Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PIRALHA VIRA GATA

Click to this video!

Chegando da praia pra ir pro colégio, o elevador de serviço estava ocupado com uma mudança. Uma garota abraçada com um ursinho tomava conta de umas malas.

-aí eu falei: é sua essa mudança?

-é sim.respondeu.

-e eu: pô, que saco é mudança.

eu não tava nem aí, era uma piralha, mas o outro elevador demorou, aí eu falei:

-legal, eu sou do apto tal e se voce precisar de uma internet, coisa assim, pode ir lá.

Falei mais por falar, por que falo a pampa, mas era semana de prova e voltei mais cedo.

nisso to lá teclando e comecei a ouvir um papo, a minha empregada tava na área com uma outra empregada que falava muito alto. o papo era delas mas de repente ela tava contando que tinha vindo com a patroa dela porque a patroa tinha se separado por causa do filho que era "afeminado" e o pai empresario ficou cego de raiva....e por ai vai.

aih, to fazendo umas coisas e juntou a menina com o filho da patroa da empregada. fui na cozinha e perguntei quem era a moça que veio te visitar. Era uma amiga do lugar de onde ela nasceu e por acaso tinha se mudado pro predio naquele dia.

pois é,pois é.

Fiquei num vai e vem até para ver se me desligava e aí dimdom.

a empregada lá de casa sai as 3 e já era 6 horas fui atender e não deu outra era a menina.

toda gracinha, ela é branquinha, falsa magra, cabelos negros pelo ombro, olhos azuis clarinhos. os cabelos molhados ainda. um short fino curto largo e uma camiseta que marcava uns biquinhos. dava pra ver que era uma menina mas não tinha os adereços, brinco, pulseirinha,...

-oi e aí quer entrar?

ela entrou e meio sem saber fui indo pro quarto e o pc tava ligado e fui papeando:

-pois é mudança é uma merda né? e vc veio sozinha pra cá, tem irmão, irmã?

- não, vim com minha mãe, mas ela não pode ficar a semana toda por ter que trabalhar no interior.

- aí eu falei: voce está em que série?

- sexta, mas não sei se vou encontrar uma escola agora no meio do ano.

a voz da gatinha era doce e achei que era outra coisa.

aí eu falei

-meu nome é Eduardo eu tô na segunda do segundo grau e aí qual é o seu nome?

- bem é Vitário, mas é claro que vai me chamar de Vivi.ok?

Fiquei naquela que nem babaca ouvindo por uns minutos.

-Vivi,voce é muito bonitinha, depois quero dar umas voltas com voce.

nisso o celular dela tocou, era a mae dela procurando e ela foi embora.

aí disse assim -vem amanha as 3. dei uma dica de um colegio aberto para a mae dela consultar.

no dia seguinte enxotei a empregada e esperei um pouco e a campainha tocou.

era a Vivi, agora com um calça jeans camiseta curta. reparei a calcinha que ela usava, era uma pequena. tambem tinha peitinho, a bunda maior que os ombros, era muito gatinha, incrivel.

no condominio dava pra contar numa mão as gatinhas como ela.

ela chegou contando que a mae havia adorado o colegio que eu havia indicado e que iria estudar lá, toda falante.

deixei passar a lance e perguntei sobre ela.

ela falou que ela sempre foi assim, que na verdade a mãe havia morrido no parto dela, a mae morava numa fazenda e não teve assistencia no parto. Quem a criou foi a tia que ela chama de mãe. herdou uma grana da mãe e que o pai administra com as suas outras coisas mas que estão brigados e que ele ficou doente.

contou tudo assim.

pediu água e fomos na cozinha, a bundinha balançando ao lavar o copo deu tesao.

voltamos para o quarto e falei que era uma bebezinha e que eu não entendia.

