemos, a grande maioria dos homens tem uma grande fantasia de transar com duas mulheres, bem como ver duas mulheres transando, e eu não sou diferente, tinha essas fantasias, porém casado. Apás um tempo junto com minha esposa resolvi falar dessas fantasias, ela obviamente no 1° instante não gostou e odiou a idéia. Pra resumir um pouco a histária, levei um tempo conversando e convencendo a minha mulher a topar a idéia, até que consegui. Sá que pensei que o mais dificil seria convence-la, mas não, o mais dificil foi encontrar uma garota que topasse e que se enquadra-se no que procuravamos, demorou um tempo, foi uma grande procura, até que enfim conseguimos uma garota, e estavamos então prontos pra realizarmos essas fantasias.rnrnFato ocorreu em Julho de 2012 ...rnrnNa ocasião eu estava com 24 anos e minha esposa fazendo 28 anos no exato dia, casados ah mais de 5 anos.rnrnAgora vamos ao que interessa :rnrnJá havia convencido minha esposa a realizar essas fantasias minhas, que agora também passara ser fantasias dela. Depois de uma longa procura pela garota ideal, conseguimos esta, que nos agradou em todos os sentidos, fisicamente entre outros. Era uma garota bem decidida e sabendo do que queria, não precisou muito bate papo ou enrolação, duas conversas sendo uma delas por MSN e uma por Celular foram o suficiente pra chegarmos num acordo os 3, então estavamos prontos pra então realizar nossas fantasias.rnrnChegado o grande dia marcado, eu e minha esposa saimos pra dar um passeio e acabamos se hospedando num Hotel, foi onde ligamos pra nossa amiga e passamos o endereço de onde estavamos hospedados, ela então nos disse que levaria mais ou menos uma hora pra chegar até lá, iria se arrumar e se deslocar até o hotel, então ficamos aguardando. Nesse meio tempo tomamos um banho, ficamos conversando sobre o que estaria prestes a acontecer, etc, depois que saimos pedimos algo pra comer e beber. Não passou muito tempo alguém batia na porta, era nossa amiga, uma mulher bonita, meia altura, gordinha porém gostosa, não obesa, bumbum avantajado, seios grandes, branquinha, cabelo curto preto. Ela logo tratou de nos cumprimentar com um beijo no rosto e um abraço, confesso que já no abraço comecei a ficar de pau duro. Perguntei se elas queriam tomar algo, ambas disseram que não. Na idéia de ver o que rolaria, deixei as duas sozinhas e fui tomar outro banho, mas pra minha surpresa nada acontecera, então nossa amiga disse que iria tomar um banho também, e foi isso que ela foi fazer. Logo que saiu de toalha eu continuava nú, pois tinha saido do banho e nem se vesti, minha esposa ainda estava vestida, nossa amiga então sentou na cama e pegou um creme e começou a passar no corpo, ficou super cheirosa. Em seguida nossa amiga estranhou minha esposa ainda estar vestida, e então sugeriu que ela de despisse, e foi o que aconteceu, nesse momento eu tinha duas mulheres nuas na minha frente, uma no canto direito da cama e uma no canto esquerdo da cama, era um sonho sendo realizado, então o que fiz ? Sentei-me no meio duas duas, e olha, foi a melhor coisa que eu poderia ter feito.rnrnNum instante nossa amiga pegou no meu pau, olhou no rosto da minha esposa e disse o que ela poderia fazer e o que não poderia, minha esposa então autorizou e liberou ela a apoderar-se do seu marido, a garota não pensou duas vezes, caiu de boca na minha rola, que boca gostosa, ela chupava muito gostoso, com movimentos e pressões alternadas, ora com pressão e rápido, ora de leve e lentamente, eu estava adorando, sá passei a gostar ainda mais quando minha esposa também veio chupar minha pica, passei a ter duas mulheres mamando minha rola, dividindo meu pau entre elas, depois alternando entre minha pica e minhas bolas, eu tava delirando de tesão, pensando em como isso poderia ficar ainda melhor, e ficou, em instantes enquanto uma chupava, a outra a acariciava, ora minha mulher me chupava e era tocada pela amiga, ora a amiga me mamava e minha esposa a tocava, estava uma maravilha.rnFicamos assim durante um tempo considerável, e logo apás as duas meio que ajoelhadas na cama se olharam, então percebi algo no ar, então me levantei, sai do meio das duas e fiquei meio que de lado, foi onde minha esposa e a amiga passaram a se acariciar com mais intensidade, eu olhava minha esposa chupando os seios da amiga e