Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO MEU TIO COMEU MEU CU

Click to Download this video!

Meu cabaço do cú para meu tio, o garanhão abusivo.

Isto aconteceu uns anos atrás, eu estava no auge da adolescência, com meus hormônios a 1000, e sedenta de experiências. Penso que eu esperava algo assim... E temia... E desejava...

Era uma noite enluarada de um sábado, e eu estava um tanto chateada por ter ficado em casa, meus pais estavam acabando de sair para uma excursão onde iriam ficar por duas longas semanas.

Bem voltamos a falar de mim, a Kate. Uma adolescente de 19 aninhos, que iria ficar sá, porque tinha que estudar e seus pais sabiam do seu caráter serio. Por segurança, os pais lê deram copia das chaves da casa a um tio, quem ficou encarregado de ligar e passar de vez em quando para ver se estava tudo bem.

Na minha terna adolescência, eu era uma moca muito vistosa, alegre e vaidosa. Os lábios bem carnudos e macios (vê-los dão para me imaginar fazendo um belo boquete) com um corpo escultural de 1,78 m, com 65kg bem distribuídos. Pele clara, pernas longas e bem torneadas; com uma delícia seios, com bojo de tamanho médio e uns biquinhos bem protuberantes e rosados, que gosto de insinuar em roupas leves. Minha pele muito e macia e a anca tinha e tem um contorno gostoso de manusear.

Apás me despedir dos pais, voltei para tomar banho, e como estava um tanto chateada, decidi que iria dormir cedo. Tirei toda a roupa e deixando-a num canto do quarto, liguei o chuveiro e a água norma e gostosa caiu-me como um bálsamo.

Saboreando a água por alguns momentos, de repente comecei a ficar excitada com pensamentos maldosos e cheia de outras intenções...

Meus devaneios me levavam para longe, a respiração aumentou, e minhas mãos tocavam com as pontas dos dedos uma gostosa siririca, que foi aumentando cada vez mais até ficar um ritmo frenético e explodir num orgasmo maravilhoso.

Recompôs-me, terminei o banho me enrolei na toalha, e deitei de barriga para cima na cama com os braços e pernas abertas. Assim apás uns minutos, acabei dormindo.

Lá pela meia noite, percebi uma sensação de toque e de ter alguém me observando, achando ser sonho, com medo de abrir os olhos e descobrir que não era um sonho e quebrar aquele momento maravilhoso continuei com os olhos fechados, e aumentei a respiração de acordo com as sensações, um verdadeiro turbilhão de novas sensações a cada minuto. A sensação de uma língua quente e úmida no meu sexo e o tesão de sentir o clitáris sumir numa chupada, foi demais, e comecei a me contorcer. Sempre com os olhos fechados, mas agora já agarrava meu sonho, prendendo fortemente sua cabeça entre minhas pernas, sentia os seios sendo apertados com muita força e fiquei cada vez mais louca...

Logo em seguida bruscamente, fui virada de costas e de pernas abertas. E senti meu cú sendo lambido e chupado, uma coisa nova. Louca e sem poder controlar as sensações, comecei a dar pequenos gritinhos e fui às alturas.

Perdendo o pouco de controle que ainda tinha, abri os olhos e pode ver pelo espelho da parede que era alguém bem conhecido (familiar mesmo): meu tio, que estava feito um louco de tesão. Ele, de 34 anos, cabelos negros, um rosto brilhante feito bumbum de bebe, e com um porte atlético de 1.85 m. e 80k de pele morena pelo sol, lábios tesudos e um olhar penetrante (daqueles tipo raio X).

De antes eu sabia do tesão que o nutria por mim, e o provocava sempre usando roupas que delineavam o corpo, as vezes ele passava a mão na sua bundinha e me dizia como era tesuda e gostosa. Costumava brincar que meus seios eram como faráis ligados, sempre iluminando o pensamento dele e sempre que podia e não tinha ninguém olhando me bolinava. A mi vez, eu gostava daquilo, que me deixava cheia de tesão e adorava tenta-lo (tipo de cutucar a onça com vara curta) Por varias vezes quando estavamos a sos na piscina, vi seu pau ficar duro e monstruoso, e isso me fazia imaginar e gozar.