-ela contou que a tia a tratava como as primas, e como era a mais nova herdava umas roupas, pegava e comprava mesmo. junto com isso tudo contou que quando ia comprar anticoncepcional para as primas comprava pra ela tb. Por isso estava ficando mocinha.

fui no computador e como nao tinha outra cadeira ela veio e sentou na minha perna e deixei ela olhar os e-mails dela. as cochas deliciosas. o rego da bundinha lindo. toda cheirosa.

comecei a apalpar a bundinha a barriga e num minuto ela estava de calcinha e eu pelado.

o caralho duro. dei aquela sarrada na bundinha dela e ela ficou batendo uma punheta e me beijando. a hora voou. o celular tocou e ela teve que ir pra casa.

no dia seguinte ela trouxe uma sacolinha com camisinha e ky, foi um tesao ver uma gatinha de peitinho e bundinha, coxa maravilhosa, quase que sem resistir comi ela em pé primeiro de tanto tesao. foi muita foda naquele cuzinho. falei que ela devia trocar a empregada faladeira e colocar uma que nao soubesse de nada, que ela começasse sem passado.

Procurasse um médico para continuar a se hormonizar.

Eu que sempre fui na minha, apresento como Vivi, e cuido do material. e é sá alegria, sair, levar ela pra comprar roupa, fuder muito, hoje minha piralha é uma gata.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos a pequena taradinhacontos eróticos casal Passei a noite no autorama no IbirapueraTennis zelenograd contoContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosoconto escrito ese ano cavalono nuaxcontos eroticos.com peguei minha cunhada vendo revista de homens do pau grande vou contar pra meu irmaoContos de safadezas com o padrasto desde pequenaconto erodico comi minha mulher dormindocache:sU9kWxVzUNAJ:idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_8_26_teens.html Conto erotico Seu Madruga gay.Contos eroticos estupros coletivos veriticoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoEmpregada Triscando no meu pau contocrente carente de porra na bucetacontos eroticos de irmã que só dar ao irmãoconto engravidei a cunhada rabudaSimone chupando pau de joelhos e levando gozada na bocameu marido me arombou a xoxotaconto picante com colegaas antigas Sophie travestis masturbando na salaela me endinou a roçar grelo com gtelo/contocontos eroticos trair meu marido no puteiroquero ver buceta do pigele gradeera menina meu primo batia punheta pra mim olharconto erotico dopei minha filinhacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoconto erotico paraliticotive dar para um dotadoconto erotico voce vai sentar na minha picaminha sogra pediu pra ver meu pintocoroa safada finger q ta dormindo e tomar rola no cucontos de sexo com viuvacontos porno esposas estuprados submissosconto eurotico eu fui viajar e minha esposa saiucontos eroticos me emrrabaram no escuro da barraca ao lado d maridocontos de cú por medoconto flagrei minha irma dando e enrabeiA briga do casal contoscontos exitantes de aline bebada com variosaluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticoscomo brexar a cunhada no banheiro seleção de traverti com pau todo no cu gozado na ponhetavelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contoscontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cuEu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticoConto esposa de tampa sexohistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cume foderam muito cedo contoseroticossobrinho dopa sua tia historia eroticacontos espiando a irmã no banhocontos eróticos brincando com os irmanzinhos na piscinaconto erotico viadinho com shortinho e calcinha é estupraadoconto de mulher bebada na festameu pai me deu CÃO pastor alemão de presente e....- contos de zoofiliaContos eroticos esposa xupando pintudo garotocontos de sexo gravida e carentecpntos eróticos percebi que me olhavam e batiam punhetaminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosestava carente contos eróticosconto entreguei os pés da minha mulher para um amigoContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemDesvirginando a sobrinha de 18 anosporn marido enfachado no hospitalcontos eroticos meu cunhado me comeu na epoca eu so tinha 11advogada conto etoticocasada do corno na praia contocontos eclxado a tia de sainhamenina cabaco ralando a calcinha no pau do amigocontos eroticos Roberta traindotanga contos eróticosconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionariocontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrocontos eróticos,ai ai fode meteConto gozou muita porra no meu cucontos caralho grande baixinharelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos eroticos duas novinhas na prasa de shortinhocontos de coroa com novinhoContos eróticos heterossexualcontos gays gemeoscontos eróticos de dupla penetração b*****Contos de travestis pauzudosrelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crentecontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos eroticospica grossa rasgando bucetao caminhoneiro engravidou minha mulher eu confesso