acariciando sua buceta ao mesmo tempo, enquanto nossa amiga tocava os seios da minha esposa e a buceta também, minha mulher parecia estar gostando bastante, pois chupava os seios da amiga com gosto, que agora acariciava a nuca da minha mulher e em certos momentos olhava pra mim e mostrava sua carinha de safada e de prazer que estava naquele momento, uma carinha de puta mesmo. Em seguida elas alternaram, a amiga que passou a chupar os seios da minha mulher, que dava gemidos de prazer, não demorou muito e nossa amiga deitou-se e minha mulher foi pra cima dela, eu nem acreditava que estava tendo o prazer de ver minha mulher em ação com outra mulher, ambas meia timidas se esfregavam devagar, timidamente, mas foram se soltando, eu olhava minha esposa tocando, se esfregando naquela garota e ficava com mais tesão a cada segundo, minha pica estava durassa, não sabia se tava com mais tesão em comer outra mulher na frente da minha esposa ou de ver elas duas juntas. Elas continuavam ali se pegando e eu olhava, me masturbava, fotografava. Minha mulher nesse momento parece que adivinhou minha idéia, e logo foi descendo, descendo e chegou na buceta da nossa amiga, ela olhou pra mim, com olhar de quem perguntaria, devo fazer isso ? Você autoriza ? Eu não pensei duas vezes, incentivei ela, disse, vai, chupa amor. Timidamente ela foi se aproximando da buceta da nossa amiga, e quando finalmente meteu a lingua numa xana pela 1° vez, começou a praticar um sexo oral que dava prazer em nossa amiga que gemia de prazer e pegava no meu pau, e me dava prazer de ver minha mulher chupando outra mulher, então eu coloquei minha pica na boca de nossa amiga, pra calar a boca dela que gemia muito de prazer, e pro meu prazer também, afinal, ver minha esposa chupando outra mulher e meter a pica na boca da mesma era algo de intenso prazer naquele momento, nossa amiga certos momentos parecia tremer de prazer. Alguns minutos de muito prazer, chegou a vez da minha mulher ser recompensada, me lembro até agora de como foi : Nossa amiga se levantou,deitou minha mulher de pernas bem abertas, olhou pra mim e disse : - Agora ela é toda minha ! E eu respondi, disponha ! Nossa amiga que era mais experiente nesse tipo de coisa, não titubiou não, foi logo de boca na buceta da minha mulher, que contorcia-se de prazer, mordia os lábios, pegava nos seios, e dava susurros de prazer, enquanto isso eu acariciava nossa amiga, pegava em seus seios fartos, pegava naquele rabão grande e aparentemente gostoso, e olhava aquela mulher de 4 de boca na buceta da minha mulher, a posição que eu tava via aquela buceta de 4 escorrendo de tão molhadinha, já tava com imensa vontade de fode-las.rnrnNossa amiga então levantou-se, pegou uma camisinha, ficou com ela na mão já sem embalagem, caiu de boca de novo no meu pau, mamou por um tempo e em seguida meteu a camisinha na minha rola e sem muita demora foi pra beirada da cama e colocou-se de 4, era o convite que eu esperava, era o que eu mais queria naquele momento. Rapidamente me coloquei de pé, atrás daquela rabeta de 4 pra mim, fui com tanto tesão pra meter na garota que ia enfiando minha pica no cú dela, senti a entradinha, deu um tesão danado, parecia que ia gozar até rsrs. Mas logo corrigi, meti minha vara na buceta daquela mulher, e olhei pra minha esposa, que passou a observar e fotografar. Eu comecei metendo devagar, movimentos curtos, devagar, depois passei a bombar com força e fundo na buceta daquela mulher, fiquei alternando nos movimentos e na força das bombadas, quando ela começou a gemer, nossa, ela gemia muito gostoso, tinha um gemido de menininha, eu fiquei com ainda mais tesão e mesmo sem ter tanta intimidade com ela, passei a além de foder com força, com bombadas cada vez mais fortes e fundas, passei a pegar nos cabelos dela e puxar, e enchi aquela bundonda grande e gostosa de tapas, dava cada tapa que ficavam as marcas dos meus dedos naquele bundão branco. Tava muito gostoso e como de 4 é minha posição preferida, passei um bom tempo ali fodendo e fodendo nossa amiga,fiquei um bom tempo mesmo metendo a rola naquela mulher, realizando a minha fantasia de enrabar uma mulher na frente da minha esposa. Muito tempo fodendo nossa amiga, ela sugeriu trocarmos de posição, eu então aceitei, mas chamei minha esposa pra eu foder ela agora, mas fiquei