Sendo assim não me incomodou esta nova situação, apenas liberei geral pedindo: "me come, me come... anda seu gostoso..."

Ele por sua vez, não esperou mais solicitação, e pegando um pote de creme para o corpo que estava na prateleira, passou no meu rabo, me colocou de quatro e me penetrou feito um animal, com fortes estocadas.

Fiquei meio assustada entre a dor a loucura, e tentei-me desvencilhar, mas ele me prendia fortemente pelo ombro e cabelo e xingava muito, o que foi-me dando mais e mais prazer; e pronto, o prazer das estocadas foi maior que a dor, com o que então comecei a rebolar, e pedir mais, e ele parecia um animal descontrolado e dizia "viu sua putinha, eu não disse que comeria este teu cú..... sua safada, rebola mais.... pede mais.... e apertava-me as tetinha com tanta força que as vezes quase desfalecia e falava para ele " Siiim, assim, mete mais, eu queiro mais pica dentro, siiim...“ e assim seguirmos por quase uma hora.

Não preciso falar que essa brincadeira se repetiu pelas duas semanas seguintes... Com pequena variações, e... Sem muito dormir.

Com o carinho de uma boa lembrança... Kate... [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto eu doida pra gosar mas si tinha meu papaiconto erotico sendo castigadadei a b***** para o meu genrosexo meu irmao quer fazerContos eróticos garotinha com garotosContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelaos terriveis amarrada no pornoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorrose empregadinha contossurra vaginal amordaçada contocontos de mulher que fez depilacao para surpreender o maridoo pastor comeu meu cu contos gayDei pro Angolano Contos Eroticoscontoseróticos encoxadas na casadaconto erotico minha vizinha fode com o marido e pra me procarcontoseroticosdentistacontos incesto irma e irmao despedida de solteiroconto erotico ele me amassou e eu fingia dormircontos etoticos casais disputam bunda maior das espisasxvidiominha pica é maio doque a do seu marido"HOMEM NENHUM RESISITIRIA AO FILHO DA VIZINHA" contos gayconto os sequestradores fodem sequestradaconto erotico foto mae que cu arrombado da senhoracontos eróticos de ferias no sitiocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuencostou-me na parede contosVirgem inocente contodando/o cabaço pro titio conto exitanteeu com dez e virgem tive meu primeiro orgasmo com meu tiocontossado de submissao realcontos eróticos coni minha filha e seu amigo gaycomtoscasadas dotadao .comeu deita pedi para meu irmão fazer massagem em mim contoMinha esposa fiel. Nao resistiu meu amigo roludo. Contos eroticos de traicao.Foderam gente contos tennscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos ainda bem novinha tiraram meu cabacinhopaguei boquete na infancia contosContos eroticos casal dando caronaonto de encesto meu filho mora sosinhoconto erotico silicone .novo da mamaebucetas no bairrofazendinhadeixei meu pai me comer contos eroticoscontos gays chupei o vira latabebê g****** contos eróticoseu i a neguingo do pornocontos eroticos pego gostoso o meu filho gueiPornodoido passistasmulher sendo brexada em um banho demorado pornowww.contospornodoidocontos traindomeu marido bebeu e meu cunhado me comeuele.a.comeu.contosler contos eroticos transei com miha sogra velhacontos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafaconto eurotico eu fui viajar e minha esposa saiu    contos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhocontos transei com travesti bem dotado tirando o c***** chupei mamãe e cair na pica do papai ao mesmo tempoconto pornogrelo xoxotudaTennis zelenograd contoufa ufa ela senta fode e chupadei contosabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delaconto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camachantageei minha mae contos eroticoscoroa grita tica doida paucontos eroticos minha mulher me mandou pra farraminha mulher me fez de corno na nossa cama com meu consentimentoingenua.contos eroticoscontos de corno meu tio engravidou minha esposacontos eróticos de gay comi o amigo do meu padrinhocontos menina menor calcinhaConto erotico ninfetas mijonasnoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos cuidando do meu genro asidentadocontos eroticos casado dominado e enrabadoaluguei minha buceta contos eroticosa loira e o cavalo contofico de shortinho na boleia do caminhaocontos porno casada e o meninovoyeur de esposa conto erotico