surpreso com a resposta dela : - Não, continua fudendo ela, eu quero ver, assistir, fotografar ! Eu pensei que ela estivesse ironizando, mais não, ela realmente tava curtindo ver seu marido fuder outra mulher. Então o que houve foi que eu deitei, minha mulher veio, chupou a minha rola e disse ter gostado do sabor da buceta da nossa amiga que estava ali no meu pau (embora com camisinha). Ao mesmo tempo que ela chupou o pau ficou ainda mais duro.rnrnEntão eu coloquei nossa amiga (mais minha nesse momento rs) deitada, depois virei ela meio de lado pra mim, troquei de camisinha, peguei um gelzinho lubrificante que é uma deliícia, passei um pouco no pau, e um pouco na entrada da buceta de nossa amiga, e então fiquei de joelho na cama, peguei uma das pernas delas, arreganhei, coloquei quase que no meu ombro, a buceta ficou totalmente visivel e vulnerável, indefesa, não pensei duas vezes, coloquei a pica adentro daquela mulher gostosa e tesuda, passei a fude-la nessa posição e ao mesmo tempo acariciar muito os seios dela, ora acariava de leve, ora apertava bastante, ora metia os dedos no clitáris dela e depois colocava na boca dela pra ela sentir o sabor da prápria xana, ela chupava meus dedos, sugava, fazia movimentos circulares com a língua. Minha mulher olhava, assistia, fotografava, acariava nossa amiga e se masturbava, não sabia o que fazia, ficava alternando entre se masturbar, fotografar, acariciar nossa amiga.rnrnDepois com a garota ainda de lado, deitei meio que de lado também, mas na reta, bem na reta mesmo pro meu pau entrar na buceta dela, e voltei a fode-la de novo, desta vez eu fodia bem profundamente, ora tirava o pau de dentro da buceta dela e como estava na reta, tomava distância e ia de vez metendo profundamente, puxando seus cabelos, dando tapas, dando uma dedadinha na portinha do cú de vez em quando, e depois fazendo ela chupar meus dedos, pra sentir seus práprios sabores.rnComo haviamos combinado algumas coisas antes por ser a 1° vez nossa, e por não termos tanta intimidade asssim, deixamos de fazer sexo anal e não pude dar tapas na cara, mas tava doidinho pra fazer isso. rnContinuei fudendo ela então, ciente das regras impostas, e tranquilo, pois sabia que mais cedo ou mais tarde eu pegaria minha mulher e com ela é sem limite, sem pudor, posso fazer o que quiser com ela, então passei a meter na amiga com mais força, cada vez mais força, e percebi os gemidos dela aumentando, sá que desta vez num ritmo alucinante, e fui percebendo a buceta dela se contraindo com muita intensidade, parecia tremer um pouco, e passou a fechar os olhos e morder os lábios, e de repente ela gozou, nossa, deu uns gritinhos de prazer que naquele momento me subiu tanto o tesão que eu senti vontade de gozar.rnrnE como adoro sexo oral, tirei minha rola de dentro da amiga, me levantei, fiquei de pé na cama, tirei a camisinha, peguei nos cabelos dela, e coloquei ela pra abocanhar minha vara, e ela passou a mamar com a intensidade que eu queria naquele momento, cada movimento da vadia eu ia chegando mais perto do gozo, mas resolvi deitar-se pra ela chupar, deitei e ela caiu de boca novamente na minha rola, então eu peguei na nuca dela e passei a eu comandar e fazer os movimentos de acordo com o que eu queria, fui fazendo do jeitinho que gosto, foi quando senti que ia gozar, deixei ela então chupar e fazer os movimentos que quisesse. Minha esposa não quis dividir com ela, me deu total passe livre pra ficar á vontade com nossa amiga, eu adorei a idéia, embora quisesse foder minha deliciosa mulher também, mas entendi qual era a dela, queria me dar liberdade já que era minha fantasia, pra eu aproveitar ao máximo, pois estava ciente que nossa amiga iria embora, e que eu sou dela, sempre.rnComo minha esposa não quis vir dividir, resolvi gozar com a garota mesmo e ela chupava muito gostoso e quando sentiu que eu ia gozar ela tirou a da boca, passou a bater uma punheta pra mim com uma grande pressão da mãos e eu não aguentei, quando fui gozar a vadia passou a bater pra mim bem devagar e segurando a minha pica com bastante força, e na hora H do gozo ela parou de bater pra mim, apenas segurou com força meu pau, que as veias incharam, a cabeça ficou bem inchada e vermelha ...rn... e comecei a esporrar, muita porra, vários jatos de porra, enchi a mão da vagabunda bem como espirrou porra naqueles fartos seios, que gozo maravilhoso que eu tive, a putinha não soltou minha rola enquanto não tirou a última gota da minha porra, que mulher vadia viu.rnrnFicamos os 3 deitados um instante na cama conversando, e depois nossa amiga foi tomar um banho, eu e minha esposa ficamos juntos batendo um papo e chegamos ah conclusão que adoramos a exp. embora tivessemos que respeitar algumas regras que combinamos antes, mesmo com essas regras, estava realizada duas grandes fantasias minhas, ver minha esposa com outra mulher, bem como foder duas garotas, foder outra mulher na frente da minha esposa.rnrnNossa amiga então apás o banho ficou um pouco com a gente, mas teve de ir embora logo em seguida, eu e minha esposa ficamos no Hotel pelas 5 horas seguintes aproveitando sozinhos desta vez, minha esposa então disse que o fato de ter visto eu foder outra mulher, fez ela me desejar ainda mais, e quem saiu ganhando com isso foi o nosso casamento, que ficou ainda melhor, mais quente, ficamos mais cumplices, mais amigos, mais tudo, ficamos ainda mais apaixonados.rnE agora mais preparados pra novo(s) Ménage(s) com a mesma amiga (sem limites desta vez) ou com outras amigas que viermos a conhecer.rnrnE assim foi nosso 1° Ménage Feminino.rnrnAdoramos a Exp. Minha mulher não afirmou não ter sentido ciúmes, e passou a me desejar ainda mais.rnrnEspero que tenham gostado [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay 3 mendigosconto porno pentelhos a mostracontos eroticos olhano meu marido jogando trucode frango assada recebendo lingua do gay safadotirei o cabaço delecontos eroticos de estuprosno carnaval de ruaconto erótico com minha irmã depois da bebedeiracontos cu virgem secretaria casada contoscontos eróticos gay lambendo o cu do macho heterowww. brasileiras provocando com olharesde safadas pornoamanda casamos grande cabeçudo contoscoroa cintura fina e coxas largas e gordasencoxada em coroa em Jundiai conto realvou gozar na frente não contocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuconto erotico hotel com meu padrastinhodepilando o sobrinho pau durocontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandolouca por pica.contosg****** na xoxota da prima beijoshomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOgayzinho passou rebolando na minha frente contomendigojumentoContos eróticos e roseContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos dogcontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestihistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checameu amigo falou que quer comerminha esposacontos eróticos com esposa obedienteAbrindo as pernas para o sobrinho contoconto erótico "Meu sobrinho veio passar 3 dias comigo. Ele tem problema uns probleminhas e "Contos gay carnaval em Veneza video de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiacontos erotico de estuproporno com amiga loira baixinha encorpadinhacontos eroticos meu filho me fez gozarConto gay dei meu cu primeira vez depois da farracontos eroticos gay vestido rosame larga lençou bom diaokinawa-ufa.ru chantageadacasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocacontos de meninos putinhossubstitui o papai contos eróticosminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosfrancisca coroa ruiva contos eroticosmknha tia pediu pra passar protetor solar contos minha priminha titio contos eróticoscontos eroticos bia e as amigascontos esposas na praiaconto mandei fazer fila pra mim chuparcontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemfizemos sexo bi com um estranho contoconto amante do manominha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticoscontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cumulher crente traindo o marido conto eróticocontos eróticos de incesto minha mae no meu colochapuleta inchada no cuzinho contos eroticos mae e filhocontos eróticos com bucetas grandesDesvirginando a subrinha de 18 anoscontos eroticos lobisomemMinha esposa no rancho com outrocontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteroContos porno dei cu p me sogro por chantagemcontos eróticos e fetiches paguei boquete no meu irmãocontos eroticos feminino cunhadobrincadeiras no escurinho conto eroticoconto erotico: va para o vestiario e me esperevideos porno sobrinha branquinha fugindo dos tios negoes